Home Aviação Militar FAB reúne 700 militares e mais de 20 esquadrões em exercício operacional

FAB reúne 700 militares e mais de 20 esquadrões em exercício operacional

5608
22
Aeronaves da FAB no Exercício Tápio
Aeronaves da FAB no Exercício Tápio

Exercício operacional Tápio está acontecendo na Ala 5, em Campo Grande (MS), desde o dia 25

A Ala 5 sedia, de 25 de abril a 12 de maio, o Exercício Operacional (EXOP) Tápio. Vinte e um esquadrões aéreos das Aviações de Transporte, Caça, Asas Rotativas, Reconhecimento e Busca e Salvamento da Força Aérea Brasileira (FAB) participam do evento, além do Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (PARA-SAR), da Brigada de Defesa Antiaérea (BDAAE) e seus Grupos Defesa Antiaérea (GDAAE) subordinados, reunindo aproximadamente 700 militares.

O Exercício tem por objetivo adestrar os esquadrões aéreos e unidades de Infantaria do Comando de Preparo (COMPREP) no cumprimento de Ações de Força Aérea em cenário similar ao encontrado em missões de paz da ONU, envolvendo simulações de Busca e Salvamento em Combate, Apoio Aéreo Aproximado, Lançamento de Paraquedistas e Cargas, Reconhecimento Aéreo, Evacuação Aeromédica, entre outras.

Segundo o Coronel Aviador André Luiz Alves Ferreira, codiretor do EXOP, este é o primeiro grande exercício de adestramento realizado após o processo de Reestruturação da FAB. “Ele foi concebido com a finalidade do emprego em conjunto de diversas Ações de Força Aérea e a Ala 5 foi escolhida como sede por seu grande cunho operacional”, ressaltou.

Durante o evento, serão utilizadas diversas aeronaves da FAB, entre elas, o C-130 Hércules, o C-105 Amazonas, o C-95 Bandeirante, o E-99, os caças A-1 AMX e A-29 Super Tucano e os helicópteros H-36 Caracal, AH-2 Sabre e H-60 Black Hawk.

O Comandante da Ala 5 e diretor do Exercício Tápio, Brigadeiro do Ar Augusto Cesar Abreu dos Santos, explica que uma das razões de a Ala 5 sediar o exercício é por se tratar de uma unidade versátil, possuindo capacidade para realizar Busca e Salvamento, Defesa Aérea, Transporte Logístico, atuações em Operações Especiais, entre outros.

“Somos excelência, ainda, na atividade aeromédica, com atendimento pré-hospitalar, tanto em situações complexas, de defesa química, biológica e nuclear, como também em ambiente hostil. O Estado de Mato Grosso do Sul também possui uma meteorologia favorável nesta época do ano e uma área muito significativa por sua localização, contando com o apoio da população local, através de proprietários de fazendas que gentilmente cedem os espaços para que nós possamos fazer esses treinamentos nas áreas rurais, além de contar também com o apoio do Exército, por meio do Comando Militar do Oeste. Todos esses fatores são muito favoráveis para que o evento ocorra em Campo Grande”, finalizou o comandante.

FONTE: Força Aérea Brasileira

Subscribe
Notify of
guest
22 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Daglian
Daglian
2 anos atrás

Fotos sensacionais. O Black Hawk com pintura verde escura (da esquerda), na última imagem, é do Exército Brasileiro? No texto é citado apenas um apoio do exército, mas fiquei em dúvida se esta aeronave é do EB ou se é da FAB mas apresenta pintura distinta (talvez para operações especiais com o PARA-SAR?).

Obrigado.

Flanker
Flanker
Reply to  Daglian
2 anos atrás

É da FAB. Os primeiros 6 Black Hawk recebidos pela FAB, em 2006, vieram pintados nesse tom único de verde e foram destinados para Manaus, no Harpia. Os 10 seguintes, recebidos em 2011/2012 vieram já pintados de verde/cinza. Um desses do primeiro lote, todo verde escuro, opera em SM com o esquadrão Pantera, tendo sido trocado com o esquadrão Harpia. Hoje, o Pantera opera 7 do segundo lote e 1 do primeiro e o Harpia opera 3 do segundo lote e 5 do primeiro. A única diferença entre eles é a cor. De resto, são iguais. Mas, como o passar… Read more »

Daglian
Daglian
Reply to  Flanker
2 anos atrás

Muito obrigado pela interessantíssima informação, Flanker. Pensei que todos os BH da FAB já estivessem com pintura padronizada.

Sds.

BILL27
BILL27
Reply to  Flanker
2 anos atrás

Tem alguns do harpia que tbm tem a diferença dos tanques externos .Não sei se são removiveis

Flanker
Flanker
Reply to  BILL27
2 anos atrás

Sim, os tanques externos são removíveis.

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  Flanker
2 anos atrás

No Brasil é difícil ver um H-60 com tanque externo, e quando colocam são só dois, tanto o EB quanto a FAB usam.
Taiwan usa 4 tanques externos no S-70C para SAR em áreas distantes.
.comment image

Bueno
Bueno
2 anos atrás

Operação fantástica

Segunda foto H-36 Caracal, AH-2 Sabre operando Juntos.
Escolta para o transporte de tropas …. Legal

Ivanmc
Ivanmc
2 anos atrás

Aqui no Aeroporto Internacional Salgado Filho a atividade está intensa. O Caracal e outros, os quais eu acho que são os Helibrás HB-350 estão no ar dia e noite. O Caracal, particularmente, é um belo helicóptero, é bacana ver o seu voo.

Bruno
Bruno
2 anos atrás

Poxa, não tem essas fotos da notícia em alta resolução? =/

Clésio Luiz
Clésio Luiz
Reply to  Bruno
2 anos atrás

Bruno, a FAB mantém uma conta no Flickr. Lá você pode baixar as fotos na resolução original que foram tiradas e é provável que tenha as fotos do exercício acima.

https://www.flickr.com/photos/portalfab/

Bruno
Bruno
Reply to  Clésio Luiz
2 anos atrás

Obrigado, Clésio!

Tallguiese
Tallguiese
2 anos atrás

Bueno além de escolta ele ainda pode detonar blindados pelo caminho. A FAB está na frente do EB nesse quesito! O sabre é um grandalhão tanque voador!

Claudio Moreno
Claudio Moreno
2 anos atrás

Excelente oortunidade para se comprovar novamete o indice de disponibilidade dos AH2 tão criticado fora da FAB por muitos palpiteiros.

CM

VEIGA 104
VEIGA 104
2 anos atrás

PARABÉNS pela dica Clésio Luiz, eu não conhecia. Excelente as fotos. Valeu.

Mauricio R.
2 anos atrás

Que disponibilidade, 1 Sabre na 1ª foto e 2 na 2ª foto????

Juvenal Santos
Juvenal Santos
2 anos atrás

O Black Hawk realmente é sensacional, o melhor helicóptero que nós temos atualmente, imbatíevl, parabéns à FAB!

Claudio Moreno
Claudio Moreno
2 anos atrás

Verdade! Não tenha visto que a FABC levou só dois… Você tem outras fotos pra compartilhar ? Vai ficar até terminar o exercício?
Obrigado pelo esclarecimento …

CM

Nonato
Nonato
2 anos atrás

Esses exercícios deveriam ser ininterruptos para fechar a fronteira contra o tráfico.
Aviões circulando 24h por dia ao longo de toda a fronteira, especialmente essa região do Paraná, Mato grosso do sul, mato grosso…

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Nonato
2 anos atrás

Esse exercício não é de Defesa Aérea. Exercício, como o próprio nome fala, não é missão real. Isso que você falou já realizado diuturnamente por meio da Operação Ostium. Temos 18 mil quilômetros de fronteira seca. Nem a USAF fechava.

Flanker
Flanker
2 anos atrás

Nessa operação, o esquadrão Poker está operando o primeiro A-1B modernizado, o A-1BM 5652. Esse é o quarto A-1 modernizado entregue (5506, 5520, 5525 e agora o 5652).

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Flanker
2 anos atrás

E acabou.

Flanker
Flanker
2 anos atrás

Ah é, Cel.? Putz…..