Home Aviação de Ataque Senado dos EUA quer impedir venda de F-35 à Turquia

Senado dos EUA quer impedir venda de F-35 à Turquia

6116
100
F-35 nas cores da Turquia - concepção artística via Code One Magazine - Lockheed Martin
F-35 nas cores da Turquia – concepção artística via Code One Magazine – Lockheed Martin

Um projeto de lei bipartidário apresentado pelos senadores Lankford (R-OK), Tillis (R-NC) e Jeanne Shaheen (D-NH) impediria a transferência de F-35s para a Turquia e impediria o país de estabelecer um depósito de manutenção para o caça stealth. A Turquia tem sido uma das seis principais nações parceiras do F-35 desde 2002 e um de seus maiores clientes, com 116 dos caças furtivos encomendados.

Sob essa legislação, a Casa Branca certificaria que Ancara não está trabalhando para degradar a interoperabilidade da Otan, expondo os recursos da OTAN a atores hostis, degradando a segurança dos países membros da OTAN, buscando importar armas de um país estrangeiro sob sanção dos EUA e detenção injusta ou ilegal de qualquer cidadão americano.

O projeto de lei diz:

O senador Lankford disse o seguinte em uma declaração oficial sobre o raciocínio por trás do projeto de lei:

“Os senadores Shaheen e Tillis trabalharam diligentemente comigo e com outros no Congresso para tratar da rápida deterioração do relacionamento dos Estados Unidos com a Turquia … Eu aplaudo o nosso Departamento de Estado por seu trabalho incessante para melhorar o relacionamento EUA-Turquia, mas o Presidente Erdogan continuou no caminho de governança imprudente e desrespeito pelo estado de direito. As liberdades individuais têm diminuído cada vez mais à medida que Erdogan consolida o poder para si próprio, e as decisões estratégicas da Turquia lamentavelmente ficam cada vez mais fora de sintonia e, às vezes, contrastando com os interesses dos EUA.

Esses fatores tornam cada vez mais arriscada a transferência da sensível tecnologia do F-35 e as capacidades de ponta para o regime de Erdogan. Além disso, o governo turco continua se aproximando cada vez mais da Rússia, já que eles mantêm um inocente pastor americano, Andrew Brunson, na prisão para usá-lo como peão nas negociações políticas. Os Estados Unidos não recompensam a tomada de reféns de cidadãos americanos; em vez disso, tal ação será cumprida com o tipo de medidas punitivas que essa lei promulgar.”

Embora não especificamente indicado, os primeiros quatro pontos lidam quase inteiramente com a compra planejada da Turquia de sistemas de mísseis terra-ar S-400. Desde 2015, os militares turcos têm procurado adquirir um novo SAM de longo alcance para substituir uma série de sistemas antigos da era da Guerra Fria que ainda tem em serviço. Naquele ano, um plano anterior para comprar o FD-2000 chinês entrou em colapso em meio à pressão dos Estados Unidos e de outros membros da Otan por muitas das razões citadas por Lankford e Shaheen em sua proposta de legislação.

Preocupações sobre o potencial de Moscou obter informações sobre o F-35 e como o S-400 se comporta contra ele só cresceram desde então, especialmente depois que a Turquia afirmou que buscaria integrar totalmente o F-35 ao resto de suas forças militares.

FONTE: The Drive

100
Deixe um comentário

avatar
46 Comment threads
54 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
57 Comment authors
ViniciusThiagoBoscoJosé RicardoAndré Gomide Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
BILL27
Visitante
BILL27

Se eu fosse senador americano ,tbm vetaria

Fabiano WVJ
Visitante
Fabiano WVJ

Essa relação azedou, não sei como ainda cogitam recuperar confiança nos turcos.

TJLopes
Visitante
TJLopes

Eu também não colocaria uma tecnologia tão sensível nas mãos do senhor Recep Tayyip Erdoğan.

pangloss
Visitante
pangloss

Erdogan está em uma curva ascendente de autoritarismo, e o que é pior, abandonando o laicismo do Estado turco moderno.
Não merece F-35, nem qualquer outra tecnologia de ponta da OTAN.

Antonio
Visitante
Antonio

Eu tenho a impressão que a turquia secular de Atatürk vem desaparecendo nas mãos de Endorgan, e isso se reflete na politica externa deles, com Endorgan mantendo tons ameaçadores a lideres europeus.
No mais, é uma ótima noticia para os Gregos.

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Opa, então vaõ dar a Turquia de bandeja para Putin??? Muita calma nessa hora!!

Washington Menezes
Visitante
Washington Menezes

Exatamente isto que eu ia dizer. Na verdade acabaram de lustrar a bandeja colocaram o Erdegon nela e entregaram para Rússia.

Fabiano WVJ
Visitante
Fabiano WVJ

Após o assassinato do diplomata russo na Turquia, o abate do caça russo que ‘invadiu’ o espaço aéreo turco, a tentativa de golpe de estado contra Erdogan, apoio à ofensiva curda na fronteira, acho que os EUA estão sem muita chance.

Ivan BC
Visitante
Ivan BC

Dar o Erdogan para os russos? Se ele não é um parceiros dos europeus e dos EUA então por que cultivar essa aliança? Devemos ser aliados de quem nos quer ver bem e nos ajudam. Erdogan não merece nada após dezenas de discursos racistas, ataque a outros povos, prisão de jornalistas, deputados, juízes, militares, professores, empresários, associações etc…após fechar jornais, empresas, igrejas ocidentais etc… Se Erdogan prefere a Rússia então seja feliz, mas não esqueça que todo o leste europeu e parte do povo russo pensante corre de Putin. Vender armas para a Turquia nesse momento não é uma decisão… Read more »

Gilberto Rezende
Visitante
Gilberto Rezende

Quero ver os EUA darem um cano em todo o dinheiro que a Turquia investiu no F-35 como uma das 6 nações principais no desenvolvimento internacional da aeronave…
Vai ficar muito mal na fita essa puxada de tapete…

Carlos Eduardo Maciel
Visitante
Carlos Eduardo Maciel

Essa iniciativa só vai facilictar à Russia e China estabelecerem um processo de parceria mais forte com os turcos.
A Turquia não é nenhuma pobre coitada em tecnologia.
Outra coisa … ninguém olhou a posição deles no mapa ?
A melhor porta de entrada para a Africa e Oriente Médio.
Não se joga fora um ativo desses apenas por falta de flexibilidade política.

Washington Menezes
Visitante
Washington Menezes

Só tem um detalhe, é a besta do Trump com um monte de senador arrogante.

Augusto L
Visitante
Augusto L

” A melhor porta de entrada para a Africa e Oriente Médio ”
Pra quem ? Pros Europeus continentais? Se for, sim como porta ao OM à africa não, as proximidades dos paises da Europa Meridional é que são.
UK tem bases em todo mediterrâneo que os pões diretos com o OM e Africa.
EUA tem bases na Italia e super porta-aviões.

Carlos Eduardo Maciel
Visitante
Carlos Eduardo Maciel

Augusto por favor, eles tem fronteiras diretas com Irã, Iraque e Síria. Porque deslocar da Itália, manter porta aviões, movimentar zonas mais distantes da Europa que eventualmente podem não receber autorização de cruzar o espaço aéreo da Turquia, se vc pode ter os próprios Turcos atuando como guarda costas da Europa ? Porque expor Israel a lidar com o Egito e Líbia sendo que já possuem a crise eterna do OM ? Por favor, leve em consideração o tamanho da força que o Egito está a anos formando. Compras discretas diretas e que depois seguem sem nenhum alarde. Nesse contexto… Read more »

Antonio Palhares
Visitante
Antonio Palhares

Por causa de sua localização estratégica e única. A Turquia é mais importante para a OTAN do que esta para a Turquia. Estes sanadores idiotas que jogam para a torcida podem criar um problema sério. Se bem que , por motivos culturais e religiosos a Turquia jamais vai ser aceita na comunidade Européia. Um pepino de bom tamanho.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Esse projeto de lei se aprovado é um enorme tiro no pé pois vai jogar os turcos no colo da Rússia e bloquear o acesso dos EUA e aliados ao Estreito de Bósforo e ao mar negro. O melhor é manter a prudência e continuar a negociar com o sultão Erdogan.

Ricardo
Visitante
Ricardo

Quem tem mais a perder com o fim de uma possível aliança Turquia x EUA? É óbvio que são os EUA. Edorgan tem que se mostrar sempre forte. Jamais vai aceitar ser pressionado ou estará politicamente acabado. Os EUA vão pressionar, mas nada além disso.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Bem colocado! E não vejo o Trump sancionando essa lei.

Manuel Souza
Visitante
Manuel Souza

Deixa eu ver se entendi. A maior economia e a maior potência militar do planeta tem mais a perder com o fim da aliança do que a Turquia? UAHAUAHUAHAUHAUAHUAHAUHAUAH.

Jr
Visitante
Jr

Tem, por vários motivos, a Turquia é o segundo maior exército da Otan, é ela que toma conta do estreito de Bósforo e só entra e sai do mar negro quem ela deixa, ela tem bases da Otan, algumas inclusive com arsenal nuclear. Muitos não sabem, mas a TAI fabrica uma boa parte da fuselagem do F-35, quem é que a Lockheed Martin vai colocar no lugar da TAI? Quanto vai cu$$$$$$$$$$$$$$tar isso? O programa F-35 vai ter que parar até a Lockheed escolher um parceiro substituto? Se isso acontecer vai atrasar e encarecer ainda mais o projeto F-35, resumindo… Read more »

Manuel Souza
Visitante
Manuel Souza

Os EUA têm a perder. Mas a Turquia irá perder muito mais. Que chá vocês andam bebendo?

Jr
Visitante
Jr

Ninguém anda bebendo chá nenhum, você é que não consegue enxergar que não interessa nem para Turquia, nem para os EUA que esse projeto dos senadores seja aprovado, muito provavelmente não será e se for o pentágono vai pedir ara o Trump vetar

Gilberto Rezende
Visitante
Gilberto Rezende

Depois do golpe de estado patrocinado pelos EUA contra o Erdogan e a recusa dos EUA de extraditar o líder do golpe Fetullah Gulen é mera questão de tempo o rompimento definitivo com os EUA e a OTAN.
A compra das 4 divisões de baterias antiaéreas russas S-400 é mais um indicativo.
Para mim este veto ao fornecimento do F-35 é um boi na sala, a última tentativa americana para fazer os Turcos desistirem da compra dos armamentos russos.

Cabe aos TURCOS decidirem o que é mais importante para eles e seu país os F-35 ou os S-400…

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Você quis dizer o auto-golpe dado por Erdogan para justificar a institucionalização da ditadura no país, de quebra acabando o Estado laico imposto por Ataturk?

No mais,achar que esse projeto de lei possa eventualmente passar mostra desconhecimento não apenas da democracia como também do sistema político norte-americano.

Jorge Augusto
Visitante
Jorge Augusto

Eu não sou a favor do Erdogan, mas vendo de fora e como um leigo, parece que a Turquia foi usada e está sendo jogada fora. Virou parte da OTAN e não ganhou nada em troca. A OTAN usou a posição geográfica favorável da Turquia para o Oriente Médio e toda vez que a Turquia pediu ajuda da OTAN foi negada. Está comprando armas russas porque as armas da OTAN foram negadas. E pra piorar, os próprios membros da OTAN financiam grupos que são contrários a Turquia. Então se o Erdogan é um ditador que está se tornando anti-ocidente e… Read more »

Augusto L
Visitante
Augusto L

“Virou parte da OTAN e não ganhou nada em troca”
Claro que ganhou, ganhou poder de barganha dentro da organização, como por exemplo invadir Chipre sem oposição e ganhou um aliado na defesa contra uma possivel invasão Soviética, alem de poder usufruir dos melhores equipamentos militares do mundo.

Jorge Augusto
Visitante
Jorge Augusto

Os melhores equipamentos militares do mundo estão sendo proibidos de ser vendidos a eles.

“Ganhou um aliado na defesa contra uma possível invasão soviética” A URSS acabou a décadas. E atualmente a Turquia está sendo invadida pelos curdos e o que a OTAN faz é dar armas aos curdos ao invés de ajudar o aliado chamado Turquia.

Então eu DUVIDO que a OTAN ajudaria a Turquia em uma invasão.

patriotaRBC
Visitante
patriotaRBC

Isso é medo dos Turcos exporem pro mundo que o F35 é uma foca voadora não imune aos SS’s Russos.

Almeida
Visitante
Almeida

Pra quem tava defendendo o F-35 pra Alemanha, taí o por quê dos alemãos preferirem uma solução própria, ainda que inferior.

Hélio
Visitante
Hélio

A Turquia, Estado membro da OTAN, vendo os EUA junto da OTAN armando e treinando terroristas que atuam em seu território tendo de aturar isso… Olha, os turcos devem ser muito pacientes porque essa relação já passou de todos os limites aceitáveis e inaceitáveis. Mas é só um lembrete pra quem acha que o Brasil tem que ~traçar parcerias estratégicas~ com os EUA.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Os curdos não são terroristas, apenas lutam por um estado próprio tal como fazem os palestinos. E cumpre lembrar que algumas facções que lutam contra Assad ( e por ele chamadas de “terroristas”) são apoiadas por Erdogan. Ou seja, não há santos aqui.

Quanto à parcerias, acho muito pior fazê-las com russos e chineses. A Venezuela que o diga…

Jr
Visitante
Jr

O PKK curdo é considerado uma organização terrorista tanto por EUA como por União Europeia

PauloR
Visitante
PauloR

Russia ganha mais um cliente para T-50

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Foi o que pensei, mas não sei se venderiam enquanto eles estivessem na OTAN.

PauloR
Visitante
PauloR

A Russia pode oferecer uma versão de exportação, com capacidade limitada, porém, ainda assim um caça capaz. Seria uma versão de exportação do T-50, assim como fizeram com S400 que é bem limitado se for comparar com a versão original que só a Russia possui.
Erdogan pode não gostar da proposta, mas a Russia pode oferecer como contrapartida uma parceria para ajudar na construção do avião de 5 geração que os turcos estão fazendo.
Essa é uma possibilidade para fechar negócio se esse embargo americano for aprovado. E com certeza se acontecer, Erdogan rompe com os americanos no dia seguinte.

Hélio
Visitante
Hélio

Digo mais, Turquia assumindo o lugar da Índia no programa, por que não?

Gilberto Rezende
Visitante
Gilberto Rezende

Boa lembrança…
Uma substituição de ocasião nahora…
Putin agradece… KKKKK

Billy
Visitante
Billy

Turquia um caso complicado para a OTAN. Uma ponte entre UE e oriente médio e um espinho na garganta da Russia. Um gatilho para conflitos generalizados.

Delfim
Visitante
Delfim

Turquia com Erdogan ainda é melhor que muito país islâmico porraí, mas pra ganhar F-35 tá ficando esquisito.
.
Mas como tem a chave do Bósforo e do Dardanelos, convém prudência. A Turquia tem agenda própria.
.
E se a Turquia for expulsa do JSF, vai ter indenização ?
.
Em 2018 fazem 100 anos que o Império Otomano deixou de ser dono do Oriente Médio.

Augusto L
Visitante
Augusto L

“Em 2018 fazem 100 anos que o Império Otomano deixou de ser dono do Oriente Médio”.
Mas parecem que não estam muito satisfeitos com isso e querem recuperrar terreno perdido.

Delfim
Visitante
Delfim

Podiscrê.

737-800RJ
Visitante
737-800RJ

A Rússia que deve estar achando uma maravilha… Um potencial cliente para o T-50, talvez? Só sei que a Turquia tem altas pretensões militares e faz altos investimentos… A Grécia que abra os olhos!

Mauro 76
Visitante
Mauro 76

Eu tambem penso como vc..
Esses homens fortes do oriente quando se acham desrreipetados logo arrumam uma contenda para mostrar força para seu povo…
Se cuida Grécia e Albânia. .
A síria ja ta sofrendo com esse sultão!

Mateus von Marchi
Visitante
Mateus von Marchi

Mas no final, os Otomanos sempre irão perder, não tem mais Alemanha e Áustria de aliados, foram massacrados por ango-saxões, a Rússia é fraca, ela nunca ganharia uma guerra convencional contra os EUA, hoje não se vence mais uma guerra tendo mares de soldados, Stalingrado não funciona mais Rússia.

Hélio
Visitante
Hélio

Quanta besteira num comentário só, meu Deus.

Mateus von Marchi
Visitante
Mateus von Marchi

Falei mentira? Turcos(otomanos) não tem mais seus aliados históricos como a Áustria(Áustria-Hungria) e Império Alemão.

A Rússia NUNCA iria vencer os EUA em uma guerra convencional pois tem a superioridade aérea e naval indiscutível, e só perde para a Rússia em número de tanques(porém os Estados Unidos tem um número bem maior de helicópteros de ataque), e nenhum deles se enfrentariam mesmo, pois tem armas nucleares.

Ter exércitos gigantes hoje em dia não significa nada, Israel derrotou países muito maiores, mais populosos e mais armados que eles.

E utilizar da tática de Stalingrado não vai mais salva-los.

Gilberto Rezende
Visitante
Gilberto Rezende

Os americanos não tem a metade do endurance de batalha dos alemães no terreno.
E os russos tem poder balístico suficiente para colocar os americanos de joelhos no chão destruindo o American way of life em sua casa aplainando as grandes cidades americanas…
Os americanos em casa ficaram catatônicos com a quedas das torres em NY, imagine o colapso de uma barragem de explosões nucleares nas principais cidades..
Os Russos já experimentaram algo assim na 2WW em seu país e sobreviveram, os americanos não…

J-20
Visitante
J-20

1 – a Turquia tem uma parte no programa do JSF. Negar o acesso do F-35 à ela é rasgar um contrato que tem com as empresas turcas que sangraram dinheiro para ajudar no programa. E se for vetada? O que vai acontecer? Vão pagar royalties para os turcos? Devolução do valor gasto? 2 – fazer isso abriria possibilidade da Turquia acelerar o processo de desenvolvimento do seu próprio caça de quinta geração para compensar esse rombo, ou no pior dos casos, se tornar uma financiadora do FC-31 ou, no cenário mais obscuro para os EUA, o Su-57. 3 –… Read more »

Mateus von Marchi
Visitante
Mateus von Marchi

Melhor perder uma “aliado” como a Turquia e seu ditador Erdogan, do que entregar toda o dinheiro, tempo e consequentemente tecnologia investidos no F-35.

J-20
Visitante
J-20

Leu a parte do “A Turquia é parte do programa JSF” não? Eles também aplicaram dinheiro, muito dinheiro no projeto, como todos os países que aderiram ao programa e, por direito, tem acesso ao F-35. Não é apenas a tecnologia norte-americana que está sendo utilizada. Todos tem uma parcela no projeto, apenas restando aos EUA uma fatia maior do desenvolvimento. Além disso, os EUA estão pouco se importando se ele é ditador ou não. A partir do momento em que existe um interesse mútuo entre os dois países, eles terão negócio. Pare de acreditar que os EUA, os europeus, russos… Read more »

Mabeco
Visitante
Mabeco

Excelente colocação, J-20.
De fato, direito internacional e submissão aos pactos estão em baixa no mercado.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Melhor análise até agora J-20! Parabéns!

Gilberto Rezende
Visitante
Gilberto Rezende

Esta que é a “maravilha” do sistema político americano, se um punhado de senadores tresloucados RESOLVEREM colocar esta proibição em vigor NÃO HÁ NADA que Trump possa fazer para evitar a não ser digitar impropérios nos seus TWEETS presidenciais…

Aliás ele inaugura uma nova categoria a nível mundial na INTERNET…
O TROLL DE ESTADO (STATE TROLL) armado com um arsenal de sanções e ogivas nucleares…

O DEUS_PAI de todos os TROLLs…

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

“se um punhado de senadores tresloucados RESOLVEREM colocar esta proibição em vigor NÃO HÁ NADA que Trump possa fazer para evitar a não ser digitar impropérios nos seus TWEETS presidenciais…”

Meu caro Giba, se você conhecesse o funcionamento da democracia e do princípio da separação de poderes, especialmente o sistema de “Check and Balances” (criação da doutrina constitucionalista norte-americana diga-se de passagem) saberia que no caso em tela além de twittar Trump pode VETAR tal projeto de lei.

Não se engane, com todas as suas conhecidas mazelas o sistema político norte-americano funciona melhor que o nosso…..

Hélio
Visitante
Hélio

O que? Os curdos são sim terroristas, assim como os palestinos, inclusive, o PKK é considerado terrorista inclusive pelos EUA, que financiam o YPG como fachada, assim como dão apoio para outros terroristas filiados a al Qaeda, inclusive ao próprio ISIS. Todos que estão lá lutando contra o governo são terroristas, não existe ~rebelde moderado~, isso só existe no discurso para financiar os terroristas, assim como financiaram os ~rebeldes moderados~ líbios. No mais, a Venezuela não está tendo problemas não, pelo contrário, os russos não desistiram deles apesar de tudo, e não pense que os russos são os bonzinhos, só… Read more »

Andre
Visitante
Andre

A Venezuela não está tendo problemas? Como você sabe? Foi lá no Acre perguntar para as dezenas de milhares de venezuelanos que fugiram da fome a pé?

Hélio
Visitante
Hélio

~Jênio~, leia antes de cantar de galo, estou falando da relação com a Rússia, não com crise econômica.

André Gomide
Visitante
André Gomide

Acre não é capital de Roraima….kkkkkkk…desculpe a ironia.

Mas deve ter dado trabalho para o povo sofrido da Venezuela atravessar a Amazônia inteira, de norte a sul, sair pelo Peru, para só então entrar a pé pelo Acre….kkkkkkk

Jakson de Almeida
Visitante
Jakson de Almeida

O senado americano devia é impedir a venda do F-35 ao próprio EUA e livrar o cidadão americano de ter que arcar com esse F-111 do seculo 21.

Almeida
Visitante
Almeida

Hahahaha boa! 🙂

Robsonmkt
Visitante

A Turquia faz parte do ônus mas não do bônus. Ela faz parte da OTAN mas não da União Europeia. Por mais que ela tentasse, sempre teve a sua entrada no bloco negada. Isto jogou a Turquia em um espécie de limbo geopolítico, um Estado democrático, moderno e laico, o que causava estranheza entre seus pares muçulmanos e um país de maioria muçulmana, o que causava desconfiança entre seus pares europeus, especialmente os gregos. Aparentemente, Erdogan desistiu dos europeus, do Estado laico e se volta agora para a comunidade muçulmana. A Turquia tem uma participação efetiva no projeto JSF mas,… Read more »

Mk48
Visitante
Mk48

Desde quando a Turquia é um Estado democrático ? De onde você tirou isso ?

Robsonmkt
Visitante

A Turquia é um país democrático, porém, após a suspeita tentativa de golpe, Erdogan tem aumentado seus poderes e perseguido opositores, inclusive a imprensa. Ou seja, caminha rapidamente para deixar de ser um país democrático e se tornar um regime totalitário, fascista e, ao mesmo tempo, islâmico. Seguem alguns dados do sistema de governo da Turquia extraídos do wikipedia: “A Turquia é uma democracia representativa parlamentar. Desde a fundação da república em 1923 que o país desenvolveu uma forte tradição de secularismo. A Constituição da Turquia governa o quadro jurídico do país, estabelece os princípios de governo e consagra a… Read more »

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Um reparo amigo Robson: os eventos de 2016 não foram uma suspeita de golpe mas sim um autogolpe dado pelo próprio Erdogan para justificar o aumento da repressão e a transformação da Turquia naquilo que você colocou muito bem ou seja, um estado ditatorial, fascista e teocrático.

Mk48
Visitante
Mk48

Robson , há anos vou a Istambul,
Izmir, Kusadasi e outras cidades turcas pelo menos 2 vezes ao ano, a trabalho.

Posso lhe assegurar que a Turquia NÃO é um país democrático há muito tempo.

Robsonmkt
Visitante

Ok, entre dados de Wikipedia e a informação de primeira mão de quem este in loco na Turquia eu, obviamente, fico com sua informação. Mas como você disse não é mais, então um dia foi. Hoje em dia está longe de ser.

Control
Visitante

Srs O Erdogan ambiciona reconstituir o Império Otomano. Não é seu objetivo cair nas mãos dos russos, inimigos tradicionais, como também não é ficar atrelado ao Tio Sam ou a Europa. Hoje em dia ele está fazendo jogo duplo para obter o máximo que puder de todos. Seu sonho não é fazer parte da UE e da OTAN ou ser um parceiro do Putin. Sua ambição é ser o sultão de um novo Império Otomano e liderar o mundo islâmico. Observem que ele está transformando a Turquia de um país laico para um país regido pelas leis islâmicas, retornando a… Read more »

Matheus Vinicius
Visitante
Matheus Vinicius

O mais estranho de toda essa cachorrada é a omissão geopolítica chinesa em uma oportunidade tão grande dessas, para quem quer se tornar a maior potência do mundo, não fazer nada em cenários assim é a pior escolha.
Uma nova oportunidade dessas dificilmente aparecerá, sem falar que o sultão adoraria o apoio de uma potência como a China ao invés da decadente Rússia, o que lhe daria muito mais segurança de não ser executado, como geralmente acontece com os líderes do oriente médio que desobedecem os EUA.

João Borges
Visitante
João Borges

“sem falar que o sultão adoraria o apoio de uma potência como a China ao invés da decadente Rússia”

Não é o que parece.
Eles desistiram do FD-2000 (chinês) em 2015 pra agora comprar o S-400 (russo).

Nonato
Visitante
Nonato

Muita gente apoiando a Turquia. Provavelmente os que são anti ocidente e vêem qualquer inimigo dos EUA como bonzinhos… A Turquia comprando 116 F35? Me parece que é mais do que qualquer outro país… Bom, vemos um ditador. Um homem não confiável… Por um lado, a OTAN entendeu ser importante ter a Turquia como aliado. Por outra, é um país não confiável. Por que vender o melhor caça da OTAN para um país que não é confiável? O problema é que há consequências. Igual ocorreu com a Venezuela e os SU 30… Mas prefiro não entregar as melhores armas ao… Read more »

Arariboia
Visitante
Arariboia

Santa paciência com os comentários parados nos anos 60/70/80/90 Não sei quem é mais travada na ideologia e na Historia… A Esquerda ou Direita brasileira! Um Vem e fala de “Stalingrado e Mares de Soldados”. Não respeita a historia e a memoria dos que morreram lá… Assim como outros países ocidentais utilizaram um mar de soldados. Mas não se atenta a pesquisar o minimo na internet sobre o tamanho do Exercito Russo Atual e sua concepção profissional acima de 70% dos seus 350,000. Os Estados Unidos hoje em dia penaria pra impor uma vitoria rápida ou duradoura em país como… Read more »

Vinicius
Visitante
Vinicius

Melhor comentário até agora! Os muçulmanos são ‘imbatíveis’ na tática de ‘terra arrasada'(vide Afeganistão e Iraque.) Alem do mais, nenhuma super potência no século 20 venceu uma só guerra ao tentar invadir outro país: EUA no Vietnam, URSS no Afeganistão, Japão na China, etc…

Russian Bear
Visitante
Russian Bear

Os Estados Unidos irão sim vender o F-35 para a Turquia. Erdogan está fazendo uma barganha sem precedentes com o tio Sam. Ameaçando se aliar com a Rússia e China e chutar para longe as bases americanas em seu país. Hoje em duas bases turcas os americanos tem uma dúzias de nukes estrategicamente posicionadas. Na história recente, os Estados Unidos jamais perderem uma base militar em outro país, seja por qual for o motivo, e não será desta vez também. O preço pago para continuar fazendo funcionar a engrenagem bélica é enviar mais e mais armamentos e manter as parcerias,… Read more »

Mabeco
Visitante
Mabeco

Creio que perdeu a base de Manta, no Equador.

Ronaldo de souza gonçalves
Visitante
Ronaldo de souza gonçalves

Bem que o Brasil não entrou no programa f-35,depois que a Turquia colocou o dinheiro, é participou do projeto,inclusive na fabricação de componentes,um bando de senadores querem fazer politicagem, é tirar a túrquia fora.Agora a Turquia pretende ter um sistema de defesa antiaérea,tentou o chinês,pressão,agora quer comprar o russo,pressão.Eles não querem nada de graça eles vão pagar pelo f-35,que ajudaram a materializar.Isto não tem nada ver com a otan,eu acho que tem um dedo de irsael,que não quer o s-400 para países arábes.

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

E desde quando Turquia é Árabe?

Mk48
Visitante
Mk48

Á Turquia não é de população árabe. A religião predominante é a muçulmana, mas a origem étnica dos turcos vem do antigo Oriente. Nada a ver com os árabes.

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

Certeza que tem dedo dos chorões de Tel Aviv aí, que como todos sabem, tem forte lobby no senado americano e na Casa Branca. Israel não vai querer um país do OM (em tese) com F-35.

Mk48
Visitante
Mk48

O que é isso rapaz. Se você morasse num país de 8 milhões de habitantes cercado por mais de 100 milhões de árabes querendo te exterminar, com certeza não faria um comentário desses.

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

Ué Israel pode ter as armas que quiser, os outros não podem por quê? Pensei que os direitóides defendiam a autodeterminação dos povos.

Bosco
Visitante
Bosco

Defensor,
Só uma perguntinha… você é cidadão americano???… mora lá??… paga tributos ao governo americano??
Você parece incomodado com os EUA subsidiar, ajudar ou sustentar Israel. Se os cidadãos e pagadores de tributos americanos não liga pra isso por que é que tem tanto brasileiro que liga?
E se isso acontece, é porque deve ter motivo. Não é porque americano é bobo ou bonzinho.
Vocês esquerdista querem sempre lembrar que Israel é sustentado pelo EUA como se isso fosse errado ou maculasse a imagem de Israel.
Me ajuda a entender essa linha de pensamento aí Defensor.

Vinicius
Visitante
Vinicius

Enquanto houver Cristãos nos EUA eles sempre ajudarão Israel seja de qual forma for.

Hélio
Visitante
Hélio

Você só falou besteira e ainda acha que a vida real é supeetrunfo. Primeiro, que envergadura militar tem a Áustria? O que isso tem a ver com o assunto? Segundo, de onde você tirou que a Rússia não tem capacidade de vencer os EUA em guerra convencional? Pelo contrário, a força aérea russa é reconhecida como a mais capaz do mundo, a espinha dorsal americana é formada pelos f16, além que, a marinha americana não teria eficiência alguma contra a russa, primeiro por a Rússia mal ter mar, seegundo porque a marinha russa foi concebida para enfrentar a marinha americana… Read more »

Saldanha da Gama
Visitante
Saldanha da Gama

Adoraria saber como fica o contrato entre as partes do desenvolvimento do F35 e o que foi gasto neste projeto. Irão Reembolsar em valor ou outro produto militar? Ou ficará por isto mesmo, tipo o calote dado pela Venezuela e outros “amigos” do Brasil?

Hélio
Visitante
Hélio

Ainda bem que a Arábia Saudita é confiável e democrática, nem financia terrorista nem nada. Não se curvar os EUA não é ser anti-ocidente, alias, o que é ser ocidente? É ser globalista? Os EUA não representam valor ocidental algum, pelo contrário, é de lá que saem todos as ONGs de esquerda que atuam no mundo, os EUA são o centro da esquerda mundial para a destruição dos valores ocidentais tradicionais e a imposição da ~sociedade aberta~. Os tempos de John Wayne já passaram, alias, os EUA nunca foram aquilo que sua propaganda tentava passar nos anos 50.

Leonardo zene neves
Visitante
Leonardo zene neves

Isso fará os Turcos entrarem no barco do Su-57 …

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Na época que teve aquela tentativa de golpe militar na Turquia eu torci para dar certo, pq sabia que a Turquia era um país que ia seguir um caminho obscuro, ano após ano a Turquia comandada pelo Erdogan vem se tornando mais ditatorial, milhares de pessoas presas desde civis até militares, lembra a Venezuela uns anos atrás, sobre os Curdos os Tucos tem todo direito de eliminar o PKK, porém não vejo como um problema um país curdo em parte do Iraque e do Irã, Jordânia e Egito estão em paz com Israel então pode se fazer o mesmo nesse… Read more »

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

Esse site anda engraçado. O comentário do cidadão se inicia com: “você não sabe de nada, precisa estudar e se informar melhor”. Aí, seguindo em seu comentário, escreve um monte de besteira. Kkkkkkkkkkkkkkkkkk Quanto à notícia, é um projeto, nada demais. Será votado e, provavelmente, reprovado. Como dito acima, do pouco que se aproveita do flaflu que tem sido criado em toda matéria da trilogia, retirar a Turquia do projeto pode ter péssimas consequências à política que os EUA procura manter na região. Tem multas de quebra de contrato. Os turcos podem migrar para o projeto russo (o que viria… Read more »

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

Os cidadãos de Israel não desejam nada, quem decide são os grandões de Tel Aviv junto com os bananas da Casa Branca e do senado americano.

Rane paulo
Visitante
Rane paulo

Demorou muito pra tomar essa decisão contra esse ditador

Marcos R.
Visitante
Marcos R.

Posso estar enganado, mas me parece que com todos os datalinks, backdoors, sistemas de feedback de bugs e etc você pode até ter um f35, mas duvido que consiga tirá-lo do chão contra os interesses dos americanos.

Gabriel
Visitante
Gabriel

Vai ser um tiro no pé!

Fabiano Martins
Visitante
Fabiano Martins

Escolha um lado !

José
Visitante
José

Os senadores americanos estão corretos,pois já passou do tempo dos americanos tirarem a prova que o tirano otomano não é de confiança e que finge,em proveito próprio,ser aliado.Ele tem uma retórica inflamada contra os USA,Israel e Europa. O tirano chantageia a dita UE(mais parece uma desunião europeia),recebe bilhões dos mesmos como ajuda para segurar os imigrantes,vive ameaçando deixar passar milhões de imigrantes aos países europeus,ameaça os USA,ameaça Israel. Ele tem um sonho louco de reeditar o antigo império otomano.A maioria das pessoas não sabem o que ele tem dito la na Turquia,as suas pretensões e sonhos de conquista.Não deu ainda… Read more »

Sérgio Luís
Visitante
Sérgio Luís

É a hora de Moscou se vingar do mig-25 desertor no Japão!
Se os EUA fornecerem o F-35 a Turquia, lógico!

Ivan BC
Visitante
Ivan BC

Sabem o que é engraçado, ninguém pensou o oposto: por que os turcos querem o f-35, mesmo após dezenas de discursos racistas contra vários países europeus, países que são o berço do povo brasileiro e que compartilhamos os mesmos valores sociais e humanos. Acordem, o mundo não é apenas dinheiro! Desde o golpe de Estado feito pelo Erdogan o país entrou em regime autoritário internamente, perseguindo estrangeiros, igrejas ocidentais, fechando empresas estrangeiras, bloqueando internet (para não terem acesso ao contra argumento das galáxias do mídia estatal). Os EUA é de longe um país muito mais forte que a Turquia, países… Read more »

William
Visitante
William

Isso um dia pode ficar parecido com os F-14 vendidos ao Irã.

José Ricardo
Visitante

E a grana que a Turquia investiu no programa ou se é que investiu , será que vão devolver.

José
Visitante
José

Agora há pouco li em um site da Síria comentários que Israel atacou ontem bases em Hama e Aleppo,estranhamente os comentários são comedidos dizendo que Israel estreou o caça F-35, chamado pelo site de fantasma,fazendo uso da bomba GBU-39. Há fotos mostrando restos da bomba que segundo o site é a arma usada pelos caças furtivos israelenses. Não duvido não,pois pouco tempo após o ataque os sírios desnorteados apontavam como provável um ataque de misseis vindo não sabe de onde,mas jogando no¨bicho¨como sendo a autoria americana e aliados.Parece cômico,pois eles mostram fotos de restos de bomba e não de misseis,… Read more »

Thiago
Visitante
Thiago

Sorte da Turquia