terça-feira, setembro 21, 2021

Gripen para o Brasil

Caças F-16 do Iraque atacam alvos do EI na Síria

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

F-16 do Iraque
F-16 do Iraque

BAGDÁ (AFP) – Caças F-16 da Força Aérea Iraquiana realizaram nesta quinta-feira uma “incursão mortal” contra alvos do grupo do Estado Islâmico (EI), na vizinha Síria, informou o gabinete do primeiro-ministro Haider al-Abadi.

Abadi ordenou o ataque contra os jihadistas “por causa do perigo que representam para o território iraquiano”, disse um comunicado.

Um vídeo divulgado pela força aérea mostrou dois jatos de combate F-16 em ação.

“Esses ataques demonstram a crescente capacidade de nossas forças armadas de caçar e liquidar terroristas”, acrescentou.

O Iraque declarou a vitória em dezembro contra o EI, que lançou uma ofensiva abrangente em 2014 e em determinado momento controlou um terço do país.

Os jihadistas ainda controlam bolsões de deserto ao longo da fronteira com a Síria, onde o Iraque já havia realizado ataques limitados contra o EI antes do ataque de quinta-feira.

FONTEFrance 24

- Advertisement -

36 Comments

Subscribe
Notify of
guest
36 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Tallguiese

Pois é, o Iraque se ocidentalizando. Vi uma reportagem em um jornal mostrando a reconstrução do país. E percebe se que os moradores de uma cidade de lá com roupas ocidentais mas as mulheres contiam de burca. Mesmo assim estão se resconstruindo. Olha esses falcões novinhos que eles tem, e os FA-50 coreanos. Só máquinas top!

sub-urbano

O Iraque é um país satélite do Irã hoje.

Rui chapéu

Quanto mais eu tento entender essas guerras árabes, menos eu entendo.

Aliás, já tinha desistido de entender há anos. Parece que só piora por lá.

camargoer

Olá Rui. Enquanto 70% da população do Iraque é árabe, 50% do Irá é persa (apenas 3% da população do Irã é árabe).

CignusRJ

50% do Irã é persa??? Eu diria quase a totalidade. Afinal o Irã é a Pérsia.
Já o Iraque é a mesma coisa, tirando os curdos que estão em bom número, mais de 90% dos iraquianos são árabes.
Por acaso vc não estaria falando de Xiitas e sunitas?

Rodrigo M

“incursão mortal” Gostei! kkk
Linda essa pintura dos F-16 iraquianos.

Bardini

Mas dai só pode usar como eles deixarem.

José

Não é verdade o Vietnam não ganhou a guerra,essa é uma afirmação pejada do esquerdismo.
Não houve vitoria militar,o que houve foi desistência de dar continuidade a guerra. O novo presidente americano que assumiu o governo,Richard Nixon prometeu em campanha retirar o país da guerra,e assim o fez.

sub-urbano

“não houve uma vitória militar” HAHAHAHA

André Bitencourt

Pelo que já li da guerra do Vietnã as forças norte-americanas não perderam nenhuma batalha ( se eu estiver errado me corrijam), todas as campanhas norte-americanas se saíram vitoriosas. A Guerra do Vietnam foi complexa, não houve um desdobramento militar com vistas a invasão do norte comunista, as batalhas travadas ao sul tinham como meta derrotar os movimentos vietcongs (guerrilheiros comunistas), assim como tropas regulares do Vietnam do Norte que apoiavam esses guerrilheiros, era uma campanha de bate e corre. Contra o Vietnam do Norte fora realizada uma campanha de bombardeios, mas em nenhum momento houve uma invasão terrestre. O… Read more »

André Bitencourt

enviei a mesma mensagem em outras tentativas, se aparecerem por ai, desconsiderem, meu computador estava apresentando erro! Obrigado

CignusRJ

A guerra do Vietnam terminou oficialmente com o tratado de paz de Paris de 1973 onde os dois países, Vietnam do Norte e EUA acordaram em sair do Vietnam do Sul. Sem vencedores e nem vencidos. Os EUA saíram do país e o Vientam do Norte oficialmente saiu mas na prática não. Foi no, se não me engano, período de 6 de meses após a retirada de todos os militares americanos, com exceção de consultores, que o Vietnam do Norte invadiu novamente o sul e como já havia tropas escondidas dentro do país, estes fizeram ataques de sabotagem, terrorismo, assassinatos… Read more »

Carlos Crispim

Nossa, um país destroçado pela guerra e pela ditadura de um sanguinário, hoje tem uma força aérea maior e melhor do que a nossa, a gente com um monte de Forévis da guerra do Vietnam e uns A4 da Coréia, inscreditável o total menosprezo dos sucessivos governos brasileiros pelas forças armadas.

Jose de Deus

Mesmo comparando a violencia urbana no Brasil, duvido que VC queira tentar viver la’ , mesmo com estes aparelhos novinhos. Na segunda grande guerra o Brasil tbem recebeu uma frota novinha e aposto que nenhum de nós sabemos quanto e ou até quando pagamos por isso.

Nunão

Jose,
Se apostar, você vai perder, pois o recebimento de aviões, navios e outros materiais militares na Segunda Guerra Mundial, pelo sistema lend-lease que tinha como contrapartida exportação de matérias-primas e outros itens importantes ao esforço de guerra, com encontro de contas ao final do conflito, foi documentada e já bastante estudada por historiadores. Assim, muita gente sabe o quanto custou e não é difícil você também pesquisar e descobrir.

camargoer

Quem se lembra do filme do Peter Selers “O rato que ruge” sobre um reino minúsculo e falido que declara guerra aos EUA com o objeto de perder e se tornar um protetorado americano, só que o comandante das forças expedicionárias armados com espadas e flechas, captura uma bomba do juízo final, ganhando a guerra?

Adriano R.A.

Excelente!!!

Saldanha da Gama

Eu ia postar exatamente isto, declararmos guerra aos EUA como no filme, kkkk kkk kkk o que nós iríamos perder? se pelo copiássemos a justiça que eles possuem, já teria valido a pena!!!! st4

CignusRJ

Camargoer, lembrei deste filme tb. 🙂

Mabeco

Na guerra síria formou-se um eixo da resistência (4+1) composto por: Síria, Irã, Iraque, Rússia + Hezbollah. O QG do grupo está situado no Iraque. Os “incidentes” em Abukamal e Al Tanf são, justamente, para bloquear o acesso, por terra, do Irã e Iraque até o Mediterrâneo. Em Al Tanf os EUA/UK montaram uma base que bloqueou a rodovia, mas em Abukamal a estrada está liberada. De tempos em tempos o daesh (is/isis/isil) tenta romper este cerco e isolar Iraque/Irã, como está acontecendo agora. Foi pra contra-atacar este movimento dos terroristas que o Iraque atuou. Vale lembrar que as milícias… Read more »

HMS TIRELESS

Iraque, que apenas conseguiu derrotar o ISIS com auxílio dos ataques aéreos da coalizão liderada pelos EUA, integrando “eixo da resistência” com Síria e Irã e Rússia?

Mabeco

Exatamente. E esta não é a primeira vez que a Força Aérea Iraquiana dá uma mão para os sírios na região de Abukamal. Os interesses dos EUA não são os interesses dos iraquianos, sobretudo, se levar em consideração a situação curda.
Por outro lado, os interesses de Irã, Síria e Rússia aproximam-se em grande medida, motivo pelo qual existe convergência estratégica.

ODST

Apenas lembrando que o EUA não faz um favor ao Iraque (ou qualquer outro país) na batalha contra o ISIS, isso é uma obrigação deles, pois o EI foi criado graças as lambanças e falta de responsabilidade do EUA em suas guerras inúteis além das trapalhadas de seus militares patetas.

Nonato

Não concordo.
Mas sei que muita gente concorda, inclusive americanos.
Mas o que os americanos deveriam ter feito e não fizeram?

HMS TIRELESS

Essa conversa de que os EUA criaram o EI é uma daquelas mentiras que a mídia russa repete de forma goebbeliana até se tornar verdade para mentes mais sugestionáveis.

A patetice por patetice os militares russos e sírios fizeram bem mais…

Jacinto

HMS, Na verdade, ninguém que investe na idiotice e na ignorância perde. É sempre muito mais fácil culpar os EUA do que estudar direito o que ocorre. O ISIS, com outro nome, já existia em 1999, antes de os EUA invadirem o Iraque. Ele ganharam força a partir de 2004 em virtude da insurreição xiita no Iraque (fomentada pelo Irã), quando a população sunita passou a ser atacada pelo xiitas. Para “defender-se” destas agressões xiitas, o ISIS juntou-se a outros grupos sunitas de orientação salafista e dessa fusão surgiu o ISIS tal como o conhecemos. O papel dos EUA nisso… Read more »

Luiz B Santos

Quem publicou sobre a criação do Estado Islâmico no Iraque não foram os russos e sim a BBC. Combater terroristas é o pretexto dos americanos para derrubar Assad e os russos descobriram essa farsa.
http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/04/150423_eua_criacao_ei_fn

Alex

HMS Tireless, para de falar besteira! Nao e propaganda Russa, e fato.

Aqui uma reportagem da ABC News:

http://theduran.com/every-time-john-mccain-makes-secret-trips-to-syria-chemical-weapon-attacks-follow/

Jacinto

Luiz b Bastos,
A reportagem da BBC está incorreta.
A origem do ISIS é um grupo salafista criado na Jordânia em 1999 chamado Jama’at al-Tawhid wal-Jihad. Aquele que é mencionado pela BBC como “fundador” do Estado islâmico – Abu Omar al-Baghdadi – não fundou a organização; ele apenas se juntou ela e foi “subindo” na hierarquia do grupo. Quando ele, afinal, tornou-se o líder principal do grupo é que ele alterou o nome da organização justamente para dar a impressão de que ele era o “fundador” do Estado. A verdadeira origem do ISIS esta no salafismo.

Mk48

A Síria virou casa da mãe Joana. Se bobear até a Bolívia vai fazer algum bombardeio por lá com seus TF33.

Mabeco

O ataque foi autorizado pela Síria.

Augusto

Putz, até o Iraque está atacando alvos no território sírio? Aquilo já passou de bagunça há muito tempo.

Ricardo Bigliazzi

Até tu Iraque??

#océudasiriaédetodosnós

Que vergonha para a Síria e seus Aliados. EUA, Turquia, Israel, Iraque, etc, etc, etc…

Luiz B Santos

Os iraquianos sabendo da eficiência do velho sistema soviético S-200 avisaram as forças de defesa antiaérea siria e russa sobre o ataque. Eles não iam atacar sem pedir autorização ao governo sírio.

André Bitencourt

Tentei responder no “post” em que foi abordado o conflito no Vietnam mas não consegui. Mas pelo que já li da guerra do Vietnã as forças norte-americanas não perderam nenhuma batalha ( se eu estiver errado me corrijam), todas as campanhas norte-americanas se saíram vitoriosas. A Guerra do Vietnam foi complexa, não houve um desdobramento militar com vistas a invasão do norte comunista, as batalhas travadas ao sul tinham como meta derrotar os movimentos vietcongs (guerrilheiros comunistas), assim como tropas regulares do Vietnam do Norte que apoiavam esses guerrilheiros, era uma campanha de bate e corre. Contra o Vietnam do… Read more »

Últimas Notícias

Pintura comemorativa nas aeronaves da RSAF no 91º Dia Nacional da Arábia Saudita

O 91º Dia Nacional da Arábia Saudita contou com a apresentou das aeromaves Eurofighter Typhoon, Tornado, F-15C Eagle e...
- Advertisement -
- Advertisement -