Home Aviação de Ataque Turquia acelera projeto de caça furtivo TAI TF-X

Turquia acelera projeto de caça furtivo TAI TF-X

10274
32
TAI TF-X

Projeto nacional de avião de combate stealth recebe incentivo de 4,8 bilhões de liras turcas, com planos para voar até 2023

ISTANBUL – A Turkish Aerospace Industries Inc. (TAI) arregaçou as mangas para produzir o caça nacional da Turquia, o TF-X. O jato de caça de quinta geração, um dos maiores projetos de design do país, anunciado pelo presidente Recep Tayyip Erdoğan, será realizado dentro de um sistema de incentivo baseado em projetos.

As atividades de projeto preliminar receberam um certificado de incentivo de 4,8 bilhões de liras turcas (US$ 1,16 bilhão) sob o programa de incentivo. O projeto empregará 3.200 pessoas, com uma contribuição indireta de emprego estimada em cerca de 11.200.

Falando ao diário turco Dünya, o gerente geral da TAI, Temel Kotil, disse que eles trabalharão com a British BAE Systems, que desempenha vários papéis no projeto das aeronaves F-35. “Prevemos um período de quatro anos para a fase preliminar do projeto. Nesta fase, a estrutura do avião será determinada. O desenvolvimento de engenharia, tecnologia, infra-estrutura de testes e processos de certificação da aeronave e a aquisição de capacidade para o design do jato de combate são etapas desta fase”, disse Kotil.

Kotil também disse que a TAI estabelecerá a tecnologia, recursos humanos e investimentos físicos para o jato TF-X, informando que uma equipe muito grande estará trabalhando no projeto.

Ele também explicou que o primeiro protótipo do TF-X deve estar pronto para seu primeiro voo em 2023. “O TF-X é um avião furtivo de quinta geração que pode atingir velocidades supersônicas com pós-combustores”, disse Kotil. “Queremos que todas as coisas funcionem e estejam prontas até 2029 e que os aviões sejam colocados em serviço para as Forças Armadas da Turquia em 2031.”

FONTE: Daily Sabah

Subscribe
Notify of
guest
32 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antonio
Antonio
2 anos atrás

Como dito anteriormente, essa tecnologia está ficando comum e difundida por meio mundo.

MSB
MSB
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Mesmo assim US$ 1,16 bilhão para desenvolver uma aeronave com esta tecnologia não da nem para começar …

Manuel Souza
Manuel Souza
Reply to  MSB
2 anos atrás

Mas é pra começar mesmo. É a primeira fase de um projeto dessa envergadura. O dinheiro é para o projeto preliminar. Essa primeira fase vai durar 4 anos. O tempo total será de 13 anos. Eu diria que essa fase é a fase mais barata do projeto. Nem protótipo está contemplado nessa fase. Depois de um ano da fase preliminar é que o protótipo estaria pronto.

ERIVELTON
ERIVELTON
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Certo está ficando difundida. Ficará difundida la pela década de 50.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
2 anos atrás

Ao menos na concepção artística está ficando show de bola, turbofan EJ-200 :D.

Jr
Jr
Reply to  Alex Nogueira
2 anos atrás

Na realidade essa concepção artística era uma das 3 opções que eles tinham para escolher. A opção escolhida foi a de dois motores e não essa

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Jr
2 anos atrás

Sou fã de caças monomotores, menores e mais compactos, mas a concepção artística do bimotor também ficou legal, obrigado pelo link.

Jr
Jr
Reply to  Alex Nogueira
2 anos atrás

Nesse site turco tem a ilustração do caça inclusive com dados sobre ele

http://www.c4defence.com/Gundem/tusastai-tfxin-detaylarini-acikladi/5292/1

Edi
Edi
2 anos atrás

Uma pergunta…Vale a pena desenvolver uma aeronave que,provavelmente,só terá um cliente,o próprio governo turco?

Robsonmkt
Reply to  Edi
2 anos atrás

O atual presidente da Turquia dá claros sinais de que desistiu de ser aceito pela União Europeia e se volta para o mundo árabe. Ele paulatinamente tem abandonado a tradicional laicidade do governo turco e se mostrado cada vez menos alinhado com os países ocidentais. Não me surpreenderia se ele pretendesse vender este avião para os países árabes e até mesmo propusesse uma coalizão contra inimigos em comum – e Israel seria o primeiro da lista.
https://oglobo.globo.com/mundo/erdogan-pede-que-jerusalem-oriental-seja-reconhecida-capital-palestina-22184730
http://www.bbc.com/news/world-middle-east-43611859

Antonio
Antonio
Reply to  Robsonmkt
2 anos atrás

Claro que vale a pena. Vai que, de repente, os americanos deixam de vender o avião ou suas peças para a Turquia porque os trucos gostam de kebab?
Com esse padrão Trump de política, tudo é possível. Melhor desenvolver e fabricar o seu próprio.

Celso
Celso
Reply to  Robsonmkt
2 anos atrás

Esse erdogan esta colocando a Turquia de joelhos e falida, isso nao vai demorar muito. Tem sonhos e delirios querendo de volta o tal imperio otomano. Primeiro vai ajudar a destruir a Siria, com o pode belico que esta tentando alcancar, com certeza ira avancar em outras fronteiras ate perto do Ira. Aguardem, pretensoes sobre isso estao bem claras e o tempo podera confirmar, so nao se sabe o final da historia rsrrsrsrs

tomcat3.7
tomcat3.7
Reply to  Celso
2 anos atrás

Quando o Erdogan se virar belicamente contra Israel ae sim ele vai acabar de colocar sua nação de joelhos e se lascar de vez. Chutar cachorro morto como os grupos que combate criminosamente em solo sírio é fácil(e olha que está perdendo MBT’s e blindados a rodo), quando peitar um oponente de respeito ele aprende a lição e se acabam seus delírios.

Ivan
Ivan
2 anos atrás

O gerente geral da TAI, Temel Kotil, cometeu um pecado conceitual ao declarar:
“O TF-X é um avião furtivo de quinta geração que pode atingir velocidades supersônicas com pós-combustores”.
.
Um dos 5 (cinco) S do conceito de 5ª geração é o ‘Supercruise’.
Se o futuro TF-X da Turkish Aerospace Industries Inc. poderá “atingir velocidades supersônicas COM pós-combustores” estará fora do super cruzeiro, que seria sustentar velocidades supersônicas SEM pós-combustores, ou seja, apenas com potência militar.
.
Melhor rever o conceito e/ou pensar antes de falar.
.
Sds.,
Ivan, o Terrível.

Carlos Eduardo Maciel
Carlos Eduardo Maciel
Reply to  Ivan
2 anos atrás

Boa Tarde Ivan !!!
Lembra dessa tela ???

http://www.aereo.jor.br/2011/10/22/eurofighter-preve-caca-brasil-turquia-em-2025/

Não acho improvável.

Ivan
Ivan
2 anos atrás

Outra.
O desenho está ‘bunitinho’.
Cinturinha de garrafa de Coca Cola tem tudo haver com um caça de superioridade aérea, inclusive a disposição para apenas um grande turbofan…
…mas, tem sempre um mas, onde eles pretendem colocar as baias para transporte interno de armamento, que é mandatário em qualquer caça furtivo.
.
Papel aceita tudo.
Desenho em computador também.
.
Sds.,
Ivan, o cético.

Jr
Jr
Reply to  Ivan
2 anos atrás

Sim, por isso eles escolheram a opção de dois motores que é maior e tem mais autonomia ao invés dessa de um só motor e que seria menor

Eduardo von Tongel
Eduardo von Tongel
2 anos atrás

Da forma, e velocidade, com a qual avança a inteligência artificial acho dinheiro posto na lata do lixo. Melhoer já desenvolder uma versão não tripulada (drone). Porque? Ora, porque quando esse avião estiver apto a voar, ele somente voará, ainda terção de ser corrigidos muitos problemas que aparecem quando se emprega. Moral? Estará anos luz atrás de F-35 / F-22 e até de produtos russos, chineses e etc. Pra mim vem só pra torrar dinheiro do contribuinte. Avião steath ou compra já desenvolvido ou, se é pra gastar em desenvolvimento, que se desenvolva algo realmente moderno, vanguarda, e não algo… Read more »

filipe
filipe
2 anos atrás

A Turquia vai comprar o F-35 e vai desenvolver um caça 5ªGeração nacional com a ajuda da BAE, e como fica o FS2020 da SAAB ?

José
José
2 anos atrás

Ledo engano!
As aeronaves ditas furtivas surgiram na década de 80, e até hoje países ditos desenvolvidos não conseguem te-la.Por que a Turquia teria?Nem mesmo roubando tecnologias ocidentais como fazem bem a Rússia(vem roubando desde a bomba A) e China,eles conseguirão.Trata-se de,penas,um simulacro.

Ronaldo de souza gonçalves
Ronaldo de souza gonçalves
2 anos atrás

1,16 bi não dá nem para começar,será que não acompanham assuntos militares e quanto o EUA gastou no f-22 e f-35,os quanto os russos estão provavelmente gastando,e o chineses com seu j-20.Está parecendo os argentinos querendo por reator nuclear de agua pesada no casco de um submarino inacabado. É muita falância e muita bravata pelo mundo afora,faça um 4*geração ou faça um consórcio com japão ou coreia do sul que tem algum projeto.

Fábio Mayer
Fábio Mayer
2 anos atrás

A Índia tá sofrendo “bacarai” para ver se emplaca o projeto do Tejas, que nem é furtivo e de 5ª geração, eu duvido que a Turquia consiga, que dizer até 2023! E com todo o respeito que eu tenho pela Índia e pela Turquia, países merecedores dos mais efusivos cumprimentos, quando o assunto é programa militar. É certo que a tecnologia “furtiva” já está em domínio amplo, não é mais exclusividade dos EUA, mas um caça não se cria com pouco dinheiro e pouca técnica, no mínimo, a Turquia vai levar mais uns bons 6 anos para chegar ao patamar… Read more »

Groo_SP
Groo_SP
2 anos atrás

A Turquia está desenvolvendo sistemas militares em praticamente todas as áreas, buscando independência, mas, mesmo assim parece arriscado desenvolver um caça logo de cara sem antes desenvolver um LIFT. Os EUA ameaçaram vetar a venda do F-35, mesmo eles participando do desenvolvimento e a Alemanha se negou a fornecer peças de reposição aos Leopard 2. Acho que eles possuem a pretensão de virar uma potência militar regional e isso dará independência nas suas ações. Pela ambição dos projetos eu não me espantaria se a intenção for conseguir peitar a Rússia. A impressão que dá é que o Erdogan quer virar… Read more »

TIGER 777
TIGER 777
Reply to  Groo_SP
2 anos atrás

Resta saber se a megalomania do Erdogan, não fará com que o país vá a falência, como foi o caso do Xá Reza Parleve. A Turquia, está com sonhos grandeza, de reviver o Império Otomano, contudo, ela terá de bater de frente com o Irã (Xiitas) e a Arábia Saudita que não quer perder a proeminência. Esta política poderá levar a mais instabilidade na região e até a uma futura guerra, entre estes países.

Adriano R.A.
Adriano R.A.
2 anos atrás

Eu turco! Ou melhor… truco!!
Nessa área, não basta querer e ter dinheiro.
Até o Japão jogou a toalha.

Masa
Masa
Reply to  Adriano R.A.
2 anos atrás

Quem disse que o Japão jogou a toalha?
Eles ainda não bateram o martelo… Jogaram a decisão pra 2019.

Jefferson
Jefferson
2 anos atrás

Essa notícia é uma piada…se nem um potência como Japão tem capital e real interesse na construção de um vetor de 5 geração “nacional”, buscando aliança com o Reino Unido, imagina uma Turquia com PIB 3 vezes menor que o japonês e muito inferior no campo tecnológico.
China e Rússia levando uma sufoco para construir caças de 5 geração…agora vem a Turquia com (US$ 1,16 bilhão).
Querem saber por que a BAE vai ajudar os turcos? Para os turcos não comprarem o caça russo SU57, somente isso!

JT8D
JT8D
2 anos atrás

Boa sorte à Turquia. Vão precisar

Lucio342
Lucio342
2 anos atrás

f16 tunado com bodykit stealth.

dilson damasceno
2 anos atrás

sou leigo no assunto, mas todos os países q fala se em produzir seus caças estão mto parecidos e baseados com os f22 e f 35, me parece copiar o designer

Guilherme Alemão
Guilherme Alemão
2 anos atrás

CONHECIMENTO . A Turquia está investindo em conhecimento, o solo fértil de qualquer nação próspera e avançada.