Home Aviação de Ataque Venezuela planeja inspeção dos caças Sukhoi Su-30MK2 com a Rússia

Venezuela planeja inspeção dos caças Sukhoi Su-30MK2 com a Rússia

17772
150
Su-30MKV da Venezuela

O site infodefensa.com noticiou que, no início de abril, a Venezuela recebeu uma visita de uma comissão russa para uma reunião no Serviço de Eletrônica de Aviação Militar da Venezuela para discutir a inspeção mencionada, que foi liderada pelo diretor do Departamento de Logística do componente aéreo, general de divisão Carlos Lucio Siso Briceño.

As informações foram divulgadas através de uma breve mensagem oficial divulgada pelo Twitter, que não detalha o que foi discutido na reunião, nem o escopo e o status atual do projeto de Inspeção Capital do Su-30MK2.

Os Su-30MK2 na Venezuela

Em julho de 2006, o governo da Venezuela negociou a compra de 24 caças Sukhoi Su-30MK2 na Rússia, e as quatro primeiras unidades chegaram ao país em novembro daquele ano.

Uma vez que a entrega foi completada, os 24 aviões foram distribuídos ao Grupo Aéreo de Caza Nº 11, com sede na Base Aeroespacial ‘Capitán Manuel Ríos’, e ao Grupo Aéreo de Caza Nº 13, destacado na Base Aérea ‘Teniente Luis del Valle García’, de Barcelona, capital do estado Anzoátegui.

Desde a chegada dos primeiros aviões, foi anunciada, em diferentes ocasiões, a compra de 12 unidades adicionais, que, até hoje, não se materializaram.

Em setembro de 2015, a aeronave matrícula AMBV-0460 e pertencente ao Grupo 11, foi perdida em um trágico acidente no qual seus dois tripulantes morreram, conforme informação publicada pelo site da empresa venezuelana Telesur.

No início deste mês de abril de 2018, houve o desdobramento tático de cinco caças Su-30MK2 e militares Grupo No. 13 para o Adiestramiento Operacional Yavire 01-18.

Modernização e reforço da frota

Depois do acidente, o ministro da Defesa, Comandante Vladimir Padrino López, informou que o presidente Nicolas Maduro tinha sido instruído para substituir o avião que caiu e aumentar a frota de Su-30MK2 com 12 aeronaves adicionais, o que foi confirmado em Outubro seguinte pelo próprio Maduro, como também publicado Infodefensa.

As negociações com a empresa russa Rosoboronexport, pertencente ao consórcio estatal Rostec começou em outubro de 2015, conforme relatado pelo então comandante da Aviação Militar, major general Edgar Valentín Cruz Arteaga. E, no final do mês, o ministro Padrino López anunciou o investimento de 480 milhões de dólares para melhorar e estender a vida útil da frota de caças Su-30MK2 da aviação militar.

As negociações com a Rosoboronexport continuaram março 2016, mas um mês depois, o vice-diretor do Serviço de Cooperação Técnico-Militar Federal da Rússia, Anatoli Punchuk disse: “Concluímos as negociações relevantes e a oferta apresentada ao cliente. Estamos esperando que o lado venezuelano responda.” Desde então, não houve mais informações sobre o assunto de nenhuma das partes.

FONTE: infodefensa.com

Subscribe
Notify of
guest
150 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alex II
Alex II
2 anos atrás

Vou dar um chute, todos os comentários aqui serão políticos e generalistas sem nada a ver com o tema técnico da postagem.

Edi
Edi
Reply to  Alex II
2 anos atrás

Aposto nisso também.

jota ká
jota ká
Reply to  Alex II
2 anos atrás

A reportagem não traz nenhuma informação técnica. Então não há o que comentar em termos técnicos.

Alex II
Alex II
Reply to  jota ká
2 anos atrás

Entenda técnico da maneira como foi colocada, ligada, claro, ao assunto em si.

pangloss
pangloss
Reply to  Alex II
2 anos atrás

A começar pelo seu.

jota ká
jota ká
2 anos atrás

Maduro investindo nos SU-30.
Pezão comprando Ka+ para a PMERJ.
Motivo: alta do preço do crude oil.

Antonio
Antonio
Reply to  jota ká
2 anos atrás

O problema é que se o Brasil, atualmente, fosse comprar o Su-30, iam roubar tanto, mas tanto, que ia chegar como SU-10 ou Su-8.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Vide o PROSUB né? Não é à toa que a Lavajato está em cima dele…..

Antonio
Antonio
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Se fosse atualmente, teriam levado o submarino inteiro. E com as bençãos de quem de Direito (com maiúscula mesmo).

Francisco Vieira Brasilia - DF
Francisco Vieira Brasilia - DF
2 anos atrás

É lamentável que este espaço, O MELHOR LOCAL PARA SE INFORMAR SOBRE AVIAÇÃO da internet, seja palco de disputas ideológicas da época da guerra fria! Se nada for feito pelos administradores, o Aero correrá o risco de descer ao nível intelectual do G-1.
Abraços.

Gustavo
Gustavo
Reply to  Francisco Vieira Brasilia - DF
2 anos atrás

A polarização do país mostra isso.
Existem pessoas que defendem o fascismo, neo nazismo e o comunismo em pleno ano de 2018… enfim…
Equilíbrio sempre foi o caminho pra tudo, mas isso não existe mais no Brasil. Só quem conhece a desgraça completa, consegue atingir o equilíbrio e a sensatez satisfatório, depois de superada a desgraça. Vide Japão e Alemanha.

Nunão
Nunão
2 anos atrás

Alex II,

Você precisa decidir se vai reclamar que o site é só pra comentários ideológicos (que leigos podem fazer) como está fazendo agora, ou se vai reclamar que é só pra comentários técnicos (que leigos não podem entender) como fez em matéria que tinha siglas como ANG e outras.

Reclamar das duas coisas opostas, num mesmo dia, é incoerente. A não ser que a sua coerência seja só a de reclamar.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Nunão
2 anos atrás

Hahahahahahaha pra acabar hahahaha

João Augusto
João Augusto
Reply to  Nunão
2 anos atrás

Com a licença para o pitaco, não há contradição: o comentário pode ser “técnico” (em oposição a ideológico/político) e acessível a leigos. Inclusive orienta-se que a primeira menção seja sempre por extenso, usando-se as siglas depois.

De qualquer modo, mesmo com as brigas e discussões ideológicas e políticas aqui está bem longe do nível do G1.

Willhorv
Willhorv
2 anos atrás

Sabemos que, se não houver um mínimo de operacionalidade e manutenções programadas, preventivas e corretivas, os meios sofrem de obsolecência e perda de capacidade.
A pergunta é, o quão defasados ou inoperantes está esta frota de Su35?
Esta negociação poderá surtir efeitos práticos para a aviação de caça da Venezuela?
Duvido muito da forma como estão as coisas…

Alex II
Alex II
2 anos atrás

Nunão 16 de Abril de 2018 at 21:26

No lo creyo. comentarios tecnicos não significam apenas ter q traduzir mentalmente siglas como ERFXCE ou TREEDA3WY, mas ligado ao assunto em si Meu comentário primeiro permanece. E o anterior do q vc fala também.

JT8D
JT8D
Reply to  Alex II
2 anos atrás

Por favor Alex, faça um comentário técnico, não generalista, sobre o tema

Alex II
Alex II
Reply to  JT8D
2 anos atrás

Não tenho conhecimento técnico sobre o tema para faze-lo. vim aqui para ler os dos “experts”.

Nunão
Nunão
Reply to  Alex II
2 anos atrás

Acredite no que bem entender. Mas você está errado nos dois casos.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
2 anos atrás

A operacionalidade desses aviões é baixa, vamos ver se o imbecil do Maduro vai ter dinheiro para essas revisões, caso contrário vão continuar reinando nos hangares.

iran cesar de freitas
iran cesar de freitas
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

o Brasil nai pagar?

Gustavo
Gustavo
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

ano passado tinham pelo menos 16 no ar ao mesmo tempo para fotos, inclusive acho que saiu aqui no PA. Não acredito que seja tão baixa assim.
Mas de fato, essa contratação deve ser pelo “medo da guerra” e aumentar para condição de voo na totalidade dos caças, ou bem próximo a isso. E talvez saia até um pedido firme para mais 12 unidades do caça. Na Venezuela eles queriam o Su-35, mas acho que virá mais Su-30 mesmo.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
2 anos atrás

Calote à vista…

Lyw
Lyw
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Acho difícil. Os russos só entregam o produto finalizado com dinheiro na mão.

Adeildo Barros
Adeildo Barros
Reply to  Lyw
2 anos atrás

Os russos gostam muito de uma troca, quem sabe uma base área para alocar seu bombardeiros não possa ser uma moeda de negociação, já que a algum tempo atrás isso foi cogitado entre eles.

Mauro 76
Mauro 76
Reply to  Lyw
2 anos atrás

A pouco tempo a Russia ficou com uma grande parcela de uma distribuidora de combustíveis da venezuela nos E.u.a . A venezuela não honrrou o emprestimo e deu açoes da distribuidora em pagamento. Sendo assim eu acho que os russos vendem qualquer coisa p venezuela. Eles ainda tem a pdv sa

Marcos
Marcos
2 anos atrás

Comprando caças com o dinheiro do contribuinte brasileiro. Calotão de 1,5 bilhão reais 🙂

Nonato
Nonato
2 anos atrás

Em vez de ter atacado a Síria, Trump deveria ter agido ao norte de Roraima onde há um ditador muito mais sanguinário…
As hordas de imigrantes fugindo da violência são iguais as da Síria.

Fabiano
Fabiano
Reply to  Nonato
2 anos atrás

Nonato, com todo respeito, não fala mais isso.
Sem querer comparar Maduro com Assad, qualquer guerra no cone sul é prejuízo pra todos nós.

Petardo
Petardo
Reply to  Fabiano
2 anos atrás

Exatamente. Tudo o que não precisamos é de potências estrangeiras por aqui. Já nos basta a França.

Aldo Ghisolfi
2 anos atrás

Roberto Santana, boa noite.
Penso que seja um pod de ECM (Khibiny)…

Bravox
Bravox
2 anos atrás

Agora fica a duvida, sera que a força aerea venezuela consegue operar esses su-30 ?

iran cesar de freitas
iran cesar de freitas
2 anos atrás

Esses caças são nossos!!
____________________
____________________
isso foi comprado
com nosso dinheiro !!

COMENTÁRIO EDITADO. NÃO USE O ESPAÇO PARA FAZER PROPAGANDA POLÍTICA. LEIA AS REGRAS DO BLOG.
PRIMEIRO AVISO.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  iran cesar de freitas
2 anos atrás

Defensor, divergências à parte você faz MUITÍSSIMO BEM em recordar essa frase “majistral” do “mito” (ou seria Mico) sobre o finado tirano bolivariano….

Jorge F
Jorge F
2 anos atrás

A principal é única força capaz de sustentar o voo das aeronaves chama-se Dinheiro… (Resumo da matéria)..

Müller
Müller
2 anos atrás

Independente do mimi de sempre, infelizmente a Venezuela continua sendo a força aérea mais poderosa da América latina. A aquisição de mais 12 células, aumentaria ainda mais o abismo entre a FAB e a Força área venezuelana.

PC de Bordo
PC de Bordo
Reply to  Müller
2 anos atrás

Isso somente até os Gripen com Meteor estarem disponíveis…

Ádson
Ádson
Reply to  PC de Bordo
2 anos atrás

Sem falar nos E99.

Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  PC de Bordo
2 anos atrás

Falando em Gripen com Meteor, já foi confirmado isso?
Se foi, é uma excelente notícia.

Alexandre
Alexandre
2 anos atrás

off topic

https://g1.globo.com/mundo/noticia/defesa-de-base-aerea-siria-responde-a-ataque-de-misseis-diz-tv.ghtml
Uai ?? se não foram os EUA e seus aliados quem foi então , será que é mesmo verdade a notícia ou é uma propaganda para as defesas aéreas do Sírios .

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Alexandre
2 anos atrás

propaganda, já tiveram que voltar atrás e admitir que não teve ataque nenhum. Engraçado que falaram que interceptaram os mísseis sendo que não teve míssil nenhum, e tem gente que ainda acredita quando falam que interceptaram 71 mísseis kkkkk

MadMax
MadMax
2 anos atrás

Afinal o pós-venda Russo não parece ser tão ruim assim. O SU venezuelanos continuam voando e eles já acertaram revisão e os Sabres brasileiros também. Além deles terem passado um bom tempo em PVH instruindo a FAB a usá-los e mantê-los.

MadMax
MadMax
2 anos atrás

Eu evito ao máximo essa briga de torcida, mesmo assim o Doberman pegou meu comentário.
Mas tudo bem, segue o jogo.

Humberto
Humberto
2 anos atrás

Alexandre 17 de Abril de 2018 at 7:45
Não estou afirmando que seja verdade, mas pode sim.
Se foram realmente misseis pode ter sido Israel. Se forem foguetes (existe uma tendencia de valorizarem os feitos) podem ter sido os rebeldes.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
2 anos atrás

OFF TOPIC importante:

A Boeing, quem diria, com problemas de controle de qualidade nas linhas do F-15 e F-18, e está assim a anos:

https://www.bloomberg.com/news/articles/2018-04-16/boeing-cited-by-pentagon-over-quality-concerns-going-back-years

César Lopes
César Lopes
2 anos atrás

Pra quem acreditava que o Trump tinha medo dos SU-??? Não foi dessa vez que as defesas manifestaram seu poder de reação e eficiência.

Luiz Floriano Alves
Luiz Floriano Alves
2 anos atrás

Esses SU -30 que se danem. Quem a Venezuela pensa que vai ameaçar com esses miseros dois esquadrões? É sabido que equipamento Russo tem baixo TBO e requer um volume considerável de mão de obra de alta tecnologia. Não acredito que a Venezuela consiga. Terá que trazer os Russos ou sua frota estará “groundeada” no curto prazo.

Antonio
Antonio
2 anos atrás

Off topic.
Russos divulgam relatório de ‘efetividade’ dos sistemas de defesa sírios no recente ataque americano.
Pantsir-S1: 25 missiles fired, 23 hits scored.
Buk-M2: 29 missiles fired, 24 hits scored.
Kub: 21 missiles fired, 11 hits scored.
Strela-10: 5 missiles fired, 3 hits scored.
Osa: 11 missiles fired, 5 hits scored.
S-125: 13 missiles fired, 5 hits scored.
S-200: 8 missiles fired, 0 hits scored.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Faltou os russos combinarem com os mísseis de cruzeiro atacantes, que ao que tudo indica desmonta essa “efetividade”…rs!

Antonio
Antonio
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Os EUA estavam esperando uma taxa muito alta de abates. Tanto é verdade que afirmaram terem lançado cerca de 70 mísseis contra um único alvo. Só se eles estavam procurando petróleo.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Disparar um alto número de mísseis contra um alvo é a praxe, até mesmo para saturar as defesas. Contudo, ao que tudo indica os sírios apenas começaram a disparar após os primeiros impactos.

Manuel Souza
Manuel Souza
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Gostaria de saber o que é mais caro. Defender ou atacar. Sou ignorante mesmo. Não é ironia ou nada do tipo.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Manuel Souza
2 anos atrás

Depende! Mísseis de cruzeiro são caros mas a depender do ataque os defensores podem ter um dispêndio maior.

Antonio
Antonio
Reply to  Manuel Souza
2 anos atrás

A princípio, o ‘ataque’ saiu caro em todos os aspectos: Primeiro que militarmente não significou nada. Segundo que, de acordo com analistas, deu carta branca à Russia, ao Irâ e à Síria para aumentar os esforços para terminar a guerra. Notícias dão conta que o Exército Sírio está concentrando tropas para limpar o sul de Damasco e, a leste, atravessar o Eufrates para reconquistar os campos de petróleo em mãos de mercenários pró-americanos. Terceiro que criou temor em Israel sobre a expansão da influência iraniana na Síria, bem como o controle do espaço aéreo do País pela Rússia. E, finalmente,… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  Manuel Souza
2 anos atrás

Cruzar o Eufrates não vai, até pode mas vai acabar como aqueles mercenarios russos.
O S-300, não representa perigo á Israel, a Síria teria que ter uma IADS toda de ultima geração mais uma força de caças de ultima tbm, sem isso á unica coisa que um punhado de S-300 representa à Israel é que ela terá que os destrui-los com armas mais caras mas n menos efetivas.
Agora se a Russia for entrar na guerra junto a Siria com seus caças e todo seu aparato militar estacionado lá, ai é outra questão.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Manuel Souza
2 anos atrás

É um ponto de vista não necessariamente válido! Primeiramente cumpre lembrar que a despeito das declarações de Trump (especialista em dizer uma coisa e fazer outra totalmente distinta) existe a grande possibilidade das tropas norte-americanas permanecerem muito tempo na Síria, onde ocupam uma região que não apenas concentra os campos de petróleo como também algo em torno de 50% das terras agriculturáveis do país. E a julgar pelas fracassadas ações anteriores é muito pouco provável que sírios, iranianos e mercenários russos possa expulsá-las de lá. E uma vez que se falou no Irã, é bom indagar até quando a economia… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Se vc analisar os alvos em Damascos, verá que era um complexo de 3 predios de +4 andares mais um subsolo, provavelmente um bunker, ou seja, destruir um complexo assim com misseis que são equivalentes á uma mk-83 em teor explosivo não sé faz com poucas bombas ou misseis.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

Sem contar que era possivel ter agentes quimicos lá que para serem destruidos, é necessario um calor muito forte

carcara_br
carcara_br
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

o world trade center foi destruído por míseros dois aviões esses prédios apesar de se tratar de estruturas civis precisaram de 76 mísseis? Duvido!
A propósito uma ogiva termobárica, ou melhor dizendo rica em combustível seria ideal pra incinerar qualquer resíduo químico perigoso.
Por falar nisso, alguma prova que o ataque de fato destruiu estruturas usadas para estocagem/produção de armas químicas?
Algum resíduo sempre fica, podiam investigar…

Antonio
Antonio
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

Evidência nenhuma. A propósito. Trump anunciou hoje que não aplicará mais nenhuma sanção à Rússia. Era brincadeirinha. Ou levou um ‘cala a boca’.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

E quem “calou a boca” de Trump Toinho?

Antonio
Antonio
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

Algum grupo dentro do Governo. Devem ter mandando ele sossegar.
Está doido demais até para os padrões americanos:
http://g1.globo.com/globo-news/jornal-globo-news/videos/v/trump-esta-reticente-sobre-novas-sancoes-contra-russia/6666804/

carcara_br
carcara_br
Reply to  Antonio
2 anos atrás

S-200 é um sistema com efetividade muito baixa, 200kg de explosivos mal direcionados não servem pra quase nada, que loucura!

Augusto L
Augusto L
Reply to  carcara_br
2 anos atrás

Carcara_BR o WTC era um predio de +100 andares, qualquer abalo na sua estrutura ele cairia sem falar que era um predio civil, só de comparação o pentagono que era mais baixo e de estrutura reforçada por ser militar não caiu com o impacto de um avião, e nem seu subsolo foi afetado, agora os predios em Damascos eram complexos militares de poucos andares, ou seja pouco misseis não o afetaria como os EUA queria, provavelmente nem seu subsolo seria afetado. E detectar misseis de cruzeiro em perímetros urbanos é uma tarefa quase impossível, por causa da refração nos predios,… Read more »

Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

Augusto, o pentágono é um prédio que abriga uma organização militar.
Mas não entendi essa de “estrutura reforçada por ser militar..”
De onde você tirou isso?

Augusto L
Augusto L
Reply to  Rodrigo M
2 anos atrás

Ele é reforcado por ser militar ue.
Não tem o que explicar, o pentagono é feito para resistir a bombardeio ou minimizar os danos, assim como qualquer estrutura militar.
Nos brasileiros temos uma seria capacidade de não compreensão das coisas.

Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  Rodrigo M
2 anos atrás

Ah entendi…
Então você automaticamente deduz ser uma estrutura reforçada apenas por se tratar de um prédio que abriga um órgão militar. Claro “UÉ” Brilhante…
.
“Nos brasileiros temos uma seria capacidade de não compreensão das coisas..”
É… E temos uma imaginação muito fértil também!

carcara_br
carcara_br
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

Não sou especialista, mas é preferível cair uma bomba de 500kg num campo aberto que 250kg num espaço confinado. Mesmo sendo um bunker, coisa que provavelmente não era, mesmo os eua classificaram a estrutura como centro de pesquisa (onde vc tirou a informação do subsolo e do reforço estrutural?). Em fim a estrutura de fato classificada como bunker foi atacada com 22 mísseis. Tem alguns problemas nas duas versões russa e americana cada um escolhe a que melhor convir kkkk….
Estranho mesmo é nenhum dos lados tirarem a historia limpa… ninguém quer analisar os destroçoa, nem Assad, nem os americanos….

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Eu me lembro que, quando os iraquianos estavam lançando Scud contra Israel na primeira guerra do golfo, o George Bush (pai) anunciou que os Patriots dos EUA tinham interceptado 41 de 42 misseis, o que correspondia a 97% de acerto. E ele parecia estar dizendo a verdade, porque as TV´s mostravam o lançamento dos Patriots e, logo após, uma grande explosão. Pois bem, depois da guerra foram fazer um levantamento independente da eficácia dos Patriots e chegaram à conclusão de que, na melhor das hipóteses, o Patriot foi eficaz em 10% dos casos… por conta disso, os EUA desenvolveram a… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  Jacinto
2 anos atrás

Jacinto, a versão que veio apos a guerra do golfo com os aprendizados foi a PAC 1 e não a PAC 3, o Patriot inicial tinha mesmo pouca capacidade de interceptação mas a PAC 1 não foi a versão inicial, que era só Patriot sem PAC. A PAC 3 veio em 2005 por causa do aumento de misseis ballisticos, ela foi concebida para aumentar o numero de detecção e acerto de cada bateria em relação a PAC 2 assim diminuino o custo de ter q comprar mais e mais baterias a cada aumento de 1 missil ballistico, ela (PAC 3)… Read more »

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
2 anos atrás

Gostaria de entender e saber, de onde Maduro irá retirar recursos para aumentar a frota e melhorar a qualidade dos já existentes! Um país que não está em guerra, mas parece que foi destroçado por uma, inflação de mais de 30.000% onde falta o básico do básico e as eleições se aproximam. Esta aquisição está me cheirando a intenção bélica com a guiana que está em litígio e para desviar a atenção, arrumando um inimigo externo para se perpetuar no poder. Espero estar enganado.st4

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
2 anos atrás

Vez por outra, quando aparece alguma reportagem sobre os Sukhois venezuelanos, há quem diga que queria alguns em Anápolis. E fica a perguntar: para quê ter alguns desses Sukhois se iremos receber o Gripen E, novos de fábrica e equipados com radar AESA, tela WAD que aumenta sobremaneira a consciência situacional, supercruise e a possibilidade de equipá-los com o MBDA Meteor? Agora, seria interessante se a FAB considerasse o desenvolvimento de uma versão EW do Gripen F, capacitada inclusive a atacar os radares inimigos com o MAR-1. Outra medida interessante seria observar o desenvolvimento das novas versões do motor GE… Read more »

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Creio que é melhor receber o contratado primeiro. Quanto à missão EW, será feito.

Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

HMS,
Pelo que já li, os novos NG’s terão essa capacidade.
Mais ou menos como os EA-18 Growler
Aquelas grandes protuberâncias nas pontas das asas, têm algo a ver com isso..

Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  Rodrigo M
2 anos atrás

Em relação ao motor, sempre tive essa mesma opinião, acho que deveria ser desenvolvida uma nova versão na faixa dos 120kN

Bosco
Bosco
Reply to  Rodrigo M
2 anos atrás

Rodrigo,
O NG terá um sistema de interferência de autoproteção, contra ameaças diretas à ele, representadas por radares que operam na banda SHF.
O Growler tem capacidade de “ataque eletrônico”, sendo capaz de interferir em todos os tipos de radar (bandas VHF, UHF, SHF) e dar proteção a todo um pacote de ataque.

Danilo José
Danilo José
2 anos atrás

Esses SU-30 tem condições de vôo, ou realmente estão todos groundeados essa história de revisão seria uma manobra da fav para coloca los em condição de novo?

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Danilo José
2 anos atrás

Voam em desfiles e quando o Maduro deseja bravatear contra os EUA e a Colômbia….

Airacobra
Airacobra
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Até perder um pra um kfir né? Kkk, depois disso parou e trouxe todos que haviam sido destacados de volta pra base

Antonio
Antonio
2 anos atrás

Off topic:
China em alerta no Mar do Sul da China.
Cerca de 50 navios e submarinos, 70 aviões de caça e 10 mil marinheiros em prontidão.
Manobras militares devem ser feitas no Estreito de Taiwan.

Stene Nilton
Stene Nilton
2 anos atrás

Farei um comentário que serve tanto para o lado técnico quanto para o ideológico:

QUANDO A CABEÇA NÃO PENSA, O CORPO É QUE PAGA.

Marcelo
Marcelo
2 anos atrás

O maduro e esperto e quer fazer esta inspeção dos Sukhoi Su-30MK2 na Venezuela, porque se estes caças pousarem na Rússia não saem de la nunca mais por falta de pagamento …

Bueno
Bueno
2 anos atrás

Colômbia estudando a compra dos F16 retrofit Israel e Venezuela programado manutenção dos seus SU30, Os EUA deveria dar uma forcinha para Bogotá e fornecer uns F18… afinal é um parceiro estratégico para eles.

TX-DILLARD
TX-DILLARD
2 anos atrás

Tem muita Força Aérea e Marinha por ai, só pra desfile.
Não dá pra comparar com os cenários do Oriente Médio e Ásia-Pacífico. Lá é real.

GEN. Escobar
GEN. Escobar
2 anos atrás

Mais do mesmo! Estamos ouvindo informações sobre esses SU-30 a anos! Uma coisa é ter uma Ferrari e outra coisa é saber dirigir uma! Sou muito mais nossos NG novos em folha! Mas ainda sustento meu desejo de ter 12 ou 24 F-15 bem alinhado e operantes!

Nonato
Nonato
2 anos atrás

Vi na Campus party um simulador de F16 e outro de gripen NG.
É um simulador parcial, uma vez que usa software do mercado, e equipamentos externos que aumentam a sensação de realidade, mas não “imitam” um caça em tamanho real nem há movimentos da estrutura.
Alguém conhece esse tipo de simulador?
Falaram que custa em torno de 10 a 15 mil reais.
Para aficionados pode valer a pena…

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
2 anos atrás

Tem papel higiênico nos banheiros dos Esquadrões? Será que os russos vão trazer o deles?

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Rinaldo Nery
2 anos atrás

Não tem papel higiênico, acho que os russos terão de se virar com sabugo de milho.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Rinaldo Nery
2 anos atrás

Essa cel, Nery era uma das minhas indagações! irão canibalizar o orçamento já tão combalido para esta revisão e aquisição?Vão ter que usar jornal de embrulhar peixe. st4

Antonio
Antonio
Reply to  Rinaldo Nery
2 anos atrás

Dentro em breve, com o aumento da influência russa e chinesa na Venezuela, trarão papel higiênico, torneiras, banheiras e etc. não só para eles como para todo o povo venezuelano. Basta a Venezuela ceder o tão querido petróleo aos chineses e uma posição estratégica para a Rússia. E parece que estamos nos encaminhando direitinho para isso.
Vale lembrar que já estão em vigor diversos acordos econômicos da Venezuela com esses países.
Aliás, essa notícia parece sob medida para marcar a posição de independência da Venezuela em relação ao EUA e da influência russa no país

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Se não trouxeram antes não vão trazer agora…..

E o interessante é que a despeito dos “diversos acordos econômicos em vigor” a situação por lá continua a piorar, e os refugiados continuam atravessando a fronteira em direção à Roraima……

Ah! não custa lembrar que o exército venezuelano é um dos maiores cartéis de drogas do mundo (cartel de los soles).

Ademais, antes do “aumento da influência russa e chinesa” o regime venezuelano cai….

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Os refugiados continuam a chegar, e cada vez em maior número, à Roraima a despeito dos “diversos acordos econômicos em vigor”…..

Antonio
Antonio
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Refugiados existem aos milhões. Inclusive brasileiros. E de longa data.

theogatos
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Milhares, não milhões…
.
Sds

Anderson
Anderson
2 anos atrás

Como seria o embate entre os SU 30 Venezuelanos e os nossos F5 EM? Será que com o nosso E-99 teríamos chance?

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Anderson
2 anos atrás

Precisa de quatro F-5EM para combater um SU-30. É só fazer um face to face entre as aeronaves, comparar o alcance dos radares e dos mísseis BVR.

sub-urbano
sub-urbano
Reply to  Anderson
2 anos atrás

O SU-30 seria processado pelo crime de “Abuso de Incapaz”

Augusto L
Augusto L
Reply to  Anderson
2 anos atrás

O que importa nem é muito o Radar, mais o missil usado, do que adianta ter um radar de 140 km se o missil BVR for de 60km

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

Adianta você ver o inimigo antes de ser visto e manobrar sem que ele veja para conseguir a melhor solução de disparo. Simples assim. Quando você participar de um combate BVR vai entender.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Rinaldo Nery
2 anos atrás

Se vc tem um AWCS não, mesmo o E-99 n tendo data link com os Mikes, ele passa a posição dos Sukhois por radio comum, já que a Venezuela não tem nenhum equipamento de guerra eletronica.
Fiz o comentario pensando no E-99 e não por falta de entender.
Agora a Venezuela tem a vantagem de ter SAMs moveis e do SU-30 ser mais rapido e ter mais mísseis.
E se eles tem um BVR maior de 60km é uma incógnita, ate pq o R-77 tem versões de 60km e 110km.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

O E-99 vai fornecer a descrição do cenário. Se o SU-30 estiver sob cobertura radar terá a mesma descrição. A diferença está nos nossos controladores, bem melhores que os deles. Como eu sei? Participei de algumas VENBRA, exercício de defesa aérea Brasil/ Venezuela, operando em Boa Vista.

Anderson
Anderson
2 anos atrás

Doutrina, Estratégia da FAB já conhecidas poderiam fazer a diferença de modo que houvessem perdas mínimas do nosso lado?

E contra as baterias antiaéreas russas, poderíamos abatê-las pelos nossos mísseis de cruzeiros oe pelos nossos A1?

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Anderson
2 anos atrás

Qual míssil de cruzeiro? Não temos.

Anderson
Anderson
Reply to  Rinaldo Nery
2 anos atrás

MTC-300

Stene Nilton
Stene Nilton
Reply to  Anderson
2 anos atrás

Sassá. Aquilo é uma bomba.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Stene Nilton
2 anos atrás

Boa solução. Acho que Bosco pode explicar melhor como empregá-lo.

Mf
Mf
Reply to  Stene Nilton
2 anos atrás

Sonha, se seu complexo de viralata pensa isso do MTC300 está no mínimo muito mal informado.

Mf
Mf
Reply to  Rinaldo Nery
2 anos atrás

A compra do lote de 100 mísseis MTC300 está incluída no projeto ASTROS 2020, que deverá ser concluído em alguns anos, após a entrega dos lançadores virão os mísseis que estão em fase final de desenvolvimento como mostrou uma matéria no Forte recente.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Anderson
2 anos atrás

Anderson o melhor meio em termos de custo beneficio para o Brasil/FAB contra SAMs é a compra de drones Haron/Harpy, o Chile inclusive tem, o que faz a FACh em tese ser a melhor preparada para enfrentar um defesa aérea com mísseis Terra-Ar.
O impressionante é que com o dinheiro gasto no MAR-1 e no missil cruise da Avibras, dava pra comprar um lote desses drones e ainda pedir ToT ou licensa pra produzir internamente.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
2 anos atrás

É claro que o missil da Avibras por ser um missil de cruzeiro teria um emprego mais flexivel. O que poderia justificar o gasto.

Bueno
Bueno
2 anos atrás

Rinaldo Nery 17 de Abril de 2018 at 12:46
Este Numero em relação ao Gripen seria o menor? Não conhecendo a capacidade do Gripen, daria 2 x 1? O Que você acha?

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Bueno
2 anos atrás

Com o Raven e o Meteor dá 1 pra 1.

Ádson
Ádson
Reply to  Rinaldo Nery
2 anos atrás

1 pra 1 com vantagem para o Gripen. Somando-se o E-99 passa a ter larga vantagem o Gripen. Me corrija Cel.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Bueno
2 anos atrás

Bueno comparando as especificações na internet, o Gripen ng ganharia. O Gripen E/F é comparavel ao SU-35 o Gripen C/D que é comparavel ao SU-30. Só pra vc saber o radar do Gripen NG é AESA o do Su-30 é PESA, o radar do Gripen tem um alcance equivalente à 180 km para 3 rcs o do SU-30 140km. O gripen NG tem suite de EW embarcada o SU-30 não, depende de pods mas o SU-30 leva mais misseis e é mais rapido, o que pode não ser uma vantagem já que o Gripen tem supercruise de mach 1.2. O… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  Bueno
2 anos atrás

Gente como o disse o Gripen NG ou E/F e vastamente superior ao SU-30, não tem empate e vitoria e muito + que 2:1.
O Gripen E/F é um caça de 4,5° gen ou 4++ se pegarmos a escala russa. Já o SU-30 é meramente um 4° geração ou 4+ pelos russos por usar tecnologia do final dos anos 90.
O Gripen que daria esses ratios de 2:1 ou 1:1 ou até mesmo 1:2 seria versão normal do Gripen, a versão A/B E C/D.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
2 anos atrás

Bem… Como foi dito lá no começo dos post´s, nenhum comentário técnico. Somente comentários políticos numa bipolaridade mundial que já existiu. Não existe mais!!!
Quando que o Brasil vai acordar heim?!?

737-800RJ
737-800RJ
Reply to  Luiz Trindade
2 anos atrás

Você é mais um dos que pensam que o movimento revolucionário morreu com a queda do muro de Berlim? Ele continua firme e forte, apenas mudou a roupagem. Ele continua vivo e ativo nas universidades ocidentais, assim como na imprensa e nos meios intelectuais; sendo altamente financiado por instituições privadas gigantescas e ultra-bilionários, como George Soros. Só um pequenino exemplo pra você: https://www.google.com.br/amp/s/extra.globo.com/casos-de-policia/fundacoes-criam-fundo-marielle-franco-para-incentivar-mulheres-negras-que-buscam-lideranca-politica-22563613.html%3fversao=amp Sabe quem são os financiadores do projeto? Os mesmos de sempre: Fundação Ford, Open Society e Fundação Kellogg; os mesmos que financiam instituições abortistas e think tanks socialistas por todo o mundo. Repito o que você disse:… Read more »

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  737-800RJ
2 anos atrás

Muito bom.

Antonio
Antonio
Reply to  737-800RJ
2 anos atrás

737-800RJ – É importante não confundir iniciativas de inclusão social, auto-afirmação e etc. com movimentos revolucionários. Essa iniciativas existem há muitas décadas para mitigar os efeitos de eventuais distorções do sistema e contam, inclusive, com direção de entidades e pessoas conservadoras. Não podemos esquecer que os projetos de combate à fome do Banco Mundial foram capitaneados pelo tristemente famoso Robert McNamara, entusiasta do combate aos revolucionários comunistas.

Como dizia William Shakespeare:
‘Há mais coisas entre o céu e a terra do que pode imaginar nossa vã filosofia’.

Ádson
Ádson
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Antonio, vc já leu ou ouviu falar do seu chara Antonio Gramsci? Vc sabe o que é Marxismo cultural?

Jota ká
Jota ká
2 anos atrás

Concordo!
Nunca é demais lembrar quem mais contribuiu para derrotar a incrível máquina de guerra nazista.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Jota ká
2 anos atrás

Querendo aplicar o raciocínio de Goebbels meu caro JK?

Jagderband#44
2 anos atrás

Talvez seja uma bravata no Maduro. Pois faltam-lhe recursos.
Porém, a possibilidade de trocar petróleo ou oferecer uma base aérea/naval para os descendentes dos eslavos pode sim ser cogitada.

Sds.

Bueno
Bueno
2 anos atrás

Rinaldo Nery 17 de Abril de 2018 at 13:03
Com o Raven e o Meteor dá 1 pra 1.
Obrigado.
Muito bom. Na torcida pra que encomende mais Gripen

Luiz Campos
Luiz Campos
2 anos atrás

Esse debate todo me fez lembrar do filme O Incrível Exército de Brancaleone.

Ronaldo de souza gonçalves
Ronaldo de souza gonçalves
2 anos atrás

A Venezuela não é Socialista,tá mais para uma ditadura com apelo comunista,mas digamos que estão bem armados,a oposição é fraca é o EUA e a Europa não está ligando tanto,aliás eles não ligam para pobre,seje no nosso continente seja no africano etc etc.Sempre a dinheiro para equipamentos mais caros é o su-30 deles o são.Quanto ão equipamento nas pontas da asa,deve ser um interferidor eletrônico russo,chute o galante pode esclarecer.

Antonio
Antonio
Reply to  Ronaldo de souza gonçalves
2 anos atrás

Era evidente que um país que dependia e ainda depende em 99% das receitas de petróleo teria problemas econômicos. O fato é que todos os governos anteriores, inclusive os conservadores, ficaram pendurados na conta do petróleo e fizeram pouca coisa para diversificar a economia. Agora, nem um enviado dos deuses vai resolver esses problemas. Ainda vão penar muito.

Antonio
Antonio
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Em tempo: Os mais velhos devem lembrar e os mais novos podem estudar a insatisfação popular constante na Venezuela que culminou com o ‘Caracazo’ de 1989. Naquela época, a pobreza alcançava 85% da população.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Depois do desastre bolivariano a pobreza na Venezuela hoje é bem maior, os refugiados que cruzam nossa fronteira que o digam…

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Ocorre que ninguém piorou mais o problema da dependência do petróleo do que os bolivarianos. E não apenas desperdiçaram todo o recurso auferido durante a alta dos preços com populismo vagabundo como ainda sucatearam a PDVSA e deram um calote nos trouxas daqui na refinaria de Abreu e Lima.

De fato, nem os deuses para dar jeito na Venezuela depois do desastre bolivariano.

Antonio
Antonio
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Veja o mar de favelas que encontramos em Caracas e descobriremos que a pobreza por lá é antiga (como em todas capitais latino-americanas). Fruto de políticas que nem preciso descrever. Nós a vivemos. Além do mais, retiro texto do Word FactBook da CIA, isso mesmo, CIA: ‘Social investment in Venezuela during the CHAVEZ administration reduced poverty from nearly 50% in 1999 to about 27% in 2011, increased school enrollment, substantially decreased infant and child mortality, and improved access to potable water and sanitation through social investment. “Missions” dedicated to education, nutrition, healthcare, and sanitation were funded through petroleum revenues.’ Pelo… Read more »

Antonio
Antonio
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Digo, Carlos Andrés PEREZ

JT8D
JT8D
Reply to  Antonio
2 anos atrás

Em Miami, juntamente com os narcodoloares de Maduro e sua quadrilha

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Antonio
2 anos atrás

A despeito de estarem no World Fact book da CIA esses números não têm nada de confidencial visto que são as estatísticas enviadas pelo governo venezuelano às agências da ONU. Ocorre que tais números são como os índices inflacionários argentinos no tempo dos Kirchners ou seja, são falsos visto terem sido manipulados pelo governo. Por seu turno a verdade teima em desmontar a versão apresentada pelo chavismo segundo a qual seu populismo rasteiro teria provocado uma verdadeira revolução social. Na realidade o desastre econômico e social dos regimes bolivarianos, longe de diminuir a miséria, fez a mesma explodir. Segundo levantamento… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  Antonio
2 anos atrás

A Crise comecou antes da queda dos precos.

sub-urbano
sub-urbano
2 anos atrás

Esses Flankers na América Latina são verdadeiros elementos de dissuasão. A mera existencia deles já frustra uma solução militar latino-americana para a crise venezuelana.

A ironia é que a Venezuala não depende dos sukhois para inviabilizar uma intervenção de todas as forças aéreas de seus vizinhos juntas. Com a quantidade de manpads, Zu23, Buks, pechoras e s-300 são mais que suficientes para causar uma derrota acachapante a qualquer Força Aérea Latino Americana.

Os militares venezuelanos fizeram o dever de casa muito bem feito. Já do front político dos bolivarianos não podemos dizer o mesmo.

Sidnei R. Castilho
Sidnei R. Castilho
Reply to  sub-urbano
2 anos atrás

Exatamente , você fez o melhor comentário da Página ,muito realista ! Colômbia , Peru , Brasil e Paraguay sem ajuda dos EUA jamais terão coragem de tentar alguma coisa contra a Venezuela sozinhos .

Matheus
Matheus
2 anos atrás

Achei uma lista dos mísseis e bombas que a FAB usa. Nada mal.

https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_modern_weapons_of_the_Brazilian_Air_Force

TX-DILLARD
TX-DILLARD
2 anos atrás

Um Comando Especial adentra a base, explode os flankers; é evacuada rapidamente e adeus poder aéreo.
WHO DARE WINS = SAS

Augusto L
Augusto L
Reply to  TX-DILLARD
2 anos atrás

Não deve ser tão facil assim não.
Acho que somente em bases avançadas daria para fazer o mesmo.

colombellim
colombellim
Reply to  TX-DILLARD
2 anos atrás

Quem por ultimo fez uma ação assim foram justamente eles o SAS na Malvina ocidental, colocando fora de combate vários Pucarás.

colombellim
colombellim
2 anos atrás

Material muito capaz que não foi aproveitado. Pouco ou nada se viu de exercícios sérios ( somente desfiles), criação de doutrina, intercâmbio e utilização do armamento etc… Uma compra só pra figurar. Quando precisaram, tiveram de se valer dos velhos F-16.

Como diz o Juarez, ter não é operar e um país no fundo do poço não conseguirá ter mínima operacionalidade, ainda mesmo se os aviões não tivessem sido adquiridos só pra embuste.

A preocupação geral das FA venezuelanas hoje são os “negócio$$$$” de estado.

BILL27
BILL27
2 anos atrás

Claro que tinham .Ele é removivel e é usado para interferencia eletronica

Rodrigo Tavares
Rodrigo Tavares
2 anos atrás

E tem brasileiro defendendo uma ação militar do Brasil contra Venezuela?

Só pra começar nosso “presidente” tem mais 70% de reprovação da população, imagina quando começarem a chegar os corpos.

João Bosco
João Bosco
2 anos atrás

Com os mais variados problemas que a Venezuela enfrenta, o Sr. Maduro preocupado em revisar caças. Deveria este ver com outros olhos o que acontece com seu país.
Tudo bem que um país como a Venezuela deve manter uma certa capacidade de defesa, mas não ao ponto de sacrificar a sua população.