Home Aviação de Ataque Rússia nega que caças F-35 israelenses tenham sobrevoado a Síria

Rússia nega que caças F-35 israelenses tenham sobrevoado a Síria

5690
112
F-35I Adir

MOSCOU – O Ministério da Defesa da Rússia rejeitou os relatos de mídia que alegam que  jatos israelenses F-35 conseguiram ludibriar os sistemas russos de radar de defesa aérea na Síria e fazer reconhecimento aéreo no local, disse uma fonte do ministério.

“As informações publicadas por alguns meios de comunicação que citaram uma fonte estrangeira alegando que os caças israelenses enganaram os radares russos e fizeram um reconhecimento de alta altitude não fazem sentido”, disse ele. “Qualquer aeronave torna-se facilmente perceptível e vulnerável aos radares da maioria dos países se voa em alta altitude”.

As defesas antiaéreas sírias provaram mais de uma vez sua capacidade de detectar e, além disso, derrubar mísseis ar-terra, que têm uma área refletora efetiva muito menor do que os jatos F-35, disse a fonte.

“Quanto às defesas aéreas russas na Síria, elas fornecem proteção confiável às instalações de defesa russas em Tartus e Hmeymim”, disse ele.

Uma fonte bem informada afirmou em uma entrevista ao jornal kuwaitiano Al-Jarida que dois caças F-35 israelenses conseguiram fazer reconhecimento no espaço aéreo do Irã no início deste mês depois de atravessar o território sírio e iraquiano sem ser notados.

FONTE: TASS

Subscribe
Notify of
guest
112 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mark
Mark
2 anos atrás

Rapaz, a coisa tá frenética hoje… Mas voltando ao assunto, se o F-35 foi projetado para não ser detectado, então meus caros amigos russos…

Ivo
Ivo
Reply to  Mark
2 anos atrás

Oras, o avião é invisível, ou não é?

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
Reply to  Ivo
2 anos atrás

É para alguns e não é para outros. Só não sabemos quem estão mentindo.

Mark
Mark
Reply to  DOUGLAS TARGINO
2 anos atrás

É aquela boa e velha guerra de versões.

kaleu
kaleu
Reply to  Ivo
2 anos atrás

Nem viram por onde passou !!!! rsrsrsrs … os russos tão mais perdido que cego em tiroteio …

Mark
Mark
2 anos atrás

Invisível não, stealth. De vez em quando um F-22 brota nos céus da Síria mandando oi para os russos e aliados, e desaparece em seguida. Invisíveis, ao que parece, são os f-16 turcos, que estão sapateando na cara deles e nada acontece.

Bosco
Bosco
2 anos atrás

Os russos deviam é provar que interceptaram mísseis ar-terra. Vale salientar que não necessariamente um míssil ar-terra tem menor RCS que um caça. Desde a introdução da tecnologia stealth não há uma relação direta entre tamanho e RCS. Outro dado que complica o leitor é dizer que mísseis ar-terra foram detectados e interceptados. Se isso foi feito foi numa distância muito menor do que a distância em que o F-35I supostamente operava. Não dá pra comparar alhos com bugalhos. Um míssil como o HARM é engajado pelo Pantsir a 12 km. Uma aeronave como o F-35 sabe onde estão os… Read more »

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
2 anos atrás

A nota do ministério da defesa russo mais termina por atribuir veracidade ao relato do jornal kuwaitiano do que negá-lo

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Isso que pensei, essa nota é uma piada kkkkkk

William
William
2 anos atrás

Moscou nega só pq não apareceu nos radares…rsrs

Mateus
Mateus
Reply to  William
2 anos atrás

boa, kkkkk

Bruno w
2 anos atrás

Que Israel voa Sobre a Síria não e novidade , e os Russos sabem disso , as vezes estes jogam mais do lado de Israel do que do lado da Síria…. Não podemos esquecer da defesa antiaéreo Síria que rechaçou um possível ataque Israelense no ano passado ,e no mesmo tempo alguns pássaros danificaram um Adir…mas não mostraram fotos… Voar sobre a Síria com certeza voam ,e não são só os Israelense ,mas americanos e Turcos…agora achar que os Russos não estão sabendo disso ,e tremenda ignorância… Voar de Israel até o Irã …..só é credível mediante a video ou… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Bruno w
2 anos atrás

Bruno,
O sistema de aquisição de alvos de um sistema antiaéreo é tão capaz de gravar uma ação quanto um caça. Você sabe de algum vídeo onde os sírios provaram que detectaram e atingiram um F-35?

Sérgio Luís
Sérgio Luís
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Mas e o F-35 chamuscado ( ave na turbina)??
História mal contada!!!
Esse negócio de afirmar problema técnico por ave na turbina!?!

Groo_SP
Groo_SP
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Não se sabe nem se esse voo existiu. Se não existiu vão mostrar uma tela vazia e uma tela vazia prova tanto que não houve voo como que o voo não foi detectado.

Antonio
Antonio
2 anos atrás

Eu acredito na Al Jarida!

Mateus Lobo
Mateus Lobo
2 anos atrás

Sputniks vs F-boys, que a treta comece rs

humberto
humberto
2 anos atrás

Particularmente não acredito que Israel tenha feito este tour, se fez, manteria todo o segredo possível, não iriam deixar vazar a toa. Assumindo que seja verdade, Israel por sua função, deve conhecer (ou pelo menos ter um bom grau de certeza) sobre os naturais buracos da cobertura de radar dos países e em tese, aproveitariam os mesmos para testar os sistemas de defesa. Repetindo, se a notícia for real e Israel utilizou os F-35 para a tarefa, será um grande indicativo que a quinta geração chegou para valer e que os aviões, sistemas de defesa anti aérea já não são… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  humberto
2 anos atrás

A 5 geração já chegou há mais de 20 anos atrás. F-117 , B-2, F-22, e mais recentemente F-35.

Lucas Meireles
Lucas Meireles
Reply to  humberto
2 anos atrás

Mas o brasil não detem a tecnologia stealth ? Vão aplicar no Gripen NG

Gustavo
Gustavo
Reply to  Lucas Meireles
2 anos atrás

a tecnologia stealth começa na concepção do caça, na construção utilizando os ângulos que refratam os sinais dos radares em bandas especificas, mas não todas. E para aumentar a eficiência do desenho stealth se utilizam de tintas tipo RAM (Radiation-absorbent material). A FAB desenvolveu essa tecnologia, mas especificamente o IAE, já faz alguns anos, e em 2016 o IAE recebeu carta patente da nossa versão do RAM. Mas se essa será aplicada no Gripen, acredito que ninguém tenha tomado essa decisão ainda. Mas também acredito que será aplicada nos F-39.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  humberto
2 anos atrás

Vamos falar mal do F-35, é mais eficaz que cusparadas.

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
2 anos atrás

São tantos novos eventos a cada dia juntamente com uma guerra de informação e desinformação que fica realmente dificil saber o que esta acontecendo e sobretudo o que é verdade ou mentira

Sérgio Luís
Sérgio Luís
2 anos atrás

Se sobrevoar nos avise!!
E não venham com a história de que não é possível ver pelo fato de ser (pseudo) furtivo!!!

Bosco
Bosco
Reply to  Sérgio Luís
2 anos atrás

Você foi avisado em um post anterior mas parece que só acredita no que quer.

Sérgio Luís
Sérgio Luís
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Não mesmo !!! Cadê as provas.??
Só é fato que Israel tem 9 F-35 (Naty) e que um foi chamuscado por um (passarinho)* Leia-se S-200 !
Vamos aguardar Boscao !!

Sérgio Luís
Sérgio Luís
Reply to  Sérgio Luís
2 anos atrás

E se você provar o que foi dito no post anterior onde 2 F-35 (Naty) de Israel entraram no Irã fizeram um vôo panorâmico e ainda deram uns tiros nos vilarejos de beduínos eu retiro o que disse!!

Bosco
Bosco
Reply to  Sérgio Luís
2 anos atrás

Se você acredita que um foi chamuscado por um S-200 (que não gravou a ação para provar) e outro foi danificado por pássaros, então já podemos combinar que os F-35I estão sendo empregados em operações reais. Estamos mais perto de concordar que o contrário.
Eu não posso jurar que dois F-35 israelenses invadiram o espaço aéreo do Irã num trajeto sem REVO mas tenho certeza que são capazes de fazê-lo e por isso não posso automaticamente descartar essa informação como sendo uma invencionice (fake news).

Adler Medrado
Reply to  Sérgio Luís
2 anos atrás

Onde estão os indícios do S-200? Achismo ou fé religiosa?

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Adler Medrado
2 anos atrás

Trollagem mesmo! Mas pelo menos o Serjão é divertido……

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Sérgio Luís
2 anos atrás

Serjão, eu tinha uma namorada que se chamava Natália e eu só a chamava de Naty. Era (ou melhor, é) muito gente boa….

Adler Medrado
2 anos atrás

Russos: Não vimos, logo, não aconteceu.

Mateus Lobo
Mateus Lobo
Reply to  Adler Medrado
2 anos atrás

kkkkk

LEONARDO A.M
2 anos atrás

Bosco uma informação,Qual a distância entre Israel é o Iran? Os F35 conseguiram percorrer essa distância sem REVO ?

Bosco
Bosco
Reply to  LEONARDO A.M
2 anos atrás

Leonardo, Pelas informações que estão disponíveis, sim. A distância menor entre a fronteira de Israle e a do Irã é de cerca de 1000 km e é dito que o alcance do F-35A numa configuração ar-ar (com 4 amraams internamente) seria de 760 nm (1380 km). Levando-se em conta que o alcance ar-ar divulgado implica que há um tempo de patrulha que em regra seria de 30 minutos (500 km) e que há uma reserva geralmente de 20 minutos (360 km) pode-se aferir que numa missão de “exploração” ou de ‘reconhecimento” o caça poderia chegar a uma distância 1630 kg… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
2 anos atrás

O que eu gostaria de saber de pilotos profissionais é se há mesmo uma regra que estipula um tempo de patrulha e de reserva mais ou menos padronizado ou uniforme.

BILL27
BILL27
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Este alcanceque vc mencionou ,é com a aeronave em qual velocidade ?

Bosco
Bosco
Reply to  BILL27
2 anos atrás

Subsônico! Mach 0.9. Sem utilizar pós combustão.

Airacobra
Airacobra
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Bosco, mas esse alcance de 1380km que você citou é ferry range ou raio de ação?

Bosco
Bosco
Reply to  Airacobra
2 anos atrás

Aira, É raio de ação. Imagino eu que com algum tempo “on station”. No geral esse tempo de on station é de 30 minutos, que acrescenta mais 500 km de distância (1000 km/h) linear. Se imaginarmos que a alcance de translado é 2,5 o raio de ação temos que o ferry range do F-35A é por volta de 3500 km, ou 1900 nm. Só para comparação, o Su-27 com 2 motores tem peso vazio de 16,4 t, peso carregado (só de combustível) de 26 t e leva 9,4 t de combustível internamente. Seu ferry range é dito ser de 3.800… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Airacobra
2 anos atrás

Aira,
O F-35 é um caça pesado, apesar de ser monomotor. Claro, isso não tem nada a ver com o alcance ou raio de ação.
Só pra comparação, o ferry range do leve F-5E da FAB é de 3500 km (claro, com tanques externos).
Como não se sabe do F-35 ter tanques externos (ainda) seu alcance (ferry range) seria só com o combustível interno. Quando e se ele tiver tanques externos (convencionais ou conformais) seu ferry range será maior que esse prováveis 3500 km.

MadMax
MadMax
2 anos atrás

Acho que o que os Russos quiseram dizer é que, Israel tem um acordo com eles e só entram na Síria com aviso prévio.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

Bosco

Chag Pessach Sameach

Realmente os Adir não entraram no EA da Syria, não se prova o que não se vê !

Sérgio Luís
Sérgio Luís
2 anos atrás

Bosco, -Empregados acho que não! Eu diria empregado! Até onde sei foi “um solitario” F-35 escoltado por F-15s e apoiado por F-16s! – Você diz “Gravar”??? Raciocina comigo! Você pensa que Israel vai mostrar para o mundo os seus” problemas” com aeronave de última geração!?!! (Ingenuidade) -Vem sendo empregados!?!?! Israel é uma pequena ilha cercada por inimigos e qualquer coisa que levantar voo de Israel vai vista pelo hamas e Hezbollah que estão lá dentro! Outra coisa! Sabemos do pacto não agressão entre Rússia e Israel e sabemos também que o radar do S400 Russo na Síria varre Israel de… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Sérgio Luís
2 anos atrás

Serjão,
Quando eu digo “gravar” é relativo aos sírios que devem (ou deveriam) ter gravado a ação do S-200 contra o F-35 e que deveria disponibilizá-la a nós.

Bruno Vinícius Campestrini
Bruno Vinícius Campestrini
Reply to  Sérgio Luís
2 anos atrás

Sérgio, deixe-me ver se entendi. Você acredita que o F-35 foi atingido por um S-200 na Síria, mesmo sem alguma gravação ou outra prova confiável disso. Todavia, quando é alegado que o F-35 entrou em espaço aéreo sírio, iraquiano e iraniano você exige essas mesmas provas que você não exigiu para a alegação da Sputnik. É isso mesmo? Porque o nome disso é hipocrisia e fanatismo ideológico.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Sérgio Luís
2 anos atrás

Sérgio, a questão aqui é se o F35 voou no Irã.
Agora você está com dúvida se ele já voou na Síria?
Isso já foi divulgado algumas vezes colega.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
2 anos atrás

A Russia vai jurar de pé junto que nenhum F-35 entrou no Iran, por dois motivos:

1 – o avião é stealth. Então passa despercebido mesmo, e os russos não querem reconhecer isso.
2- o avião provou para o mundo que os sistemas anti-aéreos russos não capazes de decta-lo.

Checkmate nos S-200, S-300 e S-400.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Tadeu Mendes
2 anos atrás

Eles são sim, mas numa distância menor que com, inteligencia sobre da pra traçar uma rota onde os radares inimigos fiquem à cega. Mas vc sabe ou deve saber disso, eu comentei mesmo por causa da sua ênfase de que os S-alguma coisa ñ prestam.

Sérgio Luís
Sérgio Luís
2 anos atrás

Bosco,
Pouco provável ser possível filmar um ataque noturno! E outra coisa espera-se que ele seja “furtivo” pelo um pouco não!?!
Espero que tenha entendido o “sumiço” do F-35 Naty de Israel!
Tá “mocozado” em hangares subterrâneos!

Nonato
Nonato
Reply to  Sérgio Luís
2 anos atrás

Acho que é no radar. Não no visual.
Se fosse visual tinha o infravermelho…

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
2 anos atrás

O mais sábio que os russos deveriam ter feito era ter ficado em silêncio é esperar a história morrer sozinha. Uma vez que deram ao trabalho de desmentir e ainda por cima bravatear terminaram por dar veracidade à mesma.

Sérgio Luís
Sérgio Luís
2 anos atrás

Bosco,vc vai me desculpar mas na tela obsoleta do S-200 não vai estar estampado “OOOpa!! travei em um F-35!!!”

Bosco
Bosco
2 anos atrás

Então a sua crença que esse obsoleto sistema antiaéreo, que sequer tem meios de gravar suas ações para avaliação posterior, atingiu um F-35 é fundamentada só na tua descrença do modo de vida do Ocidente que tanto parece te incomodar e do qual você quer se purgar e no processo desmerece tudo que é ocidental e enaltece tudo que lhe é contrário.
Beleza! É um modo de fazer a leitura do mundo tão válido quanto qualquer um.

Sérgio Luís
Sérgio Luís
2 anos atrás

Como assim descrença no modo de vida do ocidente?!?!!! rsrsrsr(eu sou altamente capitalista parcerio!) Eu só tenho uma concepção de que a furtividade é utopia!
Vamos ficar só nos fatos técnico-militar não “descambemos” para a presunção ideológica!
Agora se não me engano sistemas antiaéreos com capacidade de diferenciar “valores” entre aeronaves enquadradas na tela do radar só existem no S-500 e Patriot!
Sem ressentimentos parceiro!

Bosco
Bosco
Reply to  Sérgio Luís
2 anos atrás

Então minhas suspeitas se confirmaram. Os altamente capitalistas são os que mais se penitenciam. A Oprah Winfrey que o diga. rssrsss
E seu nível de aversão ao F-35 só pode ter natureza ideológica. Vai me desculpar se minha “tese” te incomoda mas salvo se for cidadão ou morador dos EUA e contribua com tributos à este país, você está desenvolvendo ou já desenvolveu um quadro claro de autoflagelação ideológica reversa de negação civilizacional. Com um complicador que é a “negação”. É grave!!!

Sérgio Luís
Sérgio Luís
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Boscao,
Relax!!

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Sérgio Luís
2 anos atrás

“furtividade é utopia”… ops. Não é, pergunte aos pilotos do Su-24 Russos o susto que eles tomaram quando um F-22 (que até hoje não sabem de onde veio) começou a brincar com eles.

Noticia dada pela hyper Sputniq

Lúcio Müller
Lúcio Müller
2 anos atrás

Quando a Rússia conseguir identificar os F-35 já será tarde demais. F-22 operam tranquilamente debaixo das barbas russas. Agora não entendo como podem com tanta convicção afirmar que os F-35 israelenses não estão deitando e rolando por aquelas bandas. Só irei realmente acreditar nas contramedidas soviéticas quando um vetor stealth realmente for abatido. Até lá tudo é pura especulação.

ScudB
ScudB
2 anos atrás

Srs!
Os dois estão “profundamente” errados 🙂 ..

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  ScudB
2 anos atrás

kkkkk….boa!

ScudB
ScudB
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Coisa basica. Primeiramente. Os sistemas automatizadas de controle de fogo como Vlastelin , Krylo , Poljana (etc) das S-XXX gravam tudo (inclusive as informações que vem “das e para” Buk , S-75, 125, 200 , PORI-XX , A-50 e pontos de vigilância tipo Nebo-M que estão presentes por lá). Mas!! A informação é criptografada e gravada na forma nativa (como formato RAW da vida). Logo : a apresentação não é fácil (como foi no caso de MH17 abatido) além de conter os dados operacionais de sigilo. E os Patriots não são diferentes NESTE quesito. Segundo. Porque S-500 tem nada(!) a… Read more »

Sérgio Luís
Sérgio Luís
Reply to  ScudB
2 anos atrás

Se tiver acesso leia um pouco mais sobre o S-500! Outra coisa você cita equipamentos um pouco “rudimentares”perto do que a Rússia utiliza na Síria! Esqueça as defesas antiaérea da Síria e foque seus estudos no que a Rússia tem de vanguarda em sensores!

_RR_
_RR_
2 anos atrás

Sérgio Luís ( 31 de Março de 2018 at 7:28 ); A furtividade não é “utópica”… Ela vem se provando funcional nos últimos 30 anos… Há milhares de missões de aeronaves VLO ( Very Low Observable ) e outros tipos LO ( Low Observable ) registradas na história para provar isso… O conceito tanto se prova, que qualquer país que tenha dinheiro está pagando para ter o seu; e não há hoje uma única aeronave no mercado de caça que não tenha minimamente um airframe LO ou empregue técnicas que reduzam sua assinatura eletrônica e térmica… Como já dito tantas… Read more »

Bruno w
2 anos atrás

Está história e uma tremenda jogada americana, por isso foi noticiada pela mídia de um país que nunca noticiou nada “grande” antes… Primeiro devido a um considerável interesse de vários paises ao S400 , e a oposição declarada dos americanos a isso …pressionaram a Turquia de todos os jeitos ,Iraque também ..etc. Agora só restou para eles provar que o sistema não é tão bom assim ,ai criaram esta Fake news …mataram dois coelhos com um tiro… 1° desvalorizaram o equipamentos Russo 2° promoveram o F35.. Mas não aconteceu este passeio de Israel , e muito menos o envenenamento do… Read more »

CRSOV
CRSOV
Reply to  Bruno w
2 anos atrás

É uma boa possibilidade esta de ser uma jogada de marketing dos americanos para desacreditar a qualidade dos produtos de defesa da Rússia e valorizar os seus !!

Delfim
Delfim
2 anos atrás

Então o jornal kuwaitiano muçulmano que execra Israel sabe mais do que a Russia que se comunica direto com Israel ?

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Delfim
2 anos atrás

É bem por aí mas diante de uma história (aparentemente) inverossímil o que deveria ter feito o MD russo? simplesmente ignorar! Ainda assim não apenas desmentiu como ainda por cima bravateou, oque termina por emprestar veracidade à história.

Sérgio Luís
Sérgio Luís
2 anos atrás

Tá bom então!!!
Masss!!! se algum de vocês virem o F-35 Naty voltar a dar as caras na Síria me avisem!
Não esqueçam!

Carlos Eduardo Broglio Gasperin
Carlos Eduardo Broglio Gasperin
2 anos atrás

Um videozinho da missão causaria um estrago… Se tiverem…

carcara_br
carcara_br
2 anos atrás

Foi a primeira vez que eu vi a Rússia confirmar oficialmente que as defesas sírias abateram armamento ar-terra.
Pra mim são bravatas dos dois lados ficar cobrando provas dos russos sem uma contrapartida israelense é coisa de torcida…
E sim voa em grande altitude em rotas que os colocariam em posições desfavoráveis em relação aos radares de vigilância em solo os tornariam vulneráveis. Não apenas o f-35 até o b-2 não faz milagre…

Pedro Henrique
Pedro Henrique
2 anos atrás

E engraçado ver o HMS e outros… Quando a síria alega que danificou o F35 e o F15 o argumento é: “ Eles que tem que provar, porque eles que estão alegando”. “ Sputinik , só fala e não mostra prova alguma”. E por aí vai. Quando Israel alega ter destruído as defesas Sírias e voado sobre o Irã sem ser notada. “ eles não tem obrigação de provar nada”. “ Não prova porque não querem mostrar a tecnologia e estratégia”. “ Os sírios que tem que provar”. Sou especialista mais a cada dia dá para perceber que boa parte… Read more »

Alex
Alex
Reply to  Pedro Henrique
2 anos atrás

E porai mesmo Pedro, tudo torcida desorganizada!

Agora, os Russos perderam uma otima oportunidade para tirar proveito dessa noticia. Em vez de desmentir, poderiam ter confirmado que os F-35 sobrevoaram a Siria e que foram rastreados o tempo todo, so nao foram derrubados porque Israel e um aliado da Russia.

Desse modo, poderiam ter confirmado a superioridade dos seus equipamentos e derrubado o mito de invisibilidade do F-35. Perderam uma oportunidade de ouro!

Pedro Henrique
Pedro Henrique
2 anos atrás

*Não sou especialista

Oráculo
Oráculo
2 anos atrás

O F-35 israelenses estão dando rolê na Síria faz tempo. Se procurar no Reedit encontra Judeus brincando sobre esses “passeios”. Assim como o SU-57 também tá lá. Mandando bombas nas cabeças dos rebeldes. Os tais “testes de combate” que o ministro de defesa russo confirmou… Russos, Judeus e Americanos estão testando seus novos brinquedinhos. Enquanto os coitados dos sírios morrem feito gado, as grandes potências testam novas armas de combate. E ninguém vai confirmar nada. Operações desse nível são secretas. Os próprios SU-57 que foram pra Síria só apareceram porque os Judeus divulgaram as fotos. Até então os russos se… Read more »

Airacobra
Airacobra
Reply to  Oráculo
2 anos atrás

Isso ai, ordem na casa pros fanboys, kkk

Ricardo
Ricardo
2 anos atrás

Pode ser verdade ou mentira. Problema é que vem de uma única fonte e é difícil acreditar que um jornalzinho qualquer tenha uma fonte tão boa no exército de Israel que é historicamente muito discreto. Comando das forças armadas russas na Síria apenas respondeu a uma pergunta de jornalistas.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
2 anos atrás

Bruno,

Voce é que é um m analfbeto vermelho, tanto sobre o século XX quanto o século XXI. Volta lá prara o seu mundinho do gremio. Voce vive dentro de uma bolha ideológica.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
2 anos atrás

Bem… A despeito dos russofilos de plantão… A Rússia tem sim radar passivo que detecta aeronaves stealth. A pergunta deveria ser formulada e foi não foi por causa dos nossos colegas russofilos é:

A Síria tem esse radar tão caro à Russia em seu território?!?

Se tem, sabem opera-lo para distinguir um sinal no radar passivo de uma aeronave stealth?!?

CRSOV
CRSOV
2 anos atrás

Pelo pouco que leio de artigos militares nas várias mídias eu aponto as seguintes possibilidades para essa história do sobrevoo do F 35 sobre o espaço aéreo do IRAN: 1 – Simplesmente este sobrevoo jamais existiu; 2 – O sobrevoo existiu e realmente o F 35 não foi detectado e muito menos trackeado; 3 – O sobrevoo existiu e o F 35 foi detectado mas não houve o tracking do radar de defesa no alvo; 4 – O sobrevoo existiu e o F 35 foi detectado e devidamente trackeado mas por uma questão de dar a Israel a noção de… Read more »

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
2 anos atrás

Ainda estão discutindo essa fake news? O avião ainda NÃO TEM capacidade de combate. Está claro na outra matéria, ” F-35 longe da linha de chegada”. Leram? Se a missão realmente ocorreu, deve ter sido um treinamento de “navegação por instrumentos”. É o máximo que o avião, hoje, pode fazer. Ou acham que toda a frota mundial tem 263 pendências, menos os israelenses? Acreditam em duende?

Airacobra
Airacobra
Reply to  Rinaldo Nery
2 anos atrás

Perfeito comentário de quem realmente entende do assunto e outro nível, bem difernente de coments de fanboys

Augusto L
Augusto L
Reply to  Rinaldo Nery
2 anos atrás

O que à outra materia mostrou é que o F-35 ainda não entregou o q prometeu mas o que entregou ate agora já o faz apto à missão.
Sobre a essa noticia daqui ela tá no campo factivel, que pode, ter acontecido, o avião não precisa acertar o alvo com o canhão ou disparar um aim-120 para passar por invisilvel pelos radares da região, a invisibilidade dele não depende do seu software, aliás software esse que ja permite disparar munições guiadas, o que Israel precisa pra bombardear o Irã.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Rinaldo Nery
2 anos atrás

Voce está insinuando que os F-35 não estão aptos a disparar mísseis ou despejar bombas? É isso?

Então por que a aeronave continua a ser produzida e ser entregue, se a mesma não pode se defender e nem atacar?

Voce pilotaria um jato de combate, sobre um território inimigo sem capacidade de combater?

Manuel Souza
Manuel Souza
Reply to  Tadeu Mendes
2 anos atrás

Vc mesmo respondeu sua pergunta. A notícia é falsa camarada. Israel ia arriscar perder um caça de última geração inacabado numa região super tensa para quê em nome de Deus???

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Manuel Souza
2 anos atrás

Sendo uma notícia falsa(tudo indica ser) por que motivo o MD russo se deu ao trabalho de desmenti-la e ainda por cima bravatear?

Jack
Jack
2 anos atrás

Oráculo 31 de Março de 2018 at 11:09
PERFEITO !

Sérgio Luís
Sérgio Luís
2 anos atrás

_RR_
Sua citação inicialmente estava coerente mas começou por falta de leitura a descambar para a presunção!
No último parágrafo você afirma que a detecção ou rastreio de aeronaves israelenses por parte da Rússia só pode ser feita por radar!?
Leia mais sobre monitoramento por satélite e espionagem!

José
José
2 anos atrás

Ursos,isto é,russos feras terríveis,sempre mentirosos.
Eles tem o hábito de mentirem e depois acreditam em suas próprias mentiras.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  José
2 anos atrás

Tem uma turminha desse lado do Atlantico que gosta do vermelho e também são mentirosos e ladrões contumazes.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
2 anos atrás

Os Russos estão com a razão, só sobrevoaram a Siria os F-16 e F-15 Israelenses, os F-22 Americanos, um par de caças da Turquia e a renca toda que tava sem nada para fazer hoje a tarde.

A poderosa Força Aerea Russa é incapaz de bloquear os céus da Síria, não sei por que teimam em dizer que eles são temiveis.

#oceudasiriaédetodosnós

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
2 anos atrás

Não dando nem tirando credibilidade à notícia, mas as vezes o pessoal se esquece que um um caça stealth só é “invisível” aos radares, mas ainda emitem som e Luz infravermelha e ainda refletem luz visível. O que eu quero dizer é que estamos acostumados com a vida barulhenta dos grandes centros urbanos que não nos damos conta da capacidade dos nossos sentidos, se habitássemos locais quase desérticos como as cidades sírias ficaria mais evidente que nenhuma incursão passa despercebida. A inteligência humana ainda é muito útil, poucas dezenas de pessoas com um celular conseguem manter uma boa rede de… Read more »

Sérgio Luís
Sérgio Luís
2 anos atrás

Bigliazzi,
Tem que ler mais também!
Citar o SU-24 como aeronave capaz de fazer frente ao (glorioso mas sem score) F-22 é covardia!
Talvez o F-35 Naty com suas câmeras de ré pudesse ver a aproximação!rsrs

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Sérgio Luís
2 anos atrás

A questão Serjão é que os Su-24 estavam sendo escoltados pelos Su-35,que segundo alguns aqui é melhor que a frota estelar e as naves Klingon juntas. E sobre a Síria o que se viu foi que o F-22 foi capaz de aproximar dos jatos de ataque russos sem que suas respectivas escoltas (Su-35) percebessem.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Obrigado Tireless,

O mais engraçado é que ainda tirou um sarrinho do Su-24. Se fosse de verdade torceria para o piloto Russo do Su-24 não ter morrido no abate.

Segue o jogo, os Su-35 bloquearam os céus da Síria… só que não!

Alex
Alex
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

HMS TIRELESS,

Essa conversa que os Su-24 estavam sendo escoltados pelos Su-35 e mentira. Os Su-35 estavam no solo e decolaram so depois de ter recebido o pedido de ajuda dos Su-24. Foi por isso que demorou quase 1 hra para os F-22 serem surpreendidos pelos Su-35.

A sua conversa chega a ser cansativa. Conversa de torcida Fla x Flu.

Bosco
Bosco
2 anos atrás

“Citar o SU-24 como aeronave capaz de fazer frente ao (glorioso mas sem score) F-22 é covardia!”
Quem não sabe brincar que não desça para o playground.

Bosco
Bosco
2 anos atrás

O choro é livre mas não adianta culpar o inimigo por ser mais preparado.

JT8D
JT8D
2 anos atrás

O “bom” desse tópico é que como é impossível provar a veracidade ou a falsidade da notícia, todos podem dar vazão às suas preferências pessoais. Aí o playground fica lotado

Bosco
Bosco
Reply to  JT8D
2 anos atrás

Acreditar ou não na notícia é o menos importante. Eu particularmente não faço a mínima ideia se os israelenses mandaram caças ir até o Irã e voltar por qualquer motivo que seja já que não tenho bola de cristal e o comando da força aérea israelense não se reporta à minha pessoa. Agora, que eu acredito que isso seja possível , sem dúvida. Mesmo com o atual nível de evolução do software do F-35I eu acho que ele é capaz de fazê-lo. O F-117 era um caça-bombardeiro primitivo e seria capaz. Não imagino que as deficiências do software comprometa esse… Read more »

JT8D
JT8D
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Amigão, me inclua entre os que não estão nem aí para essa disputa. Mas concordo que esse avião vai, de um jeito ou de outro, cumprir o que foi prometido. Feliz Páscoa

Marquês de São Vicente
Marquês de São Vicente
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Perfeito comentário, de trazer lágrimas a estes olhos cansados.

Sérgio Luís
Sérgio Luís
2 anos atrás

E aí Boscao!?
O choro e o rizo também né!
Se estamos rindo estamos brincando também uai!?
Expomos todos nós a concepções diversas sem agressão lógico! E penso que isso enriquece!
A Síria está sendo um ótimo teatro de operações para as vanguardas bélicas antagônicas (EUA e Rússia) mas espero que esse antagonismo só ocorra lá na Síria!

Bosco
Bosco
Reply to  Sérgio Luís
2 anos atrás

Serjão, Não me referi a você! Tanto o “não adianta culpar o inimigo” quanto o “quem não sabe brincar…” é referência aos países em questão. Se um país manda um caça-bombardeiro (ou avião de ataque) seu atacar um alvo num espaço aéreo contestado e congestionado, sem capacidade de auto-defesa, sem um ala, sem cobertura AWACS, sem escolta, etc. e esse caça vem a ser derrubado, não há o que culpar o inimigo por ele ter utilizado uma aeronave mais capaz ou por ter sido “covarde”, quando o caça-bombardeiro é abatido.

Sérgio Luís
Sérgio Luís
2 anos atrás

Muito bem!
Entendi e concordo! Ali é terra de ninguém!

ScudB
ScudB
Reply to  Sérgio Luís
2 anos atrás

Esta errado .. Ali é terra do povo Sírio. E de grande proveito posso comemorar um fato que os bandidos da Gouta estão se mandando hoje com grande estilo : com cabisbaixa e com inúmeros “fax”e dos solos de sapatos a mostra.Bem feito… Terra de ninguém? So se for nos sonhos molhados dos yankees e comedores de ra: os traidores prosticurdos estão se mandando , os yankees estão tentando fazer boa mina e se retirar quando podem , os infelizes da ilha de Albion estão tentando libertar seus SAS por meio de chantagem politica (tipo envenenamento), etc.. Grandes m..das. Hoje… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  ScudB
2 anos atrás

Scud, Não tem nada de “boscoteoria” não. Tá no artigo e é de conhecimento geral que um caça F-35A em configuração ar-ar tem alcance de 760 milhas náuticas. E isso ainda deve ser acrescido do tempo de “loiter” e da “reserva”. E um caça stealth não tem que fazer tantos zigzags quanto um caça convencional. Eles foram projetados para voarem alto, onde o arrasto é menor e o alcance é maximizado. Trilha de condensação? Elas não são de ocorrência comum e há formas de evitá-la. E se for de noite então, não configuram um problema. Acho engraçado que vocês acreditam… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  ScudB
2 anos atrás

E quanto à Síria ser “terra do povo sírio”, há controvérsia. Tá mais pra terra do monarca Assad.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Bosco
2 anos atrás

Bosco,

Realmente há muitas controvérsias, porém o céu da Síria é de todos… desculpa não resisti. É que a força Aérea Russa não consegue acabar com essa piada pronta.

ednardo ferreira
ednardo ferreira
2 anos atrás

Se Deus aparecesse aqui ou na Síria com 10.000 horas de filmagens provando que o F35 voou (ou não) sobre a Síria a discussão não seria sobre o vôo.

A discussão seria se Deus é confiável, por que não Alah, se o Criador trabalha para a Netflix, que Deus é criação da burguesia e tudo o mais. Só não se falaria do vôo.

E quem realmente sabe nunca vai dizer: os israelenses.