Home Aviação de Transporte Embraer e SkyTech assinam carta de intenção para até seis aeronaves multimissão...

Embraer e SkyTech assinam carta de intenção para até seis aeronaves multimissão KC-390

7118
116
Embraer KC-390

Singapura, 06 de fevereiro, 2018 – A Embraer Defesa & Segurança anunciou hoje, durante o Singapore Airshow, a assinatura de uma Carta de Intenção com a empresa de serviços de aviação SkyTech para aquisição de até seis aeronaves de transporte multimissão KC-390.

As aeronaves estão destinadas a diversos projetos de defesa e ambas as empresas também concordaram em avaliar uma potencial colaboração estratégica com o objetivo de explorar conjuntamente novas oportunidades de negócios nas áreas de treinamento e serviços.

A SkyTech é o resultado de uma parceria entre duas empresas com larga experiência no campo dos serviços de defesa: a HiFly, de Portugal, que provê aeronaves, tripulações completas, manutenção e seguros (ACMI), e a australiana Adagold Aviation, especializada em serviços de aviação e voos charter.

“Acompanhamos o programa KC-390 desde a sua criação e acreditamos que ele estabelecerá novos padrões na categoria dos aviões de transporte de médio porte, assim como será uma plataforma multimissão”, disse Paulo Mirpuri, presidente da SkyTech. A empresa também afirmou que esta é a primeira de uma grande variedade de plataformas que terão vários empregos específicos e de outros projetos que a SkyTech está realizando no mundo todo.

“A Embraer está entusiasmada em ter a SkyTech como parceira estratégica para alguns dos nossos projetos, pois estamos certos de que eles adicionam valor e ganhos, fornecendo diversas soluções contínuas para nossa própria base de clientes de defesa”, disse Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança.

O KC-390 é um avião de transporte tático desenvolvido para estabelecer novos padrões em sua categoria, apresentando o menor custo do ciclo de vida do mercado. É capaz de executar diversas missões, como transporte de carga, lançamento de tropas ou de paraquedistas, reabastecimento aéreo, busca e salvamento, evacuação aeromédica e combate a incêndios, além de apoio a missões humanitárias. A aeronave pode transportar até 26 toneladas de carga a uma velocidade máxima de 470 nós (870 km/h), além de operar em ambientes hostis, inclusive a partir de pistas não preparadas ou danificadas.

Embraer KC-390

Sobre a Embraer

Empresa global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A empresa projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer suporte e serviços de pós-venda.

Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

DIVULGAÇÃO: Embraer

116
Deixe um comentário

avatar
116 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
53 Comment authors
Luiz Floriano AlvesDelfim SobreiraBrunoFNRicardo CampeloDon Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
BMIKE
Visitante
BMIKE

Ótima noticia!

Engenheira Gata
Visitante
Engenheira Gata

Mimimi

Só acredito com contrato assinado.

Claudio Luiz
Visitante
Claudio Luiz

A maioria das vendas no setor aéreo começa co a assinatura de cartas de intenção.

Claudio Luiz
Visitante
Claudio Luiz

… com a assinatura de cartas de intenção.

Walfrido Strobel
Visitante

Como é uma empresa especializada em REVO pode ser que saia o negócio, na europa aviões que usam o probe and drogue.
. http://www.skytech.com.pt/about-us.html

Engenheira Gata
Visitante
Engenheira Gata

Teve uma cargueira americana de renome que assinou uma “intenção secreta” há 3 anos…e nada. Até express pallet foi desenvolvido para essa futura aeronave EMB-390C.

A Alemanha também, aproximou, com a pressão das fornecedoras alemãs do KC, e arremeteu na final. Portugal também só fala, e nada. Realmente nesta altura do campeonato já está preocupante. Amo este avião, mas já estou ficando frustrada.

Arábia Saudita esquece, se o UAE fez aquilo com a novaer, vender KC para os Sauditas vai ser problema.

A esperança é a “Azul cargo”, porém enquanto a privatização dos correios não andar, essa companhia não decola.

Bispo
Visitante
Bispo

Boeing…….exercitando sua musculatura empresarial?

Marcos10
Visitante
Marcos10

Realmente!
Bom mesmo é contrato assinado. Mas que esse ai foi uma surpresa, isso foi.

Engenheira Gata
Visitante
Engenheira Gata

A única empresa privada que comprou um produto militar da Embraer foi a BlackWater, que prestava serviços de mercenários para o US Army. Comprou um Super-Tucano, em 2006, que era mais avançado que o da própria FAB ( era basicamente o LAS sem blindagem) até hoje essa venda não foi muito bem explicada, inclusive foi alvo de investigações, já que o cliente era um empresa civil. O governo brasileiro e americano autorizaram a venda misteriosamente. O avião foi construído e traslado da na surdina, sem escalas de São José até a Virgínia. (sim é fato). Foi descoberto 3 meses depois… Read more »

Yuri
Visitante
Yuri

”Portugal também só fala, e nada.”

Portugal já até assinou a ordem firme de compra de 5 + 1 opcional.

Roberto F. Santana
Visitante
Roberto F. Santana

Engenheira.
Mas esse avião não aquele que hoje está na disputa da USAF, aquele que hoje, tem a pintura de um grande Tucano na fuselagem?

Yuri
Visitante
Yuri

Compra Firme
Brazil: 30
Portugal: 5 (+1 opcional)

Carta de Intenção
Colombia: 12
Chile: 6
Argentina: 6
Czech Republic: 6
SkyTech: 6
Sweden: Não revelado

É isso até o momento?

Embraer e principalmente o Governo tem q pressionar os paises que estão no projeto como Argentina e a R. Tcheca e confirmar seus pedidos pra impulsionar o programa, Portugal já confirmou, faltam esses 2.

Engenheira Gata
Visitante
Engenheira Gata

Não, aquele é o demonstrador, foi construído em 2015. Este que relatei é o N314G, último voo registrado em maio/17.

Yuri, nota de imprensa é fácil, nos bastidores é diferente. No grau 33, tudo é revelado.

Luiz Fernando
Visitante
Luiz Fernando

O ST fez REVO então!!!!

Yuri
Visitante
Yuri

Engenheira Gata 5 de Fevereiro de 2018 at 20:44

Então Portugal não assinou a compra?

Outra pergunta, tem a confirmação se o prototipo envolvido naquele acidente voou novamente esses dias como vc tinha comentado aqui?

Engenheira Gata
Visitante
Engenheira Gata

Entre anunciar e receber uma aeronave tem um longo processo. Vejam o “calote” que a Embraer vai levar da JetBlue bos próximos meses. A parceria termina, quando o Benefícios acabam.

Engenheira Gata
Visitante
Engenheira Gata

Não voou ainda, por contratempos de FTI, e PEV por parte de anac/ifi. Mas já correu na pista, girou motores, etc…protocolo de primeiro voo. Estou fora de GPX hoje não tenho mais notícias.

MATHEUS
Visitante
MATHEUS

PT-ZNF não decolou ainda. Tô de olho no FR24.

LucianoSR71
Visitante
LucianoSR71

Taí um mercado que eu nem tinha pensado: cliente civil p/ aeronaves militares NOVAS ( usadas é bem comum de se ver ) de médio/grande porte.

Engenheira Gata
Visitante
Engenheira Gata

Iniciou as negociações mas não assinou e efetivou ainda.

Basicamente igual o lula fez em 2008 ao Sarkozy. Companheiro eu vou comprar 36 Rafales e nada.

Roberto F. Santana
Visitante
Roberto F. Santana

Mas na Grande Oriente só entra homem?

Fabio Jeffer
Visitante
Fabio Jeffer

Bispo
Não né
A Embraer não precisa
Agora tudo o que acontece envolvendo o nome Embraer la vem comentários metendo a Boeing no meio

LucianoSR71
Visitante
LucianoSR71

Engenheira Gata 5 de Fevereiro de 2018 at 20:25
“Teve uma cargueira americana de renome que assinou uma “intenção secreta” há 3 anos…e nada. Até express pallet foi desenvolvido para essa futura aeronave EMB-390C.”
Então essa ‘intenção secreta’ já deve ter morrido, já estar a fedex, digo feder?

Engenheira Gata
Visitante
Engenheira Gata

E o homem não revela as mulheres ? Aliás quem eles chamam para os rituais ?

Estranho esta empresa ser “Portuguesa” e estar com intenção de estar comprando 6. Seria uma manobra do governo portuga ?

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Comentário retido na matéria do C-105.
A Azul Cargo depende das eleições. 737-400.

Engenheira Gata
Visitante
Engenheira Gata

Luciano.

Bem provável que natimorto.

Mateus
Visitante
Mateus

Desculpas, mas preocupação com o que?
O programa não está garantido com 28 unidades para o Brasil e 5 para Portugal ?
Creio que outras compras firmes só com alguns desses já operando…
Abraços .

Marcos
Visitante
Marcos

Roberto F. Santana 5 de Fevereiro de 2018 at 20:54
Mas na Grande Oriente só entra homem?
Errado!

Roberto F. Santana
Visitante
Roberto F. Santana

Depende de qual GRAU de sua visão.

Yuri
Visitante
Yuri

Os paises que estão no projeto como Argentina e Republica Tcheca tem que ser pressionadas a confirmarem suas intenções, assim como a Suecia que parece q as opções de compra deles tem a ver com o FX2. Se tu olhar os projetos compartilhados Europeus, as ordens firmes dos paises nos projetos já acontecem em estagios bem mais preliminares que o KC390 se encontra. É importante pro programa isso, passa a mensagem de confiabilidade. Se nem os paises envolvidos confirmam suas ordens, quem de fora vai comprar? Bate na porta dos Argentinos e dos Tchecos e pergunta: Como é que é… Read more »

MATHEUS
Visitante
MATHEUS

“O avião foi construído e traslado da na surdina, sem escalas de São José até a Virgínia. (sim é fato). Foi descoberto 3 meses depois da entrega, quando isso veio a público. Até hoje ninguém sabe que missões exatamente esse avião faz.”
.
O dia que um ST voar do Brasil até a Virgínia sem escalas vai ser o dia que as vacas vão falar.

Engenheira Gata
Visitante
Engenheira Gata

Disse tudo Yuri.

O programa já completa 10 anos esse ano, e só tem 1 cliente e meio (Brasil ok, e Portugal que ainda nao efetivou, só abriu negociação) .

Garantido já está. O problema que um programa com quase 10 anos já era pra estar com mais pedidos efetivados. Como Yuri disse, de pelo menos toda países parceiros.

Alex Nogueira
Visitante
Alex Nogueira

Engenheira Gata 5 de Fevereiro de 2018 at 20:25
A Dassault também teve problemas iniciais com a venda do Rafale, mas depois desencantou, a mesma coisa pode acontecer com o KC-390, tenhamos fé.

Fabio Colombo
Visitante
Fabio Colombo

Mudando o foco, como o ST voou sem escalas ? Revo?, parabéns aos comentaristas sou leitor e meu conhecimento é mínimo.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Não foi sem escalas, óbvio…

Marcos
Visitante
Marcos

Saiu alguma versão com aquele tanque interno, atrás do piloto?

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Versão? O A-29 monoplace tem o tanque.

Marcos
Visitante
Marcos

Pois é!

Luiz Fernando
Visitante
Luiz Fernando

Era biplace, fez voo com escalas, e foi descoberto mesmo antes de partir, fotografado ainda em SJK…
Esta aeronave foi testada pela USNavy e Marines… Nada indica que um dia tenha saído dos EUA. Ficou um tempo parada e hoje é da Sierra Nevada.

Engenheira Gata
Visitante
Engenheira Gata

Coronel,

Existe um documento confidencial que fala sobre esse traslado porém nunca divulgaram e realmente afirmam que voou direto. Agora como ? Vamos analisar juntos.

De São José a Virgínia são 7500 km, logo seriam necessários 13,5 horas de voo. Cada super-tucano pode levar 5 tanques extras, que dão uma autônoma de 1h40min cada um. Da onde veio o resto do combustível ?

Revo, utilizando o tanque de asa com probe ?

JT8D
Visitante
JT8D

ST sem escalas de SJC até Virgínia só se for de navio

Engenheira Gata
Visitante
Engenheira Gata
Yuri
Visitante
Yuri

Pousou dentro de um Globemaster em pleno voo. rs

Engenheira Gata
Visitante
Engenheira Gata

O Guilherme Cará comentou comigo que no 312 Tucano ele já passou no máximo 11 horas no ar. E ele já fez 28 travessias de Tucano pelo Atlântico e mundo a fora. Mesmo assim não seria suficiente.

MARCOV
Visitante
MARCOV

Engenheira Gata 5 de Fevereiro de 2018 at 21:36

Se o assunto foi tratado tão confidencialmente, pode ter pousado em alguma base aérea, reabastecido e jamais confirmado o pouso. Para todos o voo foi direto.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Engenheira, 21:36h.
Querida, óbvio que não foi um vôo direto. Simplesmente porque não é possível. E ninguém aguenta tanto tempo num assento ejetável.
Editores, tem comentário retido na matéria do C-105.

Marcos
Visitante
Marcos

Se fosse algum teste de autonomia, faria sentido.
Mas um translado, sem testes, sem nada, não faz sentido.

Marcos
Visitante
Marcos

EG
Saberia informar qual foram os danos mais significativos sofridos pelo KC390?

Jorge Nakata
Visitante
Jorge Nakata

Gente, uma bela notícia, e eu desconhecia essa empresa de Portugal, associada aos australianos, então melhor ainda.

Engenheira Gata
Visitante
Engenheira Gata

Mesmo se o tanque de ponta de asa tivesse probe, o piloto teria que ser muito habilidoso para as pás não atingirem a mangueira. Aliás alguém já viu um tucano/at6 em revo ?