Home Aviação de Ataque Itália recebe o primeiro caça F-35B montado fora dos EUA

Itália recebe o primeiro caça F-35B montado fora dos EUA

3836
24
F-35B da Marinha Italiana

O site Defense News noticiou que a Itália recebeu o primeiro avião de combate F-35B montado fora dos EUA, que vai voar com a Marinha Italiana.

O Ministério da Defesa italiano entregou a aeronave na base aérea da Cameri, no norte da Itália, onde o país tem uma linha de montagem final do F-35.

A linha, que é operada pelo Leonardo da Itália e pela empresa americana Lockheed Martin e emprega 800 pessoas, vai montar 60 aeronaves F-35A e 30 F-35B, que a Itália atualmente planeja encomendar.

Em uma declaração, a Lockheed disse que até à data, nove F-35A e um F-35B foram entregues pela Cameri, que é a única linha de montagem de F-35B fora dos EUA.

Quatro dos F-35As estão sendo usados ​​para o treinamento de pilotos internacionais na Base da Força Aérea de Luke no Arizona, enquanto cinco estão operacionais na Base Aérea Amendola da Itália, no sul da Itália.

O F-35B foi lançado pela primeira vez na Cameri em maio passado e deveria ser entregue em novembro de 2017, mas atrasou dois meses.

Em maio passado, a Lockheed disse que a aeronave voaria para a Estação Aérea Naval Patuxent River, Maryland, para “Certificação de Efeitos Ambientais Eletromagnéticos”. Era esperado que se juntassem ao treinamento de pilotos nos EUA.

Subscribe
Notify of
guest
24 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
2 anos atrás

Se o Brasil tivesse políticos compromissados com nossa defesa, não seria nada mal 12 aeronaves dessas para nossa aeronáutica.

André Luiz.'.
André Luiz.'.
2 anos atrás

DOUGLAS TARGINO 26 de Janeiro de 2018 at 14:28 “ Se o Brasil tivesse políticos compromissados com nossa defesa, não seria nada mal 12 aeronaves dessas para nossa aeronáutica.” — Seria mau (com ‘u’) sim! Na verdade, seria péssimo!… Pro ‘orçamento’ da FAB toda!!! Se à época do FX-2 já havia um medo danado de que emplacasse o desejo do Lula de escolherem o Rafale, e virar a dita ‘rainha do Hangar’ por conta do custo da brincadeira, imagina se inventam de comprar F-35!!! E, afinal de contas, pra quê?! Sem desmerecer a ‘Orquinha’ (senão nosso amigo Vader vai querer… Read more »

ACShamps
2 anos atrás

Todos os aviões F-35 ,todos, são rastreados pelos EUA, portanto ,todos , mesmo com tripulação estrangeira são norte-americanos…, se não fizerem o que for recomendado pelos EUA, serão destruídos…

João Bosco
João Bosco
2 anos atrás

Com essa classe política que temos…. NUNCA!!!!!

Lúcio Antunes
Lúcio Antunes
2 anos atrás

Sensacional aquisição. Parabéns a Itália. Alguém saberia me informar se pacote que o governo norte americano oferece aos parceiros do projeto F-35 também compreende utilização e otimização de demais sistemas em terra, tais como novos radares e sistemas de defesa ? Por que imagino que a aquisição pura e simples não estaria aderente as atuais tecnologias utilizadas.

Bardini
Bardini
2 anos atrás

A Itália está comprando F-35 na versões A e B para substituir 3 modelos de aeronaves: Harrier II, AMX Ghibli e Panavia Tornado.

Jmgsboston
Jmgsboston
2 anos atrás

Eu gostaria muito de ver nossa forcinha aérea com F35 rastreados pelos States. Qual o priblema? Somos inimigos deles? Gostaria de saber onde em Hartford, Connecticut, são fabricados os motores de F35. Conheço bem a cidade mas nunca vi nada relacionado a isso.

Ivan BC
Ivan BC
2 anos atrás

Itália entrou com força no projeto do F-35, sem dúvidas a Leonardo vai tirar muito conhecimento dessa parceria. 60 F-35 é bastante coisa…

Arariboia
Arariboia
2 anos atrás

No total 90 nessa primeira compra mas possivelmente irá ter outros pedidos. Quando a Itália entro no programa logo no início se falava em mais 160

Gustavo
Gustavo
2 anos atrás

comprar 12 desses não ia ser nada além de um desperdício… uma grana queimada sem nenhuma efetividade na força.

shambruno
shambruno
2 anos atrás

caxxo e grande litalia democratica bravo berlusco lazarun kkkkk

Sidney
Sidney
2 anos atrás

Por quê o Brasil precisaria do F-35/ O que esse avião faria pelo Brasil que o Gripen e o A-29 combinados não fariam? Acho totalmente desproporcional e irreal falar de aeronaves, ou qualquer equipamento militar, desse nível e custo para o Brasil. Nossa realidade e prioridades são bem outras. E se a nível global acontecer algum conflito de maior vulto, aos EUA certamente seremos aliados (se Deus nos livrar em definitivo do pt e da ideologia de esquerda) e eles nos equiparão para atuar ao seu lado, tal qual aconteceu na WWII. Eles sabem que talento humano para operar as… Read more »

Ivan BC
Ivan BC
2 anos atrás

Sidney 27 de Janeiro de 2018 at 12:53
Eu concordo, também não vejo necessidade do F-35. O Brasil com 3 lotes de 36 gripen já está bem servido.

Bille
Bille
2 anos atrás

Buenas.

Avião no estado da arte, mas fora da nossa realidade.

Pra Itália que opera junto com os EUA em guerra de verdade compensa, pois vai utilizar uma Anv igual ao do aliado, e compartilhar suas beneces.

Pro Brasil, em termos de defesa, o ideal seriam um número perto de 120 gripens (1/1 Gavca, GDA, 1/14, 1/10, 3/10, 1/4, 1/16 -ja extinto) e talvez mais uns 3 esquadrões (1 no extremo norte, um em PV e um no nordeste)

Mas considerando a economia e a politica, se os 36 vierem, já temos o que comemorar…

Ozawa
Ozawa
2 anos atrás

Off-topic mas nem tanto…

Fuzileiros dos EUA reclamam que “têm caças Hornets demais”.

(…) “No ano passado, o general de três estrelas responsável pela aviação dos fuzileiros disse aos legisladores que ele “economizaria bilhões de dólares em custos operacionais se pudessem retirar de serviço mais aviões de combate antigos do que o planejado e substituí-los pelo F-35 Lightning II mais novos”

Fonte:
https://militarismonomundo.blogspot.com.br/2018/01/fuzileiros-dos-eua-reclamam-que-tem.html?m=1

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
2 anos atrás

Já que postaram bobagens: Enterprise pra FAB! Com tripulação completa: Kirk, Spock, Uhura, Sulo etc.

Zé
2 anos atrás

…”seria um grande fator de dissuasão “…Quem mesmo disse isso?

Humberto
Humberto
2 anos atrás

Prezados, vamos com mais calma. Estão batendo demais no post do Douglas, concordo em termos com o que ele escreveu e com as críticas ao avião. Precisamos sim de políticos comprometidos com a defesa (não só defesa mas também). Quanto ao F-35, não vamos comparar o futuro Grippen com o atual F-35, obviamente o F-35 esta a frente do Grippen, não só em termos da tecnologia Stealth mas em tecnologia embarcada e software. HOJE o programa do F-35 tem um horizonte muito mais longiquo que o grippen, tudo indica que o primeiro será um sucesso comercial enquanto o segundo, ainda… Read more »

luiz antonio,
luiz antonio,
2 anos atrás

Meu Deus do céu! sou um completo jumento na matéria, mas comparar GRIPEN com F-35, Custo Operacional duvidoso do Gripen comparado com o F-35, FAB com F-35 depois de adquirir 36 Gripens que trarão consigo novo know-how para a Embraer e outras empresas envolvidas é um baita chute no saco e um atestado de burrice passado para muitos profissionais e militares envolvidos no FX-2. Ainda bem que por la existe vida normal.

Nonato
Nonato
2 anos atrás

O gripen foi comprado considerando nossa realidade. Sabemos disso. Mais baratos para se operar. A princípio 36, quem sabe 72. Não precisa mais do que isso. Se passar de 72, que parte do trabalho seja com ST, como já o é, e outra com aviões mais avançados, de preferência stealth. Entre 12 e 24 F35 ou SU57, ou SU 35. Não são tão mais caros para comprar. Quanto ao custo de operação é não ficar voando para cima e para baixo o tempo todo. O próprio pessoal que voa 200h de gripen voaria umas 30 h com o outro… Para… Read more »

Ivan BC
Ivan BC
2 anos atrás

Para mim, o filé ficaria guardado para a festa…
kkkkkkkk

Sérgio Luis
Sérgio Luis
2 anos atrás

Igual o canopi do A-7 Corsair !!
O motor pequeno do F-35 dá impressão de ser desproporcional! ( Caixotao com motorzinho)

Sérgio Luis
Sérgio Luis
2 anos atrás

Visão 6 horas = zero
Necessidade de escolta.
Falta de potência!
O F-35 é fruto de uma vanguarda tecnológica sem concorrência o que induz a presunção!
Retirado de ações sobre Síria após ser chamuscado por S200!
Essa aeronave não me engana!

Sérgio Luis
Sérgio Luis
2 anos atrás

Bruno,
1- Acho pouco provável que durante um Dogg o piloto vai manter o foco em telas de LCD!
2-A própria Lockheed afirma que ele é limitado!
3-Leia um pouco mais, pois um f-16 carregado abateu um f-35 limpo!
4- A desculpa de passarinho na turbina do f-35 de Israel é no mínimo intrigante! E se alguém souber de novas investidas de Israel sobre a Síria com f-35 eu retiro o que disse!
Fico no aguardo!