Home Aviação de Caça ‘Estávamos na cauda deles, ​​o que significa vitória no dogfight’ – piloto...

‘Estávamos na cauda deles, ​​o que significa vitória no dogfight’ – piloto de caça russo que voou na Síria

38284
110
Caças Sukhoi Su-35S

Os pilotos russos sempre conseguiram chegar por trás dos jatos de combate da coalizão liderada pelos EUA que encontraram nos céus sobre a Síria, disse um ás russo depois de receber uma condecoração estatal do presidente Putin no Kremlin.

“Ao encontrar nossos pares da coalizão ocidental no ar, sempre estivemos ‘on their tails’ como dizem os pilotos, o que significa vitória em um dogfight”, disse o major da Força Aeroespacial Russa, Maksim Makolin.

A chamada “lag pursuit” quando o nariz de um avião atacante aponta para a cauda da aeronave adversária é considerada a posição ideal em um combate aéreo. Ela permite ao avião atacante uma variedade de opções, de aumentar ou manter o alcance sem “overshooting” para atacar livremente, enquanto permanece escondido no ponto cego atrás da aeronave defensiva.

Makolin tornou-se um dos 14 mil militares russos que receberam condecorações estatais por sua coragem e profissionalismo durante a campanha russa de dois anos na Síria. “Esta condecoração reflete muito trabalho duro durante as missões aéreas na Síria. Penso que eu vinguei completamente o tenente-coronel Oleg Peshkov, Herói da Rússia, e todos os outros que não voltaram da Síria”, disse o ás.

O bombardeiro Su-24 de Peshkov foi derrubado pela Força Aérea Turca em 24 de novembro de 2015. O piloto conseguiu ejetar do avião em chamas, mas foi morto a tiros por metralhadora dos terroristas na Síria durante sua descida. Ancara disse que o avião russo foi atacado por violar o espaço aéreo turco, mas Moscou nega a alegação.

A campanha aérea russa em apoio aos esforços antiterroristas das autoridades sírias durou de setembro de 2015 a dezembro de 2017. Apesar de chamar a luta contra o terrorismo sua tarefa prioritária na Síria, os aviões da coalizão norte-americana freqüentemente tentaram impedir os aviadores russos de realizar suas missões e atingir alvos específicas de militantes no país, de acordo com as forças armadas russas.

Os incidentes no ar ocorreram apesar de uma linha especial de conflito estabelecida entre as forças russas e americanas na Síria. No entanto, o Ministério da Defesa disse que as comunicações não trouxeram os resultados desejados devido à relutância dos EUA em compartilhar seus planos para operações de combate aéreo.

F-22 Raptor

Em um dos últimos episódios, um avião de combate russo Su-35S foi acionado para interceptar um caça F-22 mal-intencionado que, segundo o Ministério da Defesa russo, realizou “manobras perigosas” perto de bombardeiros russos prestes a atingir uma base do Estado Islâmico (IS, ex-ISIS) no oeste do Eufrates em 23 de novembro.

Na cerimônia de premiação no Kremlin, que contou com a participação de cerca de 600 militares russos, Putin disse que o exército do país “executou sua tarefa na Síria com excelência”. O presidente também propôs um momento de silêncio para os militares russos, que perderam suas vidas durante a campanha síria.

“Nós sempre nos lembraremos de nossos companheiros que caíram ao executar seus deveres de combate. Eles morreram defendendo a Rússia … uma jovem geração de oficiais e soldados será criada em seu exemplo”, disse ele. De acordo com cálculos, publicados pela agência TASS em outubro, 39 militares russos morreram durante a operação na Síria.

A Rússia se envolveu na Síria a pedido do presidente do país, Bashar Assad, desempenhando um papel vital na derrota do Estado Islâmico, Jabhat al-Nusra e outros grupos terroristas no país. De acordo com o Ministério da Defesa, cerca de 60 mil militantes foram eliminados durante a operação. Em meados de dezembro, Putin visitou a base russa Khmeimim na Síria para anunciar a retirada das tropas russas do país.

FONTE: rt.com

110
Deixe um comentário

avatar
110 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
76 Comment authors
ACShampsGILMARRicardoGIOVANI BENTOAndré Luiz.'. Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Washington Menezes
Visitante
Washington Menezes

E só não entendo a necessidade de F22 na siria.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

As histórias contadas pelos pilotos russos são adequadamente risíveis para se encaixar no tradicional padrão de sua corrupta mídia. O fato é que os F-22 foram capazes de se aproximar sem serem percebidos dos aparelhos de ataque russos, deixando as escoltas na desconfortável posição de terem falhado visto que, fossem combates reais, teriam visto apenas bolas de fogo e destroços dos aparelhos sendo atingidos pelos AIM-120.

carcara_br
Visitante
carcara_br

Possivelmente é verdade, muitas matérias usavam a expressão “shadowed” pra designar o comportamento das aeronaves russas na Síria. Acredito que a derruba do Su-24 e o ataque de mísseis na base aérea foram eventos bastante traumáticos e devem ter colocado uma tensão extra em cada missão executada.

Jorge F
Visitante
Jorge F

Washington Menezes…

Idem

Francisco
Visitante
Francisco

A Rússia hoje vive mais de notícia fake. A alguns anos a Rússia usa a mídia para manipula.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Derrota do ISIS?
Não é o q tem aparecido por aí…

Hélio
Visitante
Hélio

Agora segura o chorume.

Pangloss
Visitante
Pangloss

Mais uma matéria com aquele padrão habitual de adjetivação triunfalista que elimina, de cara, qualquer seriedade na leitura dessas peças de ficção.

Manuel Flávio
Visitante
Manuel Flávio

Por falar em coisas da Rússia, a edição da revista ASAS que está nas bancas noticia na pagina 72 que o projeto do Pantisr para o Brasil foi cancelado.

JPC3
Visitante
JPC3

Parece que os sukhois sempre chegam depois que raptor já está no visual de outras aeronaves russas.

Nunca dizem que o F-22 foi detectado por radares antes de fazer alguma coisa.

Alex Nogueira
Visitante
Alex Nogueira

Não entendo por que sempre acham que os mísseis vão ter 100% de acerto, tipo atirou acertou… recentemente foi noticiado sobre o AIM-9X que errou feio e mesmo assim acreditam piamente que é atirou e acertou… esquecem das defesas passivas onde são gastos milhões e milhões no desenvolvimento, se as defesas não funcionam então por que ter MAWS, RWR, Chaff, flares, decoys rebocados, Pods de ECM, etc. O fato do F-22, F-35, SU-35, Typhoon, Rafale, Gripen entre outros serem dotados de excelente misseis, como o MICA, Meteor e AIM-120, não quer dizer que a probabilidade de acerto é 100%. Acredito… Read more »

Zé
Visitante

Às? Chegar por trás?? Dicktat Boeck e muita vodka…

Diogo de Araújo
Visitante

Dogfight? Onde estamos mesmo? Guerra do golfo?

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

O Su-35 colocou o F-22 para correr naturalmente.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

O Su-35 chegou atrasado, o que se transformou em um costume..😉

Mateus
Visitante
Mateus

“Finge ser fraco a fim de que teus inimigos, abrindo a porta para a presunção e para o orgulho, venham atacar-te em hora errada, ou sejam surpreendidos e derrotados vergonhosamente” – Sun Tzu ( A Arte da Guerra).

Mario Navarro
Visitante
Mario Navarro

Guess who provided the coalition forces with Total air supremacy in Syria, the Raptor pilots…

Andrigo
Visitante
Andrigo

“As definições de vitória foram atualizadas”.

Tenho que concordar, na atual circunstância conseguir apontar o nariz para a cauda de um F-22 já é uma vitória.

RicardoNB
Visitante
RicardoNB

Não foi um F/A-18E/F q filmou com o ATFLIR um Su-27/35 pela cauda ?

Wellington Leal
Visitante
Wellington Leal

Depende da velocidade que o F22 estava naquela hora. Da manobrabilidade, entre outros fatores.

Augusto
Visitante
Augusto

Acredito que é tudo muito achismo!
Tanto pros que defendem os F-22 como uma arma invisível e infalível como pros defensores russos.
Só saberemos quem levaria a melhor se realmente se enfrentassem, o que nunca aconteceu. Russos intercepitando os caças americanos e vice e versa, mas nunca tem combate real e nem tentativa de nada, pessoal nem eles sabem quem ganharia…

Chesterton
Visitante
Chesterton

Isso que eu chamo de desespero. Eles pelo menos poderiam tentar umas imagens fake com computacao grafica.

Alexandre Galvão
Visitante
Alexandre Galvão

Admiro muito a Rússia pela história de patriotismo e sacrifício pela Pátria amor pela pátria q eles historicamente tem !.

Ivan BC
Visitante
Ivan BC

Alex Nogueira 30 de dezembro de 2017 at 20:43
Eu penso igual…2-3 mísseis para garantir o trabalho.

Alessandro
Visitante
Alessandro

é nessas horas que sinto vergonha alheia pelo russos, acho que nem os pilotos brasileiros com nossos F-5 desceria a esse nível sabendo que chegaram “1 ano luz” de atraso.

Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

Conversa fiada. Toda a descrição da matéria remete ao TO da época do Vietnã. A interceptação dos Raptors precedeu a abordagem da escolta. E isso em lugar algum é Vitória para as aeronaves que estão protegendo os bombardeiros.

Sds

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Engraçado, nos conflitos para valer os aviões russos teimam em se estatelar no chão depois de alvejados.

Segue o jogo, se fosse os EUA ficaria com muito “meda” e começaria a projetar aviões de 8a. geração. (IMO – ironic mode on).

Normalmente a imprensa ocidental é mais pragmática com os assuntos militares, vide o avião russo derrubado na Turquia. o avião caiu porque violou o espaço aéreo, isso pode ser considerado uma agressão e nesse caso a reação é … “para valer”… resultado: mais um avião russo derrubado.

Alex
Visitante
Alex

Grande coisa… O F-22 chegou despercebido atras do aviao de ATAQUE Su-25. Parabens!

O interessante foi o Su-35 chegar despercebido atras do F-22.

Gabriel2
Visitante
Gabriel2

Russian Times.

Hélio
Visitante
Hélio

Ricardo Bigliazzi 31 de dezembro de 2017 at 1:05
Contra os pilotos do Iraque é fácil, agora, se você relembrar a guerra do Vietnam vai ver caças americanos de última geração sendo abatidos por aviões de uma ou duas gerações anteriores.

PilotPro
Visitante
PilotPro

Negada ainda vai nessas conversas fiadas de caças russos em superioridade aeria em relação a f22 ? Tem que rir pra não chorar kkkkkkkkkkk

Ricardo
Visitante
Ricardo

Meu primo foi em uma exposição militar nos – EUA e apontou para um F 22 , a Vitória é dele.

Kleber letizio
Visitante
Kleber letizio

Os russos também têm rede de satélites e não dependem de radares para detectar os f22 e aliás é muito comum dizer que russos são “um pouco exagerados nas notícias” mais tudo bem é evidente que os f22 são aviões de caça de última geração
Mais que seria uma vergonha que o acidente já mais vai admitir é que um f22 não consegue se sobrepor a um su35

shambruno
Visitante
shambruno

antiamericanismo infantil uma Guerra contra os aliados naum vai levar a nada os Yankees possuem technologia laser abaixo o Nazi fascio comunismo no brasil losers kkkkkkkkkkk os f22s jamais serao abatidos por nenhum caca russo ou chines proponho o retorno a Russia alemanha e italia pois e estes paises naum querem vcs

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

As americanildas colonizadas descamisadas custam a acreditar na realidade. Kkkk O próprio pentágono declarou ao The Drive, que não sabe como o F-22 não detectou o Su-35.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Começou o choro das tietes do déspota corrupto do Kremlim, que não conseguem explicar como o F-22 intercepta o pacote de ataque russo ANTES das escoltas se mexerem…rs!

Robson
Visitante
Robson

Cada comentário ‘sem noção”, tanto USA qto Rússia, usam a mídia p se auto promoverem, parecem duas crianças brigando, países realmente civilizados, não fazem essas idiotices, acordem brasileiros!!! Acho q temos coisas mto mais sérias p nos preocupamos.

Aude Silva
Visitante
Aude Silva

Parem de puxar o saco dos estadunidenses, na guerra dos Balcãs a guerrilha derrubou um F22 invisível com uma pedra bem pontuda numa atiradeira….

Sérgio Luis
Visitante
Sérgio Luis

Se os Russos saírem da Síria os EUA vão começar a abater o que a Síria colocar no ar!
Assim que o SU-57 estiver operacional irá para Síria aí veremos!

_RR_
Visitante
_RR_

O F-22 chegou despercebido atrás de um ‘Frogfot’… em espaço aéreo teoricamente controlado pelos russos… Esse é o ponto… Quanto ao ‘Flanker’ ter chegado “despercebido” ( se é que ocorreu mesmo; coisa que realmente não acredito, visto haverem AWACS na área ), resta óbvio que chegaram pelo setor traseiro, sendo vetorados pelo controle de solo para a posição dos Su-25. Sabendo de antemão da proa das aeronaves amigas, os russos decidiram aproximar-se por trás. Evidente, portanto, que chegariam ao hemisfério traseiro do ‘Raptor’… Seja como for, isso não muda o fato de que em uma situação real, os caças americanos… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

Hélio ( 31 de dezembro de 2017 at 1:57 ); Julgar pilotos iraquianos não faz sentido… A força aérea iraquiana até atuou bem diante de tamanha desolação… Eles tinham uma percepção clara da inferioridade gritante sob a qual estavam. Sabiam que haveria uma janela muito limitada de oportunidades para atuarem, e fizaram o melhor possível… E os modelos disponíveis aos iraquianos então, teriam rala possibilidade de impor-se diante da coalizão. O Mig-25 somente tinha uma vantagem clara de velocidade; e o ‘Fulcrum’ e o ‘Mirage F1’ eram, no máximo, equivalentes aos F-16A… Salvo melhor juízo, eles estavam até sondando caças… Read more »

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

Os walking dead do “avião fino” estão certos quem mente é são as agências de notícias: CNN, CBS, RT, The Drive… Chega a ser ridículo. O Mundo está errado só as americanildas estão corretas. A Força aérea Russa colocou o Su-25 como boi de piranha e o Raptor foi que nem pato, logo o Su-35 botou o F-22 para correr e pronto. O piloto do raptor está procurando até agora o Cy-35. O resto é mimimi de viúva do top gun.

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

Os walking dead do “avião fino” estão certos quem mente é são as agências de notícias: CNN, CBS, RT, The Drive… Chega a ser ridículo. O Mundo está errado só as americanildas estão corretas. A Força aérea Russa colocou o Su-25 como boi de piranha e o Raptor foi que nem pato, logo o Su-35 botou o F-22 para correr e pronto. O piloto do raptor está procurando até agora o Cy-35. O resto é mimimi de viúva do top gun.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

E segue o choro das tietes do mundo encantado da Putinlândia…😈

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Amigo RR, você foi direto ao ponto! E não custa lembrar que a função de escolta é impedir que o pacote de ataque seja neutralizado. Ou seja ela não pode agir apenas para atacar os agressores quando esses já fizeram seu estrago.

No mais é aquela coisa! Tietes da Putinlândia em seu pombo enxadrista style só servem para emporcalhar o ambiente 😉

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

A necessidade de parecer grande da Rússia só é comparável a necessidade do PT de mostrar grandeza com a sua diplomacia de atabaques.

XFF
Visitante
XFF

È muito bom ouvir o outro lado da história. È legal ver aéreo publicando textos de fontes diferentes dos ocidentais. Isso que é democracia.

Pangloss
Visitante
Pangloss

“Esta condecoração reflete muito trabalho duro durante as missões aéreas na Síria. Penso que eu vinguei completamente o tenente-coronel Oleg Peshkov, Herói da Rússia, e todos os outros que não voltaram da Síria”, disse o ás.
————————————
Esses pilotos russos deveriam fazer o teste do bafômetro e um exame antidoping antes de falar à imprensa. Vergonha alheia total.

Chico Novato
Visitante
Chico Novato

O RR deixou claro.

Com base nos relatos pode-se concluir que:
1-os caças americanos sabiam onde estavam os bombardeiros russos
2-as escoltas e os bombardeiros russos não sabiam onde estavam os caças americanos

O que não se pode concluir:
1-os caças americanos sabiam onde estavam as escoltas russas

Numa situação de conflito, os americanos poderiam ter disparado (não necessariamente abatido) contra os bombardeiros e saído da área de conflito sem serem detectados.

RolaB_besourinho88_less
Visitante
RolaB_besourinho88_less

Parece que os sukhois não respeitam o raptor já que não negam em enfrentá-lo mesmo não sendo stealths.

Nunca dizem que o F-22 seria o suficiente para negar o espaço aéreo sírio aos russos. E na prática isso nunca acontece.

É… e bateu a meia noite para os EUA na Síria…rs!