terça-feira, maio 18, 2021

Gripen para o Brasil

Temer descarta venda do controle da Embraer

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Presidente Michel Temer

IGOR GIELOW DE SÃO PAULO

O presidente Michel Temer foi informado na tarde desta quinta (21) sobre a intenção da americana Boeing de associar-se à Embraer, provavelmente na área de aviação comercial.
Segundo Folha apurou, ele disse aprovar todo tipo de negociação, exceto que esteja em jogo o controle acionário da empresa brasileira. “No meu governo a Embraer jamais será vendida”, disse em reunião com o ministro Raul Jungmann (Defesa) e o comandante da Força Aérea, brigadeiro Nivaldo Rossato, além de outros auxiliares. Eles haviam recolhido informações sobre o caso após o jornal americano “The Wall Street Journal” publicar que a Embraer poderia ser comprada pela Boeing.

O governo brasileiro foi pego de surpresa pela informação. A área militar havia notado uma movimentação de executivos e lobistas ligados aos americanos em reuniões recentes em Brasília, mas não tinha clareza do que estava em curso. Na realidade, a Boeing negocia uma associação, até por saber que o governo brasileiro não autorizaria a venda.

O poder de veto do Planalto se deve a uma “golden share”, mecanismo que lhe permite voz em qualquer decisão estratégica da empresa — que foi fundada como estatal em 1969 e acabou privatizada em 1994. De lá para cá, a Embraer saiu do estado de quase falência para assumir o posto de terceiro maior fabricante de aviões do mundo.

Parte desse sucesso se deve à associação estratégica com o governo brasileiro. Seu novo cargueiro militar, por exemplo, só existe porque a Força Aérea bancou R$ 5 bilhões de seu desenvolvimento e garantiu uma encomenda de 28 aeronaves. Na quarta (20), o modelo KC-390 recebeu a sua homologação operacional inicial, e deverá ter a primeira unidade entregue à FAB em 2018.

FONTE: Folha de São Paulo

- Advertisement -

95 Comments

Subscribe
Notify of
guest
95 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
JT8D

Pronto, os senhores não precisam mais cortar os pulsos

Bogaz

Eu acho ótimo. Não tem essa de que “é brasileiro”..é uma empresa privada e o objetivo é ganhar dinheiro. Ponto. Vai trazer grande oportunidades de negócio e desenvolvimento.
O governo reclama pq é uma fonte a menos para roubar agora.

Renato Clementi

Bogaz Limite-se ao silêncio !!

Alex Nogueira

Acredito que nenhum presidente seria capaz de permitir tal venda, enfim, fico contente que a Embraer não seja vendida e sim seja formada uma aliança na área de aviação comercial.

Vai ser positivo tanto para a Embraer quando para a Boeing.

Ozawa

Acabou a discussão da venda. Se houver outras segue o jogo…

Mas essa declaração diante do Ministro da Defesa e do Comandante da Aeronáutica é mais que coincidência e certamente a ala (sem perdão do trocadilho Fabiano) militar da negociação usou seu poder de veto…

Minha opinião: ainda bem, o rabo nunca abanaria o cachorro…

Papan

Vai vender o controle da Embraer sim, aqui no Brasil quando começa com esse tipo de boato é porque o negócio está se concretizando nos bastidores.

Bogaz

Renato Clementi
Se sua opinião é diferente ok. Eu tenho a minha.
Eu adoro a Embraer mas orgulho não traz dinheiro.

Renato de Mello Machado

A Boeing avisou,vamos fazer assim.Os caras que vetam não querem o que é direito deles,agora aguenta a pressão.Uma hora a venda se concretiza.

JT8D

Uma participação minoritaria da Boeing poderia abrir mercados gigantescos, tanto na aviação comercial como na militar. A influência da Boeing sobre o governo americano é muito grande

JT8D

Todos querem vender aviões para a USAF. Podem ter certeza de que essa associação estratégica está sendo costurada pela própria Embraer

André Bueno

NEws anunciou alta de 40% das ações EMB.

Lucas Lima

Quanto menor a intervenção do Estado na economia é melhor.
O governo deve-se preocupa com o bem estar social.
Só temos a ganhar com a fusão e com governo Liberal

Matheus

Eu não acho que a Embraer será vendida como toda, deve ser apenas um grande sensacionalismo.

Se eu fosse chutar, diria que será algo parecido com o que a Airbus fez com a Bombardier, elas vão comprar parte dos E-Jets e fazer uma nova aeronave com a parceria entre as duas empresas.

SmokingSnake 🐍

A questão é: A Embraer vai conseguir competir com a Bombardier agora que eles se uniram a gigante Airbus?

Flick

Agora com a associação de Bombardier e Airbus, a porca torceu o rabo pro lado da Embraer.
Não diria que seria a tábua de salvação da Embraer essa fusão com a Boeing na aviação comercial, porque os produtos da Embraer são de ótima qualidade e já estão consolidados no mercado mas não seria nada mal ter um segurança de costas largas como a Boeing do lado. A partir de agora é o lado A contra o lado B. Ficar sozinho nesse tiroteio é que não dá.

PRAEFECTUS

Como postei em outro post, vocês são muito, mas, muito inocentes se acreditarem numa só palavra desse c@nalha.

Óbvio que o Temer iria falar isso, porque houve movimento na escrivaninha fardada dos fundos(manobraram para que não houvesse a concretização por parte do governo Temer, de se acabar com as Golden Share), contrario à intenção destes. Agora cinicamente vem com essa fala. Isso é uma víbora!

JT8D

PRAEFECTUS 21 de dezembro de 2017 at 18:08
Conte-nos mais

Jr

PRAEFECTUS duvido muito que alguém aqui confie/acredite no Temer, para mim fica obvio que foi o pessoal da FAB que barrou a tentativa de abolir a Golden share da Embraer, tanto assim que depois de pedir um estudo para tcu sobre o assunto, no mês passado o ministério da fazenda voltou atrás e disse que a Golden share na Embraer seria mantida por uma questão de segurança nacional

J.Silva

O governo está fazendo a obrigação dele, a Embraer só não é uma empresa como qualquer outra por causa do setor de defesa, nós temos dinheiro investido ali, só do KC-390 são cinco bilhões. Então é mais do que natural que a FAB, através do Ministérios da Defesa, tenha sugerido o poder de veto. Uma joint venture na área comercial já é outra questão, aí são negócios.

JT8D

Jr 21 de dezembro de 2017 at 18:15
Desde o início o Meireles deixou claro que a questão das golden shares se referia a estatais e não à Embraer. Mas você conhece toda a verdade, então não vou tentar convencê-lo de nada

PRAEFECTUS

JT8D 21 de dezembro de 2017 at 18:12.,

é isso mesmo, a manobra ensaiada pelo ministro Henrique Meireles com as devidas tratativas com o capo-mor michel Temer não alcançaram exito por conta de pesadas manobras nos bastidores. como postei em outro post, os militares já sabiam das movimentações neste sentido, isso ficou evidente quando do explicito apoio a NOVAER em sua Joint venture com os árabes(Projeto Calidus) inclusive com a ida de altas patentes a exposição militar no país Árabe. Isso sinalizou o extremo descontentamento com as movimentações hora em voga.

Marcos

Vão trocar ações, mas o controle acionário vai continuar como está.
E se vendesse?
A Hyundai é coreana, mas pertence à Toyota. E a Hyundai é o que é graças a Toyota.

Jr

jt8d não senhor, eu vi a entrevista dele na Globonews, ninguém me contou ele disse com todas as letras que as Golden shares eram obsoletas em empresas como Eletrobrás, vale, Embraer e outras e foram feitas para outra época e que tais ações inibiam potências investidores estrangeiros porque traziam insegurança jurídica ao investidor

Silas

Uma pergunta: Quem são os maiores acionistas da empresa?

Trovão Azul

Só quero deixar aquir uma alerta ; – ” FORÇA AÉREA BRASILEIRA ! ” Abrão os olhos se ñ será extinta em um pisca de olhos.
Que absurdo ! Queriam dá o tiro de misericórdia na cabeça dos brasileiros! Que vergonha! A Embraer quere “fazê ou pretende ” vender, a única empresa que nós dá orgulho de ser brasileiro independente na área da aviação mundial.

Marcos

Quando a AmBev se juntou aos europeus e criou-se a Imbev, foi o maior desespero. As ações chegaram a cair coisa de 40%. Deu no que deu e o hoje é um dos maiores grupos cervejeiros do mundo, brasileiros a frente.

PRAEFECTUS

É com extrema alegria que tomo a liberdade de postar o comentário de nosso colega Farroupilha, digo alegria porque já estava desanimando com tamanha “inocência” dos demais colegas sobre este assunto tão importante para nossa nação. Graças a Deus que nem todo mundo é cego! Farroupilha 21 de dezembro de 2017 at 18:28 Quem é favor da Boeing abocanhar a EMBRAER, e a varrer do mapa, e acredita que isso não tem importância para o Brasil, não sabe nada de estratégia, diplomacia internacional e guerra de 5º geração. Deveriam se abster de participar de um site de Defesa. Isso vai… Read more »

Marcos

Todo mundo quer que vendam as empresas estatais. Se os chinêses vierem aqui e comprarem tudo, como de fato estão fazendo, ninguém acha ruim.
Mas se a Boeing se associar à Embraer, pronto, é a maior gritaria.
Brasileiro olha para o umbigo e não vê o que está a sua frente. É por isso que somos um povo atrasado.

Manuel Flávio

Jr.
As Golden Shares continuam valendo do mesmo jeito. E a Embraer e a Boeing em nota conjunta reconheceram:

“Qualquer transação estaria sujeita à aprovação do governo brasileiro e agências reguladoras do Brasil, bem como dos respectivos conselhos e dos acionistas da Embraer.”

Matheus de Oliveira

O problema é a Embraer já é uma empresa privada, com participação acionaria por parte do governo brasileiro, a pergunta: eles querem comprar essas ações ou as que estão nas mão da iniciativa privada?

Rafa_positron

Eita!!!!
Michel Temer teve um surto patriótico?
rs rs

brincadeiras à parte, eu tenho uma dúvida…

Em vários paises do mundo, certas empresas são estrategicas e impossiveis de serem vendidas a estrangeiros

Penso que isso ocorre, por exemplo, em Israel, com a Elbit System
E tambem eu duvido que algum estrangeiro consiga adquirir a Sukhoy ou a Lockhead Martin

O Brasil tem alguma legislação nesse sentido?
Quer dizer… temos algumas empresas que são sim ponta de lança em pesquisa e desenvolvimento… é simples assim alguem de fora adquirir essas pessoas juridicas sem nenhum controle governamental?

JT8D

Silas 21 de dezembro de 2017 at 18:29
Silas, o maior acionista individual é o fundo americano Brandes, com 15% das ações

JT8D

E o segundo maior investidor também é um fundo americano, o Mondrian, com 10,5%

Marcos

Rafa:
Os militares suecos invadiram a Kockums.

JT8D

Outo fundo americano, o Blackrock, tem 5%, o BNDESPar tem 5,4% e os 64% restantes estão nas mãos de pequenos investidores. Ou seja, pelo menos 30% das ações da Embraer já pertencem à empresas americanas

Rafa_positron

“Rafa:
Os militares suecos invadiram a Kockums.”

Como assim?

Rafael Oliveira

Matheus Oliveira.
Talvez não queiram comprar uma ação sequer.
Mas se a Boeing quiser o controle da Embraer, terá que comprar ações de acionistas privados, além da autorização do governo.

Matheus de Oliveira

Quem são os acionistas majoritários da Embraer?

Marcos

Se Temer é contra, então a fusão é boa!

Matheus de Oliveira

moderação pode excluir meu comentário acima perguntando sobre os acionistas da Embraer, a pergunta já foi respondida, desculpa!

JT8D

Matheus de Oliveira 21 de dezembro de 2017 at 19:18
Brandes (fundo americano) – 15%
Mondrian (fundo americano) – 10.5%
BNDESPar – 5,4%
Blackrock (fundo americano) – 5%
Pequenos acionistas – 64.5%

Marcos

Senhores:
Qualquer que seja a negociação, está já está bem adiantada. Soltaram para o mercado para ver o ruído e esperar as coisas se acalmarem.

Martins

Muitos brandam que deve ser vendida, privatizada e acabada por que empresa pública é alvo de corrupção e ineficiência. Uma afirmação, na maioria absoluta, feita na base da pura emoção, pois se for assim as próprias forças armadas deveriam então, também, serem “privatizadas”, haja vista os milhares de processos abertos todos os anos pelo ministério público militar e julgados na justiça militar brasileiros envolvendo desvios e corrupção do erário público. Empresa não é sinônimo de corrupção não, porque a história mostra grandes empresas privadas que se envolveram em corrupção (Eron, Alston, VW, Siemens, Odebrecht …). O Governo deve barrar sim… Read more »

Alex II

Temer é o chefe do governo mais entreguista desse país em décadas, tudo que ele diz deve ser recebido com os dois pés atrás.

Rafael Oliveira

O que é bastante difícil para muitas pessoas compreenderem é que a Embraer não é controlada por nenhuma pessoa, empresa, grupo ou fundo. Muitas pessoas não conseguem lidar com a ideia de uma empresa não ter um “dono” que manda nela. . O pessoal que é contra a venda da Embraer eu aposto que não é acionista da empresa. Mas caso eu “perca essa aposta” e algum deles seja, duvido que não venda caso haja uma oferta de compra com ágio de 100%. . É aquela turminha que gosta de decidir o que fazer com as coisas dos outros, mas,… Read more »

Ivan BC

Estão reclamando de quê? Se a Embraer depender do Brasil a empresa some! Essa empresa só existe por causa dos contratos nos EUA (o grosso das vendas), não entendo tanto choro…para acabar com a Embraer basta as empresas estrangeiras pararem de comprar os aviões Embraer.
O próprio super tucano foi um sucesso de vendar em 2016 e 2017 por causa dos EUA, se for depender da nossa classe política a empresa desaparece em questão de pouco tempo.

Alex II

Marcos 21 de dezembro de 2017 at 18:40

Todo mundo quem? Duvido vc achar uma pesquisa em que a maioria dos consultados, desde que feita entre a população em geral, seja a favor da privatização da Petrobras.

Ivan BC

Rafael Oliveira 21 de dezembro de 2017 at 19:32 Exatamente! Estamos em 2017 e tem gente que ainda não percebeu como a coisa funciona…o parque industrial europeu desapareceu em 2 décadas, os chineses compraram ou FALIRAM praticamente tudo, sobrou apenas alguns conglomerados da França, Alemanha, Itália e Reino Unido. Diversas grandes companhias dos EUA foram comprados por chineses. Uns compram dos outros, sistema de trocas…é assim que funciona. Eu não sou dono do Brasil e muito menos de ações da Embraer. O Brasil não faz a Embraer, quem faz as embraer é o corpo administrativo e operacional da empresa, juntamente… Read more »

Ivan BC

Alex II 21 de dezembro de 2017 at 19:33 Eu quero combustível barato! Não estou nem ai quem vai produzir…meu computador é de uma empresa estrangeira, minha conexão de internet, meu plano de celular, os principais sites da internet, meu carro, meu relógio, impressora, tênis, camisa, filmes e seriados…se eu for depender de “Brasil” e sua sociedade plenamente desenvolvida, vou comer feijão e arroz em um barraco remendado. Temos barril de petróleo, enquanto não tem remédio no posto de saúde da esquina da minha rua. Inversão de papéis do Estado. A petrobrás está aí…só falta pagar 500 bilhões em dívidas…algo… Read more »

Ivan BC

Rafa_positron 21 de dezembro de 2017 at 19:02
Em países sérios, empresa cotada na Bolsa de Valores pode trocar de mão com apenas um click, o resto é conversa mole. Milhares de empresas europeias, japonesas, canadenses, estadunidenses e brasileiras (inclusive estatais) já foram para as mãos de chineses.

Reportagens especiais

Saab Press Trip 2019 – parte 2

Entrega do primeiro Gripen E brasileiro Por Guilherme Poggio Linköping é uma cidade pequena para os padrões brasileiros (possui cerca de...
- Advertisement -
- Advertisement -