Home Aviação de Caça Defesa dos EUA libera vídeo que mostra F/A-18F encontrando OVNI

Defesa dos EUA libera vídeo que mostra F/A-18F encontrando OVNI

24905
267
Tela capturada do vídeo feito pelo FLIR do F/A-18 que mostra o OVNI no encontro de 2004

2 pilotos da Marinha e um objeto que ‘acelerou como nada que eu já vi’

O seguinte relato é de um incidente em 2004 que os defensores da pesquisa sobre UFOs (OVNIs) dizem que é o tipo de evento digno de mais investigação, e que foi estudado por um programa do Pentágono (Advanced Aerospace Threat Identification Program) que investigou UFOs. Os especialistas advertem que as explicações terrenas geralmente existem para tais incidentes e que não saber a explicação não significa que o evento tenha origens extraterrestres.

O capitão de fragata David Fravor e o capitão de corveta Jim Slaight estavam em uma missão de treinamento de rotina no Oceano Pacífico a 100 milhas da costa oeste dos EUA, quando o rádio em cada um dos seus F/A-18F Super Hornets chamou: um oficial de operações a bordo do USS Princeton, um cruzador da Marinha dos EUA, queria saber se eles estavam carregando armas.

“Dois CATM-9s”, respondeu o comandante Fravor, referindo-se a mísseis de treinamento que não podem ser lançados. Ele não esperava nenhum encontro hostil na costa de San Diego naquela tarde de novembro de 2004.

O comandante Fravor, em entrevista recente com The New York Times, lembrou o que aconteceu depois. Alguns deles são capturados em um vídeo divulgado por oficiais de um programa do Pentágono que investigou UFOs.

“Bem, nós temos um vetor de mundo real para você”, disse o operador de rádio, de acordo com o comandante Fravor. Durante duas semanas, o operador disse, o Princeton acompanhava aeronaves misteriosas. Os objetos apareceram repentinamente a 80.000 pés de altitude, e então se precipitaram para o mar, eventualmente parando a 20.000 pés e pairando. Então, eles saiam do alcance do radar ou disparavam diretamente para cima.

O operador de rádio encarregou o comandante Fravor e o comandante Slaight, que deu um relato semelhante, de investigarem o contato.

Os dois aviões de combate dirigiram-se para os objetos. O Princeton alertou-os quando eles fechavam sobre o contato, mas quando eles chegaram ao “merge plot” com o objeto – linguagem da aviação naval por estarem tão perto que o Princeton não sabia quais eram os objetos e quais eram os caças — nem o comandante Fravor nem o comandante Slaight podiam ver qualquer coisa no início. Também não havia nada em seus radares.

Então, o comandante Fravor olhou para o mar. Estava calmo nesse dia, mas as ondas estavam quebrando sobre algo que estava logo abaixo da superfície. Seja o que for, era grande o suficiente para fazer o mar agitar.

Voando 50 pés acima do mar agitado estava uma aeronave de algum tipo – esbranquiçada – que tinha cerca de 40 pés de comprimento e forma oval. O nave estava pulando de forma errática, mantendo-se sobre o distúrbio das ondas, mas não se movendo em nenhuma direção específica, disse o comandante Fravor. A perturbação se parecia com ondas espumosas e espuma, como se a água estivesse fervendo.

O comandante Fravor começou uma descida circular para olhar mais de perto, mas quando ele se aproximou, o objeto começou a subir em direção a ele. Era quase como se estivesse chegando a meio caminho, disse ele.

O comandante Fravor abandonou sua lenta descida circular e rumou direto para o objeto.

Mas então o objeto saiu. “Acelerou como nada que eu já vi”, disse ele na entrevista. Ele era, disse, “muito estranho”.

Os dois caças se comunicaram com o oficial de operações do USS Princeton e foram encaminhados a um ponto de encontro a 60 milhas de distância, chamado ponto de CAP (Combat Air Patrol), na linguagem da aviação.

Eles estavam no caminho e se aproximando quando o USS Princeton voltou a chamar pelo rádio. O radar voltou a pegar a estranha aeronave.

“Senhor, você não vai acreditar”, disse o operador de rádio, “mas essa coisa está no seu ponto de CAP”.

“Estávamos a pelo menos 40 milhas de distância, e em menos de um minuto essa aeronave já estava no nosso ponto de CAP”, disse o comandante Fravor, que se aposentou da Marinha, na entrevista.

Quando os dois aviões de combate chegaram ao ponto de encontro, o objeto desapareceu.

Os caças voltaram para o USS Nimitz, onde todos no navio tinham sabido do encontro do comandante Fravor e estavam se divertindo com ele.

Os superiores do comandante Fravor não investigaram mais e ele continuou com sua carreira, desdobrando-se para o Golfo Pérsico para prestar apoio aéreo às tropas terrestres durante a guerra do Iraque. Mas ele se lembra do que disse naquela noite para um colega piloto que lhe perguntou o que ele pensava ter visto.

“Não tenho ideia do que vi”, disse o comandante Fravor ao piloto. “Não tinha penas, asas ou rotores e era mais veloz que nossos F-18”.

Mas, ele acrescentou: “Eu quero voar um”.

FONTE: New York Times

267
Deixe um comentário

avatar
262 Comment threads
5 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
101 Comment authors
Fabiano MalveziDr. Mundiconelson ricetti xavier de nazarenoMartins_PA_18André Bueno Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Alex Nogueira
Visitante
Alex Nogueira

Assunto muito interessante! Eu particularmente acredito em vida inteligente extraterrestre. espero mais posts como esse!

Renan
Visitante
Renan

Alguem saberia dizer, uma esplicativa plausivel?
Como inumeros pilotos no mundo todo testemunham algo semelhante?

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Em 33 anos nunca vi nada.

camargoer
Visitante

Olá Colegas. Carl Sagan sempre argumentou que a vida é um evento bastante comum no universo. Um exemplo disso é que os primeiros fósseis de bactérias datam 3 bilhões de anos enquanto que a Terra tem 4 bilhões de anos. Por outro lado, vida complexa é algo mais raro, basta lembrar que os primeiros fósseis de peixes datam 600 milhões de anos. Foram necessários mais de 2 bihões de anos para as bacterias evoluirem para organismos multicelulares. Civilizações tecnológicas é ainda mais raro. Segundo a equação de Drake, o universo visível deve ter não mais do que 10.000 cilvilizações tecnológicas… Read more »

Alex Nogueira
Visitante
Alex Nogueira

Bom saber que existe tecnologia ou seja lá o que for desse tipo, faz tudo ficar mais interessante e também seria muito, muito chato mesmo se em todo o universo que é aparentemente “infinito” não existir nada de vida inteligente. 😀

Pena que nunca conseguimos nada de material significante (vídeos/fotos em alta definição) para análise.

Fabiano Malvezi
Visitante
Fabiano Malvezi

Sim, mas não se esqueça que toda a física, quimica e matemática não conseguem explicar a gravidade. Ah materia acima nao fala em extra terrestres, mas sim de ovni . Merecem atenção e estudos. Ja iuviu falar em buraco de minhoca, multi verso, etc. E se nossas leis da física estiverem erradas. Mesmo 10 mil civilizações como a equação de drake sugere, é um numero bem grande. Basta apenas mais uma civilização avançada para quebrar a religião (onde deus fez o homem a sua imagem, ou que somos o centro do universo) vc sabe que religião hj em dia é… Read more »

Everton Matheus
Visitante
Everton Matheus

Eu tenho um amigo que é Ufólogo, ele é meio pirado, mas essa(em especial) e tantas outras histórias relatadas por aí é o Parque de Diversão dele. Ele é contratado pro algumas pessoas no Pará para poder definir alguns acontecimentos estranhos em fazendas, empresas, casas, … Em relatos ele diz que em anos, apenas 2x constatou ser algo de fora da Terra… Mas… Enfim, como eu disse, ele é pirado.

Paulo
Visitante
Paulo

Eu já vi por três vezes aqui no Sul de Minas. Da última vez foi o mais assustador dos encontros: era uma hora da manhã e eu estava sozinho de carro e fiquei frente a frente com um quando fiz a curva e entrei no trevo de Capivari, Pouso alto. Era gigantesco, com janelas (ou luzes) vermelhas e eu quase entrei em pânico. Pior, virei imediatamente para Itamonte e aquilo foi me seguindo no meu lado esquerdo. O carros que vinham de frente na minha direção começavam a piscar os faróis e teve um que quase saiu fora da estrada.… Read more »

Marcos
Visitante
Marcos

O maior evento ufológico registrado até hoje ocorreu aqui no Brasil, em 1984, com caças da FAB se deslocando para tudo quanto é canto: A Noite dos OVNIS.

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

O problema desses relatos é sempre o mesmo: a qualidade das imagens sempre deixa a desejar, independente do país de origem. . Hoje em dia, existe uma quantidade enorme de câmeras, capazes de gerar imagens de alta qualidade, na mão de boa parcela da população, mas um vídeo nítido que é bom, nada. . O mais próximo que eu cheguei de um avistamento foi uns 20 anos atrás. Eram umas 3 horas da tarde num dia ensolarado. Eu estava caminhando num loteamento no meio do mato sozinho, quando olho para o horizonte e vejo um objeto ovalado, metálico e refletindo… Read more »

housemaq
Visitante
housemaq

Eu já vi nos céus no interior de Minas. Era dia de Sol e o céu estava azul. Na ocasião, eram objetos esféricos, brancos e brilhantes. Pareciam pequenos, mas se moviam muito rápido e em várias direções. Estavam muito altos. Já vi reportagens e relatos de pessoas que viram objetos brilhantes e semelhantes. Realmente não dá para ter uma ideia do que realmente seja. Quase sempre são incrivelmente rápidos, tanto na velocidade quanto na mudança de direção. Impressiona e intriga muito.

Marcos
Visitante
Marcos

Me lembrou de um caso recente de um helicóptero com uma câmera IR, quando observado a olho nú não tinha nada, porém quando observado pela câmera tinha um objeto pairado em cima de um lago… Se for algo extraterrestre pelo menos sabem que enxergamos em um espectro limitado.

Marcos
Visitante
Marcos

Ao lado da pista há dois F86-K de plantão e prontos para uma decolagem imediata. Esta noite é a minha vez. (…) Uma frente fria está ingressando nesta parte da Itália e as nuvens alcançam mais de dez mil metros. De repente um foguete vermelho ilumina a noite. “Alarme”. Foi o nosso oficial das operações que o atirou; com certeza o Radar da Defesa Aérea Nacional detectou aviões não identificados. Os nossos aviões estão prontos. (…) Após a decolagem entramos em contato radio com “Trota”, o Radar da Defesa Aérea. – Trota, aqui Veltro 13 (é o meu nominativo de… Read more »

Everton Matheus
Visitante
Everton Matheus

Anos depois o Fantastico fez uma nova cobertura
https://www.youtube.com/watch?v=ncaGZAjKS88

Zorann
Visitante
Zorann

Acredito que estas coisas aconteçam com uma frequencia muito maior do oque vem a público ou que ficamos sabendo. As pessoas tem medo de vir a publico e serem ridicularizadas. . Até aqui já tivemos nosso caso “Roswell”, a Operação Prato realizada prlo I COMAR nos municípios de Vigia, Colares e Santo Antônio do Tauá. Pelo menos 4 mortes foram diretamente relacionadas a ataques destes “seres”. . A uns 9 anos atras estava trabalhando na montagem de um laboratório de prótese em Bragança Paulista, para um dentista muito amigo meu, inclusive meu padrinho de casamento. Um dentista que se formou… Read more »

Renan
Visitante
Renan

Rinaldo Nery 17 de dezembro de 2017 at 13:34
O que dizer se pilotos treinados relatam histórias assim?
Seria drogas ou será que é verdade?

Marcos
Visitante
Marcos

O piloto do F86-K da Aeronáutica Italiana, do relato acima, diz que durante a vida teve entre encontros com objetos não identificados: o primeiro, do relato acima; o segundo, já na Alitalia, fazendo um check de outro piloto em um DC-9; e o terceiro no voo entre NY e Roma, em um DC-8, cujo objeto os seguiu ao longo de duas horas.
Também há o relato do Ozires Silva, que em um voo de Brasilia para São José dos Campos, de Xingú, acompanhado por Rolim Amaro, teve a oportunidade de fazer contato visual com um OVNI.

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

O vídeo é perfeito do F-18, totalmente intrigante. Bela matéria.

Trovão Azul
Visitante

É realmente fantástico e surpreendente! Imagino o quanto de material deste tipo as Forças Armadas dos EUA possua atualmente, e a Nasa então nem podemos falar.

carcara_br
Visitante
carcara_br

Nunca vimos um ET, nunca detectamos nenhum sinal de rádio produzido por tecnologia fora da terra. Vemos aeronaves e projetos secretos, meteoros e fenômenos meteorológicos, logo a resposta mais sensata…

Marcos
Visitante
Marcos

Há a teoria da Terra Oca….
Prefiro acreditar que de fato são seres extraterrestres. E só!!!
A teoria da Terra Oca é demais para a minha cabeça.

Renan
Visitante
Renan

Alexandre Galante 17 de dezembro de 2017 at 14:18 A noite dos OVNIs no Brasil Galante este é o mais encrivel de todas. Ou os militares estavam sendo testados por uma potencia militar ou é real. Enteressante que eu nasci em 1 de maio de 1986. Tenho uma memória muito boa e lembro de fatos desde bebe. Só vi conhecer TV aos 7 anos de idade. Pois sou filho de bóia fria. E nunca tinha ouvido histórias de ET. E tive pesadelos até os 10 anos de idade de sempre iguais todas as noites, que pararam depois dos 10 anos.… Read more »

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

Video OVNI en Campeche, Fuerza aérea México 2003:

.
https://youtu.be/020Wgbw-PcU

Bosco
Visitante
Bosco

Com que equipamento o F-18 gravou o encontro? Ele não tem IRST mas será que tava com um pod de designação de alvos?

Wagner
Visitante
Wagner

Caramba meu! Que doidura!
Existem sim vídeos de altíssima definição de OVNI´s. Tem um que foi filmado em Israel que é incrível! Segue o link:
https://www.youtube.com/watch?v=ysnz_C7makQ&feature=youtu.be
Como o assunto é controverso e a ciência não consegue dar uma explicação que se encaixe no modelo que temos, normalmente nem é discutido no mundo acadêmico, o que é uma pena.
Agora, não há como negar que é muito, muito estranho. Se efetivamente forem artefatos mecânicos, estão muito à frente de tudo que temos.

SmokingSnake 🐍
Visitante
SmokingSnake 🐍

kkkkkkkkkk olha essa matéria e esses comentários, depois o Galante ainda diz que eu que fumei coisa estragada.

Marcos
Visitante
Marcos

A existência desses OVNIS é um fato. O que são, de onde vem, os motivos de estarem aqui, etc, isso já é alguma outra coisa a ser pesquisada.

Sérgio Luis
Visitante
Sérgio Luis

Se esse ufo se desloca a validades imagináveis descritas pelo piloto f-18 então o ufo com certeza domina leis da física que nós humanos não temos a mínima noção de que existam!!!

Sérgio Luis
Visitante
Sérgio Luis

“Velocidades”

WSMDAL
Visitante
WSMDAL

@Bosco
Possivelmente com o pod ATFLIR

RL
Visitante
RL

Não acreditava em nada destas coisas.

Fui ao Egito. Entrei dentro da Pirâmide.

Hoje não só acredito como tenho certeza de que eles existem.

Zarabatana
Visitante
Zarabatana

Pergunto…

Se este vídeo fosse liberado por russos, quantos ai teriam acreditado?

Bosco
Visitante
Bosco

Zarabatana,
Se não faz parte da solução faz parte do problema. Se não sabe distinguir uma notícia de uma sputinice ou tem má fé ou é ingênuo (bucha de canhão). Não há uma terceira opção.

Silva
Visitante
Silva

Documentário bem interessante sobre O Caso Roswell. Uma narrativa de fatos sobre uma provável queda de uma aeronave extraterrestre, no dia 8 de julho de 1947, em Roswell, Estado do Novo México. É um dos casos mais famosos e emblemáticos da Ufologia.

https://www.youtube.com/watch?v=fx41jtWy2Lw

carvalho2008
Visitante

Ja vi luzes mais de uma vez. . Uma coisa era certa, não era satelite, avião ou balão. . Acredito nestas coisas. . Hoje em dia, de tudo que li e já ouvi, a o que mais combina com minhas convicções são as teses do Professor Laercio. Une exoterismo, espiritualismo, fisica quantica e ufologia….existem varios videos dele no Youtube…para quem estiver na primeira viagem, vai achar estranho e se perder um pouco, mas o cara é didatico e de fato une todas as teses… . 1) Pela fisica quantica, defende que o mundo espiritual é igual similar ao nosso, sendo… Read more »

Silva
Visitante
Silva

Post retido.

João Bosco
Visitante
João Bosco

É … parece que os nossos vizinhos querem nos conhecer. A pergunta que faço é a seguinte: de maneira hostil ou pacífica?
Para os que não acreditam em OVNI’S, eis uma prova.

Andrigo
Visitante
Andrigo

Rinaldo Nery 17 de dezembro de 2017 at 13:34

Em 33 anos nunca vi nada.

Olá Cel., não duvido que o sr. realmente nunca tenha visto nada, mas aposto como deve saber de muitas histórias de dentro da FAB de casos do tipo.

Saudações.

Eduardo Ribeiro
Visitante
Eduardo Ribeiro

Esse caso do México postado aqui não é OVNI. São luzes do fogo das estações de extração de petróleo. As luzes estão paradas na altura do oceano, o que se move é o observador.

O caso americano é mais interessante pois a telemetria aponta que a aeronave está em curva acompanhando um objeto que ao final do vídeo gira no ar.

MATHEUS
Visitante
MATHEUS

Bosco, creio que foi o HUD.

Daniel Ramos de Oliveira
Visitante
Daniel Ramos de Oliveira

Sou cético, em relação que esse tipo de aeronaves sejam algo não humano (apesar de acreditar em vidas inteligentes em outros lugares do Universo, mas que ainda carecem de provas inequívocas). Penso que é plausível acreditar que muitos destes “avistamentos” referem-se a aeronaves miliares ainda em desenvolvimento, e têm que ser testadas em ambientes reais (especialmente em outros países), por inúmeros motivos, o melhor é testar com militares, que não vão incitar em perseguir, combater e realizar manobras de interceptação, como ocorreu nos vídeo disponibilizado. Devemos sempre lembrar que avistamentos de OVNI, surgiram, em grande número, nos 70/80, coincidentemente (ou… Read more »

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Muito disso são drones americanos e plots falsos plantados no radar por interferencia, eles devem rir muito depois de países com Brasil e Mexico…. O Camargoer é que tá certo. A nossa Via-Lactea tem um diametro de 200 mil anos-luz, jamais existirá tecnologia para sairmos dela ou outros seres chegarem, embora provavelmente “eles”existam, nem transmissões de rádio que, viajam a velocidade da luz, recebemos ainda, quiçá espaçonaves. Me dou por satisfeito com a Ficção cientifica no cinema, isso já me basta.

Farroupilha
Visitante
Farroupilha

Nas minhas viagens de avião nunca vi nada estranho nos céus. Mas em São Paulo algumas vezes. A mais estranha, eu estava na rua, início da tarde, no dia do enterro da Hebe. Por isso não esqueço a data. De repente olhei para cima, e para trás do topo duma nuvem cúmulos desapareceu de forma meio lenta algo que parecia alterar as formas, como com várias partes escamoteáveis. Acho que a cerca de 10.000m de altura, e com um tamanho cinco vezes um jato comercial. Quase numa vertical de onde eu estava. E… Uma visão bem esquisita, foi da minha… Read more »

Alex Nogueira
Visitante
Alex Nogueira

Da maneira que o ser humano vem se desenvolvendo e degradando o planeta, acredito que qualquer civilização extremamente avançada gostaria de observar e estudar onde isso vai dar, se tivessem algum interesse de dominar a terra já teriam feito.

Acho que depois da descoberta da energia nuclear e de sua utilização como arma, o ser humano deve ter se tornado mais interessante no ponto de vista dessas outras civilizações.

Antonio M
Visitante
Antonio M

Se a vida fosse fruto do mero acaso e tão, por quê tantos e tantos planetas próximos ao nosso não formaram vidas complexas se adaptando àquele meio-ambiente? E para mim faz menos sentido ainda que raças inteligentes fiquem passeando com seus veículos por aqui apenas fazendo firulas ao invés de se mostrar logo de uma vez.

Marcos
Visitante
Marcos

João Bosco 17 de dezembro de 2017 at 17:46
A pergunta que faço é a seguinte: de maneira hostil ou pacífica?

Se fossem hostis, com aeronaves se deslocando a mais de cinquenta mil quilômetros por hora, não ia ter americano, russo ou chinês para se contrapor.

JOEL EDUARDO SOARES
Visitante
JOEL EDUARDO SOARES

Para aqueles que acreditam em ovinis ( outros planetas) conforme os anos passam eles ficam cada vez mais distantes do formato prato kkkk!

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Vixi, já avistei um OVNI ali entre Selvíria/MS e Ilha Solteira/SP, mas isso foi há 13 anos.

Bosco
Visitante
Bosco

Space, “Jamais” é muito tempo. rrsss Vale lembrar que pela física “tradicional” não é preciso ser mais rápido que a luz para viajar por toda a galáxia devido ao fenômeno da dilatação temporal. O que é impossível é o viajante voltar para sua “zona temporal”. Uma distância de milhares de anos luz pode ser realizada no tempo de vida de um “viajante” com uma nave com velocidade “quase lumínica” mas para os que ficarem no planeta de origem terão se passado milhares de anos. E mesmo os mais pessimistas admitem que velocidades de até 0.9 c (90% da velocidade da… Read more »

TeoB
Visitante
TeoB

Olá amigos. pelo pouco de ufologia que conheço, dizem que 80% dos avistamentos vem de causas totalmente explicáveis, como aviões satélites causas naturais, meteorológicas e tals, 10% são de teste de tecnologia sensível como aviões secretos e outros experimentos de cunho secreto e ou militares, e o resto são de fato avistamentos ainda não conhecidos / compreendidos, e é nesses 10% que eu acredito que se enquadre o vídeo da matéria… a não ser que chineses, russos ou iranianos tenham desenvolvido algo realmente fo#ão rsrs, isso pode ser sim extraterrestre, por que não?
> salvo fake!