sexta-feira, setembro 24, 2021

Gripen para o Brasil

MoD da Croácia conclui avaliação de propostas para caças

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

MiG-21 croata

A fase de validação e avaliação da proposta foi seguida pelo estudo de viabilidade sobre a decisão sobre a aquisição de aeronaves de combate multifuncionais.

A República da Croácia deve chegar a uma das decisões cruciais e mais complexas em relação ao setor de defesa após a Guerra da Independência, para manter a capacidade de controle e proteção do espaço aéreo nacional.

A Força Aérea da Croácia teve um papel decisivo e ajudou a ganhar uma série de batalhas durante a Guerra da Independência, e o investimento em aeronaves de combate hoje constitui o investimento na segurança da Croácia e proporciona estabilidade e desenvolvimento econômico futuro do país.

A decisão sobre a aquisição de um avião de combate mais moderno foi adiada por 15 anos e é precedida por um estudo tático e o pedido de propostas para a aquisição de uma aeronave de combate multirole.

Até 3 de outubro de 2017, as propostas foram recebidas da República Helênica, do Estado de Israel, do Reino da Suécia e dos Estados Unidos da América, respondendo ao pedido.

Todos os quatro licitantes são países com sólida defesa, indústria e base tecnológica para ajudar a Croácia no seu próprio desenvolvimento tecnológico e industrial, crescimento do emprego e investimentos em sua economia. As propostas dos quatro países envolvem soluções de alta tecnologia, transferência de conhecimento e experiência favorecendo o desenvolvimento de soluções industriais de escasso fornecimento relacionadas à aquisição de aeronaves.

De acordo com o respectivo cronograma, em 30 de novembro de 2017 realizou-se a conclusão da validação e avaliação das quatro propostas recebidas pela equipe de especialistas atribuída com a preparação da aquisição da aeronave de combate multirole, seguida do estudo de viabilidade, para basear a decisão no nível de estado.

A tomada de decisões compreende a opinião pericial do Comitê de Defesa do Parlamento da Croácia e do Conselho de Defesa (o Presidente da República, o Primeiro-Ministro, o Ministro da Defesa, o Ministro das Relações Exteriores, o Ministro das Finanças, o Chefe do Estado-Maior Geral das Forças Armadas Croatas, o presidente da Comissão de Defesa do Parlamento croata e o assessor de defesa do presidente da República.

O Ministério da Defesa informará o público em tempo útil da decisão tomada.

FONTE: Ministry of Defence of the Republic of Croatia

- Advertisement -

7 Comments

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Guilherme

Desculpem a ignorância, mas que aviões a Grécia produz ?

Jr

Luiz Guilherme, nenhum, eles estão oferecendo F-16 usados da força aérea grega

Luiz Guilherme

Obrigado Jr !

Nunao

Ou seja, três ofertas de F-16 é uma de Gripen concorrendo.

Danilo José

Se for por custo, visando reposição de peças e manter voando durante longa data vai dar F-16 com certeza, ainda mais visando uma revisão das aeronaves, agora se for por arranjo politico nunca se sabe né !

theogatos

De curiosidade apenas… . A Grécia não tem muita tradição na construção de aviões, mas uma ótima experiência na manutenção (incluindo turbinas e aviônicos) e construção de partes de aviões (inclusive presta este tipo de serviços para a USAF como co-produtora do F-16 junto com a JM salvo engano) através da HAI (Hellenic Aerospace Industry). A HAI participou do programa do Eurofighter, IRIS-T e atualmente é participante do programa nEUROn… Em 1979 já tinha um projeto de UAV em andamento e hoje é produzido sob o nome de Pegasus II . Ainda existe outra fábrica mais dedicada à manutenção específica… Read more »

Filipe Siqueira

Como disse o colega forista mais acima, são três f-16 usados concorrendo contra o Gripen. Se forem aviões novos oferecidos pela Suécia (versão C ou D), penso que esta seria a escolha mais lógica. Aviões de segunda mão por outros de segunda mão, melhor seria adquirir o f-16 mesmo. Tudo vai depender do tamanho do bolso dos croatas.

Últimas Notícias

FOTOS: J-16D com novos pods de guerra/interferência eletrônica

Foram divulgadas mais fotos do Shenyang J-16D, versão de guerra eletrônica do caça multimissão J-16 da Força Aérea de...
- Advertisement -
- Advertisement -