Home Aviação de Caça Caças MiG-29SMT da Rússia vão testar novo armamento na Síria

Caças MiG-29SMT da Rússia vão testar novo armamento na Síria

6750
7
MiG-29SMT na Síria

Um lote de aeronaves MiG-29 modernizadas foi enviado para a base aérea Hmeymim na Síria em setembro para testes

HMEYMIM (Síria), 7 de dezembro / TASS /. Os aviões de combate Mikoyan MiG-29SMT da Rússia, com sucesso na luta contra terroristas na Síria, testarão novas e promissoras armas aerotransportadas, disse o diretor-chefe da United Aircraft Corporation (UAC), Sergei Korotkov, na quinta-feira.

“O programa de desenvolvimento dos aviões MiG-29SMT continuará, inclusive com o objetivo de verificar a destruição efetiva por novos e promissores sistemas de armamento. A experiência adquirida na Síria será levada em consideração durante a operação dessas aeronaves e também será introduzida como parte do trabalho para desenvolver novas plataformas de aviação MiG, incluindo o MiG-35”, disse o designer chefe.

Um lote de aeronaves MiG-29SMT foi enviado para a base aérea Hmeymim na Síria em setembro para testes, disse o designer chefe. Korotkov está dirigindo a delegação da UAC na base aérea de Hmeymim para analisar os resultados do uso desses complexos de aviação na operação da Força Aérea Russa na Síria.

“A participação de novos complexos de aviação em surtidas permite confirmar sua confiabilidade e eficiência e avaliar o funcionamento do equipamento eletrônico e armamento a bordo”, disse o designer principal.

Ao longo de dois meses e meio de sua operação, os MiG-29SMTs realizaram mais de 140 incursões, realizando as missões de destruir a infra-estrutura de terroristas. Como disse o designer-chefe da UAC, o avião MiG-29SMT “realizou as atribuições de combate de destruir as bases dos terroristas de forma autônoma e também em conjunto com os aviões Su-34 e Su-35”. Ele acrescentou que o MiG-29SMT também realizou missões para acompanhar os bombardeiros estratégicos de mísseis Tupolev Tu-22M3.

“O MiG-29SMT mostrou mobilidade e simplicidade em operação enquanto demonstra alta eficiência de combate. O controle das capacidades de combate do caça de linha de modernização MiG-29SMT confirmou a viabilidade dos regimes de uso de bombas de aeronaves, bombas inteligentes e mísseis ar-superfície com as precisões que cumprem e também superam as especificações técnicas para o complexo de aviação”, disse o designer principal.

FONTE: TASS

7
Deixe um comentário

avatar
7 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
rustam bogaudinovAdriano M.hammadjrRamon Grigiodonitz123 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Gustavo
Visitante
Gustavo

Alguém sabe informar se o SMT ou o Mig-35 que teve o rcs reduzido consideravelmente? Lembro que a redução deixou em níveis próximos do Gripen C/D.
Não lembro, mas acho que havia sido o 35.

Fabio Jeffer
Visitante
Fabio Jeffer

A Síria tem sido um importante campo de provas para a Rússia testar novos modelos de armas e tbm para manter a prontidão de suas forças armadas testando-as em várias situações de combate real. Essas experiências são inestimáveis para qualquer país.

donitz123
Visitante

Por mim poderiam testar uma salva de Bulavas na sede do terrorismo fundamentalista islâmico em Ryad.

Ramon Grigio
Visitante
Ramon Grigio

Percebe-se no vídeo que os 3 tanques extras estão instalados nas aeronaves. Será que operam assim? Sobram apenas 04 estações de armas, sendo que normalmente as duas mais externas geralmente só levam R-73.

hammadjr
Visitante
hammadjr

Não resito comentar, combater o DAESH com bombas não dever ter sido uma tarefa muito complexa até porque não tinham uma rede de sistema de defesa anti aéreo de grande alcance.

Adriano M.
Visitante
Adriano M.

Deveriam levar o SU-57 para testá-lo lá,aeronaves como o MI-28 e o SU-34 além de outros armamentos tiveram ganhos recebendo upgrades após mostrar algumas deficiências no cenário sírio,ganhando nova aviônica recebendo novos sistemas de armamento e guerra eletrônica.

rustam bogaudinov
Visitante

Adriano M. 11 de dezembro de 2017 at 19:04
Deveriam levar o SU-57 para testá-lo lá,aeronaves como o MI-28 e o SU-34

___

MI-28 and SU-34 there since the beginning of the company

https://www.youtube.com/watch?v=srfBRyV5QVo