domingo, maio 16, 2021

Gripen para o Brasil

Sérvia apresenta caças MiG-29 cedidos pela Rússia

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Na sexta-feira, no aeródromo militar de Batajnica, perto de Belgrado, foi realizada uma parada militar “Liberdade 2017”, comemorando o 73º aniversário da libertação de Belgrado na Segunda Guerra Mundial, que se celebra em 20 de outubro.

O presidente da Sérvia, Alexander Vučić, declarou que seis caças MiG-29 transferidos pela Rússia no início de outubro no âmbito da assistência militar-técnica à Sérvia serão modernizados em poucos meses, mas “já estão em condições de voo”.

“A modernização completa ocorrerá nos próximos meses, o que significa que será no próximo ano — de qualquer forma” – disse Vučić, respondendo à pergunta sobre o momento da introdução dos caças na força aérea.

Ele observou que os MiGs ainda estão em uma “excelente condição de voo”, e a decisão será tomada pelas Forças Armadas da Sérvia sobre a data dos primeiros voos.

COLABOROU: Rustam Bogaudinov

- Advertisement -

16 Comments

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz

Tem duas versões do MiG-29 monoposto ali. Um doce para quem identificar.

Plinio Junior

Pelo que deu para ver são versões monopostas 9.12 (Mig-29A) e 9.13 (Mig-29C) os sérvios originalmente operavam as versões 9.12…

Top Gun Sea

Clésio Luiz 20 de outubro de 2017 at 17:11
Tem duas versões do MiG-29 monoposto ali. Um doce para quem identificar.

Bispostos:
-Na 1º foto ele é o último a direita;
-Na 3º foto ele é o primeiro a esquerda;
-Na 6º foto;
-Na 8º foto;
-Na 9º foto ele é o último a direita de novo.
Me parece ser apenas 2 em todas as fotos.
São bonitos e feitos para durarem uns 60 anos.
Doce de abóbora!

Top Gun Sea

Comentário retido!

Walfrido Strobel

O artigo respondeu a minha dúvida, os Mig-29 estão em condições de voo e serão modernizados com calma. Fiquei na dúvida se eram unidades paradas a muito tempo precisando de revitalização como os aviões a muito tempo estocados.

Clésio Luiz

É isso aí Plínio, um Chokito pra vc 🙂
.
Não me lembro de ver um 9.13 numa força aérea fora da Rússia antes. Talvez em alguma ex-república soviética. Alguém me corrija se eu estiver errado.

hammadjr

Mas só 6 e ficam com essa euforia, será que lá tem PA também … queria saber como é o comentário deles …

Wagner

Bom ver a Sérvia se recuperando.

rustam bogaudinov

Clésio Luiz 20 de outubro de 2017 at 20:46

https://www.youtube.com/watch?v=EW4KoBttorg

Ypojucan

Bom dia caros, Clésio Luiz, ao que parece a versão 9.13 foi vendida por alguém para a Korea do Norte (Mig29 “Fulcrum C). Em 2002 um par de Mig23 e Mig29 interceptaram um RC135 e pelas fotos pode-se perceber que era um 9.13. Como curiosidade, a diferença entre as versões é a presença do sistema EW L-203 Gardenia-1, tanques internos com 240 litros a mais de capacidade e possibilidade de levar outros dois tanques com 1.500 litros sob as asas. A versão 9.13 (izdeliye 7) entrou em produção em 1986 e até você final da CCCP (URSS) foram produzidas 1.345… Read more »

Clésio Luiz

Rustam, I mean I didn’t remember to see a 9.13 outside of the Russian Air Force. Obviously they have the 9.13, being the natural sucessor of the soviet air forces.

Ypojucan

Existia uma versão de exportação usando células não terminadas e estocadas ao final da CCCP (URSS). Eram as versões Mig29 SD (usando células 9.12) e Mig29 SE (usando células 9.13). Foram vendidas para Eritréia, Myanmar, Peru e Sudão. Agora, não eram células do “Fulcrum C” como as entregues no período soviético, então pode-se dizer que eram de sub-variante, com modificações ou simplificadas. O ” Fulcrum C” original supostamente tinha capacidade nuclear tática, mas não podia utilizar armamentos mais modernos, como os mísseis R-77/27T/27RE e TE, nem armamento guiado. Ao final, apenas 16 Mig29 “S” (izdeliye 9.13S izdeliye 7S) foram entregues… Read more »

rustam bogaudinov

Clésio Luiz 21 октября 2017 года в 8:34

mais de 100 aeronaves ainda na Força Aérea da Rússia

https://russianplanes.net/id107789

https://www.youtube.com/watch?v=u-nTtv3emEU

Plinio Junior

Vou cobrar o doce depois Clésio…kkk , o 9.13 (Fulcrum C) inicialmente fora produzido para uso somente para as forças da URSS, com o fim dela, algumas forças áreas pelo mundo receberam pequenos lotes, todos usados e de ex-Repúblicas Soviéticas, como Bielo-Rússia, Ucrânia e mesmo da Rússia, a Coréia do Norte e Peru receberam um pequeno lote deles…os americanos compraram alguns da Moldávia que dizem na época, seriam destinados ao Irã…Na Rússia, tirando os modernizados SMT, em operação somente os Fulcrum C (9.13) , as versões Fulcrum A (9.12) foram

Plinio Junior

Foram tiradas de operação…

hammadjr

Obrigado pelo site
mais de 100 aeronaves ainda na Força Aérea da Rússia

Reportagens especiais

‘DC-3 Affair’: o caso do avião espião sueco abatido pelos soviéticos

Por Alexandre Galante Em 13 de junho de 1952, um C-47 (versão militar do famoso DC-3) da Força Aérea Sueca,...
- Advertisement -
- Advertisement -