Su-57

No outono de 2017, o novo caça da Força Aeroespacial russa Su-57 realizará seu primeiro voo com o novo motor, afirmou o vice-ministro da Defesa russo, Yury Borisov.

O vice-ministro destacou que o Su-57 “já está praticamente pronto para a produção em série”, pois durante a primeira fase de testes estatais correspondeu às características exigidas pelo Ministério da Defensa russo.

Ao mesmo tempo, antes de pôr o caça em produção em série, “falta a segunda fase dos testes estatais”.

“Neste outono, o Su-57 voará pela primeira vez com os novos motores, que lhe darão a capacidade de supercruzeiro [velocidade supersônica sem usar pós-combustão]”, afirmou o vice-ministro em entrevista ao jornal militar russo Voenno-Promyshlenny Kurier (Correio Industrial-Militar).

A primeira série de aeronaves Su-57 com o motor inicial deverá ser produzida até 2019 e depois fazer a transição para a fabricação em série dos caças com o novo motor, caso os testes sejam realizados com êxito.

FONTE: Sputnik

56
Deixe um comentário

avatar
56 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
34 Comment authors
Bruno V. Campestrinifabio jeffercarcara_brMoraes 123pgusmao Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Rodrigues
Visitante
Rodrigues

Qual o motor novo?

smichtt
Visitante
smichtt

Favor consertar o título: “Com o novo…” ao invés de “Como novo…”

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

¡Es la máquina!

Renato Carvalho
Visitante

A fonte é que não ajuda.

XFF
Visitante
XFF

Renato Carvalho 29 de setembro de 2017 at 16:27,

Então só a fonte via CNN ou BBC que ajuda??

Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

Ele ainda não faz supercruise??
O desenvolvimento desse avião está a ritmo de tartaruga e os russos devem fazer esforço hercúleo para desenvolver junto com a Índia uma aeronave desse quilate.
Só resta saber se o novo motor já sairá pronto ou teremos mais uns cinco anos de ajustes até a produção em série…

Sds

Papan
Visitante
Papan

Alguém sabe me dizer se o F22 e o F35 tem SuperCruise?

Nunão
Visitante
Nunão

O F-22 tem.

Bosco
Visitante
Bosco

Supercruzeiro pra quê???

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

XFF 29 de setembro de 2017 at 16:39

Tendo em vista que o adjetivo “Sputnice”, que serve para designar noticia ruim, falsa e afins, viralizou o Renato Carvalho está certo!

Bosco
Visitante
Bosco

Teoricamente o supercruzeiro ajuda a melhor posicionar o caça quando num “ataque” BVR, c chegando o quanto antes numa distância de lançamento. Sabendo que esse posicionamento ocorre em geral dentro do alcance do radar as distâncias são relativamente curtas eu sinceramente acho meio que um preciosismo esse negócio de supercruzeiro. Uma “pancadinha” no manete de empuxo e o caça acelera de qualquer jeito com ou sem supercruzeiro. Aí dispara em velocidade supersônica e manobra pra manter o alvo na varredura do radar (F-pole ou coisa que o valha) ou vira e vai embora. Já pra se evadir é melhor ligar… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

O F-35 em sendo uma evolução do F-22 se absteve de ter dois acessórios dispensáveis: escape com TVC e supercruise.
Apesar de algumas fontes alegarem que o F-35 tem supercruise Mach 1.2 por 200 milhas. Mas se tem é só no plano teórico porque nunca foi implementado de verdade. Pelo menos não que eu tenha ficado sabendo.

Nunão
Visitante
Nunão

Bosco, não serve só pra chegar à área de combate numa relação distância x tempo x combustível melhor do que com PC ligado, mas também para que, uma vez nessa área, possa se manter por mais tempo que outro com PC ligado, e voando com mais energia do que um jato com PC desligado. Ou seja, ajuda muito a manter a iniciativa e a vantagem no combate, frente a caças supersônicos sem essa capacidade de supercruzeiro (é lógico que estou falando só de desempenho, pois há diversos outros fatores na balança, como armamentos, sensores, furtividade etc)

teropode
Visitante

Ainda bem , imaginem os caras ja estão 30 anos atrasados , a china ja deixou os eslavos cheirando pu* , o caça 5G deles é MEIA BOCA , possui rebites gigantescos , super-cruize é o minimo que poderiam fazer , mas no fundo do coração eu tenho pena é da Índia , vai comprar rato por lebre novamente !

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Somente depois de um combate real, são feitos para isso.
F 15, F 16, Mirage’s, MIG 29, SU’s, etc há muitos exemplos.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Sobre o motor, os russos tem domínio na área, errou ? Concertam com certeza !

AL
Visitante
AL

Bosco, o supercruise possui duas vantagens além das citadas acima. Uma, a velocidade maior permite que os mísseis, ao serem disparados, consumam menos combustível para chegarem a velocidade de cruzeiro deles, ampliando o alcance. Teve uma matéria de um oficial da Força Aérea Sulafricana a respeito em um número antigo da Revista Força Aérea em que, em testes realizados por eles, o fato do caça estar a Mach 1,5 ao disparar um míssil WVR, esse mesmo míssil teve um alcance máximo maior em alguns kilômetros em relação ao um disparo feito em velocidade subsônica. Outra: a velocidade de cruzeiro determina… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

AL,
Mas quem não tem supercruise também lança os mísseis BVR (e bombas) em velocidade supersônica. A velocidade supersônica é que faz a diferença e para alargar o desempenho da arma lançada tanto faz se se está com os pós-combustores acionados ou não.
Quanto à sua segunda afirmação, concordo, principalmente no caso do F-22 que voa a 60 mil pés e tem asas “curtas”. A velocidade supersônica é um fator positivo e aí o supercruise se torna interessante.

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

O supercruise e o TVC do F-22 tem outros efeitos. . Com o supercruise você pode manobrar melhor à grandes altitudes. Um caça voando em alta velocidade supersônica (como os supostos mach 1,8 dos Raptor), mudando de proa apenas 30 graus a cerca de duas centenas de quilômetros, já irá abrir uma distância lateral e de energia dos inimigos tão grande, que irá efetivamente derrotar os mísseis BVR inimigos baseado apenas em energia cinética. Os próprios americanos já chegaram a essa conclusão estudando táticas contra o MiG-25 e 31. Aliás, essas duas aeronaves possuem raio de ação supersônico na base… Read more »

AL
Visitante
AL

Verdade Bosco, no lançamento das armas, tanto faz se supercruise ou não, mas… Um detalhe me veio a mente agora. O voo supercruise deve ampliar o raio de combate da aeronave, não? O F-16 tem um raio de combate em tordo dos 550 kilômetros, me parece, e o F-35A, dizem que o raio de combate é de 1.090 kilômetros, e ele não é muito maior que o Falcon, eu acho, então essa diferença deve ter relação à velocidade de cruzeiro maior…

Bosco
Visitante
Bosco

Tudo muito interessante e concordo com todos, mas só lembrando que as armas básicas do F-22 eram o AIM-120A e a bomba JDAM. As armas básicas do F-35 são o AIM-120D e a bomba SDB. Mesmo sem lançar armas em velocidade supersônica o alcance de atuação do F-35 é maior que a do F-22 utilizando velocidade supersônica (com ou sem supercruise), independente dele ter como função primária o ataque/interdição e não a ar-ar. Mesmo porque o F-22 será o último a ser integrado à versão “D” do Amraam. Quando do desenvolvimento do F-22 o desempenho esperado do radar AESA excedia… Read more »

mbp77
Visitante
mbp77

Algumas perguntas aos colegas:
Alguém tem imagens deste novo motor (sem serem fake)?
Terá uma assinatura térmica menor que o atual?
Alguma alteração significativa no design de saída da turbina que possibilite diminuição da assinatura radar?
Pelo pouco que li, seria uma versão modernizada AI-37 da família Flanker.
Se for apenas isso, confesso que é um avanço muito modesto frente ao que se esperava.
Sds.

Bosco
Visitante
Bosco

AL,
Independente de qualquer coisa o F-35A tem quase 3 x mais combustível interno que o F-16. O F-35 é monomotor mas é um caça pesado. O F-16 é leve.

RicardoNB
Visitante
RicardoNB

Em termos de velocidade de lançamento das armas ou para se evadir, um piloto declarou certa vez q não via muita vantagem do supercruise , preferia dar tudo com o PC. (Exatamente o que o Bosco indagou) . Creio que a vantagem do supercruise vem na capacidade de auxiliar na altitude de voo e na capacidade de chegar mais rápido no teatro de operações. Existe muita histórias sobre o supercruise, mas a realidade operacional pode ser bem diferente, somente um piloto de fato para esclarecer a real vantagem tática do mesmo.

Sérgio Luis
Visitante
Sérgio Luis

O “mundo da quinta geração” é bimotor e o F35 na ‘contramão” vai de monomotor!

Top Gun Sea
Visitante
Top Gun Sea

mbp7 Pela demora no desenvolvimento desse novo motor posso imaginar que ele não será somente de cruzeiro longo não! Acho que poderá vir com o bocal de saída de calor adaptado com o sistema de vetoracão articulada controlada pelo piloto diminuíndo ainda mais a sua assinatura RCS e aumentando ainda mais a sua manobrabilidade. Ou seja esse motor poderá torna lo mais veloz, mais invisível a longa distância e mais perigoso de perto conforme as suas armas que estão sendo desenvolvidas. Qualquer semelhança com F22 será mera coincidência! Vamos aguardar! A turma do Tio San não vai gostar…! Calma são… Read more »

Nunão
Visitante
Nunão

RicardoNB, . A vantagem mais básica do cruzeiro supersônico nos engajamentos aereos é mais antiga que o próprio voo supersônico: quem voa sobre o território hostil em velocidade de cruzeiro mais alta que o inimigo terá vantagem no combate. Isso v m desde os primórdios dos combates aéreos, mas ficou mais evidente na IIGM. O especialista que defendeu isso (é polêmico, muita gente concorda mas também discorda) foi Pierre Sprey, da mesma estirpe de John Boyd da “Fighter Mafia” que originou o F-16, e sobre o qual há várias matérias aqui. . Recomendo a leitura completa do pdf abaixo, mas… Read more »

Renato Carvalho
Visitante

XFF,
Acho as máquinas russas formidáveis, caças, tanques, subs, etc…mas o ufanismo do Sputinik é bizarro,difícil de ler e levar a sério, até gostaria de conhecer outra mídia russa que tratasse do assunto de forma mais profissional, se vc puder me indicar alguma ficaria muito grato.

XFF
Visitante
XFF

Renato Carvalho, Sputink não tem nada de bizarro. È um jornal que mostra outro lado da história. Diferente da Globo, CNN e BBC que escondem a verdade sobre o que está acontecendo no mundo. Um dos grandes exemplo disso é a guerra na Síria.O tempo mostrou que as imprensas não alinhadas tinham razão e tudo que as imprensas ocidentais mostravam era pura mentiras.OS objetivos deles era usar o terror para dividir a Síria e roubar suas riquezas. Os terroristas só começaram a perder terreno quando a Rússia entrou na guerra e mostrou o verdadeiro objetivo do ocidente não era combater… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

XFF, Não concordo não. Não sei sobre culinária mas sobre tecnologia militar o Sputnik é uma farsa. E a Globo (sempre a Globo) é o último jornal do dia e só faz repetir o que os outros telejornais disseram. Isso de falar mal da mídia ocidental é coisa de ocidental hipócrita. Ela é tão boa quanto qualquer uma e divulga os fatos como são apresentados. Aliás, se ela peca em algo é de ser muito esquerdista. Não raro a própria mídia ocidental investigativa mostra o outro lado dos fatos como são apresentados. Se os governantes e as autoridades divulgam os… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

E duvido muito que as ações aéreas russas tenham de fato mudado as coisas em relação ao opositores do ditador Assad, que pra mim pode se lascar como qualquer ditadorzinho do mundo. As sputinices a respeito não me convencem e até prova em contrário a Rússia não tem condições de impor um volume de fogo aéreo que seja compatível com o que se está conseguindo em termos de recuperar o terreno do Isis ou dos opositores do ditador.

Bosco
Visitante
Bosco

Nunão, Sinceramente não sei se a velocidade maior é tão eficiente assim em estabelecer vantagem na época do míssil BVR e do radar AESA. Sem dúvida era fator importante na época do canhão (metralhadora) e da observação visual e ainda nos primórdios da era do míssil e do radar, mas acho que a tendência é que perca sua importância do mesmo modo que ao meu ver a “supermanobrabilidade”. Mas de modo geral entendo o argumento e inclusive o utilizava no passado aqui mesmo para defender a superioridade do F-22 frente outros vetores. Hoje, menos! A rigor, dos requisitos explícitos de… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

E vamos e venhamos, esse negócio de ocidental achar que tudo que vem da mídia ocidental e do Ocidente ser nocivo porque vem da “elite” capitalista formada por brancos machos velhos cisgênero de olhos azuis e tudo que vem da Rússia ou da China ser benéfico e verdadeiro além de hipocrisia pura e simples é de uma ingenuidade sem tamanho. Não conheço um que leia essas porcarias orientais e esquerdistas com olhar crítica e isento. É só a mais pura admiração. Ou seja, a regra de ser democrata e ter que ver os dois lados da moeda na prática não… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

o doberman pegou um comentário meu.

Bosco
Visitante
Bosco

Quanto ao supercruzeiro, melhor ter e não precisar que precisar e não ter. Ou seja, parabéns aos russos que pretendem que seu caça de 5ª G possa tê-lo.

WFonseca
Visitante
WFonseca

XFF – 30 setembro – 01:04 – O assunto aqui é empuxo vetorado mas que bom que você me alertou: CNN, BBC, Globo… são alinhados? Puxa e eu bobão lendo eles. MSN, The Guardian, Bloomberg, Al Jazira etc. também são alinhados? Até já vi umas faixas e cartazes onde se lia “abaixo a Rede Globo” e me perguntava se tinham esquecido da Record, Rede TV, Band ou se estes canais estavam liberados para gente consumir. Além do Sputnik, poderia me indicar outras mídias que publicam a verdade? Achei interessante o fato de justo a Rússia, onde jornalistas que falam mal… Read more »

donitz123
Visitante

O Sputnik não falou nada que não fosse de conhecimento geral há muito tempo. O novo motor do Su-57 deverá dar a capacidade de super-cruise. Caça de 5ª geração tem que ter essa capacidade. Será que o J-20 que os chineses disseram ter entrado em operação tem super-cruise? Provavelmente não então é da 4.9ª geração.

Bosco
Visitante
Bosco

Donitz, Ninguém está criticando este artigo específico do Sputnik. Até eles falam o óbvio de vez em quando a respeito do tema “defesa”. O problema são alguns “fatos” que só a eles é dado o direito de conhecer e a mais nenhum mortal do mundo. Quando eles não dão “furos” de reportagem eles até se saem bem. E quanto às suas análises sobre a política externa do Putin, particularmente nem me incomoda porque o jornal tem direito a ter uma linha editorial específica e fazer a análise que lhe aprouver, mesmo porque a mídia ocidental não é diferente. Volto a… Read more »

Gabriel Oliveira
Visitante
Gabriel Oliveira

Isso que o Bosco falou sobre a sputnik tem muito de verdade a sputnik é quase uma agência de propaganda russa,reparem bem ela jamais quase nunca crítica o governo,assim como no ocidente temos a Globo,CNN,BBC dentre outras.Na verdade a gente hoje em dia tem que ler as coisas sempre nas entrelinhas,a midia hoje parece que travalha em nome de agendas e não de fatos ,mas quanto ao novo motor e a capacidade supercruise deve proceder,outra coisa será se a capacidade stealth dele será semelhante ao F-35 ou F-22?

Ypojucan
Visitante
Ypojucan

Bom, vamos ao fatos: O novo motor (izdeliye 30) é um design “clean-sheet”, ou seja, não é uma modernização do motor do Su-35 como alguns querem levar a crer. Foi pensado com o conceito de ser um motor com maior potência, mais leve, com menor número de componentes e com custo de operação menor. Diz-se que elementos “stealth” estarão presentes nesse motor, agora, se será na forma de bocais serrilhados ou alguma outra, veremos quando for realmente apresentado. Em 2015 foi efetuado o primeiro “hot test” em bancada e no corrente ano, já foi testado em vôo numa plataforma de… Read more »

Manuel Flávio
Visitante
Manuel Flávio

XFF 30 de setembro de 2017 at 1:04

A Sputnik faz um jornalismo panfletário bem ao estilo Pravda e Izvestia.
A propósito: os russos diziam que o Pravda (tradução: verdade) não dizia verdade e o Izvestia (izveshchat: informar) desinformava.
No Brasil só quem acredita no PT, PC do B & porcarias afins leva a sério a Sputnik.

XFF
Visitante
XFF

Manuel Flávio 30 de setembro de 2017 at 13:12 >>>,
Na opinião, o jornalismo da Sputink é mais sincero do que as imprensas controladas por Washington. Claro que cada imprensa tem seus exageros, mas a Sputink não foge tão da realidade não. Sputink é uma alternativa boa de informação.

ScudB
Visitante
ScudB

Amigo Manuel!
A piada original é um pouco diferente (mas não deixa de ser hilário ) : na “Pravda” não tem informação , e na “Izvestia” não falam a verdade.
Na forma geral a Sputnik nada mais nada menos que uma “revista tipo exportação” da agencia Russian Today (ate 2014 – RIA Novosti) .Principal pagador do canal é governo Russo com 6.5 Bi dos presidentes mortos por ano! Isso não explica a quantidade da porcaria que esses semi-jornalistas escrevem. Mas explica o tom geral das publicações.
Um grande abraço!

WSMDAL
Visitante
WSMDAL

Sputnik News = Russia Today = Fox News = Breitbart News = InfoWar

J.Silva
Visitante
J.Silva

Iria comentar duas questões sobre a boa provocação do Bosco sobre a necessidade de supercruzeiro, mas as duas já foram explanadas pelo próprio Bosco e pelo Clésio Luiz: . Bosco 30 de setembro de 2017 at 6:47 “Quanto ao supercruzeiro, melhor ter e não precisar que precisar e não ter….” . Clésio Luiz 29 de setembro de 2017 at 19:25 “O supercruise e o TVC do F-22 tem outros efeitos…Essas duas características não tem substituto em interceptação e combate aéreo. O F-35 não tem simplesmente porque ele é uma aeronave de ataque, simples assim…” . Complemento dizendo que o Su-57… Read more »

Zé
Visitante

Chegou no melhor da discussão: tática. Para um caça furtivo a pior opção não é “virar e tentar fugir? Já que o setor da retaguarda não aumenta a assinatura radar e infravermelho?

WSMDAL
Visitante
WSMDAL

Apenas para constar, tanto o Sputnik News como o Russia Today são meios cujo controlador é o Governo russo.

PEDRO HENRIQUE PEREIRA SOARES
Visitante
PEDRO HENRIQUE PEREIRA SOARES

Precisamos aprender a ler a mesma notícia de diversas fontes, copilar a informação e então retirar o que e de proveito de cada fonte. Todos as mídias visam uma coisa chamada lucro, logo todas serão parciais, a Sputnik, BBC, Globo entre outras. Façam um teste, leiam a mesma matéria na Veja, o Globo, Brasil247. Verão que terão acesso a três pontos de vistas, então poderão formular sua verdade com base no seu próprio conhecimento, mas com um diferencial, saberão dos outros pontos de vista. Acredito que boa parte dos comentaristas do site tem uma birra especial pela Sputnik! A Sputnik… Read more »

Fabiano Martins
Visitante
Fabiano Martins

O título da matéria fala sobre o novo motor do Su57 ,ai pegam e misturam o assunto com ideologia tosca, isso embola o debate e o leva a outra direção.

XFF
Visitante
XFF

PEDRO HENRIQUE PEREIRA SOARES 1 de outubro de 2017 at 9:08 … >>>>,

Disse tudo, Pedro!