Home Aviação de Caça Caças Saab Gripen operam em estradas novamente

Caças Saab Gripen operam em estradas novamente

25345
53
Caça JAS-39C Gripen operando em estrada

A atividade faz parte da Aurora 17, o principal exercício militar sueco em mais de 20 anos

Durante o Exercício Aurora 17, aviões de combate JAS-39C Gripen estão treinando o pouso em estradas públicas. O primeiro pouso ocorreu na área de Gotland, na Suécia, em 6 de setembro.

Este treinamento visa reduzir a vulnerabilidade dos aeródromos militares da Suécia com a capacidade de operar a partir de estradas públicas para operações de combate aéreo. A atividade demonstrou que é possível realizar operações aéreas com aeronaves Gripen a partir de um grande número de estradas. É um novo conceito de combate baseado em uma fórmula já introduzida na década de 1990. A força armada continuará a desenvolver este método de treinamento no futuro.

— A força armada conduz esse treinamento porque esperamos que um oponente potencial afete nossas bases aéreas comuns e limite nossa capacidade de decolagem e pouso. O conceito de treinamento é aumentar as áreas de operações para além das bases aéreas regulares. Hoje, a extensão da área de operações começou, avaliamos partes da estrada que permitirão pousar a aeronave com ações simples, — disse o brigadeiro-general Gabor Nagy.

O treinamento faz parte do exercício Aurora 17 que está ocorrendo na Suécia. Começou em 11 de setembro e terminará no dia 29. É o maior exercício das forças armadas realizado na Suécia em mais de 20 anos. Seu objetivo é aumentar as capacidades de defesa para enfrentar um ataque contra a Suécia. Um total de cerca de 19.000 homens e mulheres das Forças Armadas Suecas e funcionários de cerca de 40 outras agências participam do exercício junto com unidades militares da Dinamarca, Letônia, Estônia, Finlândia, França, Lituânia, Noruega e Estados Unidos.

FONTE: blogbeforeflight.net

53
Deixe um comentário

avatar
53 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
29 Comment authors
GILMARANDERSON RODRIGUESpc90ADRIANO MADUREIRAteropode Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Antonio de Sampaio
Visitante
Antonio de Sampaio

Lindo esse avião, e um dos motivos de compra pela FAB, foi sua simplicidade de operação.
Vendo o preço de 18 FA18, e tendo-se em conta que em termos de sistemas embarcados e tipos de armas que o Gripen E que pode transportar, além da tecnologia adquirida, só mesmo sendo da turma da uruca para criticar essa compra.

LucianoSR71
Visitante
LucianoSR71

A 3ª foto de cima p/ baixo é sacanagem : nova versão movida a hélice gigante ?

André Luiz.'.
Visitante
André Luiz.'.

“Hoje, a extensão da área de operações começou” …
Redatores, essa frase no texto do artigo ficou estranha. Talvez algum erro na hora de traduzir do artigo original. Não seria “Hoje, a extensão da área de operações aumentou“?
De resto, lembra a história de um Mirage III E-Br do GDA que pousou numa rodovia (http://www.aereo.jor.br/2012/05/02/cade-aquele-f-5b-que-estava-aqui-o-mirage-comeu/). Eu ouvi uma vez que depois que a equipe da FAB chegou no local, resolveram o problema e o piloto conseguiu levantar voo dali mesmo!.. Isso é lenda?! 🙂
Abraços!

tomcat3.7
Visitante
tomcat3.7

E o povo ainda lamentando por não termos escolhido o SH(que é um excelente vetor assim como o Rafale que eu tanto apoiei, mas que são caros de manter) após a postagem da oferta aos canadenses.kkk
Parabéns à Fab por sua escolha acertada e dentro de seu padrão/sua condição de manter e operar.
O Gripen já está nos levando a outro patamar da aviação militar.

Bueno
Visitante
Bueno

Qual a configuração de armas do Gripen na 2º e 3º foto?

Billy
Visitante
Billy

Os russos e os bolivarianos nem precisariam se dar ao trabalho de bombardear nossas estradas.

Antonio de Sampaio
Visitante
Antonio de Sampaio

Vira lata detected. Como diria Galvão Bueno: “Fez lá sua graça.”

Fresney
Visitante
Fresney

Se fosse operar em estradas aqui com esse asfalto irregular esse monte de buracos e os pedágios. Seria difícil!!!! Espero que cheguem logo !!!!

Bardini
Visitante
Bardini

Bueno, Iris-T e Meteor.
.
Não lembro se o Meteor já está operacional por lá. Talvez seja aeronave de testes, por conta dos adesivos na fuselagem. Mas não sei de cabeça.

Bueno
Visitante
Bueno

Valeu Bardini!
4 Iris -T e 2 Meteor.

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

André Luiz, na Suíça, os Mirage IIIS operavam de estradas também. E saiba que na concorrência que resultou na sua compra, seu desempenho de pista foi considerado melhor que o Draken sueco, a quem ele derrotou para se tornar o principal caça suíço até a chegada do F-18 nos anos 90. . Aliás, muitos associam a operação de jatos em estradas com os suecos, mas na verdade isso era algo praticado pelos dois lados na Guerra Fria. No lado ocidental, existe boa documentação dos alemães, britânicos e suíços fazendo exercícios fora de base. Já do lado vermelho. pode-se ver que… Read more »

Guilherme tonhao
Visitante
Guilherme tonhao

Não sei se esses caras sabem, mas o Brasil é cheio de estradas boas e com condições de pousas um GRIPEN.
Não acredita ? Entra no google Maps e começa a pegar rodovias bem distantes do sertão, e em regiões de fronteiras. Dá pra achar um monte em bom estado.
Algumas estradas são até parecidas com aqueles de filmes que se passam nos “desertos” dos EUA.

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz
Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz
Tico
Visitante

Com esse radar atual desse caça, o gripen C seria capaz de a aproveitar de todo o alcançe do meteor, ou o meteor ficaria sub-utilizado?

Nunão
Visitante
Nunão

“Bardini 14 de setembro de 2017 at 15:30
Bueno, Iris-T e Meteor.
Não lembro se o Meteor já está operacional por lá. Talvez seja aeronave de testes, por conta dos adesivos na fuselagem. Mas não sei de cabeça.”
.
Bardini, o Meteor foi declarado oficialmente operacional na Força Aérea Sueca no ano passado. Fizemos várias matérias relacionadas a isso, segue uma delas:

http://www.aereo.jor.br/2016/07/11/missil-meteor-da-mbda-entra-em-servico-no-gripen-da-forca-aerea-sueca/

Nunão
Visitante
Nunão

Ops, no caso, o link acima é de uma matéria que publicamos a partir de material de divulgação. Entre as matérias que efetivamente fizemos, está a do link abaixo:
.
http://www.aereo.jor.br/2016/05/19/a-estrela-da-semana-foi-o-gripen-e-mas-a-saab-nao-se-esqueceu-do-gripen-c/

Nunão
Visitante
Nunão

Tico, o link acima deve responder à sua pergunta.

André Bueno
Visitante
André Bueno

A aeronave do vídeo estava com um tanque na linha central. Deve ter rodado entre 300m e 400m tanto no pouso como na decolagem.

gustavo
Visitante
gustavo

Recarreguei a pagina e não aparece o vídeo Nunão.

carvalho2008
Visitante

Excelente Mestre Galante!! . No pega pra capa são coisas assim que acabarão funcionando pois aerodromos possuem cep de endereço de correio….todos elas estão ou estarão mapeadas logo no inicio de qualquer conflito…será a primeira infra para ir pro vinagre. . Seria interessante uma materia sobre um estudo da USAF sobre o uso de skijumps em pistas e aerodromos. O estudo focava usar kits de rampas similares a da Royal Navy para permitir a decolagem de caças nos pequenos trechos de pista que não fossem bombardeados ( o trecho intervalo da pista que eventualmente passe ileso entre uma boma e… Read more »

Tico
Visitante

Valeu nunão, não lembrava dessa matéria , mas realmente respondeu a minha pergunta.

Manuel Flávio
Visitante
Manuel Flávio

Essa estrada não é nada. Tinha (ou ainda tem..) no YouTube um exercício no qual o Gripen decolava a partir de uma pista de terra.

Nunão
Visitante
Nunão

“gustavo 14 de setembro de 2017 at 19:00
Recarreguei a pagina e não aparece o vídeo Nunão.”

Não entendi de que vídeo você fala, Gustavo. Não postei vídeo nenhum.

Juarez
Visitante
Juarez

Nós fizemos algo “semelhante” na década de oitenta com os Xavantes do 3º do 10º na operação rodo pista. A PRE do RS interditavam parte da RS 287 e o decolavam e pousavam usando um posto de combustível como “estacionamento.Bons tempos.

g abraço

Flanker
Visitante
Flanker

André Luiz.’. 14 de setembro de 2017 at 13:53 André, o pouso de emergência, que eu tenho conhecimento, foi não de um, mas de 2 F-5 do Grupo de Caça. Estavam voando em elemento e o aeródromo de destino fechou por mau tempo. Tiveram que alternar, mas o mau tempo era em uma área muito extensa. Mesmo assim, as aeronaves conseguiram pousar. Pelo meio da nuvens, conseguiram avistar uma rodovia e não tiveram dúvidas, pois estava voando só no cheiro da querosene. Foram para o pouso. O primeiro pousou bem e o segundo, quase tocando o solo, viu um fusquinha… Read more »

Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

A oferta do SH canadense contempla vários itens além da aeronave em si. Muitas vezes, o pacote de sobressalentes, peças, motores extra, treinamento e armas sai tão caro quanto a aeronave em si.
Não temos como comparar com o que pagamos no Gripen, até porque se trata de algo em desenvolvimento e sem os “extras” que ofereceram aos canadenses.
Não duvido nada que cada Gripen da FAB completo, com todo suporte e armas a perder de vista, custe o mesmo que um F35 de prateleira.

Sds

Flanker
Visitante
Flanker

Juarez 14 de setembro de 2017 at 19:54
Nós fizemos algo “semelhante” na década de oitenta com os Xavantes do 3º do 10º na operação rodo pista. A PRE do RS interditavam parte da RS 287 e o decolavam e pousavam usando um posto de combustível como “estacionamento.Bons tempos.

g abraço

Juarez, essas operações ocorreram também, ao menos em duas ocasiões, num trecho da BR-392, um reta de mais de 10 km que existe na saida de Santa Maria em direção ao sul do estado. Usavam também o pátio de um posto como estacionamento.

Um abraço.

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

No vídeo do post tem uma fumacinha na decolagem.

Bruno
Visitante
Bruno

A FAB deveria ter mandado observadores para o exercício.

Walfrido Strobel
Visitante

Clésio Luis, o F-5 tambem foi testado na grama nos EUA e depois no Vietnam.
. https://m.youtube.com/watch?v=VQgg7k13ZSE

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

Senhores Walfrido Strobel e Clésio Luis, neste vídeo o tigre é pousa na areia sem problemas. Nos 6min do vídeo mais precisamente.
https://m.youtube.com/watch?v=BFuXvE9WXbM

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

LucianoSR71 14 de setembro de 2017 at 13:28
Cria um “colchão” de ar e facilita a decolagem. (rsrs).
TYem cheiro de chá mofado no ar ai pra riba.
___________________________________

Filandeses tb o fazem e nos Noruegueses ?
____________________________________

Na España as carreteras nacionais tem locais que a FAE tem como opções.
____________________________________

Lindas fotos.
____________________________________

Espero que o F 39 fique tão confiável quanto o JAS 39.

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

Ivanmc, eu já conhecia aquela filmagem, inclusive já vi um trecho bem mais comprido com direito a aeronave paquera mostrando ele pousando.
.
Mas aquelo ali não é areia (aí seria na praia 🙂 ) e sim terra ou outro tipo relativamente duro.

LucianoSR71
Visitante
LucianoSR71

Carlos Alberto Soares 15 de setembro de 2017 at 6:14
Vc falou em colchão de ar e o pior é que tem um ekranoplano ( que utiliza esse princípio ) c/ uma hélice no leme:
comment image
Abs.

Ivanmc
Visitante
Ivanmc

Clésio Luis 15 de setembro 2017 at 9:04.
.
É isso aí. O Freedom Fighter é rústico encara tudo. Eu acho que o nosso NG irá por essa vertente de rusticidade e durabilidade.
Sds.

teropode
Visitante

Menos de 100 metros para decolar …. , um excelente canivete de bolso ,fura e corta bem , a FAB estarah bem servida !

gustavo
Visitante
gustavo

Perdão o vídeo do Galante !

André Luiz.'.
Visitante
André Luiz.'.

teropode 15 de setembro de 2017 at 10:43
Só por curiosidade… Um F-15, armado, decola em menos de 100 m? Segundo li da ficha do F15E , ele consegue! Outros colegas contestam…!

ADRIANO MADUREIRA
Visitante
ADRIANO MADUREIRA

Fico pensando em uma bela aeronave como o Gripen-E pousando em nossas asfaltadas e niveladas estradas do Brasil…

André Luiz.'.
Visitante
André Luiz.'.

Flanker 14 de setembro de 2017 at 20:15
Só vi sua resposta hoje, Flanker! Valeu ! 🙂

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

100 metros? Tá mais para 300. F-15 decolando em 100 metros só se for em teste de rampa (como nos PA ingleses e russos) e ainda assim com pouca ou nenhuma carga.

André Luiz.'.
Visitante
André Luiz.'.

Clésio Luiz 15 de setembro de 2017 at 15:14
Ok. Nosso amigo, LucianoSR71, também manifestou incredulidade quanto a isso (foi naquele artigo sobre a possibilidade de Israel adquirir F-35B… http://www.aereo.jor.br/2017/08/05/israel-demonstra-interesse-na-variante-stovl-do-f-35/)
Eu, humildemente, “sigo o relator” ! 🙂
Abraços!

carvalho2008
Visitante

Os testes com F-15 em skijump foram se não me engano em aproximadamente 180 a 400 metros, mas não informa a carga de combate especifica….apenas revela que eram teste de operação com razoavel carga de combate….deve ter ficado vetada a informação no relatorio publicado pois ….
.
O que relatorio permite ver factualmente é uma redução de 60% da distancia de rolagem para cargas identicas em metodos diferentes.
http://www.dtic.mil/dtic/tr/fulltext/u2/a237265.pdf

teropode
Visitante

A.Luiz ha videos mostrando o F15C decolando dentro deste limite ai ,mas um F15E carregado (lotado de bombas inteligentes,burras e misseis )eu nunca vi , em uma missão ar ar pode ateh ser , mas uma coisa é tirar a bun** do chão , a outra é subir antes de bater na cerca ,em carros ou arvores é por isso que os engenheiros escolhem pistas com o dobro da distância , vai que passa um veado na frente ,principalmente se for em area rural ,kkkkk

teropode
Visitante

Adriano madureira , ha muitas rodovias “privatizadas ” de excelente qualidade , cito a BR-381,BR-116 ,BR-040 , ja não posso falar a mesma coisa da regiao norte ,mas acredito que pistas rurais da regiao amazonica podem ser preparadas rapidamente para o pouso do F-39 , o vídeo deixou uma suspeita que se precisar ele reduz esta distância , pra mim foi uma decolagem curta conservadora !

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Clésio Luiz 14 de setembro de 2017 at 15:56
Belo vídeo, Hungria nos velhos tempos.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Walfrido Strobel 14 de setembro de 2017 at 21:03]
Ivanmc 14 de setembro de 2017 at 22:28
Show !

pc90
Visitante
pc90

Olá galera.
A titulo de curiosidade, esse novo airframe do Gripen E/F limitam de alguma maneira a operações deles a partir de estradas ???

Grato.