Home Aviação de Caça Angola negocia nova compra de caças Sukhoi Su-30K com a Rússia

Angola negocia nova compra de caças Sukhoi Su-30K com a Rússia

6186
54
Um Sukhoi Su-27UB Flanker C angolano

A Forca Aérea Angolana deverá receber 18 aviões Su-30Ks, em vez dos 12 já encomendados ao abrigo de um contrato de 1 bilhão de dólares, noticiou a imprensa russa, que confirma a negociação para a compra adicional à Rússia, pelo Executivo angolano, de seis aparelhos de caça. A concretização do acordo permitirá ao Governo de Moscou libertar-se de todos os Su-30Ks devolvidos pela Índia em 2011.

A aquisição de 18 aviões Sukhoi Su-30Ks pelo Estado Angolano à Rússia — mais seis do que inicialmente previsto — foi noticiada pelo jornal russo Kommersant, que cita fontes militares.

Segundo a publicação, Angola e Rússia estão negociando o reforço da encomenda efetuada em 2013, para entrega de 12 caças Su-30Ks, prevista num contrato de 1 bilhão de dólares.

Os aparelhos fazem parte de uma frota de 18 aviões adquirida pela Índia entre os anos 1996 e 1998 e devolvida em 2011, nos termos do acordo celebrado com Moscou, que previa a substituição dos Su-30Ks pelos Su-30MKI, modelos mais avançados.

Um dos Su-30K para Angola

Com a troca, a Rússia começou a procurar compradores para os 18 Su-30Ks devolvidos — que têm sido revisados e modernizados em Baranovichi, na Bielorrússia — tendo estabelecido contatos, além de Angola, com a Bielorrúsia, Sudão e Vietnam.

Chegou a ser noticiado anteriormente que Angola ficaria com os 18 aparelhos, mas o negócio fechou-se numa dúzia, número que agora, diz o jornal russo Kommersant, está sendo renegociado.

Até à data nenhum dos 12 aparelhos comprados em 2013 chegou a Angola, prevendo-se que comecem a ser entregues ainda em 2017.

FONTE: www.angola24horas.com

54
Deixe um comentário

avatar
54 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
36 Comment authors
Joaquim Ricardo Cavalcanti de AraújoрусскийFernandoClésio LuizRprosa Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Robert Smith
Visitante
Robert Smith

Interessante…. comprou em 13 e não recebeu ate 2017? porque?
Outra “revisados e modernizados em Baranovichi” o que foi feito, apenas a manutenção de rotina em aeronaves com mais de 15 anos de uso ou alguma real atualização de sistemas com novas e melhores capacidades? alguém se habilita?

Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

Essa devolução indiana é medonha.
Duvido que só questões políticas motivaram. Logo depois, começou o furor para comprar o Rafale e não se fala mais no formidável Flanker.
Quanto aos angolanos, bom negócio.
Pensar que a aeronave parte de lá e chega até Natal configurado pra ataque.

ederjoner
Visitante

18 aparelhos usados por 5 anos, não é muito tempo de uso, mas também acho demorado estas entregas, lá se vão anos parados. Não acredito que toda esta demora seja em função de serviços a serem feitos nas aeronaves, esta mais com cara de falta de grana, falta de chegarem a um acordo comum. Esta mudança no número de aeronaves também pode nos levar a acreditar que até agora não aviam chegado a um acordo… Sobre as revisões, e se for mesmo “apenas $$ 1 bilhão”, não acredito em modernização, 18 SU-30 com este uso devem ser “apenas” revisados, talvez… Read more »

Caio
Visitante
Caio

Um bom aparelho para nacoes de grande territorio, pena que foi preterido no Brasil ,.por um projeto espero que venhamos a nos decepcionar.

Corsario137
Visitante

Os referidos aparelhos nunca foram entregues porque nunca foram pagos, não houve a contrapartida financeira. Se vai haver agora é o que vamos aguardar pra ver. O presidente muda em Agosto depois de 30 anos no poder. Se o negócio fechar logo saberemos o que foi…

ScudB
Visitante
ScudB

Srs!
Tudo é muito mais simples , na realidade…
Na época a companhia Irkut (fabricante e vendedor) , para evitar a devolução dos impostos de “importação” (ja que produto saiu da Russia) , deslocou os bichinhos para Bielorussia (Fabrica n558 de Manutenção dos aviões – ZVA) com intuito de conservá-los e … aguardar.
Depois , foram despidos (trocaram a pintura posteriormente) , modificados (trocaram 1/4 de equipamento eletrônico trazido da Russia) e vendidos para Angola.Devido a cadeia de produção recente o valor atual de 18 equivale a inicial de 12.
Um grande abraço!

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Paulo Jorge, a distância entre Luanda e Natal é de mais de 5.000 km.
Sem reabastecimento, um Su-30 armado cairia no oceano Atlântico pouco depois da metade do caminho (alcance máximo armado de 3000 km).

SmokingSnake
Visitante
SmokingSnake

Caio – O que você escreveu não faz sentido, o Gripen E tem alcance maior e é mais rápido do que o su-30, o Rafale então seria melhor ainda… esses russófilos ainda insistem nessa de que sukhoi seria melhor para o Brasil por causa do tamanho do país, piada.

Tamandaré
Visitante
Tamandaré

Scud, meu caro, grato pela explicação. Mas eu ainda não compreendi onde entra a questão do atraso. Porque o contato foi fechado em 13 e até agora (17), nada foi entregue? Os aviões começaram a ser devolvidos em 11, logo em seguida às buscas por compradores se iniciaram. Fechou-se acordo em 13. Não deu pra entregar nem uma mísera unidade em 4 anos? O motivo seria falta de pagamento? Ou algum pedido de revisão contratual? Falta de assinatura em algum papel….?

Se algo me escapou a percepção, peço desculpas! Rsrsrsrsrs forte abraço

Delfim Sobreira
Visitante
Delfim Sobreira

Angola vai pagar, numa conta mental, oitenta e três milhões de trumps por cada aeronave usada, e pior, pelos indianos ?
Deus bendito…
E o presidente José Eduardo dos Santos vai terminar seu pé de meia em grande estilo pelo visto… Luís Inácio perto dele é um burro miserável.

donitz123
Visitante

Off topic mas importantíssima.
.
Ukraine starts liquidation of legendary aircraft manufacturer Antonov
.
https://www.rt.com/business/397547-ukraine-antonov-company-liquidation/

Arilson Marchi Barbosa
Visitante

Acho eu que depende dos contratos, se esta tendo atrasos já estava incluído no contrato, uma das vantagens é que os aviões estão mais modernos e vão ser entregues este ano.

Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

Rafael,

Não é Luanda e sim Angola…
Toda operação envolve REVO. Você está considerando o Flanker liso, mas me refiro a operações com 1 REVO pra ir e outro pra voltar.

Alfredo Araujo
Visitante
Alfredo Araujo

“Paulo Jorge 26 de julho de 2017 at 18:51”
.
Meu amigo… Da um Google por favor ! POR FAVOR !
Vc está ACHANDO tanta coisa errada. Leia a história da devolução dos Su-30K, antes de suspeitar de algo… Pelo amor !!!!

Bardini
Visitante
Bardini

Que? Um Su-30 partindo da Angola consegue atacar Natal? Com um REVO na ida e outro na volta?
.
Fala sério…
Jesus é o piloto?

sergio ribamar ferreira
Visitante
sergio ribamar ferreira

Poderíamos ter um esquadrão de Sukoy 27. Só um esquadrão. Só par adquirir conhecimento. Caso dê certo, parcerias. Não sou russófilo ou americanófilo, apenas gostaria de ter uma FaB com uma segunda lonha de defesa e adquirir experiência. Cansei de oportunidades perdidas. Se quiser um esquadrão de F16 também serviria e muito. Super Honet e Rafale, esquecem. Até MIg 29. apenas ume esquadrão. Um ou outro e de quebra alguns helis de ataque, também para adquirir conhecimento, manusear á aeronave. Cansei de sonhar. Só país desenvolvido, e que possa ter poder de dissuasão.

Drferr
Visitante
Drferr

Com os Gripen da África do Sul armazenados, Angola torna-se mais ainda a potência militar da região. Na época da compra do Gripen houve também muita polêmica sobre propina. É um mal dos países pobres …

Tadeu 54
Visitante

Se queres manter a paz, prepara-te para a guerra, bem diziam os romanos…… É uma boa compra para Angola, agora….. tem que pagar os russos antes, daí a demora na entrega, o tempo da Guerra Fria onde a URSS doava armas ficou no passado !

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Sergio, seria pior ainda. Criar toda uma cadeia logística para operar aeronaves caras de se manter e que simplesmente não se integraria às nossas infra-estruturas existentes, etc. Seria um gasto enorme para poucas vantagens.

MadMax
Visitante
MadMax

Bardini, você não entendeu, eles cruzam o Atlântico de navio, desembarcam em João Pessoa, e atacam de lá.

Juarez
Visitante
Juarez

Bardini, ti estas levando em conta as tecnologias russo Marcianas plug and play, utilizando o portal estelar do meio do atlantico.

G abraco

Israel
Visitante
Israel

Eu concordo com o Sérgio! 1 Esquadrão, tipo elite ou reserva, para aprendizado até para construir uma aeronave NOSSA, Made in Brazil…. olha…. e também um heli de ataque NOSSO… ummmmmm…. é pra se sonhar… olha o Osório! Se tivesse esse dinheiro, iria na FAB perguntar se eles operariam e no Ministério para saber se junto com a FAB e a nossa inteligência, iniciariam uma engenharia reversa! Fica aí a dica!

Jeff
Visitante
Jeff

Finalmente achei uma pintura de jato mais feia que a da nossa FAB.

Guizmo
Visitante
Guizmo

Pô, na boa. Cansa todo e qualquer post sobre caças russos, virem comentários sobre o Brasil que poderia ter adquirido, etc, etc. Já foi, acabou, passou. Perdeu no 1o short list do Fx2 por questões técnicas. Não é pq o avião é enorme que o raio de ação é proporcionalmente gigante. Essa ideia de atacar Natal a partir de Luanda é pra rir né?

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Nada de novo……
Angola usa armamento russo há muito tempo…..
José Eduardo dos Santos, que tomou o lugar de Mobutu como maior corrupto africano, é aliado do déspota corrupto do Kremlin…..

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

Tenho que rir com o Pensamento de alguns que dizem que o GRIPEN tem raio maior que os Sukhoi ,e quem apoia os Sukhoi são russófilos , mas ao se olharem no espelho ,ainda não perceberam que têm claramente suas MENTES COLONIZADAS , coitados !!

Ramon Grigio
Visitante
Ramon Grigio

Oxe, RAIO DE AÇÃO de 5.500+km em configuração de ataque, com 2 revos apenas?
Qual a carga? 01 (uma) FAB-100?

Gente, é mais de 3 vezes o ALCANCE máximo da aeronave em configuração de translado. Façam as contas antes…

Satyricon
Visitante
Satyricon

Com a morte de Kaddafi, José Eduardo do Santos se tornou o homem mais rico da África, e um dos mais ricos do mundo. Como controla o país a décadas, tudo passa por ele. Como exemplo, existem 2 empresas telefônicas no país, sendo uma de sua filha, e outra do seu filho (ai fica fácil, não?). O mesmo acontece com empresas aéreas, minas de diamante, logística, varejo, tudo. Acontece que a base da economia angolana são hidrocarbonetos (petróleo). Desenvolveram um endividamento recorde com a alta do petróleo na década passada (barril acima de U$ 100,00) com USA, China, Brasil, UE,… Read more »

sub-urbano
Visitante
sub-urbano

Angola é um Brasil em miniatura, é um país ultra corrupto e de uma desigualdade brutal. Esse contrato de 1 bilhão parece ter sido bom negócio levando em conta que os russos acabarão por fazer toda a manutenção das aeronaves.
.
No entanto a Africa hoje esta praticamente pacificada com a União Africana que é mantida pela China… era melhor ter pego esse bilhão e comprado uma variedade maior de equipamentos para COIN, uns MI-35, algumas muambas pra infantaria e afins…

Jeff
Visitante
Jeff

“Como controla o país a décadas, tudo passa por ele. Como exemplo, existem 2 empresas telefônicas no país, sendo uma de sua filha, e outra do seu filho…”
.
Que tristeza ler isso em pleno século 21. E pior é saber que não estamos tão longe disso aqui no BR.

Caio
Visitante
Caio

Smokingsnake nao sou russofilo como acredito que voce nao seja um russofobico. O SU 30 relamente poderia ser bem enquadraddo no nosso pais, tanto pelo seu raio de acao que sem revo, e maior que o Rafale e o gripen,E Hornet 1850km, 800km, super hornet 722 km, respectivamente , quanto ao su30 3000km. A infra estrutura para essa aeronave tambem nao seria problema visto que a Venezuela os utiliza e eles so tinham o pequeno f16. Nao somos mais incompetentes do que eles. Custo de operacao? Argelia, Malasia, Uganda, e India tambem operam esse aparelho, e nos nao somos proprocionalmente… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

jose luiz esposito ( 27 de julho de 2017 at 10:28 ); . O raio de ação depende de vários fatores, todos relacionados a configuração e a maneira como se fará a missão ( perfil da missão )… . Falando de forma bem genérica, a maior desvantagem de tipos mais leves como o ‘Gripen’ é ter de levar combustível em tanques extras, se quiser fazer o mesmo que os grandes. Mas isso não muda o fato de que podem essencialmente fazer o mesmo na esmagadora maioria das situações… . A razão de ser de caças imensos como o ‘Flanker’ é… Read more »

ScudB
Visitante
ScudB

Amigo Tamandaré!
Pelo que li , o gen. da FAN Francisco Afonso exigiu as modificações que devem ser concluídas ate o final de 2017. Primeiro avião 100% pronto decolou em fevereiro.
Um grande abraço!

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Caio, raio de ação é o ponto que ele pode atacar e voltar – ou seja 1500km no caso do Su-30. 3000km é o alcance, ou seja, o caça teria que atacar e pousar no local, pois o combustível acabaria.
É complicado comparar raios de ação e alcances de caças, pois nem sempre sabemos se a informação se refere a um ou a outro. E mesmo quando é possível saber diferenciar, temos que saber o que exatamente estão levando (mísseis, bombas, tanques externos, etc) para a comparação ser justa.

Bardini
Visitante
Bardini

Caraca… Como alguém pode acreditar que o Su-30 pode ter um raio de ação de 3.000 km? . Então… enchem o bicho de combustível, equipam ele com trocentos kg de armamento… Aí decola para missão, fazem 3.000 km até o objetivo, gastam alguns minutos por lá e retornam 3.000 km. Assim… Na base da mágica. O segredo é usar Vodka como combustível? . Vamos ver o que a Sukhoi tem a dizer: Su-30МК Maximum flight range (with rockets 2xR-27R1, 2xR-73E launched at half distance) – at sea level, 1270 km – at height, 3000 km . Dividam estes números por… Read more »

Jeff
Visitante
Jeff

Acho que com a doutrina e treinamento que as FAs aqui do Brasil possuem, não seria difícil para manter aviões de qualquer fabricante, acho até que manteríamos melhor que os próprios russos no caso do SU-30. Mas já comprem com um grande estoque de peças, já que esse é um ponto problemático deles.
Aqui não é Venezuela, pelo menos por enquanto.

Juliano Bitencourt
Visitante
Juliano Bitencourt

Qual terá sido o tamanho da propina? Por que todo país comunista termina num mar de corrupção?
Creio que se a Africa do Sul assim quiser, derruba Angola com um peteleco. Apesar da deterioração provocada pelos governos comunistas a partir do comunistão Mandela(terrorista sanguinário), aquilo ali ainda está muito na frente do resto da Africa.

Tamandaré
Visitante
Tamandaré

Scud, compreendo agora. Mais uma vez, grato por sua atenção. Forte abraço, meu caro!! 🙂

sergio ribamar ferreira
Visitante
sergio ribamar ferreira

O brigado leandro costa e Israel. Gosto de esclarecimentos. mantenho minha posição. Apenas um esquadrão, como bem disse Israel(reserva) para pois adquirir tecnologia. Grande Abraços.

sergio ribamar ferreira
Visitante
sergio ribamar ferreira

Errata: …Obrigado…

ScudB
Visitante
ScudB

Amigo Bardini!
So uma correção para sua analise : Ferry range dos Su-34/35 – 4.500 km (com 2 tanques PTB-2000). Com 1 REVO – 7000 km.
Um grande abraço!

Juarez
Visitante
Juarez

Com que carga alar e que perfil de missão ScudB???

G abraço

Rprosa
Visitante
Rprosa

Comparar o raio de combate entre aviões pode-se demonstrar uma tremenda má-fé, posto que caças como Rafale, Gripen, SH-18 entre outros podem mensurar seu raio de combate em algumas centenas de milhas ou milhares de km, mas tal performance somente é obtida com o uso de tanques externos de combustível, sacrificando estações de armas, bem com aumentando o seus rcs e degradando a performance, enquanto o raio de combate do SU-30 e mensurado apenas com combustível interno, ficando todas as estações de armas livres para uso. Para se ser justo, deveríamos apenas comparar o raio de combate entre aeronaves utilizando-se… Read more »

Bardini
Visitante
Bardini

2.000/2.300 km de raio de combate para um Su-30?
Ahamm…
.
Drop tank causa arrasto. Se a motorização não tiver um bom desempenho na queima, ou seja, se não for “economica”, não adianta muito aumentar a secção transversal da aeronave e queimar algumas toneladas de combustível para percorrer uma pequena distância a mais.
Você já viu um Su-30 usando drop tank no mundo real?
Pois é, talvez não compense o investimento $$$…

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Impressionante como as pessoas vêm aqui querer que qualquer comparação entre os Sukhois e os demais caças se dê em critérios diferenciados que os favoreçam. Antes de mais nada, achar que um Sukhoi vai decolar com combustível e carga máxima ao mesmo tempo, ainda que esteja com todas as estações de armamentos livres já que não usa drop tank, além de risível é desonesto! Ou seja, por mais que Gripen, Rafale e Super Hornet decolem com drop tanks, o Sukhoi ao decolar com combustível máximo não o fará com carga máxima de armas, até porque sequer conseguiria decolar com um… Read more »

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

HMS TIRELESS, Os AL-31 não deixam nada a dever aos seus pares ocidentais, tanto em consumo específico, quanto em potência e desempenho em voo. E o motor RD-33 do MiG-29 idem. Não ponha a culpa dos devaneios de alguns nos coitados dos motores 🙂

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

Bardini, muitos tem arraigado a crença de que, pais grande igual a caça grande. Mas esquecem que a Suécia é vizinha da Rússia, e os caças desta estão a minutos de voo das fronteiras suecas. Quem derruba outras aeronaves é piloto, radar, míssil e canhão. Coisas que o Gripen não deixa nada a dever ao seu adversário russo, muito pelo contrário. . Na USAF, não tem piloto de F-16 que não se garanta perante o muito maior F-15 em combate BVR, inclusive um foi a público dizer que caso a USAF tirasse o Eagle de operação, eles estariam muito bem… Read more »

Fernando
Visitante
Rprosa
Visitante
Rprosa

Bardini eu ainda fui conservador, posto que segundo a HAL, o alcance dos SU-30 MKI com dois tanques externos é de 5.000 km, sendo que em conta de padaria o raio de combate ficaria em 2500 km, http://www.authorstream.com/Presentation/rohit.gupta98-580076-su-30-mki-fuel-system-hal/, mas como o equipamento é russo é não presta, o tanque externo não agregaria alcance ao vetor, seria só mais um penduricalho inútil, porém nos caças ocidentais o uso dos tanques externo justifica pois aumenta o alcance do vetor sem degradar a performance da maquina. Quando se fala que os especialista do Trilogia comentam sobre um viés estritamente antirusso, possuindo, dois pesos… Read more »

Bardini
Visitante
Bardini

Rprosa, acho que a Sukhoi deve conhecer melhor sua aeronave. http://www.sukhoi.org/eng/planes/military/su30mk/lth/ . Não estou querendo dizer que Su-30 não presta. Não é esse o foco. É uma baita aeronave, mas não faz milagre. Agora, na boa… se você quer acreditar que um Su-30 pode ter esse alcance todo, seja feliz. Eu não acredito. E acredito menos ainda no Su-34. . Por mim no quesito defesa aérea, mais vale ter um caça com eletrônica no estado da arte e que se possa operar e manter $$$, como o Gripen E e com suas boas qualidades, em um momento de necessidade, dispersá-los… Read more »