Home Aviação de Transporte KC-390 na Irlanda

KC-390 na Irlanda

7659
55


Ontem, dia 22 de junho, o KC-390 matrícula PT-ZNJ partiu de Le Bourget com destino à Irlanda, onde pousou às 19h00 (UTC + 2:00) na Base Aérea de Casement (arredores de Dublin).

No dia de hoje (23) o site do flightradar mostrou que a aeronave realizou um voo nas proximidades da Base Aérea, retornando para a mesma pouco mais de uma hora depois. Este foi, muito possivelmente, um voo de demonstração para as autoridades militares locais.

Após o almoço a aeronave decolou de Casement e seguiu para o Aeroporto Internacional de Dublin. Um curto voo de menos de meia hora.

Desde que partiu do Brasil no último dia 11 de junho, o KC-390 já passou pela Suécia e pela França. A expectativa agora é de que a aeronave siga para Portugal para novas demonstrações, antes de rumar para o Oriente Médio e o Sudeste Asiático.

Em recente entrevista, Jackson Schneider, vice-presidente da área de defesa e segurança da Embraer, informou que a aeronave fará um tour por 40 dias e será demonstrada em diversos locais do planeta.

Subscribe
Notify of
guest
55 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ivo
ivo
3 anos atrás

e foto que aparece na pagina principal?
eu quero ela!!

Clésio Luiz
Clésio Luiz
3 anos atrás

É, se quer vender tem que ser assim, ir atrás dos clientes. Eu lembro de pelo menos dois casos de aeronaves estrangeiras fazendo demonstrações na Amazônia. Um foi o C-295 e o outro foi o Kamov Ka-27 (não lembro a versão). Ambos executaram missões típicas da região para demonstrar sua adequação às nossas necessidades. O Espanhol conseguiu uma venda, o russo não.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
3 anos atrás

ivo, tem ela na página da FAB no Flickr em todos os tamanhos. Aproveite e dê uma olhada no resto. O Sargento Batista tem um olho muito bom para fotografia:
.
https://www.flickr.com/photos/portalfab/28695404916/sizes/l

Luciano
Luciano
3 anos atrás

É vamos admitir, ninguém imaginava essa parada na Irlanda, então podemos ter várias outras surpresas nesse tour de mais de 40 dias – que é bastante tempo. Façam suas apostas …

igortepe
igortepe
3 anos atrás

Já fizeram testes de voo com carga?

Nonato
Nonato
3 anos atrás

Essas viagens todas contam para a certificação?
Ou não realizam testes específicos?
Vão acabar rodando o mundo.
Poderia ir para Israel e Síria…
Paquistão..
Taiwan…
Papua nova Guiné…
Moçambique….
Índia…
E mandem fabricar máquina de contar dinheiro…
Muitos aviõezinhos….

ivo
ivo
3 anos atrás

Clésio Luiz 23 de junho de 2017 at 19:40
ivo, tem ela na página da FAB no Flickr…….

obrigado Clesio, já ta na parede.

Renato Carvalho
3 anos atrás

Aviões, grãos, minérios, carne..enfim riquezas que infelizmente não se traduzem em benefícios aos brasileiros, até quando?

JT8D
JT8D
3 anos atrás

Nonato 23 de junho de 2017 at 21:23
Isso, ir para a Siria é uma grande ideia. E se o avião conseguir voltar de lá, poderia ir para a Coreia do Norte também

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
3 anos atrás

Clésio Luiz 23 de junho de 2017 at 19:24
O EB vai de Sherpa.
O 390 precisa vender rápido de 15 a 20 unidades …. ai deslancha, se não ….
D’US me ouça.

JT8D
JT8D
3 anos atrás

Renato Carvalho 23 de junho de 2017 at 22:25
Até quando o brasileiro deixar de ser estúpido e parar de votar em ladrões

Nonato
Nonato
3 anos atrás

Percebo muitas críticas ao Brasil.
Não gosto dessa visão negativa.
Corrupção é um problema, mas não sei até que ponto ela é a causa dos males.
Mas ninguém aponta soluções.
Alguns políticos falam muito em educação. Mas o que seria isso?
Aumentar o salário dos professores?
Não se vê um projeto educacional efetivo.
Quanto ao KC 390 na Síria, poderiam colocar uma blindagem e 20 toneladas de bombas.
Ou uns 4 canhões de grosso calibre…

Leonardo M.
Leonardo M.
3 anos atrás

O kc390 só conseguirá clientes depois que tiver todos os certificados aprovados e estiver operando na fab.
Talvez Portugal leve antes, mas eles são parceiros no projeto e produzem diversas partes do avião.

Alex
Alex
3 anos atrás

Criticar o Brasil é o esporte principal do brasileiro, auto-estima no dedão, os estrangeiros que o digam.

ederjoner
3 anos atrás

Com certeza o KC 390 vai impressionar muita gente importante, e com poder de decisão, mas um coisa é certa, trata-se de uma compra muito importante, por isso, a FAB precisa começar operar logo esta aeronave, pois isto dará dados reais para os interessados. Não duvido da capacidade da aeronave, mas estamos falando da aquisição de um equipamento de deve operar por 30 anos, desta forma, todos vão querer garantias. Portugal esta fazendo a coisa certa, como parceiro no projeto, fará seus pedidos, isso certamente diminui o tempo necessário para demonstrar as habilidades do KC 390 aos seus potenciais compradores.… Read more »

Antonio de Sampaio
Antonio de Sampaio
3 anos atrás

Esse avião vai vender, pode apostar, é um avião de classe mundial, não fica nada a dever a projeto ou avião algum de sua classe, pelo contrário, os supera amplamente em muitos aspectos.
O KC-390 já saiu de Dublin e está sobre a Costa da África, será que está indo para as Canárias? ou seja, voltando pra casa?
Ou pode estar contornando a África com destino a Nova Zelândia.

Zampol
Zampol
3 anos atrás

Estranho esse possível cliente: não existe porpriamente uma Força Aérea Irlandesa.
Mas vejamos com bons olhos, porquê, se até uma força aérea incipiente se interessa pelo avião (por sua versatilidade?) quer dizer que compra-lo é realmente um bom negócio. É a pátria da Ryanair, de voar econômico essa gente entende!

Renan
Renan
3 anos atrás

40 dias não entendo como um avião desde pode passar 40 dias operando fora de sua base.
E as manutenções?
Meu medo é subestimar o desgaste de componentes secundário e provocar algo ruim.
Qualquer coisa bem feita ira ajudar um pouco nas vendas
Mas um pequeno problema pode atrapalhar muito as vendas.
Espero que seja muito bom o cronograma de manutenção desta máquina.
Abraços

Felipe Morais
Felipe Morais
3 anos atrás

“Poderia ir para a Síria.”
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Meu Deus Nonato, vai tirar um cochilo que isso é sono.
_____________
Meu medo é esse, essa crise política atrapalhar tudo. Se a FAB, que já está envolvida em um projeto imenso (gripen) não colocar os KC390 logo em suas bases, podemos ter um novo Osório?

Portugal aparentemente fará sua parte, OK. Agora se o Brasil não fizer a sua…
Não dá para confiar em Argentina, para alavancar esse projeto. Cadê a República Tcheca?

Antonio de Sampaio
Antonio de Sampaio
3 anos atrás

Fez uma pernada grande, passou direto por Las Palmas, está neste momento pousando na Mauritânia.
Acho que vai mesmo para a Nova Zelândia pela rota da África, lembrando que a África era um de seus roteiros de visita, e a Mauritânia já opera o Super Tucano.

JT8D
JT8D
3 anos atrás

Felipe Morais 24 de junho de 2017 at 11:21
No caso do Osorio a Engesa quebrou, porque ela bancou o desenvolvimento e correu o risco. No caso da Embraer, o desenvolvimento foi pago pela FAB. Se o Brasil não comprar o KC390 (o que eu acho completamente improvável, para não dizer absolutamente impossível) será azar do Brasil, porque a Embraer não terá nem um centavo de prejuízo, muito pelo contrário. Mas comparar a administração de fundo de quintal da Engesa com uma das empresas mais eficientes do mundo não tem cabimento

Drferr
Drferr
3 anos atrás

Senhores, há previsão para outras versões do kc? Tais como patrulha marítima, gunship, cadeirinha, SAR… Seja com instalação de kits ou configurações completas de fábrica?

Leonardo M.
Leonardo M.
3 anos atrás

Achei interessante essa visita a Irlanda uma vez que o corpo aéreo deles só consiste se alguns treinadores, helicópteros e alguns Casa CN235…
Se eles ficaram interessados é porque precisam talvez de 1 ou 2 unidades para usar em transporte/cargas/ajuda humanitária etc…
A força deles do corpo aéreo não tem mais de 30 aeronaves, interessante isso…

camargoer
3 anos atrás

Olá JT8D,
A FAB já adquiriu 28 unidades do KC390. O que ainda não ocorreu foram exportações.

JT8D
JT8D
3 anos atrás

camargoer 24 de junho de 2017 at 14:16
Comprar comprou. Mas tem que pagar

Elias
Elias
3 anos atrás

Ao contrário da nossa classe política, corrupta, incompetente, nossa indústria de defesa é competentíssima, haja vista que nossos produtos competem com sucesso em pé de igualdade com as grandes potências.
Devemos separar o “joio” do “trigo”, ajudar na limpeza ética e politica do país e aplaudir os poucos desenvolvedores de tecnologia que são exemplo de competência e dignidade para nossa sociedade.

Wellington Góes
Wellington Góes
3 anos atrás

Taí, uma boa surpresa se a Irlanda comprar alguns KCs. Eles estavam fora do “meu radar”.

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
3 anos atrás

Tem que ir atrás dos clientes mesmo, quem não aparece , não é lembrado!!!

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
3 anos atrás

JT8D,
Mesmo que a FAB não pague mais nada, já pagou os dois protótipos.
No mais, Embraer pode levar uns calotes (atrasos no pagamento) e mesmo a compra pode não chegar nos 30, mas ela tem força suficiente para pressionar o GF a comprar uma boa quantidade de KC-390.
Irlanda, agora Mauritânia.
Se são possíveis clientes será surpreendente, até porque não são usuários do C-130, que seriam, supostamente, o foco do KC-390. Isso demonstraria ainda mais o quanto a Embraer entende de vender seus produtos.

Antonio de Sampaio
Antonio de Sampaio
3 anos atrás

Já se especula, em alguns meios influentes muito fortes, a mudança da linha de montagem do KC-390 para os Estados Unidos, alguns também dizem que o E-195E2 teria o mesmo destino.
Vamos aguardar, mas esse boato está cada vez mais forte.
Irlanda não ponho fé, eu nem sabia que tinham Forças Armadas, quando mais uma Força Aérea.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
3 anos atrás

Antonio de Sampaio,
O que seriam, ou melhor, quais seriam os “meios influentes muito fortes”?
Sobre as Forças Armadas da Irlanda vale a pena ver o excelente filme Jadotville, disponível no Netflix.

Luiz Antonio
Luiz Antonio
3 anos atrás

Esse é o Brasil que dá certo. Infelizmente em poucas coisas damos certos. Alguem aí falou em apontar soluções. Na minha visão existe apenas uma: Remover tudo o que existe e começar novamente com EDUCAÇÃO DE PAIS pois estes são os que fornecem a educação básica. Depois a EDUCAÇÃO DOS PROFESSORES que terão a tarefa de formar com a educação academica. O Resto é consequência. O DNA da nossa sociedade é mediocre e é o motivo de toda essa bandalheira. Os políticos corruptos são produtos de cidadãos corruptos, de pais e maes corruptos..forjados nos lares desse povo essencialmente corrupto e… Read more »

Luiz Antonio
Luiz Antonio
3 anos atrás

Muitos ridicularizaram o projeto dessa aeronave e até a compararam com certos “projetos” propinalescos. Quebraram as caras, pois esse “aviãozinho” ja esta dando o que falar lá fora.
Parabéns EMBRAER…chumbo neles

Jr
Jr
3 anos atrás

Claro né Antônio Sampaio a Embraer gastou uma fortuna para construir uma linha de montagem do KC-390 no Brasil, para simplesmente depois transferir essa linha para os EUA, faz todo o sentido Antônio. A única maneira de se abrir outra linha de montagem do KC-390 nos EUA é caso a USAF compre o avião, fora isso não faz o menor sentido financeiro. Quanto a Irlanda, pelo que vi no Twitter o KC-390 fez realmente uma demonstração para o pessoal da IAC e parece, pelo que alguns Irlandeses falaram lá, a IAC esta procurando um avião de transporte.

Luiz Fernando
Luiz Fernando
3 anos atrás

Antonio de Sampaio… melhor dizer meios influentes muito fortes que seus meios influentes andaram bebendo algo muito forte!!!
Mais uma da série “travelling on the maionese!!!”

Farroupilha
Farroupilha
3 anos atrás

Gostei da faixa amarela que aparece nos motores, e da linha também amarela na fuselagem, na foto do KC-390 da chamada da matéria. Ficou com um ar bem mais high tech.

Têm umas dúvidas aí nos comentários já n vezes respondidas e outras por total preguiça de pesquisar. Haja paciência de algumas boas almas que ainda as esclarecem.

Zampol
Zampol
3 anos atrás

Hoje està em Ghana. Outro possivel cliente?

Clésio Luiz
Clésio Luiz
3 anos atrás

Parece que ele está indo para a África do Sul:
.
https://www.flightradar24.com/data/aircraft/pt-znj#ddaf363

Clésio Luiz
Clésio Luiz
3 anos atrás

Está pousando na Namíbia. Escala ou demonstração?

Antonio de Sampaio
Antonio de Sampaio
3 anos atrás

Pouca distância para uma escala, acho que demonstração.
Lembrando que Mauritânia e Gana já são clientes Embraer, já operam o Super Tucano, em 2013 o Brasil construi um moderno hangar para a Força Aérea de Gana via BNDES.
Temos alguns laços com eles também. Outro cliente potencial.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
3 anos atrás

A distância voada foi de cerca de 5.800 km, muito próximo dos 6.100 km de alcance máximo de traslado. Eu diria que é escala mesmo, já que o aeroporto que ele pousou é civil.

Antonio de Sampaio
Antonio de Sampaio
3 anos atrás

Mas ele pousou em Ghana ou passou direto?? se pousou e saiu de Ghana, a distância entre Accra, onde presumo ter pousado por ser a capital, e Windhoek na Namíbia é de 3648 Km. Se ele saiu de Ghana, talvez tenha sido demonstração e não escala. De Dublin até Nouakchott foram seis horas e quinze minutos de voo, acho que o maior realizado pelo KC-390 até hoje. Outra coisa, o Flight diz que voou direto de Nouakchott a Windhoek, num tempo de voo de quase onze horas (10:47), acho que está errado, ele parou em Ghana antes. Mas é possível… Read more »

Caerthal
Caerthal
3 anos atrás

A Índia compra um pouco de tudo. Quanto a Namíbia, parece que temos boas relações com eles, em especial da Marinha.

Nilo Rodarte
Nilo Rodarte
3 anos atrás

Esse avião vai ser uma grata surpresa. Uma curiosidade que eu tenho: num eventual amadurecimento do aparelho ele poderia “crescer” facilmente sem muita alteração no projeto? Tipo coloca mais alguns metros no comprimento, alguns centímetros na altura, pra poder carregar mais carga e concorrer com transportes maiores? Daria pra fazer isso só aumentando a potência dos dois motores ou seria necessário aumentar mais dois?

Antonio de Sampaio
Antonio de Sampaio
3 anos atrás

Nilo Rodarte 25 de junho de 2017 at 19:38 O KC-390 foi projetado desde o início para “crescer”, quem disse isso foi Paulo Gastão durante o roll out, suas asas foram projetadas para permitir que seu corpo fosse facilmente alongado, sem grandes mudanças ou dificuldades, então já estava nos planos da Embraer desde o princípio, a possibilidade de se criar um “Super KC”, a partir do atual, se pode aumentar sua altura no compartimento de carga, poder pode, mas não sei se seria tão simples. Quanto aos motores, mesmo que seja criado um avião maior a partir do atual, não… Read more »

Clésio Luiz
Clésio Luiz
3 anos atrás

Acho a possibilidade de alongar ele baixa, já seu compartimento de cargas já é maior que o do Hércules. Aliás, poucos clientes adotaram o Hércules alongado. Eu só lembro do Reino Unido.

Jr
Jr
3 anos atrás

Fotos do KC-390 na baldonnel casement aerodrome air base e no aeroporto de Dublin

https://hiveminer.com/Tags/baldonnel,force
https://hiveminer.com/Tags/baldonnel,eime

Jr
Jr
3 anos atrás

Mandei dois comentários com links de fotos do KC-390 na Irlanda, mas não sei porque ambos não foram aprovados

Alexandre Galante
Reply to  Jr
3 anos atrás

Jr, nosso plugin anti-spam barra comentários com links. Obrigado!

Antonio de Sampaio
Antonio de Sampaio
3 anos atrás

Clésio Luiz 25 de junho de 2017 at 20:18 Pouca gente usa o C130J-30?? UK eu sei que usa. A França e Alemanha usam qual?? a versão J apenas?? O problema é que o Super Hércules basicão é caríssimo, e pouca gente pode dispor de dinheiro para pagar, ou seja, o KC-390 não compete com o modelo J, e sim com o J-30, o maior e mais moderno deles, ainda assim ponho mais fé no avião da FAB, leva mais de seis toneladas a mais de carga, além de maior em altura e largura, também é um avião muito mais… Read more »

Jr
Jr
3 anos atrás

Sim Galante eu só lembrei desse detalhe depois de já ter mandado o meu comentário.