Home Aviação de Caça China divulga seu caça FC-31 no Paris Air Show

China divulga seu caça FC-31 no Paris Air Show

6722
31
Shenyang J-31 (FC-31)

A China está determinada a explorar o mercado de aviões militares das nações desenvolvidas com o caça furtivo FC-31 (J-31) feito no país, disse o projetista-chefe do avião nesta segunda-feira.

Lin Peng, do Instituto Shenyang de Design e Pesquisa de Aeronaves da Aviation Industry Corp da China (AVIC), disse ao China Daily em entrevista exclusiva que o FC-31 recebeu muita atenção de potenciais compradores estrangeiros.

A AVIC possui um modelo do FC-31 em exibição no 52º Internacional Paris Air Show, que abriu na segunda-feira no aeroporto Paris-Le Bourget. Esta foi a primeira vez que a gigante de aeronaves estatal trouxe seu último avião de combate secreto para um show aéreo ocidental e a segunda vez para o FC-31 é exibido em uma exposição estrangeira. O primeiro foi no 14º Dubai Airshow nos Emirados Árabes Unidos em novembro de 2015.

“Nós nos esforçaremos para usar o avião de combate de quinta geração para conquistar uma fatia no mercado de aviões militares das nações desenvolvidas”, disse ele.

Lin disse que a aparição do FC-31 em Paris tem como objetivo demonstrar as capacidades da China na pesquisa e desenvolvimento de aviões militares avançados e para permitir que os potenciais compradores conheçam mais sobre o avião para que eles possam se comunicar “em profundidade” com a AVIC sobre o avião de combate.

Maquete do FC-31 exposta no Paris Air Show

O FC-31 ainda não está em produção, mas essas aparições destinam-se a gerar interesse que poderá levar a vendas.

O show aéreo, que se acredita ser o maior e mais influente desse tipo no mundo, também é uma ótima ocasião para que o caça de produção chinesa possa competir com seus homólogos, acrescentou o designer.

O FC-31 foi apresentado em outubro de 2012 como um avião de combate bimotor e de evasão de radar. Naquele momento, o primeiro protótipo fez o seu primeiro voo, tornando-se o segundo caça de quinta geração do país, após o J-20, que fez seu primeiro voo em janeiro de 2011. A Força Aérea do Exército Popular de Libertação já começou a receber exemplares do J-20.

Lin disse que o FC-31 possui alta capacidade de sobrevivência, uma baixa assinatura de radar, contramedidas eletrônicas superiores, grande capacidade de informação, percepção de situação situacional e capacidade de combate além do alcance visual.

A aeronave tem uma grande baia de armas e vários pontos duros externos que são capazes de transportar mísseis ar-ar e armas ar-terra, chinesas ou estrangeiras, disse ele.

As especificações da AVIC dizem que o FC-31 tem um peso máximo de decolagem de 25 toneladas métricas, um alcance de combate de 1.200 km e uma velocidade máxima de Mach 1.8 ou 2.205 quilômetros por hora. Pode transportar 8 toneladas métricas de armas e tem uma vida de serviço projetada de até 30 anos.

Fu Qianshao, especialista em aeronaves da Força Aérea da China, espera que o preço do avião seja de cerca de US$ 70 milhões, cerca de metade do Lockheed Martin F-35 Lightning II dos Estados Unidos, que é o único avião de combate de quinta geração disponível no mercado e que os EUA vendem apenas para aliados.

Li Yuhai, vice-gerente geral da AVIC, disse anteriormente a jornalistas que a AVIC planeja usar o FC-31 para “pôr fim aos monopólios de algumas nações em aviões combate de quinta geração” e este avião “pode ​​competir com qualquer outra aeronave do tipo”.

FONTE: China Daily

31
Deixe um comentário

avatar
31 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
25 Comment authors
JodreskiRicardo Da Silvabit_lascadoJ-20carcara_br Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

A China já ultrapassou a Rússia com o J-20. O FC31 não passa de um low de luxo para exportação e pode receber encomenda do Paquistão e alguns países do Oriente Médio em resposta à chegada do F35 na IAF.

Emmanuel
Visitante
Emmanuel

Seria interessante para o Brasil ter umas unidades desse avião?
Pergunto isso porque o F-35 tem um custo unitário muito alto.
Talvez com um recheio Ocidental desse um excelente vetor de 5ª geração para países como o nosso.
Abraço a todos.

Renato Carvalho
Visitante

Pular do J-10 para um 5° geração foi algo espantoso…aguardando os próximos passos do Dragão.

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Emmanuel

Não há razões para a FAB ter um caça desses. Ela já bateu o martelo pelo Gripen E.

Alem
Visitante
Alem

Guilherme Poggio
Gripen E é 5º geração?

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Nem se sabe se esse FC-31 é mesmo de 5a geração. De qualquer maneira, a FAB não tem motivos para adquirir uma aeronave dessas dentro do nosso teatro de operações e perspectivas futuras. Nem mesmo temos orçamento para uma biboca dessas.

Tico
Visitante

70 milhões de dólares a unidade,pode até acontecer, mas se me lembro, acho que o preço do F-35 também era planejado para ser da ordem dos 70 milhões,mas uma coisa aqui, outra ali e o preço do caça subiu antes dele mesmo.Mas se conseguirem comercializar a aeronave a este valor, os países que não puderem por as mãos no avançado caça americano,terão esta opção que a China poderá até usar como forma de pressão contra os EUA, para que este pense duas vezes antes de fornecer caças avançados a Taiwan na forma do próprio F-35,pois eles poderão fornecer este ao… Read more »

JPC3
Visitante
JPC3

“”US$ 70 milhões””

No fim tecnologia custa caro, caças russos e chineses se aproximam cada vez mais dos custos dos caças ocidentais.

Se custa caro é porque é bem feito.

Alex Nogueira
Visitante
Alex Nogueira

Ao menos no quesito “beleza” já está 10/10, resta saber se em desempenho e manutenção vai ser 10/10 também hehe

*realmente está com preço bem próximo dos ocidentais, resta saber o quanto o shape é realmente “stealth” e o quanto a eletrônica embarcada é boa.

teropode
Visitante

Senhores este ai eh o VERDADEIRO MATADOR de Migs , vai abocanhar todos os antigos clientes do Mig 29 , a China esta substituindo rapidamente os Russos no fornecimento de armas para paises antes clientes da URSS !

teropode
Visitante

Motores ? A Ucrania pode substituir os Russos .

Bardini
Visitante
Bardini

Quem anda de olho nesse caça ai é o Paquistão.

Alex Nogueira
Visitante
Alex Nogueira

Provavelmente o Paquistão está bem satisfeito com o desempenho geral do JF-17 e como eles tem F-16C/D block 50/52 para comparação, acredito que o material Chinês não é ruim de tudo.

Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

O F16 paquistanês é grampeado. Eles precisam de algo digamos mais agressivo.

Bardini
Visitante
Bardini

Eles precisavam/queriam mais F-16s. Lhes foi negado.
.
O grosso dos JF-17s que eles tem é Block 1 e 2, que não são lá grandes coisa. Os novos Block 3 é que são “melhorzinhos”, mas não se tem quantidade.
E o JF-17 continuará sendo um caça de segunda linha pra fazer volume… Eles tem um punhado de F-16s A/B que não vão durar pra sempre.
.
Já saiu noticia a algum tempo citando interesse por 30-40 unidades desse FC-31. Mas certamente será necessário os chineses terminarem o caça, já que volta e meia ele aparece com modificações…
.
Só o tempo dirá. Mas esse FC-31 é interessante…

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

Bardini, reza a lenda que eles também queriam o J-10, mas só de sacanagem a China não vendeu.

Eduardo Pereira
Visitante
Eduardo Pereira

O 5 g do Brasil será, junto com a Suécia será o Saab 2020 q será a evolução natural do Gripen !!!

Skyraider
Visitante
Skyraider

Esta semana estava abordando o tópico sobre a equação radar, RCS e etc. em minha aula de ondas e antenas, onde falei sobre a suspeita dos segredos do F-117 abatido no Kossovo ter sido repassado aos chineses. Meu aluno veio com essa: já deve então ser possível comprar caça stealth no Ali Express. Taí o caça!

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Em dias …..]
O IR 31 do Irã …. ai sim ….

Zmun
Visitante
Zmun

Os chineses não cansam de inovar. O desenho do J-31 é realmente espetacular, até agora eu não consegui descobrir onde fica a abertura da fornalha para alimentação do turbina russa movida a carvão. Algumas fontes afirmam que é possível usar aditivos para tornar a fumaça colorida, mas ninguém apresentou provas.

Bardini
Visitante
Bardini

Clésio Luiz, não dá pra confiar em gente que come cachorro…

Paulo Jorge
Visitante
Paulo Jorge

Ninguém irá abrir a carteira de nenhum 5g até ficar claro quem utilizará o F-35 e qual o efetivo potencial da aeronave. Não adianta torrar bilhões num stealth e a vizinhança toda de 4,5g com o quíntuplo da quantidade.

Alfredo Araujo
Visitante
Alfredo Araujo

“Paulo Jorge 23 de junho de 2017 at 15:58
A China já ultrapassou a Rússia com o J-20.”
.
Como que vc sabe ? Quais os fatos envolvidos para a afirmativa acima ?

SmoKingSnake
Visitante
SmoKingSnake

Deviam ter vergonha de mostrar essa cópia barata.

Mateus Rocha
Visitante
Mateus Rocha

Vi um comentário em cima afirmando q a China já ultrapassou a Rússia com o j-20 que é um caça de 5° geração. Q Rússia não tem um motivo grande para apressar o desenvolvimento do t-50 q e seu caça de 5° geração pois tem em seu arsenal o Su-35 um dos melhores se não o melhor caça de ‘4° ++ ou plus plus” do mundo.

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Emmanuel 23 de junho de 2017 at 16:26 Seria interessante para o Brasil ter umas unidades desse avião? Pergunto isso porque o F-35 tem um custo unitário muito alto. Emmanuel, assim como os russos os chineses são péssimos de logística para suprimento o que dizer então da doutrina que deveria ser adaptada para operar com um caça tão diferente dos nossos brothers ” Yankes”. Se desejamos ter um caça opcional ao Gripen NG, voto que fosse pelo F-16 Block D que substituiria os atuais F-5M com muito folga e daria um salto extraordinário em operacionalidade como em superioridade aérea, porém… Read more »

carcara_br
Visitante
carcara_br

Vergonha é roubar e matar, fazer um avião destes é motivo de orgulho!

Tenho dúvida em relação a manutenção dos caças de 5ª geração, eles exigem alguns cuidados que certamente vão se refletir no momento da compra, digamos que até pra pintar o caça será preciso um contrato muito bem amarrado!

Talvez seja interessante até para a Rússia adquirir algumas unidades, assim eles se focam apenas no caça pesado deles o PAK-FA

J-20
Visitante
J-20

Não sei se fui o único a perceber, mas a maquete que eles colocaram no Paris Air Show é do J-31 da primeira versão, e não o modelo 2.0 que foi avistado no início desse ano. Bem estranho eles fazerem isso. Se querem atrair clientes, eles poderiam ter revelado o segundo caça no Paris Air Show, o que causaria ainda mais espantos. Bem, esperaremos a próxima edição do Zhuhai Air Show, talvez ali eles revelem o novo protótipo.

bit_lascado
Visitante
bit_lascado

O FC-31 lembra muito o YF-22, fuselagem, asas, empenagem, com o canopy que remete ao doF-22A, e as entradas de ar do F-35, ficou faltando só o empuxo vetorado.

Ricardo Da Silva
Visitante
Ricardo Da Silva

O que é melhor :
Cara de 4ª e aviônica de 5ª ou cara de 5ª e aviônica de 4ª?

Jodreski
Visitante
Jodreski

Show mesmo é as pessoas comentando isso e aquilo sobre esse caça do qual sabemos praticamente nada!