domingo, maio 22, 2022

Gripen para o Brasil

Caça Saab Gripen E realiza o primeiro voo

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A Saab anunciou entusiasticamente pelo Twitter que o protótipo 39-8 do caça Gripen E realizou hoje seu primeiro voo.

O tão aguardado voo do Gripen de nova geração acontece em momento oportuno, pouco antes da abertura do Paris Air Show 2017, que começa em 19 de junho.

Em outubro de 2014, o Brasil assinou um contrato de SEK39,3 bilhões (US$ 5,4 bilhões) para a compra de 36 caças Gripen E/F do Programa F-X2.

As entregas das primeiras aeronaves à Força Aérea Sueca estão previstas para começar em 2019.

Assista ao vídeo do primeiro voo:

COLABOROU: Samuel Barros Pysklyvicz

- Advertisement -

27 Comments

Subscribe
Notify of
guest
27 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rafael Oliveira

Alvíssaras!
Já tinha um monte de gente incomodada que o primeiro semestre estava próximo do fim e nada do Gripen E voar – e não estou falando apenas dos maus torcedores, que arrumarão outros motivos para criticar nosso futuro caça, mesmo após esse voo.
Para aqueles que acima de tudo torcem pela FAB e pelo Brasil é uma ótima notícia para começar o dia!

Marcelo

As coisas estão caminhando, e logo teremos nosso novo caça que vai elevar a FAB a um novo patamar. Parabéns à todos os envolvidos!

JT8D

Não é mais um “avião de papel”

ederjoner

Ótima noticia! Não sei como podei existir pessoas dizendo que um projeto de uma empresa como a SAAB não sairia do papel, para os que duvidavam, a resposta esta ai!
Parabéns aos envolvidos.

Rommelqe

Parabéns, excelente noticia! So estava esperando a KCarona do 390. Sorrieux mercier, nous avons á Paris!

Rommelqe

Monsier!

Antonio de Sampaio

Gente, o programa entra agora em outro patamar, uma coisa é existir, todo mundo sabe que existe e tudo, mas um avião tem que voar, é uma máquina voadora, agora que começou a voar, o programa entra em outro patamar, quando começar a lançar munição então…
Lindo e gracioso o nosso caça.

Leandro Costa

Excelente notícia!

Cleber

Bahhhh!!! eu estava ansioso para ver nosso caça voando…que ótima notícia. Caça adequado a nossas condições e ultra moderno. Agora é aguardar pra saber quando ele vai estar totalmente operacional.

ivo

para que e aquele espeto no bico do caça???
qual a finalidade? seria estética ou e funcional?

JT8D

ivo 15 de junho de 2017 at 12:03
Absolutamente nada num caça moderno é puramente estético

José Lemos filho

Ótima notícia!!!! Meninos, daqui pra frente todos os maus augoros será lembrança. As coisa vão melhorar para nossas forças. Belo avião, parabéns.

Rinaldo Nery

O “espeto no bico” chama-se tubo de pitot.

Rommelqe

O tubo de “pitot”, localizado no tal “espeto no bico” destina-se à medição de velocidade. Deve ficar mais à frente da aeronave pois dessa forma o fluxo ao longo da fuselagem nao interfere na medição. Nos aviões comerciais sao instalados normalmente tres pitot redundantes por questões de segurança; podem estar proximo à janela do piloto porque sao avioes subsonicos, etc. No triste episodio do voo da Air France, foi justamente o congelamento de agua no pressure tap do pitot que causou um erro no controle automatico e causou a morte de todos que estavam a bordo.

Marco Claro

Olá,
Decolou com ou sem PC?
Não percebi no vídeo…

SmoKingSnake

U$5.4 bilhões por 36 unidades, faça as contas e veja que cada Gripen está saindo mais caro do que um F-35b!

Rommelqe

Caro ofidio tabagista: o preço divulgado como valido HOJE para o f35, é da ordem de MU$100. Mas neste valor os americanos ja nao estao considerando os investimentos realizados em pesquiza, desenvolvimento, dispositivos especiais para testes e fabricação, etc, etc, etc. Assim, para efeitos contabeis e legais, eles definiram um determinado limite dentro do qual a amortização de todos esses investimentos seria considerado o que, alias e de passagem, é uma pratica totalmente normal e compliance, resultando com que o custo HOJE de um F35 seja somente esse. No caso do nosso Gripen, o valor citado a ser pago à… Read more »

JT8D

Rommelqe 15 de junho de 2017 at 15:17
Ofídio tabagista foi ótimo 🙂

Celso

Alguem ai reparou nas barbatanas logo abaixo dos canards……….alguem sabe o porque delas nesse momento visto q no projeto original nao estavam la………sera q surgiu algum problema direcional ou de fluxo de ar sob a fuselagem…….perguntar nao ofende rsrsrsrsrsrsrs Sds

Fernando "Nunão" De Martini

Celso, não há “barbatana” sob os canards. Se estou entendendo bem o que você descreve a partir das fotos em que vemos o lado direito da aeronave, trata-se do pilone instalado sob a tomada de ar direita, para instalação de pod designador de alvos. Isso existe ali desde versões anteriores do Gripen.

alexandrefontoura2013

SmokingSnake, complementando a resposta do Cel Nery, o programa do F-35 já passou da casa ds 400 bilhões de dólares.

zorannGCC

Parabens!! Parece que o pessoal que suspeitava que ele voaria estes dias estava certo. Muito boa notícia

Kobáuca

Smokingsnake….. fiquei curioso com sua pergunta.. aí tentei fazer uns cálculos de padaria!!! Só pra ter uma ideia!!! Imaginei umas 2 mil unidades do F 35 produzidas a 100 milhoes!!! Se não estiver errado da 200 bilhoes.. o projeto custou 400 bi$$$.. quantas células terão que ser vendidas para pagar os custos de projeto…. 4 mil, 6 mi…
Eu não sei, gostaria que se tiver alguém que tenha noção, pudeste me ajudar a entender!!!

Mike FT

Parabéns a FAB!!!

Celso

Obrigado pela resposta Nunao…..observando mais de perto e voltando a fotos mais antigas do C fica claro sua observacao de q sao pilones para suporte de pod designador de alvos. Sds

Leonardo

Caros, No que se refere a desenvolvimento de material bélico, especialmente no caso dos EUA, não faz muito sentido falar em amortização de custos de R&D por uma razão simples: o objetivo é desenvolver um sistema de armas que cumpra a missão como definido em requisitos, independentemente dele ser ou não vendido para outras nações (CVNs, B-2 e F-22 são casos emblemáticos disso). O intuito de se conseguir mais “parceiros” ou clientes reside muito mais na capacidade de manter a linha de produção ativa, permitindo ‘perenizar’ o supplychain de peças de reposição a custos aceitáveis lembrando que, no ciclo de… Read more »

Vader

Assistindo aos vídeos e vendo fotos do taxi e do maiden flight notei que algumas das portinholas e arestas, tais como as portinholas dos trens de pouso, possuem tecnologia de forma destinada (suponho) à diminuição do RCS e, salvo melhor juízo, cobertura das arestas com material distinto, destacando tais formas. . Alguém por um acaso teve a mesma impressão? . Considerando que a SAAB alega que o RCS desarmado do Super Gripen é de 0,005m2, contra 0,5m2 do JAS-39C/D, pergunto aos mais esclarecidos, esta pode ser uma das razões não? ________________ Na teoria, o Super Gripen é mais caro que… Read more »

Últimas Notícias

Operação Rimon 20: Caçadores israelenses versus caçadores soviéticos

Sérgio Santana O fim da Guerra dos Seis Dias de 1967 deixou as forças israelenses no lado leste do Canal...
- Advertisement -
- Advertisement -