quarta-feira, janeiro 26, 2022

Gripen para o Brasil

Boeing é a primeira a apresentar proposta para o T-X

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Boeing T-X

A Boeing tornou-se o primeiro concorrente a apresentar à Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) sua proposta para o programa de substituição de treinadores de caça (T-X), anunciou a empresa em 30 de março.

Em um tweet afirmando que estava “aumentando o calor!”, a Boeing disse que havia apresentado sua proposta para o Advanced Pilot Training (APT) Family of Systems (FoS) da USAF, como o T-X é oficialmente conhecido. Não foram fornecidas mais informações.

Desenvolvido com a Saab, a oferta da Boeing para o T-X é uma plataforma monomotor de dois lugares que possui uma cabine de comando “glass”, semelhante à do Lockheed Martin F-35 Lightning II, e uma arquitetura de sistemas abertos. Parece incorporar elementos do Boeing F/A-18E/F Super Hornet e do avião de combate Saab Gripen. Apelidado de BTX, o primeiro voo da aeronave foi conduzido das instalações da Boeing em St. Louis, Missouri, em 20 de dezembro de 2016.

Com a proposta da Boeing agora com a USAF, as ofertas dos outros concorrentes são esperadas nos próximos dias. Além da Boeing e Saab, a concorrência do TX está sendo disputada pela Lockheed Martin e Korean Aerospace Industries (KAI) com o T-50A (um derivado do T-50 Golden Eagle) e pela Leonardo DRS com o T-100 (um derivativo do M-346 Master). Uma equipe composta pela Sierra Nevada Corporation e a Turkish Aerospace Industries (TAI) também está desenvolvendo um projeto novo, enquanto a empresa norte-americana Stavatti diz que vai oferecer o seu Javelin reprojetado.

A Textron descartou o Scorpion, que antes era considerado um possível concorrente, enquanto em 1 de fevereiro a Northrop Grumman e a BAE Systems anunciaram que não competiriam para o requisito, apesar de terem tido seu novo modelo 400 fotografado em agosto do ano passado.

FONTE: Jane’s

- Advertisement -

6 Comments

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz

Eu vejo um bom potencial para um caça leve derivado dessa aeronave. Tanto pode partir para um narigudo como o F-5 (eliminando o assento dianteiro) quanto se transformar num corcunda (a-lá Mitsubishi F-1).
.
Com o Gripen E/F ganhando peso e tamanho (o site da SAAB agora fala em 15m) abre-se espaço para um caça “popular” americano para concorrer com o chinês JF-17 e o indiano Tejas.

Rommelqe

O trem de pouso do T-X é praticamente igual ao do Gripen C/D. Este componente é bem diferente daquele do NG, uma vez que nesse ultimo o reposicionamento e novo projeto permitiu aumentar a capacidade de combustivel e de armamentos. O redesenho do trem de pouso do NG resultou em varias outras vantagens mas, por outro lado, decrementou o desempenho no pouso, fazendo requerer maior comprimento de pista e, acredito, admitir/obrigar a operar em pistas de rolamento menos rusticas, dotados com superficie menos agressiva. Acho isso um ponto ruim para quem, como nós, que queremos desdobrar vetores em estradas e… Read more »

Clésio Luiz

Rommelque, que eu me lembre da apresentação do BTX, o trem de pouso é derivado (senão igual) ao do F-16A.
.
Quanto ao Gripen E/F, o trem dianteiro pode até ter capacidade de frenagem reduzida, mas o pneu usado na dianteira é muito mais adequado à pistas rústicas do que o anterior, pelo simples fato de ter diâmetro maior.

Guilherme Poggio

Se a proposta da Boeing ganhar o motor 404 ganha uma sobrevida incrível. Isso ajuda a manter a viabilidade do Gripen C/D no mercado, pois o motor é praticamente o mesmo. Aliás, os suecos ajudaram muito a desenvolver o 404 para aeronaves monoreatoras, que é o caso do BTX.

Guilherme Poggio

Esse vídeo abaixo é muito interessante porque a pessoa pode ver 360 graus ao redor da aeronave.

Ivan

Últimas Notícias

Embraer conclui com sucesso reintegração do negócio de Aviação Comercial

São José dos Campos, 26 de janeiro de 2022 - A Embraer concluiu com sucesso a reintegração dos principais...
- Advertisement -
- Advertisement -