Home Indústria de defesa Mais testes com o míssil JASSM

Mais testes com o míssil JASSM

3179
5
JASSM prestes a atingir seu alvo

A Lockheed Martin realizou testes importantes com o míssil Joint Air-to-Surface Standoff Missile, completando dois testes de voo de verificação White Sands Missile Range, no Novo México.

Com foco na demonstração do hardware e software anti-bloqueio do Sistema de Posicionamento Global (GPS) atualizado, os testes de voo verificaram o funcionamento efetivo em ambientes com e sem GPS. Bombardeiros B-2 e B-52 lançaram os mísseis JASSM em altitudes superiores a 24.000 pés (7.320 m). Os mísseis navegaram e destruíram seus alvos, completando todos os objetivos da missão.

“O JASSM é eficaz em uma variedade de ambientes de missão desafiadores”, disse Jason Denney, diretor de programas de Long-Range Strike Systems da Lockheed Martin Missiles e Fire Control. “Com estas atualizações de produtos JASSM, continuamos a fornecer uma ampla gama de opções acessíveis que garantem uma vantagem tática para os EUA e combatentes aliados.”

B-1B lançando o JASSM

Armado com uma ogiva de fragmentação explosiva penetrante, o JASSM e o JASSM-Extended Range (ER) podem ser usados em todas as condições climáticas. Eles compartilham as mesmas capacidades poderosas e características stealth, embora o JASSM-ER tenha de duas vezes e meia o alcance do JASSM. Além do receptor GPS digital anti-jam aprimorado, estes mísseis de cruzeiro de alta precisão também empregam um buscador de infravermelho para marcar em pontos específicos de alvos.

Eficaz contra alvos de alto valor, bem fortificados, fixos e relocáveis, o JASSM é integrado nas aeornaves B-1B, B-2, B-52, F-16 e F-15E da Força Aérea dos EUA. O B-1B também transporta o JASSM-ER. Internacionalmente, o JASSM é transportado nas aeronaves F/A-18A/B e F-18C/D. Produzido na fábrica da empresa em Troy, Alabama, mais de 2.000 JASSMs foram entregues. A Lockheed Martin entregou o 2.000 JASSM à Força Aérea dos EUA em agosto de 2016.


 
Especificações
O projeto do JASSM incorpora tecnologias e subsistemas comprovados em um veículo aéreo furtivo para atender às ameaças de hoje e de amanhã.

Peso 2.250 lbs/1.020,58 kg
Comprimento 168 inch/4,267 m
Largura >25 pol/>63,5 cm
Cabeça de guerra 1.000 lbs/453,59 kg – Ogiva de Fragmentação
Buscador Infravermelho
Alcance – JASSM >200 MN/ ou 370.4 km
Alcance – JASSM-ER >500 MN/> ou 926 km
Vida útil em armazenamento 15 anos

 
FONTE: Lockheed Martin

5
Deixe um comentário

avatar
5 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Clésio LuizBosco Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Bosco
Membro
Member
Bosco

As armas ar-sup com orientação por imagem passaram por 4 gerações. A primeira, ainda na SGM, utilizava uma câmera de TV no míssil que enviava a imagem para a aeronave lançadora e lá um operador guiava o míssil manualmente contra o alvo. A segunda geração utilizava um sistema de orientação automática onde bastava que o seeker (câmera) fosse travada num alvo pelo operador humano para que o míssil se dirigisse a ele de forma automática. O míssil operava no modo fire-and-forget e o avião lançador podia se evadir logo após o lançamento.O sistema de orientação operava reconhecendo um padrão de… Read more »

Clésio Luiz
Membro
Active Member
Clésio Luiz

O alcance da versão ER, se confirmado depois dos testes, é excepcional.
.
Vendo armas assim, fico imaginando a necessidade de um caça stealth ser capaz de transportar uma Mk.83 ou 84 internamente. Alvos que necessitem de tal poder de destruição não devem ser muito numerosos e mesmo que forem, não devem ser do tipo que o inimigo possa repor rapidamente.

Bosco
Membro
Member
Bosco

Clesão, A ênfase dos Stealths é multiplicar a quantidade de alvos por missão. A arma básica vai ser as bombas SDB. As bombas mais pesadas, notadamente as de penetração como a BLU-116, serão utilizados contra alvos subterrâneos reforçados. Mudando de pato pra ganso, se os russos insistirem em romper o tratado de limitação de armas de médio alcance com a instalação de um míssil cruise de 1500 km de alcance lançado do solo pelo mesmo lançador do míssil tático Iskander, vai haver uma corrida aos mísseis cruise lançados de terra e aí realmente eles serão uma adição bem interessante ao… Read more »

Bosco
Membro
Member
Bosco

Só de curiosidade, o aumento de alcance da versão LR se deve à troca do motor turbojato por um turbofan. Não houve aumento do peso (e nem da quantidade de combustível) do míssil de maior alcance em relação à versão de menor alcance, o que habilita caças a lançarem o JASSM-ER, e não apenas bombardeiros.
Outra fator que possibilita grande alcance desse míssil é o perfil de voo alto, possível pela característica stealth do míssil.

Bosco
Membro
Member
Bosco

Uma curiosidade sobre o JASSM-ER é que ele é tido como tendo uma ogiva de HPM, capaz de desabilitar permanentemente sistemas eletro-eletrônicos.
Diferente da hipotética bomba de PEM, que desabilita sistemas EE por meio da geração de um pulso eletromagnético produzido por uma explosão convencional confinada dentro de um sistema de capacitores (EPFCG), que se auto-destrói, esse gerador de pulso de microondas der alta energia pode ser utilizado contra vários alvos, direcionando o feixe de microondas.
Nada melhor que um míssil stealth pra fazer isso já que ele pode se manter no ar sobrevoando vários alvos sem ser incomodado.