segunda-feira, maio 23, 2022

Gripen para o Brasil

Raytheon e Leonardo se retiram da competição T-X

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

MCKINNEY, Texas, 25 de janeiro de 2017 – A Raytheon Company e a Leonardo decidiram não prosseguir conjuntamente no programa de Treinamento Avançado de Pilotos da Força Aérea dos EUA, conhecido como T-X. As empresas divulgaram a seguinte declaração:

“Em fevereiro de 2016, a Raytheon e Leonardo anunciaram sua intenção de trabalhar na disputa do T-X. Embora permaneçamos confiantes de que o T-100 é uma solução forte, nossas empresas não conseguiram chegar a um acordo comercial que seja do interesse da Força Aérea dos EUA”, disse BJ Boling, porta-voz da Raytheon. “Conseqüentemente, a Raytheon e a Leonardo não irão disputar conjuntamente a competição T-X”.

FONTE: PR Newswire

- Advertisement -

5 Comments

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz

Interessante acontecimento nessa competição. Não me parece que o M-346 tenha dificuldades em atingir as metas de desempenho. Talvez os valores divulgados pela USAF não prometiam um margem de lucro confortável e eles resolveram cair fora.
.
Com isso a disputa agora continua apenas com monomotores.

Clésio Luiz

Um dia depois da desistência da Raytheon, um executivo da Northrop pôs em dúvida a participação da mesma na concorrência.
.
https://www.flightglobal.com/news/articles/analyst-floats-theory-for-northrop-ceos-caution-on-433616/
.
Agora só estão participando para valer mesmo a Boeing e a Lockheed. E se continuar assim, eu acho que a Boeing leva, pois seu produto foi feito 100% pensando nessa concorrência, além de outras necessidades expressadas pela USAF.

Vader

Essa concorrência a Boeing/SAAB vai levar.

Clésio Luiz

A Northrop formalmente saiu da competição:
.
https://www.flightglobal.com/news/articles/northrop-bae-withdrawal-cuts-t-x-bidders-to-two-433729/
.
Agora só restam a Lockheed e a Boeing, ambas usando o mesmo motor F404 com pós-combustão.

Guilherme Poggio

Últimas Notícias

Novas fotos do caça furtivo chinês J-35

Foram divulgadas novas fotos do caça furtivo J-35 de 5ª geração baseado em porta-aviões em desenvolvimento pela China. Baseado no...
- Advertisement -
- Advertisement -