quinta-feira, junho 30, 2022

Gripen para o Brasil

Lockheed Martin entrega o 200º caça F-35

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

F-35A do Japão

O programa Lockheed Martin F-35 Lightning II Joint Strike Fighter (JSF) atingiu outro marco importante no início de 2017 com a entrega do avião número 200, conforme anunciado em 12 de janeiro.

O marco foi atingido com a entrega do segundo caça F-35A para o Japão (AX-2) à frota de treinamento internacional na Base Aérea de Luke (AFB), no Arizona.

A Lockheed Martin e o Joint Program Office (JPO) levaram quase seis anos para entregar 200 aeronaves desde que o primeiro avião foi entregue à Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) em maio de 2011. Nesse período, o programa registrou 75.000 horas de voo enquanto treina mais de 380 pilotos e 3.700 mantenedores.

No âmbito do registro do programa oficial, a Austrália tem um requisito para 100 caças F-35A; o Canadá para 65 F-35A (sujeito ao relançamento do processo de aquisição); Dinamarca para 30 F-35A; Israel para 33 F-35A; Itália para 60 F-35A e 30 F-35B; Japão para 42 F-35A; Países Baixos para 37 F-35A; Noruega para 52 F-35A; República da Coreia para 40 F-35A via FMS; Turquia para 100 F-35A; Reino Unido para 138 F-35B; Força Aérea dos EUA (USAF) para 1.763 F-35A; Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA para 353 F-35B e 67 F-35C; e Marinha dos EUA para 260 F-35C.

O último anúncio de contrato para a produção do Lote 10, concedido em novembro de 2016, foi avaliado em US$ 7,2 bilhões para 90 aeronaves. Quando os contratos de longa duração também são considerados, o custo unitário aproximado para uma aeronave do Lote 10 (excluindo motores) é de US$ 91,4 milhões (média em três variantes diferentes). A Lockheed Martin pretende alcançar o custo unitário do F-35A (a variante mais barata) para US$ 80-85 milhões até 2019 sob o plano Blueprint for Affordability.

FONTE: Jane’s

- Advertisement -

5 Comments

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Matheus Henrique

Isso por que a linha nem está a todo vapor…

Vader

Já passou o Rafail…

Edcarlos

Uns doze desse lá em Anápolis não seria ruim!

Saudações!

Rinaldo Nery

E iam levar o dinheiro da FAB todo. 58 mil Trump por hora de vôo.

Matheus Henrique

Nope! F-35 é demais para a FAB e quem disse isso foi o próprio Jobim hehe, feito pro primeiro mundo. Gripen da canela seca está bom…

Últimas Notícias

45 anos do EMB-111 Bandeirante Patrulha

O projeto do EMB-100 Bandeirante, iniciado antes mesmo do nascimento da Embraer, deu base ao desenvolvimento de diferentes aeronaves,...
- Advertisement -
- Advertisement -