Home Indústria Aeronáutica Rússia vai concluir entregas de Su-30 à Argélia em 2017

Rússia vai concluir entregas de Su-30 à Argélia em 2017

3407
13

su-30mka-argelia

A companhia russa Irkut entregará 14 jatos Su-30MKA à Argélia (Algeria) no próximo ano, aumentando sua frota atual de 44 Su-30MKAs para 58 aeronaves. A Argélia também está negociando a compra de aeronaves de ataque Su-34.

Em seu relatório anual publicado na segunda-feira passada, a Irkut, de propriedade da United Aircraft Corporation holding, disse que as primeiras entregas de Su-30MKA começarão ainda este ano e serão concluídas em 2017.

A encomenda para os 14 jatos adicionais foi anunciada em 11 de setembro de 2015 por Sergei Chemezov, chefe da holding de tecnologia de defesa russa Rostec, que disse que o contrato foi assinado em abril do ano passado.

A Argélia recebeu 28 caças Su-30 como parte de um contrato de 2006 e outros 16 aviões sob um contrato de 2010. Parece que os 16 aviões no segundo lote foram entregues para substituir 15 jatos Mikoyan-Gurevich MiG-29SMT da Argélia que foram devolvidos à Rússia depois de declarados “defeituosos”.

algeria

O Su-30MKA operado pela Argélia é uma variante especializada do Su-30MK equipado com uma mistura de aviônica francesa e russa. A primeira inclui um head-up displays e displays multifuncionais fabricados pelo Grupo Thales e Sagem da França.

Os aviões de combate primários na Força Aérea da Argélia são uma dúzia de MiG-25, 23 jatos MiG-29C/UB e cerca de 34 Su-24M/MK.

A Argélia também está avançando as negociações para 12 aeronaves de ataque Su-34, fabricadas pela Novosibirsk Aircraft Production Association. Isso pode ser expandido para cobrir até 40 aeronaves do tipo. Agora que o Su-34 recebeu seu certificado de exportação, a Argélia pode assinar um contrato para o tipo antes do final do ano.

A nação norte-africana está expandindo sua Força Aérea e no final do mês passado recebeu seis helicópteros de ataque Mi-28NE da Rússia, de uma encomenda de 42. Também foram entregues seis helicópteros de carga pesada Mi-26T2.

FONTE: Defenseweb / COLABOROU: Rustam Bogaudinov

13
Deixe um comentário

avatar
13 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
11 Comment authors
Paulowwolf22hamadjrJoãoSpace Jockey Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcelo
Visitante

Alguém poderia identificar os motivos de a Argélia investir tanto em seu poder aéreo?

Obs: força aérea de respeito essa hein?

Carlos Alberto Soares-Israel
Visitante
Carlos Alberto Soares-Israel

SU 27 estão em produção sob encomenda ?

Rodrigo M
Visitante
Rodrigo M

Marcelo,

Talvez porquê estejam em uma área estratégica (entrada do mediterrâneo) talvez porquê seja membro da OPEP, talvez porquê tenha vizinhos instáveis, talvez porquê seus governantes se preocupem com a defesa do país.. E por aí vai…
sds.

Caio
Visitante
Caio

Parabéns Rodrigo M ! Melhor resposta impossível.

Tamandaré
Visitante
Tamandaré

Marcelo,
.
Se não me falhar a cuca agora, a Argélia é uma rica produtora de petróleo e já teve arranca-rabos com a Líbia e o Marrocos. E como o Rodrigo M. falou acima, estão de fato em uma posição geográfica estratégica. 😉
.
E sim, é de fato uma força de respeito!!!!!!!

Alfredo Araujo
Visitante
Alfredo Araujo

“Marcelo 14 de novembro de 2016 at 17:43
Alguém poderia identificar os motivos de a Argélia investir tanto em seu poder aéreo?
Obs: força aérea de respeito essa hein?”
.
Me parece, é um achismo, que basicamente é um processo de modernização… Olha as aeronaves em operação:
“Os aviões de combate primários na Força Aérea da Argélia são uma dúzia de MiG-25, 23 jatos MiG-29C/UB e cerca de 34 Su-24M/MK.”

Space Jockey
Visitante

/\ ueh, mas no texto nao diz que eles tem atualmente 44 Su-30 ??

Carlos Alberto Soares-Israel
Visitante
Carlos Alberto Soares-Israel

Su 27 …. descontinuado …. e em continuação:
Su 30 *
Su 33 N *
Su 34 * em substituição ao Su 24 (capacidade BVR).
Su 35 *
*Todos com capacidades e tecnologias melhoradas.
Su 37 Promessa ainda.

João
Visitante
João

Carlos, se não me engano o Su-37 ja foi cancelado a um bom tempo

hamadjr
Visitante

Tem que se prevenir embora a Lybia não Força Aérea as demais quem sabe alguma coisa, quem sabe o Marrocos ou Tunísia.

wwolf22
Visitante
Member
wwolf22

a Argelia quer ter superioridade aérea na região…
logo logo vai ter um “posto avançado russo” naquele litoral…

Carlos Alberto Soares-Israel
Visitante
Carlos Alberto Soares-Israel

João 14 de novembro de 2016 at 20:47
Valeu.

Paulo
Visitante
Paulo

Esse Su-30MKA está perfeito para a FAB.