Home Indústria Aeronáutica Argentina avalia M-346 como potencial jato de combate

Argentina avalia M-346 como potencial jato de combate

8602
96

csx55152-aermacchim346-italy-farnborough2016-a1596

A Força Aérea Argentina (Fuerza Aérea Argentina – FAA) avaliou o jato de treinamento avançado e caça leve Aermacchi M-346 como uma potencial nova plataforma de primeira linha.

Pilotos da FAA voaram a aeronave na Itália, em 12 e 13 de Outubro, informou o Ministério da Defesa italiano (MoD) em 19 de outubro. A delegação da FAA foi recebida pelo 61° Stormo (Ala) da Força Aérea Italiana em Lecce.

Em um artigo publicado em seu site, o Ministério da Defesa italiano observou que a FAA estava especialmente interessada em testar as capacidades ar-ar e ar-superfície do M-346. Embora classificado principalmente como uma plataforma de treinamento a jato, o M-346 tem uma capacidade ofensiva secundária.

Equipado com nove pontos duros (quatro em cada asa e um ventral para um pod de canhão opcional), o M-346 pode transportar uma variedade de munições “burras” e “inteligentes”, tais como bombas não guiadas Mk82/83/84 e bombas guiadas GBU-12/16 e Opher Mk 82. Ele também pode levar seis dispensadores anti-pista Durandal, quatro pods de foguetes BRD-4 ou LAU-7/LAU-5002/LAU-32, quatro mísseis AIM-9 Sidewinder ou Diehl IRIS-T AAMs, quatro mísseis ar-superfície AGM-65 Maverick, ou quatro mísseis anti-blindados Brimstone. O pod de reconhecimento Rafael RecceLite também foi integrado, e enquanto nenhum radar foi ainda instalado, a empresa-mãe Leonardo da Alenia Aermacchi disse que isso pode ser feito a pedido de um cliente.

A avaliação italiana ocorreu depois de uma visita semelhante à Coreia do Sul em setembro, quando a FAA testou o Korean Aerospace Industries (KAI) FA-50 Golden Eagle. A FAA está à procura de um novo tipo de caça após a aposentadoria dos Dassault Mirage III e Mirage 5 no final de 2015, e o “groundeamento” posterior da frota de Douglas A-4R Fightinghawk. A FAA busca adquirir entre 10 e 12 novas aeronaves para ter capacidade de combate crível.

FONTE: Jane’s

Subscribe
Notify of
guest
96 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Maria do Carmo Lacoste
Maria do Carmo Lacoste
3 anos atrás

Poxa, e a gente com o F5 usado contra Hồ Chí Minh, poxa, como nós estamos atrasados, os argentinos são potência, poxa.

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

Isso me lembra quando eu era bem mais jovem, tinha um bom carro mas adorava os importados. Ai fazia teste drive nas agencias com vários modelos, era de graça e o petróleo por conta dos caras. Em outras ocasiões …. a Mesbla/Chevrolet que tinha na Av do Estado no Cambuci me cedeu um Opala OK por um fim de semana, fiquei 60 dias com ele, paguei um módico aluguel. Depois me cederam um Monza Hatch OK 1982, fiquei um fim de semana prolongado (feriado) com ele e devolvi. (rs). +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++ Os Argies não vão comprar nada disso, no tienen plata.… Read more »

Glasquis 7
3 anos atrás

Mais um??? Será que até 2025 sobrará no planeta algum caça que a Argentina não tenha avaliado?

Flamenguista
3 anos atrás

Vai continuar sem capacidade de combate crível. Interceptaçao supersonica, por exemplo. Diz a lenda que ele alcança mach 1,2 mas acho que é sem misseis, bombas, bancos, caixa selada, estepe, etc.Talvez para COIN e CAS ele seja bom .Alguem saberia nos dizer qual outro grande pais em territorio utiliza uma aeronave de treinamento como ponta de lança de sua aviaçao?
SRN

Marcel
Marcel
3 anos atrás

O nariz do avião parece muito pequeno, ele possui radar? Aesa?

Gustavo Borges
3 anos atrás

Nada mal para quem nada tem. Quem sabe esse não seja o primeiro passo para o renascimento das gloriosas forças armadas argentinas.

Marcos Andrey
3 anos atrás

No pé que as coisas andam por lá é capaz da PM do Paraná sozinha dar cabo de todas FFAA deles!

Sandro Gomes
Sandro Gomes
3 anos atrás

Alguém saberia dizer em quais quesitos nossos AMX são superiores a estes treinadores a jato de nova geração?

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
3 anos atrás

Eu acho que Argentina não voltará a ter o mesmo poder bélico que tinha durante os anos 70.

A Argentina está falindo…

Mas a pergunta que fica é a seguinte:

Seriam os M-346 uma ameaça para os F-5 e os A–4 do Brasil?

Maria do Carmo,

Para quem já teve a melhor e mais poderosa força aeronaval de toda a America Latina, a situação dêles hoje em dia, chega a ser patética.

Franklin Junior
Franklin Junior
3 anos atrás

Pior não é nem usar o F5. É ver a MB insistir no A4 neobsoleto e banguelo,gastando os parcos recursos q ainda possui e arriscando a vida de seus pilotos. Até a Argentina com todos seus problemas e sem grana já está aposentando os seus A4 e pensando em algo de futuro. No caso de nossa MB acho q tantos fracassos não sobrepõem a uma pseudo conquista.

Delfim Sobreira
Delfim Sobreira
3 anos atrás

Qualquer coisa mais veloz e potente que o M-346 a Inglaterra pressiona pra não vender.
Já disse que enquanto a Argentina não renunciar formalmente às Falklands não sai do buraco.

Tomcat
3 anos atrás

Off topic:

Aviation Legend Bob Hoover Dies at 94
http://www.flyingmag.com/aviation-legend-bob-hoover-dies-at-94

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
3 anos atrás

Delfim, mesmo após a guerra, a Argentina, sem renunciar as Falklands, obteve bons armamentos ocidentais e, inclusive, os britânicos forneceram peças e manutenção para as FAs argentinas, como, por exemplos, turbinas Rolls Royce para os navios da Armada.
.
Basta o governo argentino ser mais comedido nas palavras e nas suas ações, que a Rainha até vende armas para ele.

Ádson Caetano
Ádson Caetano
3 anos atrás

Fundo do fundo do fundo do poço.

Corsario137
Corsario137
3 anos atrás

Acredito que o melhor para os Argies seria o pacotão de 18 Kfir Block 60, que poderiam vir acompanhados de Python 4 ou 5, Derbys e quem sabe algumas Spyce. Assim eles teriam ao menos um interceptador crível e manteriam o contato com as tecnologias atuais para manutenção da doutrina.

Rodrigo M
Rodrigo M
3 anos atrás

Delfim Sobreira 25 de outubro de 2016 at 15:28

Será que o Reino Unido teria tanta força para barrar a venda de um caça russo ou chinês?
Eu acho que o problema dos argentinos é falta de grana mesmo.

Jeff
Jeff
3 anos atrás

Problema não é embargo, é dinheiro mesmo e todo mundo sabe disso. Se tiver grana com certeza vão achar alguém em algum lugar do planeta pra vender qualquer tipo de armamento, até SUs ou PAKs com certeza.

Space Jockey
3 anos atrás

Ou seja: a Argentina está praticamente sem força aérea.

MadMax
MadMax
3 anos atrás
MadMax
MadMax
3 anos atrás

Video acima explica a situação.

Teo B
3 anos atrás

bem minha opinião é que os hermanos deviam comprar um caça Chinês! isso msm chinês, considerando que nao tem muito dinheiro imagino que a China faria um preço bacana para afim de criar um parceiro e marketing para sua área de equipamentos de defesa, tipo ” vendi para a america do sul também” mas principalmente além disso temos que pensar no tio san P&*% da vida em ver a China vendendo armamento no quintal de casa… ( compra de armamentos como esse é um casamento, enquanto a Argentina precisar de manutenção vai ter de manter boas relações com quem vendeu)… Read more »

Jota
Jota
3 anos atrás

Boa tarde à todos. Tomcat, realmente uma grande perda para a comunidade da aviação. Um gênio no manche. Existem vários vídeos dele no youtube e recomendo fortemente à todos .É simplesmente impressionante a proficiência que ele exibia. Destaco um vídeo em que ele executa um tonneau somente com uma mão e com a outra coloca chá em copo !! Outra sequencia famosa era que realizava no Shrike Commander , onde desligava um dos motores e abusava de tonneaus, loopings , arremetidas onde tocava as rodas alternadamente na pista , etc . Depois desligava O SEGUNDO motor e realizava mais um… Read more »

Mauricio R.
3 anos atrás

“…estes treinadores a jato de nova geração?”
.
Segundo os israelenses “estes treinadores a jato de nova geração?”, são mais manobráveis que seus F-16A/B.
A aeronave deixa muito pouco a dever ao A-1.

Tomcat
3 anos atrás

Jota, como disse, um gênio no manche. Nada menos que isso.

Editores, como sugestão, que tal publicarem uma matéria sobre Bob Hoover?

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

Flamenguista 25 de outubro de 2016 at 15:00
Tanzânia
____________________________________

Marcel 25 de outubro de 2016 at 15:02
Não tem radar.
____________________________________

Gustavo Borges 25 de outubro de 2016 at 15:03
Cadê o Radar ?
Quanto cu$ta ?
Pronto acabou o sonho !
____________________________________

Corsario137 25 de outubro de 2016 at 16:02
Concordo e mais, podem negociar o MRO para os A 4 e o
Up Grade que tanto desejam para o Pampa II, Pampa III (?).
Mais, infra e log prontas.
Dagger, Nesher e Mirage (canibalização) servem de fontes/partes

Ivan Recife
3 anos atrás

Corsario137 escreveu: … “Acredito que o melhor para os Argies seria o pacotão de 18 Kfir Block 60, que poderiam vir acompanhados de Python 4 ou 5, Derbys e quem sabe algumas Spyce.” . Entendo que a saída para a Fuerza Aérea Argentina – FAA é bem por aí mesmo. . Uma célula razoavelmente conhecida, tendo em vista os Deltas (Mirages e afins) operados pelos Hermanos; motorização norte-americana que pode facilitar pagamento em função de uma nova aproximação pós-kirchnerismo; aviônicos israelenses que são relativamente imunes a embargos e armas operacionais. . É o que dá para pagar e/ou receber de… Read more »

ivanmc
ivanmc
3 anos atrás

É uma bela aeronave também.

Tamandaré
Tamandaré
3 anos atrás

A solução para a Argentina é operar Texan + Pampa + Kfir. Depois, quando a contabilidade estiver ok e a economia reacender, pode tentar comprar algo decente.
.
A Rainha não tem nada a ver com a situação. O problema aí é só falta de “plata” mesmo, como citou o Rafael Oliveira.

Bardini
3 anos atrás

Roberto F Santana, não sei se foi esse.
Se sim, vale a pena ver de novo:
https://www.youtube.com/watch?v=Iknf69p16ps

Bardini
3 anos atrás

Marcel 25 de outubro de 2016 at 15:02
.
Pode ter radar sim, e AESA, o “Selex Galileo Vixen 500E”, que é um versão mais modesta do radar que o Raven do Gripen E.
.
http://img15.hostingpics.net/pics/9277221bdjn21.jpg

hamadjr
3 anos atrás

Macri que é o cara, o bam bam esta recuperando a Argentina para o caminho da economia morderna bla bla bla então é isso ai, eles precisam de varias possibilidades para vários anos e isso exige vários testes vários tipos de aeronaves entre eles o M-346

Jota
Jota
3 anos atrás

Senhores , o M-346 seria superior aos A-4 da MB?

Clésio Luiz
3 anos atrás

A pergunta que não quer calar é: os britânicos não vão bloquear essa venda com base nos assentos Martin Baker e outros itens de origem inglesa? E se fizerem isso, como fica a relação deles com os italianos em outros projetos?
.
E aqui vai outra: pelo menos o HUD e os assentos ejetáveis do Kai T-50 são britânicos também.

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

Vixi,
com radar AESA de acessório ?
¿Cuál es el valor de todo ?

Trollbuster
Trollbuster
3 anos atrás

Os argentinos parecem eu..

Passo o dia no WebMotors paquerando carros que não estão ao meu alcance financeiro.

Devido ao desespero das lojas algumas até me convidam para ir lá fazer um test drive, mas na hora de abrir a carteira eu não posso comprar nem um Fiat147.

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás
Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

“O PIB da Argentina caiu 0,7% no primeiro trimestre de 2016 em comparação com o último trimestre de 2015 (de outubro a dezembro), o que significa que o país acumula três trimestres consecutivos com sua economia em recessão, informou o Instituto Nacional de Estatística e Censos da Argentina nesta quinta-feira (30). “O PIB dessazonalizado do primeiro trimestre de 2016, em comparação com o quarto trimestre de 2015, caiu 0,7%”, diz um relatório do instituto. Ao mesmo tempo a economia argentina cresceu meio ponto entre janeiro e março deste ano, em comparação com o mesmo período de 2015. “A estimativa provisória… Read more »

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

Jota 25 de outubro de 2016 at 19:09
Ambos voam …. nem sempre ….
Comparação fora de equidade,
como se coloca trema no teclado ? (rs).

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

Iväny Junior………. aprendi ….. Kkkk …..
Eae Amigo,
só falta voar no Tufão e no Rajada ?

Leo Neves
Leo Neves
3 anos atrás

Se os ingleses embargarem algo é só comparar o Yak-130, é uma boa opção também.

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

Em termos de eqüidade,
o Pampa deve estar fazendo interceptação.
__________________

É o que veremos:
Don’t Cry for Me Argentina – Andrea Bocelli (Italiano né) (rs)

Bardini
3 anos atrás

O M-346FT utilizará o radar GRIFO-346, da mesma família Grifo que opera hoje nos F-5EM.
.
O AESA é aquela opção cara que ninguém vai tomar para armar um mero LIFT.

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

M-346FT
¿Cuál es el valor de todo ?

Mauricio R.
3 anos atrás

Sim também é superior aos A-4 da MB, só não opera embarcado, ainda.

Bardini
3 anos atrás

Carlos Alberto Soares-Israel 25 de outubro de 2016 at 20:24
.
Não deve sair por menos de U$ 35 milhões.
.
O FA-50 está na mesma faixa de preço.

Rodrigo M
Rodrigo M
3 anos atrás

Treinador por treinador o FA-50 leva vantagem por ser supersônico.
E estando na mesma faixa de preço ou pouca coisa mais, acho que seria mais vantajoso.
(Levando-se em conta que a força aérea argentina vá realmente colocar nas costas desse avião a função de interceptador..)
É um mini F-16 moderno.. Para quem não tem nada.

Lewandowski
Lewandowski
3 anos atrás

Carlos Alberto Soares-Israel,
.
Creio que o senhor não mora mais no Brasil: o trema saiu da língua portuguesa. Agora só em nomes próprios, estrangeiros e derivados… 😉
.
A notícia fala em nove pontos duros, sendo quatro em cada asa. Olhando a foto da notícia e o vídeo que o Bardini postou, fico imaginando como! Três em cada asa vai, mas quatro?
.
Sds

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

Bardini 25 de outubro de 2016 at 21:12 Obrigado. _____________________ Por esse preço creio que da para comprar um F 16 B30 e no MRO ir para B 50/52 e armado até os dentes. Será que a Rainha deixa ? Duvido. Quais armas podem ser integradas que não sejam dos Âmis ou com componentes deles ? M 346 tem componentes sensíveis dos Âmis ? Além dos motores é lógico ? (rs). _____________________ O que sobrou pela lógica e falta de grana ? “Como a infra e a log pronta são do Mirage, Nesher e Dagger aposto em: Cheetah (CE?), Mirage… Read more »

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
3 anos atrás

Lewandowski
Sério ?
Sou dos antigos, obrigado pelo Senhor (acertou).
Agora que aprendi a teclar o ¨ (trema), esquece (rs).
Em Hebraico, Inglês e Español não tem,
somente em Alemão (?).

Lewandowski
Lewandowski
3 anos atrás

Carlos Alberto Soares-Israel,
.
Aqui a gente adora cortar o barato dos outros… Quando vi que o senhor aprendeu como a colocar o trema, me coçou os dedos pra dizer que não era mais necessário. Desculpe, coisa de brasileiro. 😀
.
Pois é… sou mais novo e não consigo me acostumar com linguiça! Isso me dá um ‘tróço’ só de olhar… Cruzes! Mas dizem que está certo…
.
O trema continua no alemão sim… Com eles ninguém se mete… Ahhh, mexe no trema do Müller e vê se o ‘chucrute’ não fica enlouquecido! 😉
.
Sds!