Home Indústria Aeronáutica Voa o treinador russo Yak-152

Voa o treinador russo Yak-152

4476
38

yak-152

Voou no dia 29 de setembro a aeronave de treinamento primário Yak-152 da Fábrica de Aviação Irkutsk, filial da Irkut Corporation (uma subsidiária da United Aircraft Corporation).

O avião Yak-152 foi projetado pelo Yakovlev Design Bureau, filial da Irkut.

Segundo o fabricante, a nova aeronave serve para treinamento básico, diurno e noturno, técnicas de voo, noções básicas de navegação, voo acrobático e voo em formação.

yak-152-2

O Yak-152 esteve em desenvolvimento por quase 15 anos, em cooperação com a China (como L-7), como um derivado do avião acrobático Yak-54.

A Irkut revelou que tem uma encomenda de 150 aviões Yak-152, que vão substituir os antigos Yak-52.

Subscribe
Notify of
guest
38 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Walfrido Strobel
4 anos atrás

Tem este visual antigo, mas é moderníssimo.
Glass cockpit, assento ejetável, motor alemão biturbo diesel 12 cilindros.

Fábio Macedo
4 anos atrás

Parece que pegaram um antigo yak-9 e deram um tapa no visual.

Delfim Sobreira
Delfim Sobreira
4 anos atrás

Motor Diesel ? Uau.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
4 anos atrás

Que aviãozinho feio!

Claudio Moreno
Claudio Moreno
4 anos atrás

Lembra o P-40.

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
4 anos atrás

O batatinha está ai ! Cadê o catatau ?

Renato Carvalho
4 anos atrás

O yak 130 moderno, agressivo e esse aí me faz lembrar uma batata com asas..

ALEX SP
ALEX SP
4 anos atrás

Vou ficar somente no aspecto visual. Poderiam colocar uma pintura melhor.

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
4 anos atrás

Off topic: Fotos do novo helicóptero médio chines… Z20

http://defence-blog.com/news/photos-of-new-chinese-z-20-medium-lift-utility-helicopter.html

Bispo
Bispo
4 anos atrás

Bem … pensando alto… melhor dar um “fusca” a um novato que um BMW….rs

Mauricio R.
4 anos atrás

Jeitão um tanto vintage.

Marcelo
Marcelo
4 anos atrás

beleza é um conceito subjetivo…eu gostei! Lembra o Yak-9 e La-5 da 2a guerra, e deve ser uma homenagem mesmo.

Marcelo
Marcelo
4 anos atrás

Alguma novidade sobre o Sovi?

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
4 anos atrás

Maria,
Os dois KC 390 no ar !

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
4 anos atrás

VC-1A pousando em Assunção.

Luciano Baqueiro
Luciano Baqueiro
4 anos atrás

Achei estranho um projeto atual ter assentos em tandem, mas sem escalonamento como, por exemplo, o Tucano, prejudicando a visão de quem voa no assento de trás. Aliás gostaria de saber a opinião dos pilotos sobre qual seria a melhor posição p/ um treinador primário : lado a lado ou em tandem ? Na minha humilde opinião de leigo, lado a lado permite que o instrutor perceba melhor o comportamento do aluno, não só do ponto de vista técnico, mas até mesmo do psicológico, como se ele está muito nervoso ou hesitante em agir.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
4 anos atrás

É por aí, Luciano. Você precisa ver o que o aluno está fazendo. Ruim quando o danado vomita do seu lado.

Luciano Baqueiro
Luciano Baqueiro
4 anos atrás

Amigo Rinaldo, poupe-me dos detalhes sórdidos, rs.

Marcos
Marcos
4 anos atrás

Moderníssimo o avião!

marcus
marcus
4 anos atrás

O T27 Tucano faz tudo o que foi citado. Só que a Embraer quer vender Super Tucano.a

Luciano Baqueiro
Luciano Baqueiro
4 anos atrás

Caro Marcus, o T-27 é um treinador intermediário, turbo-hélice c/ 750 SHP, ou seja, está acima do que se propõe p/ um treinador primário. Na FAB essa função cabe ao T-25 Universal, que era inicialmente o intermediário, mas c/ adoção do T-27 e a retirada do T-23 Uirapurú – que era o primário – foi ‘rebaixado’ de função.

ScudB
ScudB
4 anos atrás

Achei fotos dele na linha de produção (ta em russo mas tem bastante coisa visual):
http://www.yaplakal.com/forum2/topic1392328.html
Tem inclusive aquele motor disel da RED A03 – 500 cavalos.Projetista russo , formado na época da USSR. Nos blog “paralelos” comentam que em caso da UE/EUA travar a venda dos motores devido as sanções – o cara vai montar a produção na Russia mesmo).
E sim , parece com P-40 : tem nariz pontudo, duas asas , três rodas e cabine 🙂 ..
Um abraço!

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
4 anos atrás

Melhor seria o instrutor mais abaixo e o aluno acima em tandem,
para a vomitada é o ideal ! Kkkk rsrsrsrs

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
4 anos atrás

Entenderam agora “o batatinha”, cadê o catatau ? Olhem a foto !

Nonato
Nonato
4 anos atrás

Aviões desse tipo existem aos montes.
Quanta criatividade…
Símbolo do progresso.
De volta à década de 1940…
Será que os designers estão com os salários atrasados?

Marcelo Bardo
Marcelo Bardo
4 anos atrás

Designers de salários atrasados foi o comentário mais engraçado. kkkkkkk. Boa, Nonato.

André Bueno
4 anos atrás

Visualmente, o que destoa, que dá um retrô, é o desenho do leme de direção

Hawk
4 anos atrás

Fábio Macedo 2 de outubro de 2016 at 21:21 pensei a mesma coisa!

Nonato
Nonato
4 anos atrás

Se o cara consegue voar uma banheira velha dessas consegue pilotar qq avião…

Walfrido Strobel
4 anos atrás

A questão do instrutor voar ao lado ou atrás do aluno é controversa.
Cada país prefere uma das opções, vejam o número de pilotos que foram formados em Beech T-34, Paulistinha, Aero Boero, Piper PA-18.
Mesmo hoje o Iraque, Russia, China e o Japão optaram por instrutor atras do aluno.

ScudB
ScudB
4 anos atrás

Um troço com display do Yak-1309 (!!) , assentos ejetados , “service time” de 10 mil horas /30 mil pousos com 130 gr por HP/hora de consumo de querosene? Temos muita coisa no mundo voando assim por 100 mil dos presidentes mortos por unidade pronta? Serio? Então bora comprar uns 150 pecas de Extra 330 para equipar os aeroclubes do Brasil!
Amigo Nonato! Nossos políticos nem conseguem comprar uma banheira (!) decente por este valor! Com Jacuzzi sai ate mais caro ainda.
Um abraço!

cipinha
4 anos atrás

O Tucano faz uso de motor turboélice, esse faz uso de motor a pistão. A falta de escalonamento é estranho.

Walfrido Strobel
4 anos atrás

Para complementar a discussão sobre posição do instrutor, no Japão a Fuji foi contratada para desenvolver um turbohélice de instrução primária e básica baseado no Beech T-34..
A Força Aérea exigiu o instrutor atrás do aluno, saindo o Fuji T-7.
http://www.jetwashaviationphotos.com/siteimages/66-5936%20Shizuhama%2012-10-11_edited-1.jpg

Walfrido Strobel
4 anos atrás

O motivo é que o proximo avião na instrução na JASDF é o Kawasaki T-4, um biturbina baseado no AlphaJet. Para eles é melhor que o aluno ja comece a voar com esta disposição.
https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSwiKyD6MjP5aqiiNJSHvyt2FV9hPOQ7ZWH6H9QNiJoBF6M8ValGXeBxO2P

Walfrido Strobel
4 anos atrás

A Marinha japonesa exigiu que o instrutor ficasse ao lado do aluno, saindo o Fuji T-5.
https://encrypted-tbn2.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRdKlwo7Yy3AEWTyk3vzmzW9kOdVHY2y3CcEzQv0tU94vdY_i3UuvUtVm7edA

Rommelqe
Rommelqe
4 anos atrás

Caro Alex: ainda não esta pintado. A finalidade é permitir visualizar eventuais descontinuidades na fuselagem que tenham ocorrido em função deste oeriodo inicial de testes. Batatinha vintage, hua,hua hua…..mas ate parece bom. Concordo que a disposição in tanden no mesmo nivel parece ser um retrocesso; dificulta o instrutor dar uma porrada na cabeça do aluno vomitante, rsrsrsr

Mauricio R.
4 anos atrás

Uma espiada na linha de produção do Yak-152:
.
(http://alert5.com/2016/10/09/a-peep-into-the-yak-152-production-line/)