quinta-feira, junho 30, 2022

Gripen para o Brasil

Portugal transfere caças F-16 à Romênia

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

f-16mlu-de-portugal-para-a-romenia

A Força Aérea Portuguesa prepara-se para entregar hoje o primeiro lote de seis caças F-16MLUs à Romênia.

Outros três aviões serão entregues ainda este ano e os três últimos em 2017.

Portugal fechou em outubro de 2013 o contrato para a venda de 12 caças F-16 à Romênia por 78 milhões de euros.

f-16mlu-de-portugal-para-a-romenia-2

f-16mlu-de-portugal-para-a-romenia-3

- Advertisement -

54 Comments

Subscribe
Notify of
guest
54 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DANIEL FERREIRA

Ótimo negócio para as duas partes, a FAB poderia ter feito um acordo semelhante e mobiliar o GDA até a chegada dos Gripen.

Renato Carvalho

Esses F16 estão só o pau da rabiola, logo logo vão se aposentar, ótima oportunidade pro Gripen.

camargoer"

Olá Daniel. Não fária sentido a FAB adquirir um outro tipo de aeronave. O melhor é usar os F5M até esgotarem suas horas de võo disponíveis e focar os recursos na aquisição dos F39, no treinamento das equipes e na adaptação da infraestrutura. Não temos nenhuma ameaça a curto ou médio prazo que nos pressione a manter uma frota heterogênea. Aliás, se fosse necessário mais aeronaves, a FAB tem células de F5E estocadas que poderão ser modernizadas para o padrão M, mas não creio que isso ocorrerá.

Mauricio R.

Ótima oportunidade para o Gripen, mas aquele fabricado pela Saab na Suécia.

Carlos Alberto Soares-Israel

F 16MLU da Romênia no fio da rabiola ?
Oba ! Logo logo estarão em Israel para um Overhaull completo.
Eles adoraram o que o Tio Jacob fez nos MIG 21
https://www.youtube.com/watch?v=afC6L2TFWtc
Mas duvido que estejam no pau da goiaba, duvido mesmo.

Delmo Almeida

Mauricio R., naturalmente! Negócio envolvendo países europeus será indiscutivelmente da SAAB! Queria que eles transferissem até isso para o Brasil? Por US$ 5,4 bi?

Douglas Rodrigues

12 F-16 por 78 Milhões de Euros?!
Pelos cálculos da cotação de hoje, dá em torno de 280 mi de reais…
O Brasil não perde uma oportunidade de perder uma oportunidade, ou melhor, os políticos brasileiros não gostam de fazer negócio quando não há uma vantagem por debaixo dos panos.
Com certeza essas 12 unidades seriam bem vindas à FAB até a chegada dos 12 primeiros Gripens, voltando a tornar Anápolis a base aérea mais bem equipada da FAB atualmente.

Alexandre Paschoal

Renato Carvalho 28 de setembro de 2016 at 13:32
Lembrando que Portugal já tem fábrica da Embraer, então é mais um ponto em comum.
Gripen Portugal “By Embraer”..
Vejo também como a melhor opção. Questão de tempo, eu diria.

Iväny Junior

Conta de padaria ótima. Saíram a 6,5 milhões de euros cada. Melhor que o valor pago pela Indonésia, com lote maior, porém com dois motores por avião, garantia, etc…

Mauricio R.

OFF TOPIC…, mas nem tanto!!! Desmantelar ou não desmantelar, um dilema sueco: . “A controversy has broken out among defense commentators in Sweden as to whether it makes sense to break up a large part of the current Swedish Gripen fleet to recover parts that can be used in the production of the new Gripen-E fighter, as ordered by the defence ministry and parliament.” . “However, many are protesting against the dismantling of the current Gripens, which have just been extensively upgraded – the last upgraded Gripen-C was delivered 18 months ago – by a wide modernization of its main… Read more »

Guilherme Poggio

Não se esqueçam que se trata de uma negociação OTAN – OTAN. Só por este motivo teria prioridade sobre negociação com qualquer outro país não OTAN.
.
De qualquer forma é solução para dez anos, se muito. Logo, logo a Romênia terá que avaliar o seu substituto.

Eduardo Liima

E qual aeronave vai substituir os F-16 em Portugal?.

Marcelo Bardo

Na FAB não rolaria. Já vi colegas aqui no forum informando que a hora/voo dele é bem mais cara que a do F-5. Sem falar que a FAB teria que criar toda uma doutrina para uma aeronave que se aposentaria uma década após a compra.

timuskukii

Eduardo Lima, Portugal vai continuar operando o F16, antes da venda para a Romênia eles tinham 39 unidades, e li que uma das unidades vendidas seria retirada de ´´ferro velho de aviões´´ no EUA.

timuskukii

Vejo tantos comentários que a FAB deveria comprar isso e aquilo, me parece bem amador essas afirmações, já que o Brasil não possui adversários no campo internacional, ou seja, tais compras são inviáveis. Falta comprometimento do governo nas FFAA é claro, mas é a realidade o que eu disse.

Ednardo de oliveira Ferreira

Não se compra avião, menos ainda de guerra, como quem vai à feira comprar manga e vê o mamão em conta. cada tipo de avião (mesmo que uma nova variante de um que já esteja em minha frota) exige centenas de procedimentos operacionais, manutenção, segurança, etc… Um piloto leva centenas de hora de vôo para estar plenamente capaz em um avião. peças??? qualquer f5 usado tem dezenas de milhares de diferentes peças. E basta um arrebitizinho fora do lugar que derruba o bicho. Comprar avião de guerra, hoje em dia, tá mais sério que casamento. Hoje em dia bom casamento… Read more »

Walfrido Strobel

Ivani Junior, o F-16 de Portugal é “A” e “B” com MLU feita a anos e os comprados pela Indonésia são “C” e “D” modernizados agora para padrão similar aos block 52, só não aceitam tanques conformais, por isso são F-16-52 Id. Por isso foram mais caros.

trendgol

Está uma pechincha 6,5 milhões de euros por cada F -16. Porém, nós é que somos espertos vamos pagar uma Bagatela de 150 milhões de dólares por cada gripinho, que nem existe.

João Bosco

Bem que a FAB poderia ter pegado esses F-16 lusitanos e equipado o GDA antes da vinda dos Gripens. Mas como somos brasileiros…….

Jorge Alberto

“…já que o Brasil não possui adversários no campo internacional, ou seja, tais compras são inviáveis…” – kkkkkkk
.
Estudar faz um bem…. “So” digitar no google: Guerra da lagosta
.
http://www.revistadehistoria.com.br/secao/artigos/as-lagostas-da-discordia
.
http://www.naval.com.br/blog/2013/02/25/50-anos-da-guerra-da-lagosta/
.
e por ai vai……….

trendgol

João Bosco: A FAB disse queria o F-16 pq ele não presta, tem aquele buraco feio na frente, entra muita sujeira.

Jorge Alberto

Como diria o grande Barao do Rio Branco: É otimo poder negociar com uma grande esquadra por trás….

Barao

“…BEM AMADOR essas afirmações, já que o Brasil não possui adversários no campo internacional, ou seja, tais compras são inviáveis…” – kkkkk
.
Tambem concordo que haja muitos comentarios amadores aqui, e de pessoas que deveriam estudar um pouco antes de postar aqui, mas…
.
Por exemplo: Por que nao digitam no google: Guerra da lagosta… ????

Jorge Alberto

Joao Bosco, a questao nao eh essa… nao eh um carro q se compra e usa….
.
Ha treinamentos, ferramental, peças… Mais facil teria sido adquirir mais m-2000 entao…

Jorge Alberto

timuskukii – experimente digitar no google: Guerra da lagosta

Walfrido Strobel

A Guerra da Lagosta nunca foi uma guerra, não passou de um problema diplomático exagerado pela imprensa com sede de notícias.

Carlos Crispim

Temos que deixar de querer comprar usados, o Brasil é um país rico que gasta muito mal tudo que arrecada, e, sim, era um bom negócio com Portugal, e o F16 é um baita avião, mas queria mesmo era o F18 novo em folha. Pra comprar usado, o F-15 matava a pau qualquer oponente.

Clésio Luiz

Portugal está mal das pernas financeiramente, não tinha como aguentar manter a frota completa de seus F-16 e colocou parte deles a venda.
.
Me arrisco a dizer que a aviônica dos nossos F-5EM é mais moderna que a desses MLU.

Airacobra

Nada contra o viper, mas sendo o caso de um tampão, só valeria a pena se logo ao ser anunciado o gripen E como vencedor, a FAB encomenda-se uma duzia de gripens C da Suécia ou Africa do Sul e futuramente poderiam ser atualizados para o padrão MS-20, e não necessáriamente comprariamos somente esses 12 gripen C, em paralelo à entrega gradativa dos 36 gripen E poderiamos receber mais 12 “C” enquanto os primeiros 12 passassem pela atualização para MS-20, e assim poderiamos ter no final, 24 gripen C/D MS-20 e 72 gripen E/F, e esses C/D estariam na ativa… Read more »

Airacobra

Complementando, o primeiro lote de 36 deve ser entregue entre 2020 e 2030, o segundo lote (se sair) na melhor das hipoteses, creio que entre 2030 e 2040, então o terceiro possivel lote só deve começar a ser entregue la pra 2040, quando os C/D estariam dando baixa

Alfredo Araujo

Menos afirmações e mais perguntas… esse é o caminho.
Mas não… o Joaquim da padaria, que só vê pão o dia inteiro, afirma que a FAB deve comprar e o que deve jogar no lixo…

Iväny Junior

Walfrido

A rigor, os aviões da Indonésia foram doados governo a governo. Eles apenas pagaram pelo motor extra, peças sobressalentes, manutenção e modernização. Então, por este prisma, saiu mais em conta (de graça).

Clésio

Em termos gerais acredito que você tá certo. Mas, eu sinceramente não acho que o radar Grifo seja tão bom quanto o AN/APG-66.
Se tivessem posto o Elta 2032 a história seria outra… ainda não entendo porque modificaram o projeto.
Já li relatos de pilotos americanos dizendo que o Elta 2000c e o 2032 eram superiores aos radares de F-16C…

Saudações a todos.

Carlos Alberto Soares-Israel

Airacobra 29 de setembro de 2016 at 2:17
Colega, posso fazer uma brincadeira ?
Caso não, sem crise …. de boa !

Airacobra

Claro que pode

Nuno

Caros, Algumas notas adicionais sobre o texto e comentários: – Portugal tinha 39 F-16 e decidiu vender 9 destes, ficando portanto com 30, divididos por 2 esquadras. Os outros 3 incluídos neste negócio vieram do AMARG para modernização em Portugal; – o valor total da venda das 12 aeronaves foi de 181M€. Os 78M€ foi o encaixe líquido para Portugal, depois de descontar todos os gastos com o negócio; – A modernização MLU equiparou o cockpit e aviónicos ao F-16 block50/52. O Radar foi atualizado para a versão AN/APG-66(V)2A. Estas modernizações têm um carater continuado no tempo, tendo recebido ainda… Read more »

Mf

O valor total do negócio entre Portugal e a Roménia foi de 186 milhões de Euros. Os 78 milhões de euros que Portugal vai receber são em termos líquidos ou seja: após contabilizar os gastos na reformulação dos 9 F16 ex FAP e dos 3 adquiridos e renovados dos lotes americanos na Amarg. https://www.publico.pt/politica/noticia/portugal-vende-12-cacas-f16-a-romenia-por-78-milhoes-de-euros-1608784 A FAP fica assim com 30 caças disponíveis. Já agora, os requisitos dos F16 AM – MLU da FAP, parte dos quais acabaram de regressar dos países Bálticos, onde fizeram missões de policiamento do espaço aéreo dos países em questão, usando missies Aim9 e Aim 120:… Read more »

Clésio Luiz

Pense que, se você vai se desfazer de parte da sua frota, você escolherá os que estão em melhores condições e descartará os piores. . Quando compramos os Mirage 2000C dos franceses, recebemos justamente os mais “rodados”, modelos da primeira leva dos Mirage 2000 que inclusive tinham motores menos potentes que os últimos. . Então Portugal decide vender parte da sua frota de F-16, imagine quais células eles escolheram para passar para frente? . Agora se lembrarmos que Portugal já recebeu suas aeronaves usadas dos EUA, imagine quais células foram adquiridas… . E para completar, Portugal vendeu as aeronaves por… Read more »

Carlos Alberto Soares-Israel

“Airacobra 29 de setembro de 2016 at 2:17”
Mofô ? (rs)

Leandro Costa

Eu acho que pegar F-16 para caça tampão seria totalmente equivocado. Eu ainda acho que a FAB deveria ter ido de VF-1 Valkyrie e a MB deveria chutar o balde logo e comprar algumas naves Constitution Class para botar terror nos Klingons.
.
Bem, já que a maioria está dando pitaco à esmo, entrei na onda 😛

timuskukii

Pelo visto alguns ficaram ´´ofendidos´´ com a verdade, e um me manda um link dizendo de um problema diplomático envolvendo a França no século passado… O amadorismo do leitores é mais sério do que eu pensava.

timuskukii

Vocês acham mesmo que o governo brasileiro riria entrar em guerra por causa de pescaria ilegal !? Existe em Roraima exploração ilegal de minerais por parte de potências estrangeiras, e o governo na gestão petista inclusive colaborou com isso. Não é atoa que a NSA chamou o submarino nuclear Alvaro Alberto ( SN 10 ), feito para ´´proteger´´ o Pré-Sal, de elefante branco.

Giancarlo M. Abrão

Entre F16 MLU com digamos, uns 10 anos de uso, e um “gripinho” no estado da arte (quando operacional), existe um lapso (inclusive bom senso) bem significativo.

Carlos B

A FAB fez uma boa opção pelos Gripen NG, mas ao contrário do que vi escrito, o F16 é um dos 10 melhores caças e no video abaixo podem ver F18 finlandeses, Gripen suecos e F16 norte-americanos, noruegueses e portugueses https://www.youtube.com/watch?v=pX9cOvN-NjE O montante não é de 78 milhões mas de 178 milhões e o contrato só existiu porque Portugal tinha 9 F16 encaixotados e nunca utilizados, dai que para satisfazer o contrato teve de pedir autorização aos EUA para vender e comprar mais 3 ao EUA. http://www.emfa.pt/www/noticia-1198-primeiros-seis-f-16-entregues-a-romenia Quando a crise passar será bom que Portugal pense em novos aviões e… Read more »

_RR_

Amigos, . O tempo de se adquirir F-16 já passou… Havia uma oportunidade interessante quando da desativação dos F-103. Lembro-me que na época haviam aeronaves em muito bom estado disponíveis na Europa e nos EUA, e que foram oferecidas. Salvo engano, havia interesse em um lote de F-16 MLU holandeses, que acabou sendo adquirido pelo Chile ( pouco depois que este adquiriu seus F-16 block 52 novos de fábrica ). Naquela ocasião sim teria sido uma compra válida. Por agora, não vejo sentido… . Ademais, o pacote de modernizações levado a efeito para os F-5EM deixaram os caças brasileiros com… Read more »

Leandro Costa

timuskukii, olha, lamento, mas você falar que o comentário do coleguinha é amador não funciona. Primeiro que aqui somos praticamente todos amadores, segundo que o seu comentário foi ainda mais amador, e lhe explico o motivo. . Hoje em dia, o Brasil ‘não tem inimigos’ no campo internacional. Hoje em dia. Remete muito ao que sempre criticamos do pensamento imediatista do Brasileiro comum, aquele que não pensa em se preparar para o futuro. Mas ok, um belo dia, o Brasil como povo, como nação, vai ter que sair de cima do muro diplomático em que se encontra. Nos dias atuais,… Read more »

timuskukii

Leandro, meu crará, eu entendi. O problema que demora muito treinar pilotos, mecânicos, instrutores, além da burocracia que existe para vender, iria demorar muito tempo. Isso é inviável.

Space Jockey

Senhores, lamento pelas palavras um tanto duras, mas o Brasil NUNCA irá exportar nenhum Gripen NG. Isso é balela. É hora de pés no chão.

Delfim Sobreira

A Itália usou F-16 como tampão entre a desativação dos F-104 e a entrada dos Typhoon, mas a Itália é membro da OTAN, tem verba de defesa, então não foi nada de traumático.
Como a América do Sul está melhorando (fim do esquerdismo), realmente um tampão acabou não sendo necessário, mas pra mim não deixou de ser uma aposta.

Airacobra

Leandro Costa, falou tudo
.
Timuskukii, “si vis pacem parabelum”

Últimas Notícias

República Tcheca estuda substituir caças Gripen C/D pelo F-35

O Ministério da Defesa da República Tcheca está decidindo a compra de novos caças, que substituirão 14 aeronaves supersônicas...
- Advertisement -
- Advertisement -