sábado, maio 15, 2021

Gripen para o Brasil

Novo radar da China pode acabar com vantagem do bombardeiro ‘invisível’

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

050502-F-3961R-007

O sistema é capaz de detectar os aviões a uma distância de 60 milhas, de acordo com reportagens

Por Matt Thomas

Pesquisadores chineses afirmam ter desenvolvido um “radar quântico” que pode derrotar o manto de invisibilidade do bombardeiro furtivo B-2.

O China Electronics Technology Group (CTEC) controlado por militares diz que a nova tecnologia pode facilmente detectar aeronaves stealth e é altamente resistente a bloqueio eletrônico (“jamming”).

Informes dizem que o radar foi criado pelo Intelligent Perception Technology Laboratory do CTEC.

Um radar convencional funciona emitindo ondas de rádio para um objeto e medindo o tempo que as ondas levam para voltar, possibilitando calcular a distância e a velocidade do objeto.

O B-2 é invisível ao radar convencional devido à sua tecnologia “stealth” altamente secreta, que envolve o uso de materiais que podem absorver e neutralizar feixes de radar.

A base teórica do radar quântico depende de um fenômeno conhecido como “emaranhamento quântico”. Este é o fenômeno observado em pares de partículas, em que qualquer medida tomada de uma é refletida pela outra.

Um radar quântico geraria um par entrelaçado de partículas, disparando metade das partículas para um objeto e observando a outra metade para medir o que está acontecendo com a metade que foi emitida.

O B-2 seria visível a um radar utilizando esta tecnologia, de acordo com informações no Sunday Times, que descreve o radar como “detectando a sombra que um avião projeta quando voa”.

Um protótipo do radar quântico baseado em laboratório foi desenvolvido na Universidade de York, pelo Dr. Stefano Pirandola.

Em fevereiro de 2015, o Dr. Pirandola disse que aplicações da tecnologia em grande escala do mundo real estavam “um pouco distantes, mas que proporcionariam um desempenho superior”.

Informes do programa de radar quântico bem sucedido da China originaram-se no Global Times, que é um meio de comunicação oficial do Partido Comunista da China.

O bombardeiro B-2 é capaz de lançar armas nucleares e tem feito parte da frota da Força Aérea dos EUA desde 1997. Quando desenvolvimento, suporte e peças de reposição são levados em conta no preço da aeronave, cada um dos 20 bombardeiros é estimado no valor de quase US$ 1 bilhão (£ 770 milhões).

FONTE: International Business Times

- Advertisement -

89 Comments

Subscribe
Notify of
guest
89 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Anderson Rodrigues

Resumindo continua um bombardeiro “invisível”

Delfim Sobreira

Como é, detectar a sombra ?
Se uma fonte emite luz contra um objeto, p.ex, esta fonte não enxerga o objeto. Apenas outro observador, fora do eixo de luz, enxerga a sombra.
Não estou entendendo esta lógica. Mas desde Sun Tzu que os chineses usam informação e desinformação como tática.

Delfim Sobreira

*esta fonte não enxerga a sombra. Falha nossa.

Felipe Silva

zzzzz…

Carlos Alberto Soares

Igual Saci Perere, ninguém nunca viu.
Porquê os Chinas estão investindo os tubos em aviões “invisíveis’, Kkkk
PS carsd não conseguem fazer um carro decente, agora estão na era do Capitão Kirk ?

Carlos Alberto Soares

Odeio teclado de ……

Hawk

Bruno V. Campestrini 27 de setembro de 2016 at 15:30, a China poderia sim conseguir porque em questão de tecnologia países em décadas podem evoluir absurdamente, vide a Alemanha Nazista. Mas…. Como comentei… Acho que algo TOP TOP TOP TOP assim não iria ser divulgado! Não tem muita lógica acabar com a “lei da vantagem”, sem contar que hoje em dia com internet é tudo na base de “InfoWar” para qualquer um dos lados. Isso lembra muito aquele acontecimento da guerra fria que os aviões espiões passavam sobre a URSS e mesma colocava um monte de maquetes para assustar os… Read more »

Madmax

Kkkkkk sombra de um avião
Se estiver de noite então já era
Kkkkk
Que notícia tosca.
Deu até vergonha alheia do jornalista.

Madmax

Pelo naipe da notícia já deu pra perceber que esses chinas manjam tanto de radar quântico como eu e você.

mbp77

“… originaram-se no Global Times, que é um meio de comunicação oficial do Partido Comunista da China.
.
E desde quando pode se dar credibilidade a uma fonte desse tipo?
Propaganda falaciosa na cara larga.
Sds.

Felipe Silva

mbp77 27 de setembro de 2016 at 16:12
Exatamente. Esse é o ponto que expõe a farsa da ”notícia”.

horatio nelson

toda mentira tem um fundo de verdade…lembrando q na china não existem leis trabalhistas nem amor pela vida humana(uma pessoa pode trabalhar em um projeto dia e noite durante anos tendo apenas alguns minutos para dormir até atingir um objetivo)

Carlos Alberto Soares-Israel

Bela fotomontagem !
É o que valeu da matéria, dá até camiseta da FD !

carcara_br

Caramba, estão levando as analogias ao pé da letra. Fazendo física quântica com comparações baseada na interpretação literal e física clássica dos termos utilizados.
Não sei o quão maduro este radar está, provavelmente é só um experimento de laboratório ainda, mas é aquele negócio.
Nada mais justo que os chineses anunciarem seu radar quântico quando estão enfrentando os aviões “invisíveis” americanos kkkkk

Marcelo Andrade

Eu só sei que parei de subestimar os chineses há muito tempo!!! Serão a maior economia do planeta daqui há 10 anos!!!!

Pergunte ao comandante de um Grupo de Combate da US Navy, se navegar perto da costa chinesa deixou, há tempos, de ser mais um cruzeiro para mostrar a bandeira????

Reinaldo Deprera

horatio nelson 27 de setembro de 2016 at 16:33
É por isso que eles não chegam a objetivo nenhum. Salvo os objetivos de reprodução.
Mas neste caso, a palavra objetivo perde sentido.

O Shenyang J-31 certamente não foi desenvolvido nessas condições. Ou nem voaria.

Save Ferris!

Carlos

O fenômeno de emaranhamento quântico é conhecido a muito tempo, mas ainda não tem ampla explicação. É no mínimo estranho alguém desenvolver um produto baseado num conhecimento ainda não dominado – fiquei me perguntando como iriam fazer pra separar cada fóton de seu par e analisar depois com confiabilidade. Enfim, só o tempo dirá.

Pangloss

Acho que o real objetivo da China não é enfrentar os EUA, mas sim desbancar a Rússia da posição de maior disseminadora de lendas da internet.

Felipe Silva

Pangloss 27 de setembro de 2016 at 17:54
Disputa acirrada, viu?

Sanguinius

@mbp77 Toda semana saem reportagens falaciosas a respeito do f35 e quase todo mundo aqui aplaude. Mas só quem presta são os americanos hehe.

Claudiney Martins

Delfin, no emaranhamento quântico tudo o que acontece em uma partícula reflete-se na sua partícula ‘gêmea’. Quando uma partícula choca-se com algo ela muda de estado. Emitindo-se um feixe de partículas e acompanhando o que acontece com seus pares podemos ter uma leitura de algo “no ar” (literalmente). . O conceito de radar quântico existe há alguns anos e é bem provável que os chineses estejam investindo muito no seu desenvolvimento. É possível que tenham conseguido algo em laboratório que justificou o artigo no Global (nos EUA conseguiu-se isso em 2012 +/-), mas ainda não devem ter nada militarmente utilizável.… Read more »

mbp77

Sanguinius 27 de setembro de 2016 at 18:21
Responda-me algumas questões, por gentileza:
*
Qual motor a jato moderno de alto desempenho que os chineses produzem?
*
Em que parte da minha postagem elogiei o F-35 ou os americanos?
*
Não acha que anda lendo Marx por demais, não? 🙂
Sds.

Reinaldo Deprera

Mas o Irã também está nessa briga aí. Eles já fazem caças stealth de quinta geração, porta aviões do naipe da classe Nimitz e sistemas terra-ar de longo alcance.
O problema do gênero ficção anti ocidental é que ele, por não ter um canal próprio em nenhum veículo, se confunde com a realidade. Gerando debates que para alguns são momentos de entretenimento e diversão, mas que para outros são chatos.
Eu devo confessar que me divirto muito com o pessoal que acredita no Padre Quevedo chinês, russo e iraniano.

Save Ferris!

camargoer"

Olá Carlos. Existem muito exemplos de tecnologias e produtos desenvolvidos sobre fenômenos pouco compreendidos cientificamente. O melhor exemplo são as radiografias de raios X, que foram desenvolvidas muito tempo antes de saber a origem dos raios X. Aliás, muita química foi desenvolvida antes da teoria atômica. Por milhares de anos, pastores, agricultores e criadores de animais, aprimoraram espécies de plantas e animais sem noção do que seria evolução, genética e DNA. A origem das vacinas é anterior à descoberta dos micróbios. O quinino foi descoberto como medicamente contra malária antes da descoberta do protozoário. Tem um livro chamado “Serendipty” para… Read more »

Reinaldo Deprera

Especialista dando garantias a respeito do dito cujo: https://www.youtube.com/watch?v=Xq47ePWPM-g

Save Ferris!

Topol

A tecnologia quântica evolui a passos largos… quero ver os que estão desdenhando da tecnologia hoje se sustentarão sua opinião amanhã quando surgirem noticias de iguais experimentos oriundos dos EUA ou outros países alinhados.

http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=recorde-teletransporte-quantico#.V-rsA9a5fqA

Bispo

Topol… “No stress”….. é da natureza humana desdenhar o que não consegue compreender… – O Paradoxo do Entendimento – Clarice Lispector: “Mas de vez em quando vinha a inquietação insuportável: queria entender o bastante para pelo menos ter mais consciência daquilo que ela não entendia. Embora no fundo não quisesse compreender. Sabia que aquilo era impossível e todas as vezes que pensara que se compreendera era por ter compreendido errado. Compreender era sempre um erro – preferia a largueza tão ampla e livre e sem erros que era não-entender. Era ruim, mas pelo menos se sabia que se estava em… Read more »

Trollbuster

Se isto fosse sólido os chineses abandonavam os projetos furtivos deles e jogavam todas as fichas neste sistema logo…

bosco123

Os ocidentalistas são capazes de entender que esse tipo de notícia é apenas informativa a respeito de possibilidades futuras e que resta muito a ser feito até surtir algum efeito prático. Talvez leve décadas. Os radares VHF AESA como o Nebo só agora estão dando as caras e se brinca o tal do Nebo nem está operacional ainda na Rússia, e se estiver, deve ser numa quantidade irrisória. Se levar 15 anos para a tecnologia do radar quasárico/fotônico/romulano amadurecer e mais uns 15 para se difundir, os caças já terão hipercruise e darão a volta no globo em questão de… Read more »

junior

Radar quântico tem um fundo de verdade, mas a questão é se a China já tem um do jeito que afirmam, já percebi que várias pesquisas e descobertas de ponta que começam em outros países os chineses pegam e falam que fizeram melhor rs. Outro detalhe é que os russos e chineses dizem que tem radares que detectam aviões stealth mas estão investindo uma grana na criação de aeronaves stealth.

bosco123

O que acho engraçado é que até uma semana atrás os radares VHF eram os maiorais. Agora focaram nos radares quânticos que ninguém sabia que existia até uma semana atrás. – Obs: já ter lido algo a respeito em algum lugar em algum momento não se sabe onde não é conhecer do assunto. – O mantra agora vai ser que os stealths são facilmente detectado pelos radares quânticos, que nem existem ainda. Aí que vontade de gostar de outro assunto! Devo ter mesmo vendido madeira com cupim pro Noé fazer a arca. Dizem que tem uns blogs de corte e… Read more »

Zeca

Se ele detecta somente a 60 milhas, o B2 já não teria mandado algo de presente para o super radar chinês??
Muito estranho ainda mais com essa limitação

camargoer"

Caro Junior, sem entrar no mérito dos chineses terem ou não o tal radar, há um equívoco em sua lógica. Supondo que eles tenham o equipamento, isso não significa seus inimigos o tenham. Portanto, ter a tecnologia de caças stealth significa uma vantagem relativa contra alguns de seus potenciais inimigos. A mesma conclusão se aplicaria para o caso deles não terem o tal radar. Assim, o investimento chinês em caças stealth não dá nenhuma informação sobre o estágio de desenvolvimento de seu novo tipo de radar;

Farroupilha

Atenção! Nossas queridas e esfomeadas 1 380 568 568 formigas, de nosso mega formigueiro gigante, fiquem todas tranquilas, pois já temos a FORÇA.
Coincidência…
É o novo bombardeiro stealth B-21 Raider chegando, entende?

camargoer"

Caro Zeca, os primeiros radares ingleses logo no início da II Guerra tinham um alcance da ordem de 100 km. Supostamente sendo a primeira geração, seu alcance poderia ser 40 km ou 200 km. Não que dizer nada.

Juarez

Bosco, este negócio é aquele mesmo do outro tópico que vocês escreveram trinta e dois bilhões de posts, e no fim, eu entendi que o tal radar mega hiper ultra foderation by xing ling larga duas bolinhas no ar, os tais fotons, um desaparece e outro gruda no avião e plota a sua posição, é isso mesmo?
Bosco, eu acho que aadam trocando muita figurinha com os russos, só pode.

G abraço

groosp

Radar quântico é, na minha opinião, a tecnologia mais esquisita em detecção. Outra coisa quase tão esquisita é o track-before-detect (rastreia antes de detectar).

junior

camargoer” – Não tem equívoco nenhum, se eles sabem que é possível desenvolver radares que detectam aviões stealth não tem lógica investirem nisso, assim que as aeronaves stealth deles ficarem prontas para o combate os inimigos já teriam tal radar que tornaria tudo inútil na mesma hora. Os países da OTAN nunca se preocuparam muito com isso porque durante muito tempo só teve os EUA com aviões stealth mas não quer dizer que não sejam capazes de detectar se investirem um esforço nisso, principalmente os EUA, para eles era mais interessante deixar os outros pensando que não era possível.

Madmax

É tudo mentira.

camargoer"

Olá Junior. São tecnologias distintas, sendo uma de caráter defensivo e outra ofensivo. Caças stealth dão uma vantagem ofensiva contra inimigos que não possuem tecnologia de detecção, enquanto que um radar superior anula a vantagem ofensiva do inimigo.

junior

no shit…

Gallina

Meus amigos, o ser humano engatinha no entendimento do universo quântico. Há promessas e muita coisa boa pode aparecer ? Sim, sem dúvida. Na informática, por exemplo, falou-se e fala-se em processadores quânticos. Por ora, de realidade, sabe-se que não pode substituir um processador comum, e que poderia quem sabe ser utilizado para determinados cálculos; ou seja, em algumas tarefas específicas. Num prazo entre 7 a 10 anos… Se, repito, se der certo. Na verdade, o assunto quântico virou uma panaceia… De espíritas a físicos, muita gente tem recorrido a “muleta quântica” para tentar embasar seus pontos de vista. Já… Read more »

Marcelo Andrade

Gente, estou impressionado!! Achava que este blog era para entusiastas e aficionados por aviação que nem eu!!

Mas estou por fora de tudo!!

Temos físicos, escritores, diplomatas, cientistas, engenheiros aeroespaciais, especialistas em política internacional, tudo, menos entusiastas iguais a mim,

Vou voltar a ler a revista Flap Internacional!!!!

EduardoSP

É razoável supor que se essa tecnologia tem alguma chance de ser utilizada praticamente em algum equipamento militar, haverá laboratórios em países ocidentais estudando, pesquisando e desenvolvendo essa tecnologia.

Não vamos nos esquecer que os russos gastaram muita grana, inventividade e esforço produzindo as mais variadas e esquisitas aeronaves, que se baseavam em conceitos válidos mas de escassa aplicação prática. Os ekranoplans me parecem um exemplo claro dessa abordagem dos problemas

Vai que a China está indo pelo mesmo caminho…

Felipe Silva

Sanguinius 27 de setembro de 2016 at 18:21
Tem razão. Toda semana uma notícia falaciosa (Contra) o F-35 é veiculada e muitos aplaudem. Provavelmente você está nessa lista.

Ivan da Silveiraa

Boa noite

“”Marcelo Andrade 27 de setembro de 2016 at 21:35″”

agora temos até a Clarice Lispector (risos até a morte kkkkkk).

Fala sério pessoal, nem deveríamos perder tempo com esse papo.

Abraço!

bosco123

De qualquer forma com o novo míssil AARGM “Double-Range” que caberá dentro de um F-35 A e C, os stealths poderão atacar estações de radar e lançadores a distâncias de mais de 200 km.
Junto com os SDBs e haja Pantsir pra defender da chuva de mísseis.
http://aviationweek.com/site-files/aviationweek.com/files/imagecache/large_img/uploads/2016/09/orbital-atk-aargm-er-james-drew.jpg

Carlos Alberto Soares-Israel

Reinaldo Deprera 27 de setembro de 2016 at 18:34]
Kkkk, onde assino ?
__________________________________________

Juarez 27 de setembro de 2016 at 20:28
Calma Amigo, os Han estão moderninhos,
eles copiaram a erva estragada, deu nisso !

Carlos Alberto Soares-Israel

camargoer” 27 de setembro de 2016 at 18:51
Verdade, vejam dois casos:
Scorpene, existe sem nunca ter submergido !
Rajada, começou a vender sem nunca ter um cocar !
Desculpe Camargo, brincadeirinha, de boa mesmo…. não me contive.
Mas seus exemplos são bons.
G abraço

bosco123

Só de curiosidade, nem mesmo os detratores do F-35 (Carlo Kopp e Bill Sweetman) ou russos e chineses alegam que o B-2 é detectável a radares VHF.
O “problema” deles é só com o F-35.

Reportagens especiais

PAMA-SP 2018: pássaros raros no Domingo Aéreo paulistano

Aeronaves incomuns de se ver em São Paulo, como o protótipo do YT-25B Universal II do PAMA-LS e C-98...
- Advertisement -
- Advertisement -