quarta-feira, outubro 20, 2021

Gripen para o Brasil

Embraer e Japan Airlines estendem programa de peças de reposição da frota de E-Jets

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

japan-airlines-jal-j-air-embraer-e190

Tóquio, Japão, 15 de setembro de 2016 – A Embraer anunciou hoje a extensão do programa Pool de peças de reposição com a Japan Airlines para a crescente frota de jatos E170 e E190 da subsidiária regional J-Air. O acordo, que tem validade de até 10 anos, cobre mais de 300 peças para toda a frota de 20 E-Jets da J-Air, composta por 17 jatos E170 e três E190. O terceiro E190 começou a operar comercialmente no início de setembro.

“Em nossas operações, onde a confiabilidade é muito importante, o programa Pool da Embraer garante o apoio de materiais e serviços a qualquer momento e em qualquer lugar, e, mais importante, a um custo acessível”, disse Tetsuya Onuki, Presidente da J-AIR Corporation. “A Embraer tem sido um parceiro confiável ao longo dos anos e contamos com o seu apoio à medida que ingressamos na próxima fase de operações do E170 e do E190.”

“A ênfase da J-AIR na excelência nos impulsiona a fazer o nosso melhor”, disse Johann Bordais, Diretor de Serviços e Suporte da Embraer Aviação Comercial. “Nossa equipe está empenhada em oferecer um sistema de apoio abrangente, por meio do valor agregado proporcionado pelo programa Pool, o qual garante que a confiabilidade operacional da J-AIR permaneça elevada. Isso impulsionará suas já rentáveis operações e manterá os passageiros satisfeitos.”

O programa Pool de peças de reposição da Embraer, que atualmente apoia mais de 30 companhias aéreas em todo o mundo, foi concebido para permitir aos clientes minimizarem investimentos em recursos e estoques de alto custo e contar com a expertise técnica da Embraer e sua ampla rede de provedores de serviços para reparo de componentes. Os resultados são uma significativa economia nos custos de reparo e estoque, redução no espaço necessário para armazenamento e eliminação de recursos necessários para gerenciamento de reparos, além de garantia nos níveis de desempenho.

DIVULGAÇÃO: Embraer

- Advertisement -

41 Comments

Subscribe
Notify of
guest
41 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos Alberto Soares-Israel

Show, grande Empresa ….. a terceira maior montadora de Aviões do mundo !
__________________

Maurício R.
Voltamos quase juntos, bom para todos ! (rs)
G Abraço

Mauricio R.

CAS,

Sim, de fato.

Abraço!!!!

RicardoFerreomodelismo

Carlos Alberto Soares-Israel 15 de setembro de 2016 at 16:47
Show, grande Empresa ….. a terceira maior montadora de Aviões do mundo !
__________________
Maurício R.
Voltamos quase juntos, bom para todos ! (rs)
G Abraço

Mauricio R. 15 de setembro de 2016 at 17:21
CAS,
Sim, de fato.
Abraço!!

A expressão é livre.
O sarcasmo idem.
A paciência não.

Acresçam senhores.
E cresçam para aparecerem melhor.

Carlos Alberto Soares-Israel

RicardoFerreomodelismo 15 de setembro de 2016 at 18:20
Valeu Troll

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
RicardoFerreomodelismo

Carlos Alberto Soares-Israel 15 de setembro de 2016 at 19:41
RicardoFerreomodelismo 15 de setembro de 2016 at 18:20
Valeu Troll

Vou lhe contar uma história que para bom entendedor explica:

Segundo as leias que regem a aerodinâmica, o besouro não poderia voar.

Como o besouro desconhece as leis da aerodinâmica, ele continua voando …

Sacou ?
Ou quer que eu desenhe ???

Carlos Alberto Soares-Israel
Carlos Alberto Soares-Israel
RicardoFerreomodelismo
Delfim Sobreira

Soares
Pergunta pro racista do Bibi quando ele vem visitar o libanês.
A desculpa pra não mandar um embaixador era a Dilma, a desculpa acabou.

Carlos Alberto Soares-Israel

Delfim
Pergunta você pô (rs).
Shalom
____________________________________________________

Quando criador e criatura se encontram:
http://isitec.org.br/ozires-silva-uma-visao-estrategica-sobre-educacao-e-inovacao/

Madmax

Li mas não entendi.
Como funciona esse pool de peças?

RicardoFerredomodelismo
Farroupilha

Quem poderia prever loucamente nas décadas de 60 e 70 passadas que o super industrializado Japão, principal parque da produção eletrônica mundial (Canon, Casio, Citizen, Hitachi, JVC Kenwood, Mitsubishi, Toshiba, NEC, Nikon, Nintendo, Olympus, Panasonic, Pioneer, Fuji, Seiko, Sharp, Sony, TDK), ainda iria ser importador de aviões a jato brasileiros no estado da arte?
Éhh, o mundo dá voltas.
Linda foto do E190 da JAL acima.
E Embraer se consolidando cada vez mais no mercado. Ponto para ela… Nada como deixar o cliente bem satisfeito.

Nonato

Boa pergunta, Madmax. A comunicação da Embraer falhou. Se era para o grande público…
Quem é do ramo provavelmente já sabe…
Aparentemente, a empresa não precisa ter todas as peças em estoque.
Mas como fica?
A Embraer mantém”concessionárias” no Japão, Coréia, China com as peças e atende onde for necessário?
Operadoras compartilham peças? Uma tem motor, outra tem asa.
E trocam entre si?

fonseca

Carlos Alberto. Você está de volta. Maurício, também. Quanto a você especificamente, não sei motivo de seu afastamento nem vem ao caso. Mas gostaria de lhe pedir permissão para lhe fazer duas sugestões que visam a tê-lo conosco por muito tempo e também criar um bom clima no fórum. Primeiro, percebo que você escreve muitos posts. Isso, em excesso, não é bom. Só sugestão. Não se chateie e sinta-se à vontade para acatar ou não. Segunda: percebo em alguns posts um clima de embate, temas polêmicos. Isso tende a criar desavenças, o que também não é bom. Boa noite e… Read more »

vicente de paulo

excelente…….

Bartolomeu

Para Ricardoferreomodelismo. Excelentes as publicações que você colocou em link; já fiz os downloads e fiz uma leitura superficial de algumas partes. Mesmo que a Embraer fosse apenas uma “montadora” de peças – e não é! – ainda assim seria um avanço industrial. Não é algo simples montar milhares de peças de alta tecnologia para produzir um produto de alta qualidade e que atende consumidores exigentes. A Embraer representa o Brasil que pode dar certo e, claro, representa um modelo de desenvolvimento. O outro modelo é o da Sete Brasil ou de outras empresas que sobrevivem, ou melhor conseguiram sobreviver… Read more »

Mauricio R.

O PDV da Embraer já rendeu aproximadamente 1500 adesões.

Bartolomeu

A Sete Brasil não fez PDV… Ali[as, a Embraer esperava 3.000 demissões, segundo li. É uma indústria sazonal, muito exposta às variações econômicas internacionais; houve uma queda de demanda por jatos executivos. O importante é manter o núcleo duro dos funcionários, da área de tecnologia e Ti.

Seal

Off: A Airbus Defence & Space planeja entregar o primeiro avião C295W (W-winglets) na versão SAR para a Força Aérea Brasileira (FAB) durante o primeiro trimestre de 2017, segundo informou a própria companhia.

Rinaldo Nery

Madmax e Nonato. É mais ou menos isso. A companhia não imobiliza spare parts em seu estoque. O estoque fica na EMBRAER e, no caso da JAL, deve utilizar-se do estoque da Harbin (mais próximo). Todas compartilham, e só pagam o que utilizarem. Como é a entrega? Via aérea. O contrato prevê tempo máximo para entrega na condição AOG (Aircraft on Ground).
Na Europa deve ter um estoque mínimo na OGMA, e nos EUA em Jacksonville.

Carlos Alberto Soares-Israel

Space Jockey 16 de setembro de 2016 at 3:29 Já fechou, 1.479 adesões. Faz parte nas grandes empresas, que oferecem ótimos planos. As médias e pequenas empresas simplesmente demitem, pagam a rescisão como podem e quando podem. Ou as que podem, fazem acordo, reduzem tudo até o talo e da-lhe banco de horas. Mercedez Benz, Usiminas, CSN, VW, Ford, GM e a torcida do Flamengo e do Corinthians também tiveram ou estão em PDV, fora a PETROROUBO …. ops …. PETROBRAS. Tem uma metalúrgica aqui na região, player em seu seguimento, 90% da M.O. da fábrica está em casa, entrou… Read more »

Carlos Alberto Soares-Israel

fonseca 16 de setembro de 2016 at 2:29 Fonseca obrigado pela boas vindas ao nosso retorno e estendo meus agradecimentos a outros foristas que se manifestaram da mesma forma. ________________________________________________ Eu e o o Mauricio R. eramos desafetos, evoluímos e somos amigos de fórum, as divergências foram todas superadas e temos um ótimo relacionamento respeitoso. Para mim em muitos assuntos ele é uma das referências. _________________________________________________ Quanto aos temas emblemáticos e aos embates agradeço sua observação mas acrescento: Aqui não é o forum do Instituto Rio Branco, são assuntos militares e correlatos, envolvem política sim uma vez que assuntos de… Read more »

Carlos Alberto Soares-Israel

Todos os Link’s são muito bons,
mas recomendo no assunto Embraer leitura obrigatória do Honrado Coronel Osires Silva,
http://www.blogdoozires.com.br/

Farroupilha

Mauricio R., Sempre dando uma cutucada ácida na Embraer (rsrsrs). Fofoca e aviso para vc… Estão dizendo que se um dia apareceres na Embraer vão te convidar simpaticamente para fazeres um lanche em dos refeitórios internos da empresa, e lhe oferecerão um pastel recheado de carne moída, temperada carinhosamente (toque especial do Chef) com tatus recolhidos entre os projetistas do “mais um”. Quem avisa, amigo é! – Carlos Alberto Soares-Israel, A Índia ficou para trás, agora o negócio é Capadócia, Istambul… Aqui fica uma dica de novela para vc: Sila: Prisioneira do Amor. Boa novela, que se passa na Turquia,… Read more »

Madmax

Valei Rinaldo,
Só mais uma pergunta.
Pagam só pelo que compra ou remuneram pelo serviço de estocagem?

gbento

Já que a matéria é sobre a EMBRAER, acho que posso perguntar aqui.

Alguém tem as dimensões exatas do KC-390? Procurei na internet, mas encontrei várias medidas conflitantes. Até mesmo imagens da própria EMBRAER apresentam medidas diferentes.

Se alguém puder ajudar eu agradeço.

Carlos Alberto Soares-Israel

Farroupilha 16 de setembro de 2016 at 15:00
Errou galdério, não sou noveleiro, fui …..
Irmãos coragem, direito de nascer, o rei do gado, pantanal, são as que eu me lembro !
Obrigado, mas parei faz quase 4 anos de beber, gosto ainda, mas não posso, nada haver com bebidas, tudo haver com diabetes, cardiopatias, peritonite adesiva etc etc.
Não tenho nada Amigo, inclusive saúde …. Kkkk
Sangue Sefardi Español, Mouro e Italiano, morro acima dos 80, faltam 23 ….. (rs).
Shalom

Carlos Alberto Soares-Israel

gbento 16 de setembro de 2016 at 15:18
Coloque KC 390 na “lupinha” canto superior direito,
confira e achará tudo do KC FAB/EMBRAER !
Bom estudo.

Mauricio R.

Carlos Alberto Soares-Israel 16 de setembro de 2016 at 14:01
.
CAS,
.
Obrigado pela consideração, de fato aprendemos a conviver dentro deste blog.

Maria do Carmo Lacoste

Sei.

Rinaldo Nery

Madmax, não tenho certeza, mas acho que não pagam pela estocagem.

Maria do Carmo Lacoste

Madmax 16 de setembro de 2016 at 15:05 Sim, devem pagar, todo o estoque tem embutido em si pelo menos um custo, o chamado “Custo Oportunidade do Capital”, que é dado pelo valor da menor taxa de juro de mercado. Há outros custos, mas pelo menos o Custo Oportunidade dado por esta taxa de juro de mercado, existe. Desta forma, estocar uma mercadoria incorre em custos, que são acrescidos ao custo total e final da mercadoria, ou seja, impactam no preço final do produto. As empresas costumam trabalhar com estoques ajustados a demanda de mercado a fim de minimizar estes… Read more »

Rinaldo Nery

Tai aí, Madmax. A moça deu a resposta certa. Também não sabia.

Delfim Sobreira

O nome disso é “just in time”, apenas receber o necessário pra efetuar a produção de curto prazo, sem gastar recursos com armazenamento de componentes.
Um dos pilares da alta produção e baixo preço da indústria automotiva japonesa.

Maria do Carmo Lacoste

Delfim Sobreira 16 de setembro de 2016 at 20:39 Este meu exemplo não é necessariamente o do “just in time”, já que esta técnica é aplicada à produção. Neste caso eu me refiro ao estoque de mercadorias acabadas, já prontas para a venda. Você já deve ter visto imagens de centenas ou até milhares de automóveis no pátio das montadoras aguardando para serem vendidos, é este tipo de estoque que é a causa – uma delas, apenas – de flutuações econômicas, ou ciclos econômicos, este fenômeno foi descrito por Lord Keynes. Quanto a partes ou peças que comporão a cadeia… Read more »

Últimas Notícias

Acompanhe a estreia do 1º episódio da websérie Colaboração Real 4 no YouTube

Em 21 de outubro, às 11h, estreia o primeiro episódio da quarta temporada da websérie Colaboração Real no canal...
- Advertisement -
- Advertisement -