Home Foto U.S. Navy e JASDF treinam combate aéreo dissimilar no Japão

U.S. Navy e JASDF treinam combate aéreo dissimilar no Japão

3932
20

160804-N-EM227-001 ATSUGI, Japan (Aug. 4, 2016) An E-2C Hawkeye

Atsugi, Japão (04 de agosto de 2016): um E-2C Hawkeye do Carrier Airborne Early Warning Squadron (VAW) 115, um caça F/A-18E Super Hornet do Strike Fighter Squadron (VFA) 195, e um caça F-4EJ Phantom II do 302 Tactical fighter Squadron, da Força Aérea de Autodefesa do Japão (JASDF), voam em formação, como parte do segundo evento de treinamento Benkyoukai entre a JASDF e a Carrier Air Wing (CVW) 5. O evento de uma semana, liderado pelos Dambusters do VFA-195, incluiu treinamento de combate aéreo dissimilar (DACT) com o esquadrão da JASDF.

FOTO: U.S. Navy

20
Deixe um comentário

avatar
20 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
18 Comment authors
Madmaxbosco123RommelqeRicardo NascimentoGuizmo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Clésio Luiz
Visitante

Chega a impressionar que os EUA tenham se negado a vender o F-22 ao Japão, depois de terem dado licença para fabricar o F-4 e o F-15.
.
Os japoneses são do tipo que usam uma aeronave até o osso. Os F-2 (versão local do F-16) vieram para substituir os Phantom e o F-1 (caça “inspirado” no Jaguar), mas estão aí até hoje.

dieter91360
Visitante
dieter91360

Que melhor candidato para combate dissimilar contra a USAF que a FAB? Deveriamos ter exercicios desta indole, pelo menos uma vez por ano. Imaginem só, F-5, A-1 e Tucano cotra F-16, F-22 e F-35. Talvez depois de levar algumas surras nos exercicios, o Brasil acoradaria para a necessidade de poderio aéreo moderno.

Edcarlos
Visitante
Edcarlos

‘dieter91360 8 de agosto de 2016 at 18:42’

Não levamos tanta surra, até batemos um pouco!

http://www.aereo.jor.br/2015/11/20/f-5m-x-fa-18-conseguimos-algumas-vezes-ganhar-a-disputa/

Saudações!

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Não precisa de exercício multinacional pra ter consciência das capacidades. Precisa de dinheiro para atingi-la. Fraudes no Bolsa Família desviaram 2,5 bi.

Aki vrx (Shandow)
Visitante

Tem 2 esquadrões de F-4 ainda na ativa o 301 e 302 Tactical fighter Squadron, eles somente vão começar a dar baixa quando os F-35A chegarem.
Esses F-4 fazem a proteção da região de Kanto, próximo a Tóquio, como as principais ameaças vem da Rússia ou da China, a região central é o local mais tranquilo.

Mauricio Veiga
Visitante

Dieter, em combate dissimilar 2X1, F-5 X F-15, o F-5 supera o F-15 em 85% dos combates na arena ar/ar (wvr), testes realizados nos EUA na decada de 90.

Abraço.

Jorge Knoll
Visitante

que foto linda, e um caça F-4EJ Phantom II, um dos caças mais lindos e efetivos que já produziram, ainda em atividade.
Se fosse no Brasil, seria peça de museu.

André Bueno
Visitante

Temos as Cruzex.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

F4 não é bonito é elegante

Jmgboston
Visitante
Jmgboston

Maurício, voce esta dizendo que em um combate ar-ar entre um F15 e um F5 voce vai querer estar sentado em um F-5 mesmo o F-15 com toda aquela potência e aviônicos? Eu vi os 2 lado a lado em um air show em New Hampshire e o F5 não me inspirou tanta confiança. Até os motores dele são bem menores que os do F-15. O piloto Me disse inclusive que o F15 tem uma das maiores relações pesp/potência, por isso ele decola e sobe na vertical acelerando. Não perguntei sobre manobrabilidade. Talvez seja essa a vantagem, não sei dizer.

Alexandre Galante
Visitante
Member

Tem uma história muito interessante sobre os combates de F-15 versus F-5E na década de 80. Os F-5 apanhavam muito dos F-15 porque não tinham RWR, então um dos pilotos de F-5 foi até uma loja RadioShack e comprou alguns alerta radar para carros que denunciavam os radares da polícia e instalaram nos caças.
Da noite para o dia a kill rate em favor dos F-15 despencou e seus pilotos ficaram sem saber o que tinha acontecido até os pilotos de F-5 contarem o segredo. Rs

Delfim Sobreira
Visitante
Delfim Sobreira

Acredito que se os EUA tivessem fornecido os F-4 ao Brasil no início dos anos 70 em vez dos Mirage III, ainda estariam voando.

E devidamente modernizados, impondo um tremendo respeito no ConeSul.

André
Visitante
André

Galante….seria verídica essa história?
Inusitada e engraçada já é.

Alexandre Galante
Visitante
Member

Sim, é verídica. O alerta radar para carros que eles instalaram avisava os pilotos de F-5 quando o radar do F-15 travava neles para lançamento de AIM-7, criando a oportunidade para manobras evasivas.

Guizmo
Visitante
Guizmo

Car system? “Atenção, este caça está sendo engajado”

Ricardo Nascimento
Visitante
Ricardo Nascimento

F-4EJ Phantom II, tchê para mim é uma obra prima da aviação! É sem dúvida meu caça predileto, se eu não estou errado ele além do Japão ainda está em atividade na Alemanha, Grecia, Irã e Turquia?

Rommelqe
Visitante
Rommelqe

O Phantom pra mim não é mais bonito, mas so tem como rivais, na historia dos caças, os spitifires.

bosco123
Visitante

O problema da gambiarra americana com o RWR improvisado é que o caça é avisado que está sendo iluminado mas não sabe a direção da ameaça e aí sai fazendo manobras evasivas aleatórias que podem inclusive levá-lo em direção ao míssil.

Madmax
Visitante
Madmax

Kkkkkkk
Dá dois troféus para esse mito do alerta de rádio.
Um é de reserva para o caso dele perder.

Madmax
Visitante
Madmax

O cara enxergou fora da caixa.