Home Acidente Aéreo Caça AF-1 Skyhawk da Marinha do Brasil cai no mar e piloto...

Caça AF-1 Skyhawk da Marinha do Brasil cai no mar e piloto está desaparecido

19319
151

AF-1M

Um caça da Marinha do Brasil caiu no mar da Região dos Lagos do Rio na tarde desta terça-feira (26). O acidente foi durante um treinamento padrão que era feito junto com outra aeronave, a 24 milhas da costa, cerca de 44 Km de distância do litoral.

Segundo a Marinha, o piloto ejetou da aeronave e caiu no mar com vida, mas ele ainda não foi encontrado. Uma grande operação de resgate está em curso com navios, helicópteros e outras embarcações.

A aeronave que caiu no mar é do modelo AF-1 Skyhawk da Marinha do Brasil. O outro caça que fazia o treinamento, do mesmo modelo, voltou com segurança para a Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia, de onde eles tinham saído. As causas do acidente ainda são desconhecidas.

NOTA DA MARINHA SOBRE O ACIDENTE

“A Marinha do Brasil (MB) lamenta informar que, na tarde desta terça-feira (26), ocorreu um acidente envolvendo uma aeronave da Força, modelo AF-1B, obrigando o piloto a se ejetar. A aeronave caiu no mar, nas proximidades de Saquarema – RJ.

A Marinha deu início às buscas pelo piloto e está prestando todo o apoio necessário à família do militar.

O acidente aconteceu quando a aeronave retornava de exercícios operativos e suas circunstâncias estão sendo apuradas”.

2ª NOTA DA MARINHA

A Marinha do Brasil, em complemento à Nota publicada anteriormente, informa que duas aeronaves AF-1B encontravam-se realizando treinamento de ataque a alvos de superfície com a Fragata “Liberal”, a cerca de 100 Km ao largo do litoral de Saquarema-RJ. Durante o voo de afastamento do navio, em formatura tática, para a realização de um novo ataque, houve a colisão entre as aeronaves, com a provável ejeção do piloto e queda de uma delas no mar.

As operações de busca e salvamento foram iniciadas imediatamente com o emprego de navios, aeronaves, além de lanchas de apoio do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro. A segunda aeronave conseguiu retornar e pousar, com segurança, na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia-RJ.

Até o momento, o piloto não foi encontrado. As buscas prosseguirão pelo período noturno com o emprego de navios e aeronaves.

FONTE: G1

Subscribe
Notify of
guest
151 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
3 anos atrás

Faltam muitos detalhes. Falha mecânica? Perda de controle em vôo? Colisão? Espero que resgatem o piloto com vida.
Lembrei do artigo do Brig Quirico comentado na outra matéria, e não pude deixar de fazer uma relação. O nobre aviador naval não era “lobisomen”.

Ocidental Sincero
Ocidental Sincero
3 anos atrás

Lá se vai mais uma Lata Velha ! Ainda faltam quantos para finalmente todos sair de serviço?

Antonio Nonato
Antonio Nonato
3 anos atrás

Minhas orações para que o militar seja encontrado logo…

Zica
Zica
3 anos atrás

Deus proteja nosso piloto e com a graça e fé ele será resgatado com saúde.
Será que é dos AF 1A modernizado?

Zica
Zica
3 anos atrás

Acho esta aeronave espetacular, mas já deu sua contribuição. Passou da hora de termos o Gripen Naval

Alexandre Galante
3 anos atrás

Sim, a Marinha informou que o avião que caiu era o modernizado AF-1B

Robson
3 anos atrás

um caça caiu e o outro piloto não viu onde foi… pra dar as coordenadas para a equipe de resgate… como assim…

Arthur
Arthur
3 anos atrás

Moro em São Pedro e circula a informação entre os que trabalham na BAeNSPA que houve colisão entre os dois caças AF-1 durante o treinamento, sendo que um deles conseguiu pousar em segurança e o outro caiu. Segue o printscreen que está sendo repassado: https://i.imgur.com/AIWf4uX.jpg

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
3 anos atrás

É possível não ter visto, Robson. Não sabemos se estavam próximos. E um piloto ejetado mo mar é quase impossível de ver, ao menos que use um pirotécnico ou fumaça. Voei 3 anos sobre o mar.

Zica
Zica
3 anos atrás

O sinal de gps fica no assento ejetor, com certeza será localizado são e salvo. Força aí guerreiro.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
3 anos atrás

Após a ejeção o assento se separa do piloto, cai no mar e afunda. Acho que não está no assento…. No colete do piloto não teria um PLB, como se usa na FAB?

Alexandre
Alexandre
3 anos atrás

Rinaldo, mais em treinamento eles não carregam fumaça nem sinalizadores?

Zamzam_pampa
Zamzam_pampa
3 anos atrás

Depois do F-5E, umas das minhas aeronaves preferidas.Merecia uma turbina F-404 e canhões DEFA 30mm. A fuselagem dessa aeronave é indestrutível e certamente aguentaria muitos anos ainda!

Luiz Antonio
Luiz Antonio
3 anos atrás

Triste noticia, ainda mais pelo fato do piloto não ter sido encontrado. Porém as possibilidades são boas uma vez que são profissionais e treinados. A preocupação maior é com a ejeção, por si só violenta. Vamos ser confiantes de que tudo não tenha passado de um grande susto. Quanto as causas do acidente, a não ser que tenha sido uma colisão devemos aguardar. O Ala deve auxiliar muito nas investigações.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
3 anos atrás

O kit de sobrevivência tem tudo. Resta saber se o piloto estava acordado ou desacordado ao atingir a água. Se estava em boas condições de saúde é só acionar o PLB (Personal Locator Beacon). Porém, buscas a noite sobre o mar são MUITO complicadas. Mas a MB também possui NVG.
E, corrigindo o outro amigo, assento não tem GPS.

Leandro Costa
Leandro Costa
3 anos atrás

Torcendo aqui para o piloto ser encontrado bem. Triste notícia, mas acidentes acontecem. Espero que as causas do acidente sejam identificadas.

aldqueiroz
3 anos atrás

Walfrido Strobel 26 de julho de 2016 at 18:03
Mas Ariano Suassuna faleceu em 2014, masi precisamente dia 23/07/2014..
Quanto a Shumacher, vi um site apenas noticiar… acho que foi uma ‘barriga’ da redação do site (como se diz em jornalismo)
Voltando ao tópico: tomara que encontrem o piloto do AF-1, e bem. Tomara.

Jorge Tadeu
Jorge Tadeu
3 anos atrás

Triste notícia… Orações pelo piloto. Que seja encontrado vivo e bem de saúde!

Mauro Oliveira
3 anos atrás

Alguém sabe o nome do piloto?

Paulo Cesar Cardoso
3 anos atrás

Os anos de fabricação não tem nada haver com a idade ou tempo de uso…o que manda e a manutenção…tem muitos aviões de ataque voando no mundo…?

carvalho2008
3 anos atrás

Puxa vida….os pilotos sonham tanto com esta oportunidade que espero que a dedicação do piloto lhe favoreça o destino e consiga ser resgatado logo…bem e vivo….!
.
Deve ser muito angustiante, a dedicação deles é tamanha que as vezes acho ficam pensando mais no que poderiam ter feito diferente ou impedido o acidente do que na propria vida…vamos torcer para a breve chegada de boas noticias e que esteja bem!
.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
3 anos atrás

Graças a Deus ele terá uma boa história para contar para os seus netos.

Saravá Ferris!

Delfim Sobreira
Delfim Sobreira
3 anos atrás

E o F-39, só em 2019…

Jefferson Ferreira da Silva
3 anos atrás

Caramba hein… foi uma colisão… pelo visto o piloto estava bem porque conseguiu se ejetar… Agora é normal essa demora toda se o piloto possui dispositivo de localização ?? Ou ele não tem ? Ele conseguir desviar a ponto de não destruir completamente o caça, consegue ejetar e ficar a deriva é complicado!!

Leandro Costa
Leandro Costa
3 anos atrás

Delfim, está ficando chato de tão repetitivo isso. O acidente em questão não teve nada a ver com a idade das aeronaves. É algo que simplesmente acontece é risco inerente da profissão. E todo mundo sempre soube, desde o início do processo todo com o Gripen, que ele estaria tendo as primeiras entregas em 2019. Não acredito que esse tempo todo você não leu uma única matéria sequer sobre o JAS-39E/F.

Carlos Crispim
Carlos Crispim
3 anos atrás

Tomara que o piloto seja encontrado em breve e com saúde, vamos torcer e orar muito.

Douglas Belarmino da Mota
3 anos atrás

Quarta -feira, dia 20/07/2016 às 7h20 min, um A-4(não deu para identificar se o modelo era modernizado ou não) estava fazendo umas passagens pela base aérea de Santa Cruz. No Sábado,dia 23/07/2016 às 12:00 às 16:30horas.dois A-4(não deu para identificar se o modelo era modernizado ou não) estavam fazendo umas passagens na base aérea de Santa Cruz.

Ben-Hur
Ben-Hur
3 anos atrás

Infelizmente nenhuma ejeção é garantia de 100% de sobrevivência. Creio que o assento do AF-1B não seja 0/0.

Luciano
Luciano
3 anos atrás

Mas a “Liberal” não estava perto? Ela tem meios próprios para resgate no mar. Ele deve ter recebido o primeiro sinal de socorro das aeronaves, além de (já que era um exercicio conjunto) estar acompanhando as duas no radar. A nao ser que tenha acontecido algo de muito ruim com o piloto na ejeção e choque na água. Vamos torcer para que tudo dê certo!

Nonato
Nonato
3 anos atrás

Ocidental comunista.
Dependendo da queda, quem sabe reaproveitam o avião?
É só fazer uma limpeza, tirar algumas algas, um pouco de água salgada, e está pronto para voar…

Felipe Reis
Felipe Reis
3 anos atrás

Foi uma colisão no ar , o outro piloto n deve ter visto , pq deve ter entrado em desespero só pensando em pousar a caranga , seria bem dificil realmente se concentrar ali na hora pra olhar onde ele caiu , infelizmente perdemos um avião e espero que o piloto esteja bem , pois se n perdemos tbm uma vida.

Bispo
Bispo
3 anos atrás

Provavelmente culpa de “algum Albatroz” que jurou lealdade ao ISI.

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
3 anos atrás

Passou no jornal da Band agora que foi uma colisão entre dois A4, durante um treinamento, colisão ocorrida devido a um erro de um dos aviões

Bille
Bille
3 anos atrás

Complicado. Não sei qual horário da amerrissagem, mas se entrar à noite e ele não estiver no bote complica bastante. Não sei como é o equipamento da MB mas além de ele estar acordado, deve ter inflado o colete (caso não seja automático), se livrado do peso do equipamento e subido no bote. Nesse horário, temperatura do mar 15 graus ou menos a chance de sobrevivência cai bastante. Além disso, homem ao mar é algo bem difícil! Mas o milagre e o treinamento estão aí para provar que dá pra sair dessa! Sucesso ao caçador e à equipe de busca!

Carlos Campos
Carlos Campos
3 anos atrás

que triste ver meu dinheiro destruído e o Piloto sumido 🙁 é pra ficar triste em dobro

Alberto Figueiredo
Alberto Figueiredo
3 anos atrás

NOTA DA MARINHA: “…com a provável ejeção do piloto…”???? Ué.

junior
3 anos atrás

Onde ele caiu dá para ver a costa, o piloto pode ir nadando até a praia…

JT8D
JT8D
3 anos atrás

Se foi uma colisão é óbvio que a idade do avião não teve a mínima influência no acidente. Infelizmente isso pode acontecer a qualquer momento com que abraça essa profissão. Vamos torcer para que o piloto seja resgatado com vida

Alexandre
3 anos atrás

Primeiramente gostaria de me desculpar se eu for mal interpretado. Mas hoje teremos mais um piloto pronto para qualquer tipo de situação, desde um ataque até ser abatido direita ou indiretamente. Com a graça de Deus ele retornará aos seus, mas voltará ainda mais capacitado para ensinar os que estarão por vir. Situações como essa que envolvem técnica, preparo físico e psicológico reforçaråo ainda mais o planejamento e capacitação tática de nossos pilotos. Tendo a experiência de atacar, se posicionar para o segundo ataque e de repente se é obrigado a deixar o campo de “batalha”. Que Deus esteja com… Read more »

Gilberto
Gilberto
3 anos atrás

Aviões na área de busca : um Phenom 300 e um c105 Amazonas
No flight radar….

Zamzam_pampa
Zamzam_pampa
3 anos atrás

Pelo tipo de busca que o helicóptero da marinha está realizando, varredura da orla bem próximo à arrebentação, temo que venhamos ter más notícias!

Cyl Farney
Cyl Farney
3 anos atrás

A nossa Força Aérea é mais perigosa aos pilotos do que a um potencial inimigo. Espero que os 36 caças suecos cheguem logo para que se aposentem de uma vez os F-5 e os AF-1, e que a compra não se limite a 36, mas que a compra das 120 aeronaves planejadas se concretize. Que o piloto seja encontrado vivo e logo.

by Mauro
by Mauro
3 anos atrás

DEUS proteja o piloto, ficamos a espera de boas noticiais. DEUS no comando.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
3 anos atrás

Lamentavel. E o Piloto? Ainda està desaparecido?

Ha umas duas semanas atrás eu comentei aqui que não possuem aeronaves adequadas.

Naquela mesma semana caiu um F5, e agora cai um A4.

Jà imaginaram se o Brasil estivesse em guerra?

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
3 anos atrás

Às 18:40 decolou um SC-105 do 2°/10° GAV, de Campo Grande para Aldeia, a fim de participar das buscas com o uso de NVG. Um Sea Hawk do HS-1 está efetuando as buscas com uso do FLIR. Vamos torcer para que o oficial seja encontrado com vida.

Franco Ferreira
Franco Ferreira
3 anos atrás

Uma palavra na nota da Marinha do Brasil, tira as dúvidas: … provável… Se ejetou o paraquedas é visível e o GPS lhe indica a posição; a Corveta recolhe. Será que ejetou? Com grande tristeza consigno que ainda existe o sentimento de “salvar a máquina”; e, acredito, maior ainda Marinha. Ejeção tem hora! não vale ejetar de um avião que, depois, pousa sozinho! Ataque à superfície, antigamente – muito antigamente – chamava-se Ataque 1. É de excelente alvitre recuperar em QDR diferente do anterior, por muitas razões. Há, ainda, outra coisa: que tipo de armamento estavam simulando usar? Qualquer que… Read more »

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
3 anos atrás

O Phenom 300 não tem nada ver com essa busca.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
3 anos atrás

Era uma Fragata, a Liberal. Não lembro o costado. As águas na região são muito frias. A cidade não se chama Cabo Frio à toa. Se ele não estiver no bote vai morrer de hipotermia.
Na 2a ELO realizávamos esse tipo de missão com frequência. Não entendi como colidiram, pois durante os ataques as aeronaves se separam, e só irão reunir no regresso para Aldeia, em formatura ROTA. Nem em BASICA era. Se o cansaço não fosse grande fazíamos umas acrobacias na ala sobre a Base. Só se os navais quiseram fazer o mesmo sobre o mar. Acho difícil.

Cotrim
Cotrim
3 anos atrás

Boa noite a todos!
Sou grande fã do site e dos grandes nomes que aqui comentam (Bosco, Nery, dentre outros que não vou me alongar, rs).
Infelizmente, acho muito pouco provável que o piloto tenha ejetado…
Estamos aqui na torcida para que tenhamos um final feliz.