C-767 da FAB - primeiro transporte de tropas - foto 2 FAB - ten Heitor

Militares da FAB vão reforçar segurança nos Jogos Olímpicos: 153 integrantes da FAB e 91 militares da Marinha foram transportados

A primeira missão da Força Aérea Brasileira (FAB) com o Boeing 767 foi realizada nesta sexta-feira (15) com o transporte de militares que atuarão na segurança dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

“A gente retoma a atividade aérea com o privilégio de realizar as missões aéreo logísticas, que consiste no emprego de meios aéreos para transporte de pessoas e de cargas. Representa a volta da atividade aérea do Esquadrão Corsário e fôlego de vida de uma unidade aérea operacional”, disse o Comandante do Esquadrão, Tenente-Coronel Aviador Luiz Eduardo Ferreira da Silva.

No total, 244 militares da FAB e da Marinha foram levados de Belém (PA), Boa Vista (RR), Porto Velho (RO) e Brasília (DF) até o Rio de Janeiro (RJ). A participação de tropas das Forças Armadas em complemento à segurança pública – para Garantia da lei e da Ordem (GLO) – ocorre por solicitação do Governo estadual e com autorização da Presidência da República.

C-767 da FAB - primeiro transporte de tropas - foto 3 FAB - ten Heitor

O Capitão de Infantaria da FAB Bruno Heloy Herculano, responsável pelos grupamentos de Porto Velho e Boa Vista, explicou que os militares passaram por um preparo especial para esta missão. “Foram realizadas instruções de policiamento, pontos de bloqueio, controle de vias, escolta, patrulhamento a pé e motorizado e, também, legislação, como Estatuto da Criança e do Adolescente e Direito Penal”, disse ele.

“Nosso treinamento foi bem completo. Queremos fazer a diferença, que a população se sinta nossa amiga e saiba que estamos lá para garantir a segurança”, ressaltou o Soldado Jairo Gomes da Silva, da Base Aérea de Boa Vista (BABV).

C-767 da FAB - primeiro transporte de tropas - foto FAB - ten Heitor

Reforço – Na chegada ao Rio de Janeiro, cerca de dois mil militares da FAB aguardavam os colegas do Norte e Centro-Oeste. O Comandante do Terceiro Comando Aéreo Regional (III COMAR), Major-Brigadeiro do Ar José Euclides da Silva Gonçalves, destacou o preparo da tropa. “Estamos prontos para o desafio e para trazer à população a defesa e a segurança que nos compete”, disse.

Para o Ministro da Defesa, Raul Jungmann, o preparo dos integrantes das Forças Armadas é um diferencial para a segurança dos Jogos Olímpicos. “Os senhores foram trazidos de diferentes lugares e selecionados entre os melhores para que o evento ocorra com paz e tranqüilidade. O Brasil espera que cumpram com seu dever e, ao final da Olímpiada, possam dizer que a missão foi cumprida”, declarou ao se dirigir à tropa durante a formatura realizada na Base Aérea do Galeão (BAGL).

C-767 da FAB - primeiro transporte de tropas - foto 4 FAB - ten Heitor

Saúde – Na Base Aérea do Galeão também estava exposta a aeronave C-105 Amazonas da FAB, preparada para realizar missões de evacuação aeromédica de vítimas de contaminação Química, Bacteriológica, Radiológica e Nuclear (DBQRN).

Assista no vídeo como foi a primeira missão do Boeing 767 pela FAB:

FONTE / FOTOS / VÍDEO: FAB (Agência Força Aérea, reportagem de tenente Emília Maria, fotos de tenente Heitor)

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antonio Cançado
Antonio Cançado
4 anos atrás

Desculpem, mas até agora não consegui enxergar a função dessa aeronave na FAB. Alguém poderia, por favor, me explicar?
Agradeço.

Renan
Renan
4 anos atrás

pintura interessante….

Gustavo
Gustavo
4 anos atrás

O pessoal do corsário vai se viciar nessa maquina! Vai dar é briga pra revezar o proximo à pilota la pois nao tem aviaozào desses pra quem quer! Kkkkkk

Celso
Celso
4 anos atrás

Antonio, ta tao dificil assim entender…rsrsr ..isso eh so o comeco, pois nao existe outra funcao nesta configuracao q nao seja aquela de levar e trazer pessoas (tropas) ou quem sabe, transportar o alto comando politico deste pais e seus apaniguados em verdadeiras viagens internacionais para representar o Brasil as nosssas custas. Dificil mesmo sera ve-la la no Galeao tomando sol ou poeira…..vai sumir c frequencia…..aguarde….rsrsrs Sds

Luiz Antonio
Luiz Antonio
4 anos atrás

Agora com essa nova aeronave nossos políticos vão atingir o nirvana em suas viagens “a serviço do povo”. Logo mais o Renan vai realizar novo implante de cabelo………na Europa. Vai ser difícil evitar que o 767 não preste seus serviços ao GTE.
Necessária sem dúvida alguma. O problema é se será utilizada aos fins a que originalmente se destina.

Luciano
Luciano
4 anos atrás

Antonio, boa noite. Uma unidade de transporte precisa de meios para tal. Nem sempre é possivel e viável utilizar veículos terrestres ou marítimos, daí a necessidade de aviões e isso nao pode ser feito efetivamente sem aeronaves adequadas para tal! Imagine um rápido deslocamento de uma Cia de fuzileiros do RJ para o Acre? De avião é complicado, imagina por terra! Todos as FFAA que se presem tem unidades de trasporte aéreo suficientes para deslocar suas unidades, ao menos as de pronto emprego!

Leandro Reis
Leandro Reis
4 anos atrás

Verdade, Luciano. Infelizmente a maioria das pessoas só sabem críticar. Crítica negativa.

Clésio Luiz
4 anos atrás

Antonio Cançado, a função é esta que você está vendo nas fotos e tantas outras. Quantos Hercules seriam necessários para levar esse pessoal todo? Dois, três? . Lembre-se também que o Brasil tem embaixadas ao redor do mundo, e é obrigação do estado brasileiro resgatar seus cidadãos em caso de emergência. A FAB já foi pegar brasileiros debaixo de bala (com o C-130) numa crise dessas. Temos também tropas do Haiti e no Líbano e essas precisam de apoio que não pode depender apenas de navios ou de C-130. Imagine o tempo que leva para ir até o Líbano de… Read more »

Fresney
Fresney
4 anos atrás

O 767 é bem maior de maior autonomia, mais rápido que o c-130. Como tem algumas questões de leitores e sabemos que o 767 é outro nível seria interessante postarmos POST sobre a comparações entre o 767 X C-130 e também o KC-390, mesmo sabendo que tem funções diferentes sempre tem questionamentos aqui!!!!!

Marcos
Marcos
4 anos atrás

Avião locado as pressas dada as necessidades das Olimpíadas. Só!!!

Walfrido Strobel
4 anos atrás

Marcos, a aquisição deste avião não tem nada a ver com as olimpíadas.
Para isto bastaria fretar um avião comercial por um mês.

Juscelino de Oliveira
Juscelino de Oliveira
4 anos atrás

Faltou o verde amarelo que deveria estar situado na deriva da aeronave.

Space Jockey
4 anos atrás

Clésio, seriam necessarios três C 130H para transportar o mesmo numero de passageiros do que um 767 (902 x 271). Uma aquisicão muito importante esta, pena que é alugado, penso que o ‘ideal’ para a FAB seriam uns 4 desses… Força aérea eficiente não pode prescindir de transporte tático/estratégico.

Space Jockey
4 anos atrás

/\ ops, quis dizer 92 .

Walfrido Strobel
4 anos atrás

É interessante ter estes aviões comerciais nos Esq. de Transporte de uma Força Aérea.
A Indonésia recebeu dois Boeing 737-400 e um 737-500 como doação de empresa de transporte em troca de um contrato de manutenção e está muito satisfeita.
Eles tem realizados as missões de transporte de passageiros que antes eram feitas pelos C-130 com maior velocidade, maior conforto e com custo menor.
https://4.bp.blogspot.com/-TRmxIxcOqUw/Vo5X6Uh5SiI/AAAAAAAApTQ/F5aholS5zVk/s1600/58780-garuda-serahkan-pesawat-boeing-737-500-ke-tni-au-33p_highres.jpg

Ivan da Silveiraa
Ivan da Silveiraa
4 anos atrás

Avião lindo!