M-346FT - foto Leonardo Finmeccanica

O Grupo italiano Leonardo-Finmeccanica informou, em nota divulgada nesta segunda-feira (11 de junho), a primeira apresentação oficial da nova versão do jato treinador M-346: trata-se do M-346FT, sigla para Fighter Trainer, ou caça treinador, promovido na edição 2016 da feira aeronáutica de Farnborough, na Inglaterra.

Segundo o grupo, que também divulgou imagens da aeronave via Twitter, trata-se da versão multitarefa da aeronave, e sua principal característica é poder passar facilmente da configuração de jato de treinamento para a configuração de missões operacionais.

M-346FT - foto 3 Leonardo Finmeccanica

 

A nota informa que a nova versão FT integra uma ampla gama de sistemas e sensores para apoio tático e defesa aérea, um data link (enlace de dados) tático, um sistema de autodefesa, sensores de reconhecimento e designação de alvos e uma série de sistemas de armas, podendo ser integrados outros sensores no futuro à versão básica.

A versão treinadora M-346 produzida pela Alenia-Aermacchi (do grupo Leonardo-Finmeccanica) atualmente tem 68 exemplares encomendados, 18 pela Itália, 12 por Cingapura, 30 por Israel e 8 pela Polônia, tendo sido selecionada também pelos Emirados Árabes Unidos.

M-346FT - foto 4 Leonardo Finmeccanica

A nota foi acompanhada de release mais extenso em pdf, com as principais características e capacidade de integração de armamentos e sensores do M-346FT:

  • Pilotagem com baixa carga de trabalho em todos os aspectos do envelope de voo para garantir ao piloto a melhor concentração possível na missão
  • Configuração com dois motores e comandos fly-by-wire quádruplos para garantir redundância e segurança operacional
  • Capacidade de reabastecimento em voo para missões de longo alcance ou maior persistência operacional
  • Alta velocidade em baixa altitude e alta taxa de ascensão
  • Alta manobrabilidade também em configuração de plena carga e com apenas um motor em funcionamento
  • Suíte de comunicação avançada, centrada em rede
  • Data link tático
  • Subsistema de autodefesa
  • Receptor de Alerta Radar (RWR)
  • Dispensador de Chaff e Flare (CFD)
  • Kit para redução da assinatura radar

M-346FT - foto 2 Leonardo FinmeccanicaCapacidade para integração de:

  • GBU-12 (500 lb) Paveway II LGB
  • GBU-49 (500 lb) Enhanced Paveway II GPS/LGB
  • Lizard 2 LGB
  • GBU-38 (500 lb) JDAM
  • Lizard 4 LGB (500 lb)
  • Small Diameter Bomb (SDB)
  • Lançadores de foguetes
  • MK.82 (500 lb) – bomba de emprego geral
  • MK.82HD Snakeye (500 lb) – bomba de emprego geral
  • Pod de canhão
  • Mísseis ar-ar guiados por infravermelho (IR)
  • Tanque auxiliar de 630 litros
  • Pod de reconhecimento
  • Pod de designação laser

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz
3 anos atrás

Que pobreza. O irmão gêmeo dele tem 4 pontos duros a mais.

https://i988.photobucket.com/albums/af8/My-Military-Photos/RUS/Air/Yak-130/Yak130_3.jpg

Clésio Luiz
3 anos atrás

Ops me enganei um pouco. O Yak-130 tem um trem de pouso diferente, onde as rodas recolhem para dentro eliminando o ponto duro central. No M-346 o trem recolhe para a frente, liberando espaço no ventre da aeronave:

https://scontent.cdninstagram.com/t51.2885-15/s480x480/e35/c131.0.817.817/13167401_1610046279312621_688012301_n.jpg

Então o correto é que o Yak-130 tem 3 pontos duros a mais que o M-346, não 4 como eu pensava.

Gustavo
Gustavo
3 anos atrás

Uma versao como esta se ficasse mais bararo do que o gripem, poderiam complementar os mesmos casa ficasse mos apenas com as 36 unidades.

Clésio Luiz
3 anos atrás

Dorgas, me enganei de novo… O Yak-130 de fato tem 4 pontos duros a mais, não tinha visto que ele pode transportar um canhão dentro de um casulo no ventre (provavelmente o popular Gsh-23).

https://russianplanes.net/images/to181000/180083.jpg

Bardini
3 anos atrás

Clésio,
.
O M-346 também tem mais quatro pontos duros disponíveis: https://c7.alamy.com/comp/EEP095/advanced-military-training-aircraft-aermacchi-m-346-EEP095.jpg

Bardini
3 anos atrás
Jack
Jack
3 anos atrás

Prezado Bardini, qual da diferença entre os Sistemas Embarcados das duas versões !! ??

Bardini
3 anos atrás

Jack, . A resposta é meio obvia, até tosca, mas um tem recheio russo e o outro não… Embora sejam muito similares a primeira vista, são aeronaves bem diferentes, fazendo uma comparação bem fraquinha entre as semelhanças, é como se um fosse um “Hornet” e outro um “Super Hornet”. . Existem diferenças na fuselagem, na motorização, na aviônica, que influência na diferença de armamentos, sistema de orientação e por ai vai… Sugiro você de uma olhada nestas fotos, de um M-346 ( http://igor113.livejournal.com/259634.html ) e depois analise com calma imagens do YaK-130 e seus cockpits. Existem muita diferenças. . Aliás,… Read more »

Bardini
3 anos atrás
Clésio Luiz
3 anos atrás

Ah, não tinha ido pesquisar o M-346 a fundo, obrigado pela dica Bardini.

Frederick
Frederick
3 anos atrás

Que maravilha de treinador. Vamos combinar que italiano é bom em seu metiê.