B-52 - Typhoon - F-16 - Gripen - Baltic Operations 2016 - foto USAF

Faltou só aparecer na foto o KC-135 para reabastecer essa turma – mas não o vemos justamente porque a imagem foi capturada do Stratotanker, pertencente à 434ª Ala de Reabastecimento em Voo da USAF (Força Aérea dos EUA).

Nesta bela foto com data de 9 de junho e divulgada entre os destaques da semana do site da USAF, podem ser vistos duas aeronaves Eurofighter da Força Aérea Alemã, quatro caças Gripen da Força Aérea Sueca e seis jatos F-16, dois da Força Aérea Polonesa e quatro da Força Aérea dos EUA, todos liderados por um bombardeiro B-52, também da USAF.

Typhoon Alemanha e Gripen Suecia - Baltic Operations 2016 - detalhe foto USAF

As aeronaves participam do exercício “Baltic Operations 2016”, e vale lembrar que a região do Báltico, nos últimos anos, tem sido palco de encontros cada vez mais frequentes (e cada vez menos amigáveis) entre aviões e navios de russos, americanos e aliados locais dos EUA e da Organização do Tratado do Atlântico Norte.

F-16 Polonia e EUA - Baltic Operations 2016 - detalhe foto USAF

Os russos bem que poderiam responder à altura, ao menos para delírio dos entusiastas de belas cenas de aviões de combate, em demonstrações de Poder Aéreo.

Subscribe
Notify of
guest
52 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz
3 anos atrás

B-52 para os pirralhos voando ao redor dele: “Eu enterrei seus avôs, aposentei seus pais e ainda estarei voando quando vocês forem para o cemitério no deserto”

Daniel Ramalho
3 anos atrás

Um TU-95 liderando com alguns SU 30/35 e MIG’s 29 também seria uma bela visão. Também poderia ser um Blackjack liderando

glaxs7
3 anos atrás

Agora os Russos vão fazer o seu exercício e vai ficar em nada. As verdadeiras exibições de poder estão sendo dadas na Síria.

jose luiz esposito
jose luiz esposito
3 anos atrás

A resposta ao Recado por parte da Russia , seria Devastador !!

Rprosa
Rprosa
3 anos atrás

Com certeza o povo russo irá dormir debaixo da cama após ver esta foto, bem como Putin mudará seu gabinete para uma bunker. .

hamadjr
3 anos atrás

Os Russos já estão cansado de aparecer a NATO esta atrasada para o delírio dos contras

Marcelo Bastos
Marcelo Bastos
3 anos atrás

Coisas de politica, as industrias de armamentos ( de ambos os lados) tem que criar ( ou recriar ) alguns fantasmas do medo, para vender mais e mais armas ….

Gustavo Borges
3 anos atrás

As provocações da Rússia só serviram para aumentar o grau de alerta da OTAN, e consequentemente o interesse do Ocidente em se equipar. O rugido do urso saiu caro para o Putin.

Lewandowski
Lewandowski
3 anos atrás

O B-52, rapaz, é mais feio que briga de foice no escuro! Mas ainda assim tem um charme que assusta.
.
Agora, o Typhoon também. Oh coisinha que consegue estragar uma foto… Que barbaridade…
.
Sds

Marcelo
Marcelo
3 anos atrás

Esse passeio serve pra tirar belas fotos, pouco além disso.
Cada vez menos o Ocidente se mostra disposto a empregar seus brinquedos, cada vez mais mole, suscetível à manipulada opinião pública, sociedades mais preocupadas em reformar costumes e tradições do que manter a segurança nacional e princípios basilares outrora defendidos intransigentemente.
Pra quem já teve Churchill, Eisenhower e Tacher, ver figuras como Obama ou Merkel são o suficiente para encorajar inimigos e desacreditar demonstração de força, já que não serão usadas mesmo.

Airacobra
Airacobra
3 anos atrás

Não é que de longe os gripens ficaram parecidos com drakens, semelhança que acaba ao dar zoom na foto.
Outro detalhe que percebi é no texto que cita “…e seis jatos F-16, dois da Força Aérea Polonesa e dois da Força Aérea dos EUA…”,
Se são 6 F-16 então não tem como ser 2 da polonia e 2 da USAF, estão faltando 2 F-16 ai no rolo.

hartmam
3 anos atrás

Os russos podiam dar uma voltinha só com TU’s – 160 para ficar bem bonito.

Bardini
3 anos atrás

Airacobra,
.
Ao meu ver, são 4 F-16 C da USAF, um F-16 C e outro F-16D da força aérea polonesa. Os F-16 da Polônia tem camuflagem mais clara e são Block 52.

Marcelo
3 anos atrás

Lewandowski 13 de junho de 2016 at 22:07

concordo sobre a feiura do Typhoon…aqueles canards la na frente no nariz sao bizarros.

Mas a foto ficou muito legal ! Como ditto acima, seria bonito tambem ver o equivalente russo. Os novos Su-30SM usados na Siria, com aquela mascara negra no canopy ficaram muito belos.

Ricardo Da Silva
Ricardo Da Silva
3 anos atrás

Post perfeito para os “saudosos” da Guerra Fria.

Manoel Jorge Marques Neto Marques
3 anos atrás

Uma foto dos Russos seria muito mais bonita…os SU30/35 e MIG’s 29 juntos a um Blackjack liderando são de longe mais bonitos…e que não deixam a desejar em relação a essa formação…como o Glaxs7 falou a realidade está na Siria…essa ai é só jogo de cena….Ah, acredito que o povo russo não tenha medo disso…eles sabem do poder que tem…vide Crimeia.

fabiano
fabiano
3 anos atrás

_______
COMENTÁRIO APAGADO. O ASSUNTO DE ELEIÇÕES E IMPOSTOS DE CONTRIBUINTES BRASILEIROS NÃO TEM NADA A VER COM O TEMA.

Kolchak
Kolchak
3 anos atrás

___
COMENTÁRIO APAGADO. MEDALHAS E CONDECORAÇÕES DE BRASILEIROS NÃO TÊM NADA A VER COM O TEMA DA MATÉRIA. PEDIMOS MAIS ATENÇÃO NA HORA DE COLOCAR TEMAS FORA DO TÓPICO, HÁ OUTRAS MATÉRIAS ONDE O ASSUNTO PODE SER PERTINENTE.

Dranuits
3 anos atrás

Deixa ficar só assim. É bom para o mundo

Manoel Jorge Marques Neto Marques
3 anos atrás

___
COMENTÁRIO APAGADO. AS QUESTÕES POLÍTICAS BRASILEIRAS NÃO TÊM NADA A VER COM O TEMA DA MATÉRIA.

Pangloss
Pangloss
3 anos atrás

Manoel Jorge Marques Neto Marques 14 de junho de 2016 at 9:56
(…) Ah, acredito que o povo russo não tenha medo disso…


Concordo. Eles devem ter medo do Putin, que cria riscos bem mais tangíveis para a sociedade russa.

jrrubronegro
3 anos atrás

Nunão… é aquele Block 52, né?…. Deve ser a doutrina do comandante acompanhando a operação beeemmm de perto.

Renato B.
Renato B.
3 anos atrás

Eu consegui confundir os gripens com rafales. A foto é boa para mostrar como a cor de superioridade aérea se mistura bem com a cor do mar.

ivammc
ivammc
3 anos atrás

Belas fotos. Parece o game HAWX na fase do Strait of Magellan.

Rafael Diogo
3 anos atrás

Nenhum deles está armado.

Ednardo de oliveira Ferreira
3 anos atrás

Um pouco de diplomacia aérea.

Hawk
Hawk
3 anos atrás

Como sempre um alfinetando o outro. Logo vem algo parecido da Rússia… E como sempre um monte de gente torcendo para o barril de pólvora explodir sem esquecer que está no meio dele.

AL
AL
3 anos atrás

Clésio Luiz 13 de junho de 2016 at 20:44
B-52 para os pirralhos voando ao redor dele: “Eu enterrei seus avôs, aposentei seus pais e ainda estarei voando quando vocês forem para o cemitério no deserto”

Mas isso não sai de graça não, veja o custo da hora de voo da Vovozão:

https://www.aereo.jor.br/2016/03/08/os-10-avioes-da-usaf-com-a-hora-de-voo-mais-cara/

Não sei por quanto tempo isso vai durar, pois imagino que os custos de voo dele só devem aumentar…

Madmax
Madmax
3 anos atrás

Quando olho uma formação como essa me pergunto. Teria a FAB condições hoje de destruir uma única formação como essa?

Delfim Sobreira
Delfim Sobreira
3 anos atrás

Acredito que nenhum. O lance é ser amigo da OTAN, que ainda estará por aí muito tempo.

ivammcivammc
3 anos atrás

Madmax 14 de junho de 2016 at 19:15
Quando olho uma formação como essa me pergunto. Teria a FAB condições hoje de destruir uma única formação como essa?

Nobre Madmax, sem chance alguma.

Carlos Campos
Carlos Campos
3 anos atrás

Sem chance da FAB fazer algo, o Typhoon com meteor ou outro BVR ia pegar os F5 de longe

Jefferson Bertoncini
Jefferson Bertoncini
3 anos atrás

Belicima foto de formação de aviões de Combate líder O B-52 F-16 o Typhoon e o Gripen só está faltando mais aviões da OTAN como o Tornado GR-3 os Mirage 2000 e o Rafale e os F-18

Rogério Thees
Rogério Thees
3 anos atrás

“Belíssima”.

Rogério Alves Ribeiro
3 anos atrás

Na guerra como no sexo, muita ostentação é sinal de impotência….

Madmax
Madmax
3 anos atrás

Nobres,
Suspeitava que não.
Mas os 36 gripens mudarão essa equação quando a FAB os operar efetivamente.
Essa é a esperança.
Mas ainda bem que essa guerra é só hipotética.

Caio
Caio
3 anos atrás

“Na guerra como no sexo, muita ostentação é sinal de impotência….”

Então a Russia é um senhor de 90 anos sem viagra.

shambr
shambr
3 anos atrás

naum sei naum em um dogfight em uma Guerra moderna technologia faz a diference mais ainda naum representa 100% de chances de sucesso tudo pode acontecer e os golpes de faca dos mirages de Israel contra os migs arabes?no sentido se os bvrs errarem o alvo e os dois cairem pra dentro com os canhoes?taticas do tipo voar baixo para escaper a varredura de radar entrar no raio de acao da formacao inimiga e subir dando um golpe de faca atirando com os canhoes na barriga do b 52 so piloto maluco do tio Jacob sao capazes dessa e outras… Read more »

Jorge F.
Jorge F.
3 anos atrás

Não é ser pró russo, mas se a UE e os EUA realizassem intervenções no nosso quintal, não ficaríamos satisfeitos também, acho a reação russa até razoável diante da situação da UCRÂNIA. Vale lembrar que grande parte dos componentes dos próprios SU-35 eram produzidos naquele país, assim como componentes da soyuz, os países celebravam acordos comerciais e compartilhavam tecnologia desde antes da revolução de 1917, por sinal no passado Kiev já foi sede do governo dos Czar. Ressalto também que o afastamento do presidente da Ucrânia não foi, inicialmente, por impeachment, sendo orquestrado justamente para viabilizar a entrada da Ucrânia… Read more »

Jorge F.
Jorge F.
3 anos atrás

Para se chegar no BVR é necessário ter uma aeronave (com performance adequada, ESM adequado, radares de bordo adequados e performance adequada), Controle (Radares de solo adequados, Comunicações adequadas e controladores familiarizados com as técnicas), Data link entre os meios envolvidos no combate e acima de tudo armamento. Com base nessa infraestrutura é que não há espaço para o combate convencional, simplesmente não há como as aeronaves aproximarem-se o suficiente sem que outros engajamentos tenham sido realizados antes. “Na guerra como no sexo, muita ostentação é sinal de impotência….” Então a Russia é um senhor de 90 anos sem viagra.… Read more »

Jeff
Jeff
3 anos atrás

foto sensacional.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
3 anos atrás

Se inglês palpitar, feio ficará. Regra número 1.

Save Ferris!

hamadjr
3 anos atrás

Viagra é coisa do tempo do avião a lenha tio boris tem Cialis aliás como diria o racnaina esse b antigo deve emitir RCzão que até o radar da PRF identifica

Ricardo
Ricardo
3 anos atrás

Pentágono está louco para arrumar uma desculpa para aumentar seu orçamento. se a Rússia representa 5% de ameaça eles dizem que é 500%. Enquanto isso França e Inglaterra seguem diminuindo seus orçamentos militares, a França nunca foi mesmo com a cara da OTAN por considerá-la uma ameaça a soberania dos país e um instrumento de domínio dos EUA. Agora os ingleses ignorando os apelos de aumento, chega a ser uma surpresa. Os países Bálticos estão tremendo de medo da Rússia e a todo custo querem tropas em seu terreno, chega a ser algo paranoico, se eles tem razão só tempo… Read more »

bosco123
3 anos atrás

Engraçado, não sabia que cidadãos de outros países podem votar no país em que estão. Será que os argentinos no Brasil têm direito a voto? Não me lembro desse artigo na CF. Quanto à paranoia americana acho que tem algum fundamento haja vista a Rússia continuar desenvolvendo seus mísseis ICBMe proclamar isso aos quatro cantos em alto e bom tom enquanto os EUA não desenvolvem nenhum há 20 anos no mínimo. Os americanos estão desenvolvendo sistemas defensivos enquanto os russos desenvolvem sistemas ofensivos, e os americanos estão paranoicos? Já pensaram que se os russos armarem seus Iskander com ogivas nucleares… Read more »

Jorge F.
Jorge F.
3 anos atrás

Acho que Ricardo se referiu aos cidadãos de ascendência russa, o que ocorre muito pois na era soviética muitos russos após terminarem a faculdade eram enviados para outros países para lá labutar pelo resto da vida. Normalmente os descendentes possuíam dupla cidadania.

Jacinto Fernandes
Jacinto Fernandes
3 anos atrás

Os russos têm motivos para estarem irritados. Quando a URSS ainda existia sua esfera de influência incluia todos os países da Europa Oriental e parte dos países da Europa Central: Lituania, Letônia, Estônia, Polônia, Tchecoeslovaquia, Hungria, Bulgária, Ucrânia, Romênia, Bielorrússia e Moldávia. A OTAN começou a se expandir e em 1999 incluiu a Polônia, a República Tcheca e a Hungria retirando-a da esfera de influência russa. Em 2004 a OTAN incluiu Letônia, Estônia, Lituânia, Eslováquia, Romênia e Bulgária, retirando-os da esfera de influência russa. Atualmente, o único país da Europa que se pode dizer estar sobre a esfera de influência… Read more »

augusto
augusto
3 anos atrás

Algumas ponderações, o escudo anti-míssil é pra deter pequenos numero de misseis nunca foi pensado para ser o guerra das estrelas dos anos 80 que era uma farsa. É um problema para Russia sim, porque, a doutrina russa é a de-escalation 2000 que consiste em usar pequenos ataques nucleares para barrar uma eventual guerra com a Otan que na guerra convencional ganharia mas é um uso limitado para não vira uma troca nuclear, por isso mesmo por ser limitada permite que o escudo intercepte os misseis russo, o que tira qualquer chance russa. Todos sabem que os russos enxergam o… Read more »

bosco123
3 anos atrás

Jacinto e Augusto,
Concordo com ambos.