domingo, junho 20, 2021

Gripen para o Brasil

FAB estuda transferência de Base Aérea de Florianópolis para Canoas

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

P-95 Phoenix - foto Poder Aéreo

Segundo o site de Florianópolis “Notícias do Dia” a FAB estuda a transferência da Base Aérea de Florianópolis para Canoas (RS). O pedido já foi encaminhado ao ministro da Defesa, Raul Jungmann.

A base completou 75 anos em maio passado. Atualmente ela abriga um único esquadrão de aeronaves. Trata-se do 2º/7º GAv (Esquadrão Phoenix) que opera aviões P-95 “Bandeirulha”.

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

63 Comments

Subscribe
Notify of
guest
63 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ivan da Silveiraa

Que pena isso…em vez da tão esperada modernização e ampliação…por fim, extinguem o que já existe.

Renato B.

Seguindo a esteira da mudança no NE parece que está havendo um esforço da FAB em reduzir seus custos. O que me parece um bom sinal.

Walfrido Strobel

Esta Base deveria ter fechado a muito tempo, desde 2001 escuto falar nesta transferencia para Canoas.
São quase 1.000 militares para apoiar 1 Esq. com quatro bandeirulhas.
Canoas só tem o 5° ETA e os F-5, podendo receber mais um Esq. com as devidas obras necessárias de infra estrutura.

Rui Chapeu

São quase 1.000 militares para apoiar 1 Esq. com quatro bandeirulhas.

VAI PRA ¨¨%*%($$(#$*$*($#($(#*$*#$*#%$((@#@#$*%(¨¨)%$(%$%$(%$%$)%)%$%$#

Deixa invadirem o Brasil de uma vez que é melhor pra gente! Vai sair bem mais barato.
E quantas viúvas e filhas solteiras desses 1000 militares???????
Orra FAB. Que vergonha!
E os militares tb. VERGONHA!
Se vcs não fizerem algo contra isso, um dia um Civil vai entrar e acabar com essa farra.

WILSON JUNIOR

Acho salutar.. É precisa acabar com criação de unidades e reformulação de bases meramente para dar cadeira e posição pra alguns. São muitas bases subutilizadas e muitas bases em uma mesma área. É preciso otimizar… Bases mais modernas, bem defendidas e operacionais. Foco na atividade fim….

Zmun

Antes tarde do que nunca.

GuiAmaral

Notícia boa, racionalização.

Marcelo Andrade

Caramba!!! O Rui Chapeu ( será que você sabe o que é bilhar??) Não tem o que comentar, não perde seu tempo, por favor!!!!

Clésio Luiz

OFF Topic:

Essa está sendo a semana infame dos times de demonstração. Um Su-27 dos Russkiye Vityazi (Cavaleiros Russos) caiu e seu piloto, Major Sergey Eremenko, morreu.
.
http://snafu-solomon.blogspot.com.br/2016/06/russian-knights-su-27-aerial.html
.
Já do lado suíço, dos dos F-5 dos Patrouille Suisse caiu, mas felizmente seu piloto conseguiu ejetar.

Mauro

Toda vez que a FAB se meche para fechar essa base, forma-se uma fila de deputados, vereadores, prefeito, governador pedindo para manter empregos e blá blá blá.

Dóriam M.

Não sou estrategista, nem conhecimento em logística, apenas um apaixonado pela aviação. Minha dúvida é: Não seria melhor fechar Canoas, fortalecer Santa Maria e fortalecer Florianópolis? Assim, Santa Maria cuidaria do sul e oeste do país e Florianopolis cuidaria de todo o litoral, já que sua base está praticamente dentro do mar? Poderia ter avião de patrulha marítima, quem sabe Gripen para defesa de todo o litoral Sul junto com Santa Maria. Estou errado? O raio de alcance não justifica? Quanto a choradeira de políticos, sempre será isso. Tente fechar Santa Maria, Canoas, RJ, RN, qualquer lugar vão reclamar. Além… Read more »

Luiz Campos

Dóriam M., a infraestrutura de Canoas é maior que Floripa, por isso é mais viável transferir apenas 4 Bandeirulha prá lá.

Walfrido Strobel

Dóriam, na região Porto Alegre/Canoas existem três aeroportos, um civil internacional, um civil para aviação leve/aeroclube e a Base Aérea de Canoas. A situação ideal, 3 aeroportos separados com suas pistas de pouso/decolagem.
Em Florianópolis existe um aeroporto movimentado que divide a pista única com a Base Aérea, o que não é o ideal.

Celso

Doriam, eu tbm nao sou estrategista e acho q nem precisamos ser, mas me diga pqe temos 2 bases no RGS q basicamente estao bem perto uma da outra….pois eh…nem precisaria. Mas qto a fechar a pseuda base de Floripa, nao tenho nem duvidas a respeito…alias, nem base de fato chega a ser, tratando-se de um puxadinho do aeroporto. O mesmo chega a ser quase igual em se tratando de Cumbica , Salvador e Manaus, sendo estas bases partes integrantes de sitio aeroportuario ( no caso de Cumbica a base ja estava la ) quem chegou depois foi o aeroporto… Read more »

Walfrido Strobel

Um esclarecimento: Eu tinha citado 4 Bandeirulhas para a BAFL, mas na verdade serão no futuro 9 Bandeirulhas P-95B modernizados para dividir entre Belem e Florianópolis.
Então uma Base terá 4 e a outra 5 aviões, não existe ainda distribuição definida, nem se sabe direito como anda a modernização, pelo menos ja tem um modernizado voando.

Bardini

Puxadinho… Os caras tem um baita de um terreno aqui na ilha. Daria é um belo de um resort.

Walfrido Strobel

Celso, as duas Bases do RS são fruto do medo da poderosa FAA, antes das Malvinas. Realmente hoje fica difícil explicar 3 Esq. de caça em um único estado. Manaus tem aeroporto internacional fisicamente separado da BAMN, longe com pistas separadas. São Paulo é um caso a parte que tem uma Base do lado oposto ao aeroporto internacional para sediar somente o 2° ETA, mas dentro da base aproveitaram para instalar o ILA(Instituto de Logistica da Aeronautica). BASV em Salvador é necessária pela situação geográfica, tem problemas com o uso compartilhado da pista com o aeroporto internacional, estavam tendo que… Read more »

Ivan da Silveiraa

Também não sou especialista, mas meu entendimento (leigo) é semelhante a do Dóriam M. Na minha avaliação de leigo seria geograficamente interessante ter Base Aéreo no Estado de Santa Catarina em Florianópolis e Chapecó e no Rio Grande do Sul teria Base em Porto Alegre e Santa Maria. Assim ambos os Estados teriam cobertura no litoral e interior. E óbvio, se for para ter uma Base tem que ter aviões em número razoável (não para agradar político e população do Estado), se for para ter uma base com 4 Gripen, 2 bandeirantes, 1 C-130 e 4 helicópteros….é melhor nem ter… Read more »

Walfrido Strobel

Bardini: Chamar isso de puxadinho é um crime. Aquelas casas a esquerda são a vila residencial na praia da Base Aérea, espaço muito bonito. Fonte Zeperri
https://www.zeperri.org/wp-content/uploads/2014/09/BALF-S%C3%A2mia-Frantz.jpg

Bardini

Walfrido Strobel,
.
Puxadinho foi a referência que Celso usou em seu comentário. Conheço o local, aquele terreno é bem grande, e muito bonito.

Bardini

https://www.google.com.br/maps/place/Florian%C3%B3polis+-+SC/@-27.6695764,-48.5460687,4226m/data=!3m1!1e3!4m5!3m4!1s0x952749bfe17eb89f:0xd3d6e34c9fba2a18!8m2!3d-27.5948698!4d-48.5482195
.
Para quem não conhece Florianópolis.
.
Para quem pensa que seria um erro estratégico se desfazer da base aérea de Florianópolis, é preciso pensar que em caso de necessidade o aeroporto poderia ser utilizado.

Farias Cardoso

Não precisamos de bases aéreas no Sul e Sudeste do Brasil, pois os USA estão construindo suas bases na Argentina e vão garantir nossa defesa contra os comunistas e bolivarianos comedores de criancinhas.

Fernando

“Walfrido Strobel 9 de junho de 2016 at 13:53”

Poxa Waldir, se for mesmo mil militares pra manter um esquadrão de bandeirulhas então a coisa está pior doq pensava. Como dizem: cargo publico é um verdadeiro cabide de empregos!

Walfrido Strobel

Bardini, realmente foi o Celso que cometeu o crime de chamar a BAFL de puxadinho do aeroporto.

Começou a choradeira: www12.senado.leg.br/noticias/materias/2016/06/01/dario-berger-defende-manutencao-de-base-aerea-de-florianopolis

Walfrido Strobel
shambr

naum foram estes bandeirulhas veteranos das Malvinas??

Ivan da Silveiraa

Boa tarde Walfrido Strobel,eu não apontaria isso como “choradeira” acho no mínimo razoável discutir esse assunto, que exista uma discussão e que seja especialmente ampla, e não tomar uma decisão de cima para baixo. pois é de conhecimento de todos o ódio que o antigo governo (PT) tinha do Estado de SC…simplesmente o antigo governo federal esqueceu que SC existia…assim como os 3 Estados do Sul e o Estado de SP…a União em um Estado Federado deve representar os interesses da Nação e não de determinados Estado onde o populismo flui melhor…falo isso para não ocorrer o que vimos acontecer… Read more »

Walfrido Strobel

Fernando: É claro que nem todo o efetivo está diretamente relacionado a manutenção e operação das aeronaves. Dou como exemplo a Banda de Música e o Esquadrão de Saúde. Mas como na teoria uma Base Aérea existe para sediar e dar apoio ao Esq. de Voo, pode se dizer de forma grosseira que são mil homens para fazer 4 avioes voar. Quanto ao número de 1000 militares eu sei que é verdadeiro, pois ja trabalhei em 3 Bases Aéreas e o Cel. Av Claus Hardt, CMT da BAFL em 2013 declarou em entrevista publicada aqui que o efetivo era da… Read more »

Hamadjr

Fala serio fechar unidade militar é a saída para conter gastos?? aqui a pouco vai ter aquele papo de estado ineficiente que precisa ser encurtado, o problema não é de tamanho o problema é nas pessoas que estão governando o estado.
Aliás Bardini a operação moeda verde é o caso mais emblemático no que diz respeito a especulação imobiliária em desterro imagina a BAFL ser colocada venda.

JT8D

Se base militar é um benefício para os estados, então vamos construir mais bases militares ! Que tal um programa “Minha Base Minha Vida” ?

horatio nelson

até as boas noticias são más noticias…

Madmax

O certo é vencer a resistência dos políticos pelas beiradas. Diminui o efetivo, o número de aeronaves em 15% a cada 9 meses.
Vai tirando, quando pensar que não, bota uma placa escrito, fechado e fim.

Jorge F.

Particularmente as propostas de redistribuição dos vetores da FAB me parecem intempestivas, alimentadas principalmente pela necessidade imediata de contenção de despesas e aquisição de recursos (Venda de imóveis). Gostaria de um Estudo mais amplo que delineasse a distribuição dos meios de Força Aérea a longo prazo, que preservasse os pátios militares (não as bases), mantivesse a infraestrutura necessária à manutenção da segurança, contemplasse a manutenção de paióis e que evitasse a existência de exceções às regras. Exemplo 1: A BABV apoia um único Esquadrão, 1°/3°GAV (A-29), de forma semelhante ao que ocorre na BAFL a FAB poderia recuar o Esquadrão… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini

Jorge F, boa noite. . Creio que não dá pra chamar de intempestivas as possíveis mudanças noticiadas. . Já tenho ouvido falar de estudos nesse sentido há muitos anos (bem antes da existência deste site, que foi ao ar em 2008) vários desses estudos envolvendo justamente mudanças nas bases mencionadas nas matérias e comentários (Florianópolis, Recife, Fortaleza). . Há tempos já são dados passos para realocar e concentrar em outras bases, seja por racionalização ou novas demandas operacionais e estratégicas, esquadrões antes nelas estacionados – por exemplo, o Pelicano que foi de Florianópolis para Campo Grande, o Pacau de Fortaleza… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini

Shambr, boa noite. . Se você se refere às aeronaves mostradas na foto de destaque da matéria com o hangar ao fundo, e que tem caráter meramente ilustrativo, uma delas é do mesmo lote dos dois exemplares de P-95A que serviram à Argentina na Guerra das Malvinas e foram devolvidos após o conflito. Vale lembrar que anos depois, já quase nos anos 90, os P-95A da FAB passaram por uma atualização de seus sistemas. . Já a maioria dos Bandeirulhas em serviço é do tipo P-95B, de fabricação mais recente, justamente os que estão na fila para modernização para permanecer… Read more »

Jorge F.

Obrigado por lembrar, Exemplo 3 sob o mesmo raciocínio por que manter a BASV, os aviões tem alcance continental e velocidade de cruzeiro de aproximadamente 300kt, toda a logística encontra-se na BAGL, a BASV não pode possuir paiol por conta da proximidade com o aeroporto e os P-3 são sempre obrigados a operar na BASC, que por sinal está do lado da sede da armada, entre os portos de Tubarão, Santos e Sepetiba (maior movimentação de mercantes do país) e do lado das área geradoras de petróleo, motivo de ser do avião. Mas nesse caso o mais importante é a… Read more »

josé henrique mendes

Prezados amigos na minha opinião esta base deveria ser devolvida a nossa MARINHA pois quando da criação da FAB foi absorvida pelo Ministério da Aeronaútica . Sem dúvida seria muito bem aproveitada pela MB para sediar alguns esquadrões lá.

ilha

Segundo informações extra oficias, o exército brasileiro passaria a sediar uma unidade aérea (helicópteros) lá, visando prestar apoio as tropas do sul.

Bardini

Ao meu ver, seria mais interessante dar maior atenção a Chapecó ou São Miguel do Oeste do que Florianópolis, devido nossa conjuntura atual e deficiências fronteiriças.
.
Não vejo motivos que impeçam os patrulhas da FAB, de operarem desdobrados nos aeroportos que se tem ao longo da costa, que é o que não falta em SC.

Beto Santos

Pessoal estou com uma dúvida e não sei se é verdade pois não confio muito nestas reportagens curtas sem muita explicação dos motivos mas li que os EUA esta montando duas bases na argentina e que uma seria na tríplice fronteira, o que acham disso é bom ou ruim pra gente pois estamos ficando cercados, qual seria a intenção real deles e o que nossos comandantes poderiam fazer para termos um poder maior de dissuasão perante esta base? Nada contra aos EUA mas acho que seria uma boa ter um tubarão na cola do Brasil pra começar a se mexer.

Jorge F.

Fernando “Nunão” De Martini Não encare como crítica, estou apenas procurando expor minha opinião de forma lógica, motivo fim do site. 1° Fortaleza: A exatos 15 anos foi gasta uma quantidade razoável de recursos para construir um novo pátio e um novo Esquadrão para o então 1°/4°GAV o que indicava que a Base teria ao menos mais 20 anos existência, pois as instalações são relativamente novas, parecidas com as da BAPV e BABV. O prédio do Esquadrão possuía tais dimensões que durante anos abrigou o 1°/5°GAV que recebia uma média de 60 aspirantes ano. De forma semelhante à condição da… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini

Jorge F, . Não tenho motivo algum para encarar como crítica – não sou autor dos estudos que norteiam essas mudanças, é a FAB… É ela que se deve criticar ou não. . Sobre a finalidade do site, é essa mesma: debater, e é isso que fiz em relação ao seu comentário, e você está fazendo em relação ao meu. Prossigamos assim, o que é muito bom! . O que fiz foi trazer ao debate os fatos que, a meu ver, mostram que essas decisões não são intempestivas, mas fazem parte de passos já dados há tempos, e para os… Read more »

Jorge F.

Em Tempo pátio em Salvador, Base em Natal, mas P-3 em Santa Cruz afinal eles ficam lá mais da metade do ano.

Kolchak

Paraná reforça interesse na parceria com fabricante russa de aviões . A vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o presidente da Agência Paraná de Desenvolvimento, Adalberto Netto, participaram nesta quarta-feira (8) da apresentação da aeronave MC-21, em Irkutsk, na Rússia. No ano passado, o Governo do Paraná assinou um acordo para implantar em Maringá unidades de fabricação de peças e partes de aeronaves e centros de operação para atender o Brasil e a América Latina. . A apresentação do novo modelo da Irkut foi feita pelo presidente da empresa, Oleg Demchenko, na planta industrial da companhia. O evento teve a… Read more »

Carlos Campos

Beto Santos Vai dormir rapaz, não se preocupe com isso, o que os EUA quiserem daqui eles compram ou montam uma empresa para explorar e pagam para o País o que tiver que pagar…. Aliás é até bom com serviço de inteligência dos EUA poderíamos receber informações sobre transporte de drogas, armas e produtos que podem entrar sem pagar impostos. os EUA seguem a Doutrina Monroe, ou seja eles só nos atacariam se fôssemos uma ameaça grande (ter mísseis de mais 1000KM de alcance com capacidade de ter ogiva nuclear, ter um governo anti EUA (pt se suicidou, foi com… Read more »

Cabral

Existem informações que há outros fatores por detrás da extinção do Comar em Recife: A HUB da Latam/ TAM está confirmando para se instalar em Pernambuco, o terreno que núcleo do Parque de Manutenção será cedido para instalação da central logística do HUB. Existe uma grande especulação imobiliária na cidade, levando em consideração que as unidades da Força Aérea estão localizadas nos bairros de Boa Viagem e Piedade (COMAR, Hospital, Vilas Militares, Casa de oficias) muitas delas a beira mar, na avenida Boa Viagem, lugar extremamente elitizado, cujo o metro quadrado é um dos mais caro do Brasil. Tenho informação… Read more »

Bueno
Alex Faulhaber, RJ

Tomara que não façam isso na BAAF, que tem apenas um esquadrão de helicópteros, seria muito triste uma base com um peso tão histórico acabar.

control

Srs Em princípio, a localização de bases aéreas depende da função dos grupos aéreos nelas alocados. Por exemplo, os esquadrões de caça destinados a defesa aérea precisam ficar alocados em bases que lhes permitam interceptar intrusos antes que eles possam atingir instalações estratégicas do país ou ter sucesso em atividades ilegais como tráfico de drogas e contrabando. Portanto, as bases para defesa aérea precisam estar em posição geográfica que permita aos seus aviões darem cobertura em um tempo útil as instalações estratégicas que eles devem proteger. Já, para os aviões de patrulha marítima, as bases devem ficar na costa e… Read more »

SHTF way of life

A Dinamarca confirmou a compra do f35.

Fonseca

A Força Aérea deveria manter o menor número possível de instalações de modo a atender com efetividade suas demandas – sem fugir de seus objetivos básicos. Até desinformados como eu percebem que há muita redundância, aqui em Minas por exemplo, temos CIAAR na Pampulha, PAMA em Sta Luzia, EPCAR em Barbacena e com elas você tem colégios, hospitais, bandas de música, capelania e aposto que muitos oficiais. Será que a Força aérea precisa de tudo isso para ser efetiva? – E sabemos que ela não é. Multiplique esta situação pelas demais regiões do pais e verás que nem com o… Read more »

Walfrido Strobel

Alex FaulhaberRj, o dia em que a Brig. Paraquedista sair do Rj fecha a BAAF, ja existe projeto para condomínios na área.
Eles querem a área da Base, pista e laterais onde são lançados paraquedistas, isso não atrapalharia a Unifa onde está o Musal e o HAAF.

Reportagens especiais

Helibras inaugura fábrica do EC725 – veja como foi o evento

- O Poder Aéreo esteve na inauguração da linha de montagem do helicóptero militar EC725, onde também deverá ser produzida...
- Advertisement -
- Advertisement -