Home Aviação de Caça Após três décadas, ‘noite ufológica’ ainda é um mistério no Brasil

Após três décadas, ‘noite ufológica’ ainda é um mistério no Brasil

8617
131

fab_segue_ovni

ClippingNEWS-PAUm dos maiores eventos ufológicos já registrados completa 30 anos nesta quinta-feira, 19, e ainda é um mistério. Eram 23h15 do dia 19 de maio de 1986 quando o radar da torre de controle do aeroporto de São José dos Campos, interior de São Paulo, detectou a presença de dezenas de objetos voadores não identificados realizando voltas pelos céus da cidade, numa noite clara. Trata-se de um dos raros casos de aparições admitidas por autoridades militares brasileiras.

O fato, que ficou conhecido como “Noite Ufológica”, atraiu a atenção da Nasa, agência espacial norte-americana, que investigou o caso. Naquela noite, cinco caças da Força Aérea Brasileira (FAB) foram enviados para acompanhar o fato inusitado. A investida, porém, foi em vão, pois as aeronaves foram incapazes de acompanhar a velocidade dos objetos, que faziam evoluções a uma velocidade inalcançável pelos caças.

Sérgio Mota da Silva, que trabalhava naquela noite como controlador de voo, afirma ter visto diversos pontos luminosos e acionou um caça que passava na mesma rota. Na mesma hora, o então presidente da Embraer e recém-nomeado presidente da Petrobras, Ozires Silva, voava num avião Xingu e também relatou ter visto as luzes.

À época, ele havia afirmado que “as luzes tinham presenças reais, eram alvos primários no radar, alvos positivos, uma coisa concreta. A visibilidade estava muito boa, noite estrelada. E entre as estrelas vi um objeto que parecia um astro, meio arredondado e vermelho. Só que astros não aparecem no radar”.

“Luzes multicoloridas”

O repórter-fotográfico Adenir Britto, 51, que trabalhava para o hoje extinto jornal “ValeParaibano”, testemunhou o fato e foi o único profissional a registrá-lo. “Estávamos no fechamento de edição, quando repórteres atendiam ligações de pessoas que diziam estar avistando ‘discos-voadores’ nos céus de São José dos Campos. De início, não demos muita importância, pensando se tratar de trotes. Mas o número de ligações na redação aumentavam , vindo de diferentes regiões da cidade”, disse.

“Incrédulos, eu e a jornalista Iara de Carvalho decidimos ir até o pátio do jornal para conferir. Começamos a olhar para o céu, quando avistamos luzes multicoloridas que se movimentavam rapidamente em todas as direções, onde as cores vermelha, amarela e alaranjada predominavam. O que mais impressionava eram as retomadas de velocidade, seguidas de uma desaceleração brusca. Vimos que não se tratava de objetos com interferência humana como balões, aviões e outros. Era impossível existir invenções humanas capaz de impor tamanha velocidade e de repente ficar imóvel”, relembra Britto.

Segundo ele, representantes da Nasa, acompanhados por militares do Centro Tecnológico Aeroespacial (CTA) de São José dos Campos, levaram os negativos fotográficos para “estudos”. O material nunca foi devolvido. O que restaram foram recortes de jornais da época, com as fotos publicadas.

Em nota, o Comando da Aeronáutica afirmou que “não dispõe de estrutura e de profissionais especializados para realizar investigações científicas ou emitir parecer a respeito desse tipo de fenômeno aéreo”.

Repercussão

Na edição de 22 de maio de 1986, o Estado repercutia o episódio em sua capa, com a chamada: ‘Aventura, o piloto procurando os OVNIs”. O texto dizia: “Dez oficiais da Força Aérea Brasileira falaram mais de duas horas para jornalistas sobre OVNIs perseguidos no dia 19, mas a conclusão foi que os F-5 e os Mirage não chegaram sequer a identificar os pontos luminosos identificados pelos radares do Centro Integrado de Defesa Aérea. Os aviões carregavam mísseis e canhões, mas a ordem era apenas identificar o alvo, que no final não pôde ser cumprida por ninguém.”

Na página interna, o jornal destacava a “Invasão aérea. São os tais OVNIs’, relatando a aventura de oficiais da aeronáutica em busca de respostas para as luzes no céu de São Paulo. O ministro da Aeronáutica tentou oferecer explicações, mas se rendeu ao ineditismo do fato. “O próprio ministro admite que as informações dos pilotos e das bases em terra são ‘fantásticas’, e que no momento não há como explicá-las. Oficialmente, disse, trata-se de ‘um fenômeno inexplicável’”.

FONTE: Bol.com.br, via ConexãoPenedo

131
Deixe um comentário

avatar
130 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
64 Comment authors
Yara Cunha PalazzoMauricio R.RommelqeJuca CaladoRodrigo Maçolla Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
phacsantos
Visitante

Na reportagem de ontem do Fantástico foi um show de trocadilhos quando citaram os caças do Brasil na época.
Falava que um F5 decolou e mostrava um Rafale.
Dali a pouco falava que um Mirage perseguiu e mostrava um F-5.

Tive a impressão até de ter visto um F-16.

Já imaginaram Rafales no Brasil em 1986? kkkk

Alex Faulhaber, RJ
Visitante

O Fantástico abusou de usar imagens que nada tinham haver com os Mirages III. Usou imagens do Rafale se não me engano, de Mirages 2000 que nem eram os brasileiros, colocou as falas do piloto do Xingu na simulação sendo ditas por uma pessoa vestida de piloto de caça… Não sei se chegaram a procurar os pilotos Viriato e Kleber. Mas foi legal pelas conversas rádio.

Leo
Visitante
Leo

Que falta fazia na época um Mig-31 na força aérea brasileira, quero ver esses OVNIs fugirem de um Mig-31 rsrsrs mas alguém acha que se fosse extraterrestres eles usariam naves cheias de luzes para ficar tão aparente? Acho que usariam naves bem discretas para ninguém notar a presença deles.

André Bueno
Visitante

Foi aventada a hipótese de guerra eletrônica.

Juliano Lisboa
Visitante

Leo Mig 31 pouco adiantaria, os objetos voavam a mach 15. Iam só gastar mais combustível tentanto chegar. No mais essa é a história mais conhecida, no meu tempo de BAAN ouvi muitas outras.

Manuel Souza
Visitante
Manuel Souza

Eu não sei se é tecnologia alienígena. Só sei que os inúmeros relatos que já li dá para depreender algumas coisas sobre a tecnologia desconhecida. Alcança velocidades absurdas e acelerações e desacelerações impossíveis para nosso estado de tecnologia, elas ficam visíveis e a olho nu com um amplo espectro de cores quando querem e ficam visíveis ao radar também quando querem.

André Bueno
Visitante

Na época do ocorrido foi aventada a hipótese de guerra eletrônica. O inusitado neste caso foi a abertura e transparência dada pela FAB ao ocorrido e ao modo como ela o tratou. A própria entrevista dos pilotos junto ao então ministro TB Moreira Lima.

Juliano Lisboa
Visitante

Tentando*

Plinio Junior
Visitante

Ainda acho inadmissível uma reportagem de uma conceituada emissora de TV abusar de tantos erros de imagens, colocando Rafales, F-16s, Mirage 2000, teve até um F-5 na cores do VCF-13 (Agressor da Marinha Americana)e marcações da FAB feito em computação animada …algo tosco…em pleno século XXI e com todos recursos disponíveis continuarem fazendo algo amador….

Marco Piza Filho
Visitante
Marco Piza Filho

Infelizmente a reportagem do Fantástico não citou a experiência do então Cap. Márcio Brisola Jordão que voou o 2º F-5E naquela noite e do Comandante Geraldo Souza Pinto que voava em um vôo cargueiro de SP para o RJ e que posteriormente foi promovido a piloto chefe da VARIG. Com depoimentos de profissionais deste quilate fica difícil duvidar de que algo realmente ocorreu. Quanto a ilustração de um F-5E do VFC-13 e escrito toscamente FAB na lateral dos motores…. Sem comentários.

Bardini
Visitante

Um show de horrores!
.
Os leigos que viram a “reportagem especial” de ontem, no Fantástico, devem pensar que a FAB é uma maravilha em termos de caça e equipamentos…
.
Até o primeiro voo do Rafale foi no Brasil!!!

Alexandre Samir Maziz
Visitante

Verdade rsrsr caro Bardini , porque não usaram imagens somente do F-5 e Mirage 3 , mas tirando esse detalhe gostei da matéria , todos nós sabemos as dificuldades matéria de orçamento que sempre passou nossas forças armadas , e para um monte de caças decolar assim a toa não foi ,realmente aquele dia algo estranho aconteceu , agora se foi OVINI não sei , abraços !!!!

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Naturalmente que são de origem alienígena. Mas a FAB tem muito material classificado sobre este fenômeno e os fatos ocorridos na Operação Prato.

Os UFOS de pequeno porte são apenas “drones”… importaria é localizar a “nave mãe”…. mas mesmo um Mig-31 passaria vergonha tal nossa defasagem tecnológica.

Sds.

space jockey
Visitante
space jockey

Tenho a RFA com a matéria completa, ums 5 paginas acho, impecável. Pelo que estão dizendo não perdi nada nao tendo visto a do Fantástico…

Gustavo
Visitante
Gustavo

Bom eu acredito que nao estamos so no universo. Vai que nao eram naves tripuladas e sim sondas e que de forma proposital quisessem aparecer de verdade e nos testar pra ver como reagiria mos. Porem se eu fosse o visitante eu faria a mesma coisa e a conclusao que chegaria ao meu planeta era que ( eles ainda sao barbaros, bringam entre si, queimam combustiveis fosseis e etc… ) Ou seja vamos aoenas continuar sondando os humanos pra ver no que vai dar isso!!!!!

Bosco
Visitante

Há três hipóteses para a resistência a grandes forças g. 1- Não havia presença de organismos vivos a bordo; 2- os organismos vivos são altamente resistentes às forças g; 3- a tecnologia propulsiva utilizada neutraliza a ação das forças g nos corpos sob sua ação. Essa terceira hipótese obrigaria a utilização de uma tecnologia capaz de controlar a gravidade e os efeitos da inércia, o que vai de encontro á física tradicional. A própria atitude observada dos OVNIs (aceleração e desaceleração muita rápida sem a presença de chama oriunda de um propulsor) demonstra que a propulsão utilizada não depende da… Read more »

ivo
Visitante
ivo

pensei que só eu tinha visto as gafes do fantástico…

Carlos Crispim
Visitante
Carlos Crispim

Tudo bullshit, não tem foto, nada, e quando tiram fotos só mostram pontos luminosos minúsculos, os textos são desconexos, as pessoas parecem fora de si, cadê imagens das naves extraterrestres? Cadê fotos de perto dos ditos OVNIs? Tudo que mostram são pontos coloridos distantes, ora, só otário para acreditar em disco voador, ou as pessoas estão cheiradas ou é fraude, não tem outra explicação, procurem na internet é tudo – 100% – FALSO. Tem um site chamado e-farsas que mostra algumas fraudes, algumas bem toscas, mas as pessoas simples acreditam. Neste caso da FAB pode ter dezenas de explicações, mas… Read more »

ivo
Visitante
ivo

space jockey, que tal compartilhar esse relatório? daria uma boa matéria aqui no PA, e teríamos a oportunidade de saborear direto da fonte…

Tamandaré
Visitante
Tamandaré

Aos colegas que são da FAB (ativos e reservistas), fica o questionamento: efeitos luminosos, que são apenas manifestações visuais de energia, não geram eco no radar. No entanto, objetos reais, palpáveis, que tenham massa e volume, ecoam em sistemas de radar, tanto em solo como abordo de aeronaves (foi o que ocorreu a 30 anos atrás). Está correto o meu raciocínio?? Como foi citado por um dos interlocutores em um dos diálogos na reportagem, os objetos tinham reações inteligentes à ações/estímulos gerados por nós, eram detectáveis visualmente e instrumentalmente. Descartando hipoteticamente a possibilidade de tratar-se apenas de fenômenos luminosos, o… Read more »

Bosco
Visitante

A maioria absoluta da população mundial já é propensa a acreditar em vida inteligente fora da Terra haja vista a crença na existência post mortem e em entidades não humanas (Deus, deuses, anjos, demônios, espíritos desencarnados, gênios, duendes, etc.) e locais extra dimensionais (Céu, Inferno, Purgatório, mundos espirituais, colônias espirituais, etc.).

Bosco
Visitante

Gustavo,
Acreditar que não estamos só no Universo não é passaporte direto para acreditarmos no fenômeno OVNI stricto sensu (seres inteligentes de origem extra-terrestre que nos visita com regularidade utilizando “veículos aéreos” de tecnologia propulsiva desconhecida).
Podem muito bem existir centenas de civilizações em nossa Galáxia (nem vamos falar do Universo) que simplesmente estejam menos adiantadas que nós ou no máximo com o mesmo nível de tecnologia, e por isso fora de nossa percepção. Não estaríamos sós no Universo mas nem por isso estaríamos sendo visitados com regularidade por motivos desconhecidos por civilização com tecnologia fantástica, beirando à magia.

Alberto
Visitante
Alberto

Sou sempre cético em relação a esta questão. Entretanto, qualquer um ficaria pendendo para uma hipótese menos ortodoxa quando assiste a uma entrevista coletiva sobre o evento protagonizada por membros da FAB. Segue a reportagem da época exibida pelo Fantástico :

https://www.youtube.com/watch?v=UsTzHsGWkpY

O erros em relação a identificação dos aviões são comuns na Rede Globo. Os F-5 e Mirage são retratados com o F-4 Phanton.

Bardini
Visitante

Eu ainda tenho para mim que foram “bisbilhoteiros” investigando os estudos nucleares da época.

Johan
Visitante
Johan

Me lembro de uma reportagem dos anos 90 que mostrou algo parecido, que teria acontecido depois do Urais. mas com consequências piores. Sendo que neste episódio teve filmagem, tratavam-se de objetos aparentemente metálicos, pois refletia a luz do sol e quando o avião (se não me engano um MIG) recebeu ordem para atirar e armou os seus mísseis misteriosamente o avião teria sido abatido. Quanto o que seriam estes objetos, pelo que me lembro, não tinha aparência alguma com o tradicional disco voador e não acredito que os fossem (sou mais de acreditar que fossem alguma espécie de drone de… Read more »

Guizmo
Visitante
Guizmo

“…Havendo tecnologia capaz de controlar a gravidade já aponta para uma capacidade tecnológica de propulsão mais rápida que a luz já que em tese um nave envolta num “campo de dobra” poderia para um observador externo estar se movendo mais rápido que a luz mas dentro desse campo a física tradicional não estaria sendo corrompida….”

Caramba Bosco, sabendo que vc é da área da saúde (já escreveu isso aqui), como vc acha tempo pra estudar essas coisas? Esse fds eu peguei um livro pra ler e minha mulher já ficou p da vida….

Bosco
Visitante

Bardini, Mas longe de explicar sua tese só complica. Que forças na Terra teria acesso à aeronaves com tais características? Se imaginarmos que soviéticos ou americanos são capazes de tais proezas a coisa toda é muita mais complicada do que imaginamos. Pra mim há três hipóteses: 1- histeria coletiva; 2- algum fenômeno natural mal compreendido; 3- fenômeno OVNI “stricto sensu” (viajantes extraterrestres em suas naves fantásticas). Em sendo a terceira hipótese há duas alternativas para explicar a regularidade com que nos visitam: A- “eles” estão no nosso Sistema Solar e têm tecnologia que nós somos capazes de entender; B- “eles”… Read more »

Cristiano.GR
Visitante
Cristiano.GR

Alienígenas, se existem, são os anjos caídos da Bíblia, os deuses pagãos dos povos primitivos e dos povos pré-colombianos. Presenciei um grande evento com óvni, junto a amigos numa roda de cerveja à noite, somente eu e um dos amigos demos mais importância. E na noite seguinte vi o mesmo objeto pequeno passando no céu, então cheguei em uma festa e assim que peguei uma bebida faltou luz na cidade e uns 20 minutos depois chegaram uns convidados apavorados que tinham visto um óvni muito grande passando sobre a cidade e, como era verão de noites de 34º havia muita… Read more »

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Recentemente, Edward Snowden fez muitas revelações…inclusive algumas à ver com o tema. O texto abaixo dá uma pista: “Snowden liberou mais informações sobre detalhes secretos governamentais e seus conhecimentos, que vão além de tudo que as pessoas comuns possam acreditar ser possível. Entre as numerosas alegações (que podem ser consideradas absurdas), Snowden alegou que não somente há espécies humanoides cientes vivendo dentro das chaminés hidrotérmicas, localizadas abaixo da superfície do planeta e das calotas polares, mas que os nossos governos supostamente sabem sobre isto desde a década de 1990. Devido aos sistema de rastreamento de mísseis balísticos e sonares marítimos… Read more »

Bosco
Visitante

Guismo,
Eu não era bom aluno na faculdade. rsrssss
Um abraço.

Marcelo Pamplona
Visitante
Member
Marcelo Pamplona

Bosco; Não acho tão improvável assim a existência de civilizações com tecnologias que nos pareceriam “magia” e que consigam viajar pelo Universo com tamanha facilidade, mesmo com as distâncias quase incomensuráveis envolvidas. É só observar a evolução da própria humanidade nos últimos dois séculos, nos mais variados campos da Ciência. Veja que estamos falando de meros dois séculos, se levarmos em conta os bilhões de anos de idade que o Universo têm e que muitas dessas pseudo civilizações sejam bem mais antigas que a nossa… abre-se um campo amplo de especulação neste sentido. Agora, numa coisa concordo contigo: afirmar que… Read more »

André Bueno
Visitante
Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Pelo menos, a defesa foi testada.Na época com uns 17 anos sem WEB,porém entulhado de revista de aviação eu achava quê era coisa dos EUA ou União Soviética.Quanta inocência……

leopoldo
Visitante

Foi engraçado ver aeronaves que nada tem a ver com FAB porem o fenômeno Ufo ele exite só perguntar para um militar que já presencio

ALEXANDRE K CEZAR
Visitante
ALEXANDRE K CEZAR

Oi,

Alguns dias depois foi feito um filme em que aparece uma esfera cujo diâmetro foi estimado em 10 metros pelo falecido ufólogo Claudeir Covo. Isso me chamou muita atenção pois existe a informação que alguns objetos tinham 100 metros de diâmetro, que me parece um tamanho incompatível com os depoimentos dos pilotos e controladores – porém existe a informação que um objeto desse porte sobrevoou a fábrica da Embraer – conforme noticiou o site Defesanet alguns dias atrás.

space jockey
Visitante
space jockey

Ivo, como é uma matéria de revista, eu não tenho direito autoral, logo não posso reproduzir. Para postar eu teria de escanear as páginas, porém, se for de interesse eu posso ir lá no ‘rancho’ e procurar o número da revista para que estiver interessado.

FighterBR
Visitante
FighterBR

Na minha região, é normal o avistamento de OVNIs… Uns 3 ou 4 anos atrás, eu avisei 5 a 7 OVNIs ao mesmo tempo numa noite… Era 11 horas da noite. Tbm já avisei como vários vizinhos um OVNI Super brilhante de cor alaranjada passar na frente de um avião civil, todo mundo pensou que o OVNI iria se chocar com o avião, mas ele passou mt perto. Tbm já ví no final da tarde dois objetos ovais seguindo um ao outro… Mas o que eu mais me surpreendeu, foi à 3 semanas atrás… Dois OVNIs um ao lado do… Read more »

FighterBR
Visitante
FighterBR

Segurança corrigir por segundos*

Bosco
Visitante

Marcelo, Em tese você está certo, mas até prova em contrário a física pode ter limites que não podem ser ultrapassados por mais antiga e avançada que seja a tecnologia de uma suposta civilização extra-terrestre. Hoje em dia físicos de respeito sinalizam que esses tais limites podem ser mais amplos do que imaginavam e até que pode não ter limite nenhum. rsrssss Não havendo limite nenhum estaríamos aceitando que a magia é plenamente possível e coisas como velocidade mais rápida que a luz, telepatia, moto-contínua, viagem no tempo (de ida e volta), teletransporte, transferência de mente, criar matéria do nada,… Read more »

Bardini
Visitante

Bosco 23 de maio de 2016 at 13:00 . Sim, de fato meu achismo complica mais do que explica, devido os meios existentes na época. Mas eu não consigo acreditar em muito do que foi dito até o momento, como a matéria é embasada em depoimentos, sou ainda mais cético. Isso pq o homem tende a encontrar padrões para aquilo que não pode explicar, como o controlador de voo nos áudios deixou claro em uma das falas citando termo “disco voador”. Foi muito tendencioso. . No mais, me recuso a acreditar que um objeto aceleraria bruscamente a Mach 15 e… Read more »

Bosco
Visitante

Perdão os erros de “portuga”. rsrsssss

ivanstop
Visitante

Não posso levar a sério uma emissora que mostra uma festa de 18 anos de um mc num bloco e trata de economia em outro. Me desculpem mas não dá rsrsrs. Materia interessante, partindo do proprio nome do evento (ovni) vemos que não há identificação, portanto nao sabemos o que é.
Sempre penso que se um dia eu ver um Cruzador Galático vou ter a mesma reação que os nativos americanos tiveram ao ver a Drakkar de Leif Ericson.

Bosco
Visitante

Bardini, Eu também não acredito (e nem desacredito), mas também nunca vi nada nos céus que me deixasse perturbado. Quanto ao “boom” os “especialistas” dizem que a nave ou utiliza tecnologia de controle da gravidade ou tecnologia magnetofluidodinâmica. Em ambas o boom não seria produzido tendo em vista que o ar ao redor da aeronave se move junto com ela, atenuando esse efeito, sem falar que não haveria arrasto e nem o aquecimento da célula, por mais veloz que a “aeronave” esteja. Isso explicaria também porque esses “objetos” podem se deslocar na água (principalmente do mar) e até porque alguns… Read more »

Kolchak
Visitante
Kolchak

agora, quando todo mundo carrega um celular com camera de alta resolucao, nunca mais ninguem filmou ou fotografou um UFO.

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Uma vez eu li que eles ,os ovni gostam muito de locais onde tenham atividades nucleares.Usinas,locais de armazenamento de armas etc…

Velame
Visitante
Velame

O que me chamou a atenção foi a aparente falta de profissionalismo dos controladores, não utilizavam uma fraseologia militar nem expressões convencionais de serviço. Ninguém parecia preocupado em acionar a defesa aérea… Enfim não entendo nada disso, foi apenas minha impressão, posso estar errado, mas que Parecia um oba oba danado parecia.

Marco Antonio Capoeira
Visitante

Uma vez li sobre os pilotos americanos que “se divertiam” com nossas defesas, quando vinham com SR-71 “blackbird” por estas bandas… afinal, UFOs são usados para promoverem uma série de coisas no mundo, inclusive pesquisas nucleares… fica aqui meu registro cético.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Para mim a resposta é simples e fácil. Bernardini, muito me admira você, com essa sua foto não ter revelado o que realmente aconteceu:

comment image

😉