Home Aviação de Caça Rodas novas para caças antigos

Rodas novas para caças antigos

5864
28

USAF pretende economizar quase US$ 200 mi com troca de rodas e freios dos seus F-15

troca de roda no F-15 - foto USAF

A frota de caças F-15 da USAF (Força Aérea dos EUA) deverá receber em breve um novo conjunto de rodas e freios após a conclusão dos ensaios em andamento na Base Aérea de Edwards.

Mais de 500 unidades de diferentes modelos de F-15 serão beneficiados com o programa de Melhoria de rodas e freios. Isto proporcionará uma economia avaliada em US$ 194 milhões em custos de manutenção com o aumento do número de pousos para 1400 entre as trocas de freio. A mudança também proporcionará a redução da chance de incêndio e melhorará a capacidade de frenagem dos caças.

O teste em si parece ser algo corriqueiro, mas não houve nenhum teste de freio com F-15 desde a década de 1980! Na verdade o programa está aproveitando o conhecimento de engenheiros e técnicos especialistas em testes de freios com bombardeiros e aeronaves de carga.

FONTE/FOTO: USAF (tradução e edição do Poder Aéreo a partir do original em inglês)

28
Deixe um comentário

avatar
26 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
18 Comment authors
Mauro OliveiraHMS TIRELESSDelfim SobreiraIväny JuniorJose Maria Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Maico
Visitante
Maico

Há detalhes técnicos sobre o tipo de novos freios? A disco? Tambor? Quantas pinças por disco? Fiquei curioso.

Lewandowski
Visitante
Lewandowski

Já substituí duas vezes os freios e os pneus da minha motinho 2013/2014… E olha que ela vai no máximo à 120 km/h…
.
Isso que é manutenção preventiva… Chupa USAF!
.
Sds

Mauricio R.
Visitante

Grossinha essa raiz de asa.

Nonato
Visitante
Nonato

Ou seja. Nenhuma novidade. Conforme o texto, a USAF tem conhecimento suficiente de rodas e freios. Nada de reinventar a roda. Só de adaptar ao caça específico. Por que gera economia? A troca em si talvez tenha custos. Se bem que para mim os mecânicos ja estão lá. Com ou sem troca receberão soldo.
O próprio governo deveria fabricar essas rodas e freios. Se mandar uma empresa privada fabricar cobram uma nota.
E nos f5? quanto custa? trocadas com que frequência?

Guatavo
Visitante
Guatavo

gostei do assunto! e as nossas aves de rapina? também quero saber o quanto gastamos com troca de oleo, freios e todos os parangoles envolvidos na manutenção delas? é possível?

Bosco
Visitante

Acho um absurdo esse caça ter só uma estação subalar de armas.

Nonato
Visitante
Nonato

Gustavo. Seria interessante um relatório completo sobre o assunto.
Quem fornece rodas e pastilhas de freio para nossos caças?
Quanto custa? Qual a duração?
E também outra matéria que ja sugeri quanto às partes de um avião (fuselagem, asas, estabilizadores, partes móveis, motores, etc).
Bosco você acha pouco so uma estação subalar?
Mas o avião ja consegue levar uns oito mísseis e vão duplicar para 16…

ivammcivammc
Visitante

Que caça bem ruim, o melhor é o nosso Forévis-5.

Bosco
Visitante

Nonato,
Tinha que ter pelo menos duas. Atualmente há intenção de homologar as estações externas em versões avançadas do caça para até 2 amraams cada.

Guatavo
Visitante
Guatavo

pois é em uma guerra moderna acho que não se disparam tantos misseis de uma só vez contra um objetivo ou contra alguns objetivos. no Iraque por exemplo teve aquele episódio de um grupo de F-15 disparar ao mesmo tempo uma salva de misseis Sparrow contra um grupo de mig 23. um F-15 sozinho mesmo com um montão de misseis acho que não arriscaria a sorte contra um grupo de Flankers

Bosco
Visitante

Mas um estação de armas a mais permite maior flexibilidade, como por exemplo levar um par de HARMs ou de JSOW ou incrementar a persistência de combate ar-ar, bastando fazer REVO. E sendo o F-15 um caça convencional e tendo em vista a crescente capacidade de ECM de russos e chineses, há uma natural perda de eficiência dos mísseis e a quantidade faz diferença. O F-15 apesar de levar até 8 mísseis ar-ar é o que menos mísseis ar-ar leva, junto com o F-16. O Hornet pode levar 12, o Super Hornet 14. Os caças furtivos sofrem menos com a… Read more »

Bosco
Visitante

Guatavo,
Será que não era mísseis Amraams não??
O Sparrow não era capaz de ser lançado contra alvos múltiplos. Até podia ser mais de um, mas contra o mesmo alvo.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Poggio, a CAB-SP não existe mais. Chama-se CELOG.

Guatavo
Visitante
Guatavo

Bosco naquela época acho que era no inicio dos anos noventa os Amraams ainda estavam no inicio de sua operacionalidade e em quantidade insuficiente por esquadrão. Já naquele cenário os Sparrows eram predominantes ainda. Mas mesmo assim foi show o que os eagles fizeram. eu não me lembro de outro fato como este na historia. so nos games um caças com varios misseis ganha um combate sozinho….

Nonato
Visitante
Nonato

essa cab celog é boa hein. todo mundo coloca dificuldade. mas é possível fazer muita coisa. vejam a avibras com o astros

Alexandre Samir Maziz
Visitante

OPs caça antigo o F-15 , mas pelo menos uns 30 desses ai na FAB , ia dar uma baita moral para aviação de caça …. Abraços !!!!

Mauro
Visitante
Mauro

Só faltou informar quanto terão de gastar par economizar US$ 194M.

Mauricio R.
Visitante

O custo da hora de voo é proporcional ao tamanho, peso, sofisticação e o desempenho que esta aeronave entrega. Melhor por enquanto a FAB continuar c/ os seus F-5.

fonseca
Visitante
fonseca

se eu fosse Temer mandava comprar ou alugar, para entrega imediata, uns seis f16 ou gripen sul africanos. para resposta imediata em caso de agressão.

Romaldo Medina
Visitante

Mais de 500 unidades,,,após está parte fiquei em off,,,tentando imaginar este número de caças ,,,

Jose Maria
Visitante

Fonseca, não sendo irônico mas não precisamos ter medo da China, Russia e muitos menos do Malvado United States. Nossos políticos conseguem fazer estrago maior. Vide o estado de nossas forças desarmadas, digo, armadas e da economia.

Iväny Junior
Visitante
Member

A respeito da foto

Nunca tinha reparado que o pneu dianteiro do trem de pouso do f-15 fosse tão pequeno. Ademais, o melhor caça americano já feito em todos os tempos.
Desenvolvimentos críticos nesta área voltaram à tona quando dos problemas nos trens de pouso do f-35. É um dos itens com menos atenção por parte dos entusiastas, mas, absolutamente fundamental para o bom andamento dos trabalhos de combate.

Delfim Sobreira
Visitante
Delfim Sobreira

Bosco
.
Talvez ele só tenha uma estação sub-alar por ser fruto de requerimentos que preconizavam um caça de sup. aérea com máximo desempenho e manobrabilidade em detrimento da capacidade de ataque.

HMS TIRELESS
Visitante
Member
HMS TIRELESS

E a águia mais uma vez mostra que mesmo depois de tantos anos ela ainda manda nos céus:

https://theaviationist.com/2016/05/01/u-s-f-15s-have-dominated-the-skies-during-frisian-flag-exercise-in-central-europe/

O interessante aqui é que esses aviões estavam equipados com o casulo Sniper XR, que pode ser usado em tarefas ar-ar como meio de detecção passivo. Também é bom lembrar que o EOTS do F-35 foi desenvolvido com base no Sniper.

Mauro Oliveira
Visitante