Raptors over South Korea

Em foto divulgada pela Força Aérea dos Estados Unidos na semana passada, quatro F-22 Raptors baseados em Kadena no Japão, voam sobre a Coreia do Sul, em resposta às provocações da Coreia do Norte.

Os Raptors aparecem voando com quatro F-15K Slam Eagles da Coreia do Sul e dois F-16 Fighting Falcons. Segundo a USAF, o F-22 é capaz de projetar o completo domínio do ar a grandes distâncias e atualmente não pode ser igualado por nenhum outro caça conhecido ou projetado.

FOTO: USAF

Subscribe
Notify of
guest
28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ednardo de oliveira Ferreira
4 anos atrás

4 F15
4 F16
4 F22

estes 12 juntos sozinhos já conseguem colocar quase toda a aviação da América Latina no chão.

aff…

Jose Souza
4 anos atrás

a chance da China aperfeiçoar seu radar anti-Stealth

Ednardo de oliveira Ferreira
4 anos atrás

e dos EUA estudar as medidas eletrônicas chinesas. Vai ser um gato e rato…

Ederson Joner
4 anos atrás

Eu adoraria ver a tela de radar com estas formações no céu, com o banco de dados abastecidos com as “perturbações” causadas pelas outras aeronaves, e analisar o que os F-22 causam no espectro….

vmax
vmax
4 anos atrás

taí..
Não foi outro dia mesmo que disseram de não sei quem detectaram F-22?
Com esses tanques enormes de baixo do sovaco dá detectar, obviamente.

Fernando
Fernando
4 anos atrás

“Ednardo de oliveira Ferreira 26 de fevereiro de 2016 at 15:43”
.
Ednardo, creio que o “sucesso” de um combate está 50% no sujeito que pilota a aeronave. O treinamento vale muito!

Bosco
4 anos atrás

Se os chineses não souberem nem quando e nem onde procurar não têm como reconhecer “perturbações” que o F-22 possa provocar, mesmo porque não se saberá que é ele que as produzem.
Já o F-22 tem como “escutar” os radares chineses com muito mais eficácia.

Ednardo de oliveira Ferreira
4 anos atrás

sem dúvida.

O que piora a situação, já que os gringos voam e treinam 3 ou 4x mais que os nossos e dos hermanos.

Obs.: lembrei de um ‘causo’ que um conhecido me contou. O capitão dele, PQD, todo pimposo foi bater papo com um ‘ranger’ dos EUA. O brazuca disse:

– tenho uns 270 saltos. e o senhor?
– Uns 7.
– Só 7?
– Sim. 3 no Iraque, 2 na Iugoslávia, 2 no Afeganistão.

O cara só contava salto de missão real. 🙂

Ednardo de oliveira Ferreira
4 anos atrás

em resumo, os gringos têm:
– logística;
– tecnologia;
– treinamento;
– experiência.

Zmun
Zmun
4 anos atrás

Transcrição de um diálogo durante uma reportagem sobre o Sindacta IV:

Repórter da Globo:¨Então esses radar pegam todos os tipos de aviões?¨
Oficial da FAB: ¨Sim.¨
Repórter da Globo: ¨Até aqueles americanos que são invisíveis? (sic).”
Oficial da FAB: ¨Esses nunca irão dos atacar, graças a Deus.¨

Quem é aliado de Deus não precisa de mais nada.

Felipe Silva
4 anos atrás

Zmun, gargalhei alto aqui! E tô rindo até agora rsrsrs Você sabe dizer se tem o link desse vídeo no youtube?

Ocidental Sincero
Ocidental Sincero
4 anos atrás

A coreia do norte só nao perde em obsolescência para a república democrática do congo (ambos com equipamentos russos da década de 50). Coreia do Norte seria completamente invadida pela Coreia do Sul e USA em menos de 72 horas.

augusto
augusto
4 anos atrás

só pra lembrar que os f-15k slam eagle já vem equipados com o radar do f-22

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
4 anos atrás

CINDACTA, de Centro. Não SINDACTA. Lá vem o velho ¨complexo de viralatas¨ do brasileiro….

Carlos Campos
Carlos Campos
4 anos atrás

enquanto a China ainda vai aprender a detectar avião furtivo os EUA já devem saber…..CN nunca deveria ter existido os EUA deveriam ter tacado uma bomba em alguma grande cidade chinesa e mandar os soviéticos ficar chorar em casa.

Caio Romão
Caio Romão
4 anos atrás

Isso aí é lixo! Os Mig-15 do Grande Líder vão exterminar Seul e depois Washington sem faze escalas.
IRONIC MODE OFF.

Caio Romão
Caio Romão
4 anos atrás

Fazer*

Nonato
Nonato
4 anos atrás

A Coreia do Norte deve ter um ou dois milhões de soldados…

Duanny D.
Duanny D.
4 anos atrás

Zmun, kkkkkk essa do radar foi fod*

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás

Primeiro Mundo x 1,99
Kkkk …. rsrsrsrs ……..

________________________________________

Ednardo de oliveira Ferreira 26 de fevereiro de 2016 at 18:00
Ótima.

_______________________________________

Rinaldo Nery 26 de fevereiro de 2016 at 21:29
Dá um desconto, eu também errei uma vez.
É muito sindicato, taxa$ de sindicato, é soda !

fonseca
fonseca
4 anos atrás

algum expert pode comentar?
eventual guerra com a coreia do norte, como se daria?
haveria invasão imediata?
mísseis de cruzeiro?
f22 atacando? com o quê?
quais seriam os alvos?
A coreia do norte de certo modo é atrasada mas também tem alguns itens bem modernos.
Mísseis, talvez defesa antiaérea…
será que suas defesas estão muito concentradas ou espalhadas?
haveria uso de porta aviões?
para quê se aeroporto é o que não falta na coreia do sul e japão?

augusto
augusto
4 anos atrás

Fonseca a CN levaria uma Shock & Awe na fuça

Fabiano
Fabiano
4 anos atrás

Só de pensar que RCS do F22 é de cerca de 0,025 m2 , um pouco maior que uma bola de golfe , quase invisivel difícil ver um bicho desse no radar , embora furtividade não significa invisibilidade o f22 está muito a frente de seus possíveis concorrentes.

Ederson Joner
4 anos atrás

Bosco 26 de fevereiro de 2016 at 17:44 “Já o F-22 tem como “escutar” os radares chineses com muito mais eficácia.” Bosco você esta certo, mas nesta hipotética situação, quem estiver no solo ou no ar monitorando o espectro, não esta ligando para suas próprias emissões, assim, usará potência máxima para tentar receber os sinais. Como não se trata de um teatro de conflito real, não importa se uma estação radar for detectada, o que importa é conseguir identificar uma formação como esta da foto, para estudar os níveis de sinais recebidos, de modo que se possa desenvolver as técnicas… Read more »

Lord Balian
Lord Balian
4 anos atrás

Acredito que em uma possível guerra contra a CN eles vão atacar com F-15, F-16 e F-22 sim. Todavia, eles não vão abandonar a atual configuração do F-22 que saiu da base aérea de Okinawa no Japão até a CS, ou seja, usando os tanques externos. Vão para a batalha usando estes tanques, pois sabem que contra a CN não precisa usar todo o poder no qual eles tem. Somente, caso a China/Rússia entrar no páreo, eles vão tirar tanques externos assim, atacando com o RCS no modo mais baixo que existe. Contra a CN vão com F-22 com RCS… Read more »

Fabiano
Fabiano
4 anos atrás

Esse envio dos F22 Raptor a Coreia Do Norte tem muito a ver com as provocações a base de testes nucleares da mesma,fora isso vale somar também a presença dos B52 estes que estão equipados com capacidade para ataques nucleares e por ultimo vale salientar a implantação do sistema de defesa antimísseis balísticos de alta altidude THAAD. Fora outros exercícios de defesa feita em conjunto com os EUA nota-se que a Coreia do Sul está bem preparada defensivamente.

Zmun
Zmun
4 anos atrás

Felipe Silva, essa eu vi a muitos anos na TV, mesmo. Não sei se alguém gravou. Eu, pelo menos, perdi a oportunidade.

Rinaldo Nery, o oficial poderia dizer que contra esse tipo de ameaça talvez não exista força aérea no mundo que tenha uma resposta adequada, mas preferiu ser espirituoso e evocar os poderes divinos. O que eu posso fazer? Sim, é CINDACTA, obrigado.

Fabiano
Fabiano
4 anos atrás

Error ,quiz dizer envio dos F22 a Coreia do Sul e não a Coreia do Norte por enquanto, pois o dia que chegar também é porque a coisa ficou feia de vez rsrsrsrsrs.