Museu da TAM 059a

Crise e falta de interesse das autoridades comprometem futuro do acervo

O Museu da TAM encerrou suas atividades no último dia 29*. Inaugurado em 2010, o museu contava com um acervo de 90 aeronaves, além da reserva técnica, assim como diversos itens que retratam a história da aviação no Brasil e no mundo.

Fruto do sonho dos irmãos Rolim e João Amaro, o museu surgiu com a proposta de manter um importante acervo em plenas condições de voo. Entre as aeronaves expostas estão os icônicos Supermarine Spitfire, Vought F4U Corsair, Republic P-47 Thunderbolt, Messerschmitt Bf 109, MiG -21, Dassault Mirage III, Lockheed Constellation e Fokker 100.

Com a escalada da crise econômica e política no Brasil, a Latam, principal mantenedora do museu, passou a registrar uma série de prejuízos e redução no número de passageiros transportados. Com custos mensais na ordem de R$ 300.000, o museu se tornou oneroso diante dos desafios impostos pelo país.

Museu da TAM 017a

Além disso, a Latam vinha estudando utilizar o espaço dedicado ao museu como extensão das oficinais de manutenção. O sitio aeroportuário de São Carlos abriga o principal centro de manutenção do grupo, podendo no futuro receber oficinas dedicadas aos novos Airbus A350 XWB e Boeing 787 Dreamliner.

Nos últimos meses o co-fundador João Amaro e curadoria do museu, ao lado de importantes membros da sociedade aeronáutica vem discutindo a transferência das instalações para o Campo de Marte, em São Paulo.

Museu da TAM 183aO projeto conta com a simpatia do Comando da Aeronáutica, que estuda ceder parte da área que possui para a construção do edifício, que poderá abrigar todo o atual acervo e eventuais novas aeronaves incorporadas. Porém, a prefeitura de São Paulo se mostra relutante ao projeto. Um dos motivos é a disputa pela propriedade do terreno onde se encontra o aeroporto do Campos de Marte.

Por ora, o museu não tem data para retomar suas atividades.

Museu da TAM 126a

 

FONTE: aeromagazine.uol.com.br

*NOTA DO EDITOR: hoje, 31 de janeiro, a reportagem original da Aeromagazine foi alterada (no link acima disponível, já aparece com a alteração), acrescentando uma dúvida ao que antes era uma afirmação e creditando a informação sobre encerramento de atividades a “fontes internas” do museu. Por esse motivo, acrescentamos também um ponto de interrogação ao título deste clipping da notícia original. A reportagem da Aeromagazine também foi completada, ao final, com uma nota do próprio museu via twitter, afirmando que o fechamento neste final de semana se deu por motivos de manutenção. Acompanharemos o desenrolar do assunto.

LEIA TAMBÉM:

98
Deixe um comentário

avatar
95 Comment threads
3 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
61 Comment authors
Rafael OliveiraCESARPaulo MauricioSandro MottaFernando Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcos
Visitante
Marcos

Marte? Primeira enchente do Tiete e o acervo se vai.

Edcarlos
Visitante
Edcarlos

É um acervo rico e importante. Encontrar uma nova casa para essas aeronaves será um problema? É uma pena, esperava um dia visitar esse museu!
Acredito que muitas dessas aeronaves não estão em condições de voar!

Saudações!

dieter91360
Visitante
dieter91360

Infelizmente, Brasil nao e pais para essas coisas. Se tivesse sido uma escola de samba, o governo teria bancado tudo, quer apostar?

Luciano carreteiro MG
Visitante

Puxa, que notícia triste, adoro museus de aviação.

Antonio M
Visitante

No texto está “Furto do sonho …” ….. Se não é um trocadilho, deve ser “Fruto do sonho …” mas, creio que passou pois não deixa de ser mais um sonho roubado pelos destinos de um país onde câmaras municipais, estaduais e federais sustentam políticos que em termos de produtividade não pagam nem o cafezinho que tomam e custam caríssimo ao paàs enquanto que a cultura, o legado bom susubem e que deveria ser preservado às futuras gerações mas sempre está em último plano. Bem expressiva a foto do artigo com o Jahú, que mostrou a sua capacidade e de… Read more »

Antonio M
Visitante

Corrigindo: ” caríssimo ao país” e sucubem ao invés de “susubem”

mauriciosilva2014
Visitante
mauriciosilva2014

Olá. Que tristeza!!! Eu fui ao Museu Asas de Um Sonho por quatro vezes. E voltaria a ir outras muitas mais. Infelizmente os chilenos não viram “valor” no museu brasileiro. Gostaria de saber se teriam tido a mesma atitude caso o museu fosse em Santiago e com acervo da LAN-Chile. Pena, pois visitar aquele museu era uma verdadeira aula de história do Brasil (não “apenas” história aeronáutica). Duvido que o acervo permaneça íntegro. Os “Warbirds”, provavelmente serão repassados a coleções internacionais. Já modelos mais “tradicionais” e sem condições de voo (como o Constellation) provavelmente serão sucateados. E assim se vai… Read more »

Antonio M
Visitante

Me desculpe Mauricio, mas culpo sim. Sustentamos com dinheiro público carnaval, paradas de todos os tipos, além de programas como BBB e tantos lixos que são “sagrados” mas, museus como esse quando fecham não geram nenhum tipo de indignação. Infelizmente temos culpa como nação sim, basta ver em outros países o número de museus de todo tipo que apesar das dificuldades que devem passar, mesmo assim muitos persistem e sobrevivem.

mauriciosilva2014
Visitante
mauriciosilva2014

Olá Antonio M. Sem querer gerar polêmica, mas seu comentário parece denotar a “síndrome de cachorro vira-latas”! Com todo o respeito devido ao colega forista, mas seus argumentos não tem nada a ver! O museu foi fechado por uma empresa chilena, não por brasileiros! Enquanto a TAM foi uma empresa brasileira, foi feito o possível para manter o museu funcionando e com incrementos no acervo. Agora, pelo que indica a reportagem, é mais “lucrativo” usar as instalações do museu para ampliar a oficina de manutenção da LATAM. Nesse caso específico, o “problema” foi a venda da empresa (TAM) para outra… Read more »

Duanny D.
Visitante
Duanny D.

Tragédia.

Fernando
Visitante
Fernando

Caramba que triste, um dos poucos lugares nesse país onde os amantes da aviação podem admirar belas máquinas. A tristeza no entanto começa lá de trás, vendo uma empresa do porte da TAM deixar ser vendida para estrangeiros que aos poucos acabam com a mesma, pra nós resta somente o saudosismo de antigamente onde tínhamos empresas aéreas de respeito e com CEOs brasileiros. Triste também é ver um governo que não se manifesta a isso, uma prefeitura que tira o dela da reta por conta da disputa de um terreno, poxa será que o sr.prefeito não vê que um museu… Read more »

Joal Santana
Visitante
Joal Santana

Será que a Embraer não teria interesse numa eventual transferência do museu para São José dos Campos?

Antonio M
Visitante

De qualquer forma Maurício, não se trata de complexo de vira latas, é muito mais de indiferença mesmo então não isenta o país, temos culpa sim pois educação é a base de qualquer país decente e aqui nunca é prioridade em nenhum nível.

abraço.

vmax
Visitante
vmax

Sou de Jaú, SP e logo que vi o hidroavião pensei. Vai ter gente que pode querer trazê-lo (como já houve no passado) pra cá alegando que é aqui que ele deve ficar. João Ribeiro de Barros que me perdoe, mas…
Já digo que aqui nesta cidade, no momento, não existe lugar decente o suficiente para receber tal relíquia da aviação.

André Bueno
Visitante

O museu precisa ficar ali. A cidade de São Paulo não o merece. Então que o tragam para Marília, cidade onde nasceu a TAM!

Tiago Silva
Visitante
Tiago Silva

Esta notícia não me surpreende, o museu da TAM tem um rico acervo mas desde quando abriu carecia de visitantes, a sua estrutura é muito boa porém estava localizado a uma distância significativa da capital que querendo ou não proporcionaria uma maior número de visitantes. A culpa pelo fim das atividades não é da LAN ou da própria TAM mas sim de todo um contexto sócio econômico que estamos vivendo,cultura no nosso país não é uma das prioridades vejam o grande número de museus que temos e com baixos índices de visitantes, como exemplo o Musal no RJ só esta… Read more »

Paulo Sérgio Pecchio
Visitante
Paulo Sérgio Pecchio

Lamentável como nossos políticos são CONTRA a cultura e a história ! Como amante da aviação, notadamente como “estudioso” dos caças militares, estou perplexo e inconformado em perder este importante acervo de exemplares maravilhosos, que em qualquer país de primeiro mundo, que preserva a história, seriam tratados com tapete vermelho e legados para a posteridade. Triste, muito triste mesmo ! Já assisti a um show aéreo na Califórnia com a presença do P-51 Mustang, do P-40 Curtis Tomahawk, do P-38 Lightning e outros ícones e nunca mais me esqueci, um dos dias mais felizes da minha vida. O que eu… Read more »

Control
Visitante

Srs

Tratando a questão de forma prática, alguém sabe responder se o custo mensal é realmente de R$ 300.000,00? E qual é a área necessária?

Sds

Farroupilha
Visitante
Farroupilha

Muito triste esta notícia acima. Nossa cultura só indo para o buraco. – Para mim (moro em Sampa) o lugar deste museu era no meio do povão, da multidão, e aberto 24h, com entradas baratas diluindo os tais 300 mil reais de despesas mensais em 365 dias de visitação permanente. Lugares ótimos, cheios de muvuca: No meio do Brás, ou ao lado da 25 de março (rua que deveria funcionar 24h), em São Paulo; ou ao lado do mercado público de Porto Alegre etc. Com visitação permanente do zé povinho sedento de cultura de qualidade, mas barata e acessível (que… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

“Farroupilha em 30/01/2016 as 23:15 O que adianta colocar um museu bacana desses num lugar que é bom só para quem tem condução própria. E cheio de limitações burocráticas de horários (Campo de Marte). Assim mais uma vez teremos caros ingressos e baixa visitação como condição certa para prejuízo.” . Farroupilha, não entendi o seu argumento. . Conheço bem o Campo de Marte e o entorno, e o acesso ao conjunto principal da parte militar (ocupado em grande parte pelo PAMA-SP), ao norte da pista de pouso, é facílimo por metrô: uns 10 minutos no máximo de caminhada, seja da… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Continuando com mais um pouco de informações sobre áreas centrais de SP, levantadas pelo Farroupilha e por outros. . Quanto às opções no Brás ou 25 de Março, teria que haver uma enorme desapropriação para colocar um museu, ainda que seja em algum quarteirão ocupado por galpão industrial desativado, e acho que isso não sairia nada barato. . Junto ao Museu Catavento, eu acho que seria muito interessante, por ser um museu de ciências de grande visitação. . Porém, não seria também muito fácil. O acervo não caberia na área externa do museu, seja ao ar livre ou em algum… Read more »

Rodrigo Schimidt Miranda
Visitante
Rodrigo Schimidt Miranda

Caros. Essa reportagem trás pontos bem interessantes para discussão e planejamento. É óbvio que o Brasil atravessa a maior crise de sua história e deveras isso compromete tudo que é periférico e não “primeira necessidade”. Antes de me metralharem, insinuando que chamo o finado museu da TAM de “não primeira necessidade”, entendam que não foi eu quem o fiz e sim as cabeças pensantes que possuem o comando da referida empresa. Mas vamos ao que importa, manter o “know-how” e o acervo que tal museu. Infelizmente, nossa cultura tem esse revés de não frequentarmos museus como deveríamos. Não está em… Read more »

Gustavo Borges
Visitante

Com o dinheiro que o ministério da incultura gasta em shows de funk, sertanejo e filmes cheios de atores globais daria para manter inúmeros museus abertos em nosso país. Infelizmente a prioridade do povo brasileiro é esbanjar seus instintos mais primitivos em eventos hedonistas do que em buscar conhecer sua própria História. Nós fracassamos como nação.

Antony
Visitante
Antony

Em forma de protesto não compro mais passagens TAM/LAN/LATAM.

EduardoSP
Visitante
EduardoSP

É uma tristeza ver esse tipo de notícia. No atual momento só ajuda a aumentar o desgosto com o país.

Quanto ao papel dos governos, duvido que não haja algum recurso público nesse museu, por meio das leis federais, estaduais e municipais de incentivo à cultura.

Todas as grandes empresas que se metem na área cultural o fazem para reduzir o valor de impostos.

Mauricio R.
Visitante

A OCA no Parque do Ibirapuera, está sendo usada neste momento p/ o que???? Não seria um local viável p/ relocar a coleção (ou parte dela) do museu da TAM.
Ou mesmo a área externa do “Catavento”, no Palácio da Indústrias no parque D. Pedro II, aqui no centro de SP???? Neste caso as aeronaves menores (que o “Connie” ou o “Fokker”) poderiam se exibidas dentro de vitrines (os franceses já fizeram isto c/ Le Jaca e o helicóptero Tiger no 14 de Julho) de modo a protege-las do clima e da falta de educação do povo.

Mauricio R.
Visitante

A verba poderia vir da “mesada” que a Dilma paga ao MTST ou ao MPL, p/ praticarem atos terroristas aqui em SP. Seriam bem mais que $300.000.

Emerson Z. de Paula
Visitante
Emerson Z. de Paula

A idéia do Campo de Marte e maravilhosa, fui militar lá e conheço bem, tem espaço de sobra, é só a boa vontade da prefeitura ( Sr. prefeito? ).
Haveria muito mais visitas, pois é em São Paulo, e de acesso fácil, quanto a enchentes, mencionada a cima, existe lugares no Campo de Marte que não tem esse problema, os lugares que costumam encher estão do lado de fora da área militar.
Gostaria de saber como fazer essa idéia ir à diante!

Juliano M
Visitante
Juliano M

A TAM mantinha um museu importante para o país, mas é um país que não se interessa pelo tema, aliás, por qualquer museu ou cheiro de cultura e respeito ao seu passado, não digo só das autoridades pois são movidas e pressionadas em última análise pelos interesses e valores do povo. Os donos da empresa o faziam de teimosos, por amor, apesar de ser um ralo de dinheiro. A questão simples é a transferência do controle da TAM para os chilenos; manter o museu, preservar história de nossa aviação já não é mais problema deles, a empresa é guiada pelas… Read more »

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Eu acho,e vou ser até criticado, por isso. Quê a TAM não deveria ter aberto museu nenhum.Agora abriu dane-se teria quê ser obrigado a manter.O serviço da TAM é o transporte aéreo,e fazer isso num país como o Brasil é difícil demais.Foi inventar né dona LATAM? Deveria não ter aceito museu nenhum na transação.

Jeronimo
Visitante
Jeronimo

Que Pena,conheci o museu ano passado,foi uma verdadeira viagem na história,iniciando-se pelas maquetes de todos os balões e o 14 bis de Santos Dumont e mais um curta metragem retratando os seus feitos ,depois as portas se abriam e surgia o museu com todos aqueles aviões raros e impecáveis,fiquei muito impressionado,e mais ainda agora com o seu fechamento,pois me lembro que este passou por uma reforma,noticiava-se que anualmente passaram mais de 200.000 visitantes,portanto se ainda for essa mesma média é mais que suficiente para manter o museu,mas o problema não é esse,problema se chama Lan ,pois esta tem cobiçado aquele… Read more »

Mauricio Veiga
Visitante

É pua falácia, os caras tem dinheiro para comprar Airbus aos montes !!! Não estão mais preocupados com a história mas sim com os lucros, tem um monopólio gigante do transporte aéreo brasileiro e reclamam de $300,00 por mês !!! Sinceramente, se quer ser grande, pense e comporte-se como gente grande …

Abraço.

Altair
Visitante
Altair

Pátria educadora, piada..Além desta trágica notícia para nosso país, o prefeito ” Radar”, quer se apoderar do campo de marte, possivelmente para fazer ciclovias e colocar mais radares, ainda bem que Santos Dumont não está mais por aqui.Coisa de PT partido dos trambiqueiros.

Trollbuster
Visitante
Trollbuster

Mauricio R. 31 de janeiro de 2016 at 0:46

Não cabe tudo isto na OCA..

————-

Isto é um empreendimento privado, o Governo tem outras prioridades que sustentar isto…Era só o que faltava a esta altura do campeonato assumir este custo que não deve ser baixo.

Nem nos batalhões do EB cuidam bem dos monumentos..

Aqui perto de casa o M41C na porta de um batalhão do EB está em cacos.

Luiz Fernando
Visitante
Luiz Fernando

Devem doar o acervo para um país estrangeiro que tenha interesse em preservar a memória aeronáutica. O Brasil merece….

Paulo
Visitante
Paulo

Se fose pra fazer um esquema pra tirar milhões para esses lixos humanos políticos eles teriam dado um jeito do dia pra noite

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Uma empresa visa lucro. . Um museu de aviação na dá lucro. É só ver que os ingressos não cobrem os custos. Ele recebeu 110 mil visitantes em 2014. Seguramente, boa parte entrou de graça (provavelmente a maioria, pois excursões de escolas tinham entrada gratuita). Mas ainda que 80 mil pessoas tivessem pago R$ 25,00 (ingresso inteiro) no ano de 2015, teríamos uma arrecadação anual de R$ 2.000.000,00. O custo mensal, conforme reportagem, é de R$ 300.000,00, o que dá um custo anual de R$ 3.600.000,00. Baita de um prejuízo! . Por isso era uma fundação que cuidava do museu,… Read more »

Samuel G
Visitante
Samuel G

O campo de Marte seria otimo.Facil Acesso estacionamento possível, área militar com interesse cultural no acervo . Agora a prefeitura de São Paulo por areia no projeto. Poderia lucrar em imagem e renda mas a as cabeças são meio ocas.

Marcos
Visitante
Marcos

Sou contra repassar ao poder publico. O Jau teve de ser completamente recuperado. Enquanto esteve nas mãos do poder público só apodreceu.
Não tem dinheiro? Devolve oara quem doou.
O que aconteceu com o Vickers Viscount que tinha lá no Campo de Marte?

Hernani
Visitante
Hernani

Que este governo está dilacerando as empresas, eu concordo plenamente, mas a TAM informar que houve redução de nº de passageiros transportados é mentira, pois suas aeronaves saem lotadas para qualquer destino, seja nacional ou internacional e cobrando “alto” as tarifas… Não venham com conversa fiada!!!

Artur
Visitante
Artur

Em vez de fazer uma campanha de fomento a cultura eronautica e incentivar o publico a visitar o museu, vao simplesmente fechar as portas e o resto deixa para depois…coisa de (des) auturidades sem cultura e sem memoria. Nao aceito quando dizem que o Brasil nao tem memoria, o que tem sao politicas visam destrui-la. Lamentavel

Nonato
Visitante
Nonato

Sempre estranhei esse museu.
Sempre pareceu mais um sonho do falecido dono da TAM.
Explico, enquanto museus em outros países gastam fortunas para trazer todo tipo de itens historicos essa não é a praxe no Brasil.
Por isso nunca me pareceu algo voltado ao lucro ou à visitação do grande público. E sim um gosto pessoal igual muita gente tem relíquia de automóveis por prazer.
Quanto à venda da TAM que eles dizem ter sido apenas uma fusão nunca entendi pois que eu saiba ha proibição de controle acionário estrangeiro em empresas aéreas locais…

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Um país que não cuida do seu passado não pode realizar seu futuro.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Um dia muito triste para aviação em geral. Os chilenos é que mandam e ponto.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Fernando De Martini
Perfeito, fora outras possibilidades.

Major Fraguas
Visitante
Major Fraguas

A TAM diz q está fechado “neste fim de semana” para manutenção.

André Bueno
Visitante
Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Pois é, André. E com isso, pelo que vi agora, a notícia original da Aeromagazine também foi alterada. Colocaremos uma nota do editor sobre isso.

Ricardo Vinicius Lima
Visitante
Ricardo Vinicius Lima

Não podemos permitir que a história da aviação brasileira e mubdial se acabe por aqui. Salvem este museu

André Bueno
Visitante

Beleza Nunão, Aguardemos o desenrolar. Eu gostaria muito que ele ficasse em Sanca mas realmente sua existÊncia em sampa ou Campinas, por exemplo, poderia alavancar a visitação.

Paulo
Visitante
Paulo

Já era de se imaginar… Aos poucos a marca “TAM” vai deixar de existir em site/aeronaves… Já é LATAM

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Mauricio R. 31 de janeiro de 2016 at 0:49
Perfeito.