T-38C

Por James Drew

A Boeing venceu uma concorrência para assegurar um contrato de 10 anos de US$ 855 milhões para aviônicos e apoio logístico dos Northrop T-38C Talon, mantendo o seu envolvimento com a aeronave amplamente utilizada até o ano 2026, quando a Força Aérea dos Estados Unidos fará sua substituição pelo treinador de combate T-X.

A Boeing completou um grande upgrade na suíte de aviônicos nos T-38A/B em 2007, convertendo 463 Talons para o padrão T-38C, substituindo componentes analógicos com uma nova cabine digital. A Northrop Grumman, enquanto isso, fez a substituição das asas ao longo da última década, enquanto a manutenção geral do treinador supersônico de 55 anos é gerida organicamente pelo Complexo Ogden Air Logistics da Força Aérea na Hill AFB, em Utah.

Enquanto isso, as atualizações estruturais para mais de 150 T-38 através da modificação estrutural “Pacer Classic III” estão sendo realizadas pelos mantenedores, prolongando a vida do venerável treinador até 2029.

Este novo contrato prevê “a integração de componentes aviônicos e apoio logístico do contratante” para os restantes 456 jatos T-38 e sua infra-estrutura associada de treinamento em terra, que é usada pelo Air Education and Training Command e escola de piloto de testes da Marinha na Naval Air Station Patuxent River, em Maryland. Vários T-38 também apoiam o desenvolvimento de armas e testes.

De acordo com o anúncio do contrato, duas propostas foram apresentadas. O segundo ofertante não foi nomeado e não se sabe ainda se esse rival irá considerar o protesto contra a seleção da Boeing.

A T-38C suporta o treinamento de pilotos dos EUA e da OTAN, preparando oficiais destinados aos caças da linha de frente e bombardeiros, incluindo o F-15, F-16, B-1B, A-10 e F-22.

Equipes da indústria, incluindo Boeing/Saab, já estão se preparando para substituir o T-38, de olho em um requerimento da Força Aérea para 350 aviões de alto desempenho que vai preparar os pilotos de combate para jatos quinta e sexta geração, incluindo o Lockheed Martin F-35.

FONTE: flightglobal.com

8
Deixe um comentário

avatar
8 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
OganzaNonatoThiago SoaresClaudio Morenocarlos alberto soares Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
ZANZAN_PAMPA
Visitante
ZANZAN_PAMPA

Quais os prováveis substitutos?

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

ZANZAN_PAMPA 6 de janeiro de 2016 at 18:48
Vá ao canto superior direito e coloque a palavra chave, encontrarás farto material e de qualidade.

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Ai quando afirmo que sou totalmente favorável a MRO’s, MLU etc …. do que já temos ….
Tá ai a prova: Vetor não tem ano, tem é manutenção e MRO.
Equilibradamente guardando o bom senso.
Os Âmis estão gastando um monte, basta acompanhar a Trilogia.
Isso porque estão se contendo. (rs)

Claudio Moreno
Visitante

Difícil ver outra super potência me números! Gente o que é isto? Só em treinadores avançados a USAF tem mais de 400 aeronaves!

CM

Thiago Soares
Visitante
Thiago Soares

Essa é uma não-noticia, novidade seria eles deixarem de lado o Talon sem ter algo pronto no lugar.

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

TX em andamento ….

Nonato
Visitante
Nonato

500 treinadores me parece um exagero. Quantos caças eles tem?
Quantos pilotos formam?
Um treinador deve ser suficiente para formar pelo menos dez pilotos por ano não?

Oganza
Visitante
Oganza

Nonato, calma, ainda não são 500, o T-X prevê um contrato de 350 unidades iniciais… Talvez essa encomenda seja incrementada depois com mais unidades. – Mas também temos que lembrar que não é só piloto de caça ou bombardeiro que passa por Treinamento Avançado nos T-38, além do que, ele suporta tb pilotos da OTAN, outros Aliados e muitos treinamentos dos Aggressors. Koreia e Israel por exemplo, mantém caças do seu próprio inventário estacionados permanentemente nos EUA, justamente para treinamento de seus pilotos… O Espaço aéreo deles é meio pequeno para muitas modalidades de treinamento. Em fato, existem áreas gigantescas… Read more »