SpaceX

Falcon 9 retorna de missão de lançamento de satélites e realiza pouso vertical na Terra. Feito é grande sucesso para a empresa, que tenta produzir foguetes reutilizáveis.

Um foguete da empresa espacial americana SpaceX retornou em segurança à Terra nesta terça-feira (22/12), após uma missão bem-sucedida de lançamento de satélites para uma empresa de comunicação. O Falcon 9 realizou um pouso vertical a cerca de dez quilômetros da base de Cabo Canaveral, nos Estados Unidos, de onde havia partido.

A empresa americana, liderada pelo bilionário Elon Musk, almeja produzir foguetes que possam ser reutilizados da mesma forma que aviões. O feito desta terça-feira é um grande sucesso para a empresa. A rival Blue Origin, do empresário Jeff Bezzos, dono da Amazon, havia feito um pouso semelhante no mês passado. O feito da SpaceX, porém, não foi um teste, mas uma missão comercial.

Diversas tentativas anteriores de pousar o chamado primeiro estágio (a parte que dá potência à decolagem) do Falcon 9 numa plataforma flutuante no oceano haviam fracassado. Mas, desta vez, imagens ao vivo fornecidas pela SpaceX mostraram o foguete realizando um pouso firme e seguro.

O foguete atingiu uma altitude de 200 quilômetros antes de retornar à Terra e pousar numa antiga base de lançamentos da Força Aérea americana, que não era usada desde 1978. Durante a missão, o Falcon 9 pôs em órbita 11 satélites.

Em junho, um foguete não tripulado da SpaceX, que levava suprimentos para a Estação Espacial Internacional (ISS), explodiu cerca de dois minutos após ser lançado. A empresa passou meses corrigindo o problema que levou ao fracasso da missão anterior. Após o êxito do Falcon 9, a SpaceX espera retomar as missões de abastecimento, feitas para a Nasa, em fevereiro.

FONTE: Terra/DW

Subscribe
Notify of
guest
31 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
_RR_
_RR_
4 anos atrás

Simplesmente impressionante…!

Jose Souza
4 anos atrás

sem querer ser um eco chato…rs… curiosidade mesmo… qual será o tipo e o nível de poluição gerada pelos foguetes …EUA, Rússia, Europa, Asia..etc

Ederson Joner
Ederson Joner
4 anos atrás

Isto é um fato histórico, se for possível repetir isso, vai mudar muito sobre o que se conhece sobre lançar cargas ao espaço.

Victor Moraes
Victor Moraes
4 anos atrás

É um sucesso. Embora NASA não aceite foguetes nem capsulas “usadas”, preferindo sempre foguetes novos, conforme contrato, SpaceX poderá utilizar estes para outros clientes, o que diminui muito o valor de cada lançamento. Para se comemorar, embora eu seja um pouco cético quanto à “modernidade” disto, uma vez que ainda é um foguetão que depende de “combustão externa” algo muito semelhante aos velhos trem à vapor. Elon Musk vendeu a sua antiga empresa PayPal por cerca de 1,5 bilhões de dólares. Dinheiro que ele fundou a SpaceX, a Tesla Motors e a empresa de energia SolarCity. Ele fez com uma… Read more »

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
4 anos atrás

E vc acha que é assim Victor ? Acha que é só algum brasileiro comprar a Lockheed Martin para sermos donos intelectuais de F-16 e F-22 ?
Por lá, tecnologia de cunho estratégico é algo tratado a mãos de ferro e olhos de águia pelas agências governamentais americanas

Carlos
Carlos
4 anos atrás

Victor. Mas esse problema não é só do Brasil. A Nasa deve consumir bilhões. Deve fazer muitas coisas, tipo pesquisar o espaço, mandar sondas para marte, etc. Mas quanto ao desenvolvimento de foguetes, ônibus espaciais, etc? Essas empresas privadas com pouco dinheiro, desenvolvem esses foguetes de baixo custo. Pegam algum engenheiro aeroespacial, colocam uma pequena equipe, mandam fabricar e pronto. Muito parecido com os submarinos do tráfico… Já pelas vias oficiais, gasta-se, gasta-se, gasta-se e é uma dificuldade para sair o produto. Acredito ser mais uma questão política. No caso do F 35, fala-se que o projeto consumiu 400 bi… Read more »

Alfa BR
4 anos atrás

Carlos o F-35 possui mais de 2.000 unidades encomendadas, se você considerar que cada unidade custa em média 100 milhões de dólares, temos no mínimo um total de 200 bilhões de dólares em encomendas.

Victor Moraes
Victor Moraes
4 anos atrás

Alfredo Araujo. Eu apenas creio que poderia ter feito melhor com a grana investida. Creio que, se eles, estrangeiros, são capazes de fazer, nós também poderíamos, nem que fosse contratando um engenheiro americano, ou russo, ou indiano, ou chines, ou europeu. Alguém que soubesse fazer. Pagar-se-ia uma boa grana. Ou, ao menos, investir para que finalizasse o VLS. Eu ouvi notícia que o VLS não funciona porque não tem uma plataforma inercial, que a “inteligencia” brasileira não conseguiu construir, nem copiar, (uma vez que os russos deram uma plataforma inercial desmontada para os brasileiros). Total incompetência e desperdício do sagrado… Read more »

Bosco
4 anos atrás

A ênfase em recuperar estágios de lançadores semi-reutilizáveis sempre foi em relação ao último estágio, no caso de lançadores tripulados. Esse conceito da SpaceX revoluciona porque propõe recuperar o primeiro estágio. A nova cápsula tripulada da NASA, a Orion, será reutilizável por dezenas de vezes após ser “reciclado”. Se combinado o conceito da Orion com essa tecnologia de recuperação do primeiro estágio da SpaceX e os custos seriam reduzidos enormemente, já que apenas os estágios intermediários (segundo e terceiro) é que seriam descartáveis. O Space Shuttle era um sistema semi-reutilizável que prometia reduzir os custos de forma significativa mas provou-se… Read more »

ederjoner
4 anos atrás

Victor Moraes, você parece ter um certo asco de funcionários públicos, isto é aceitável, haja vista o país em que vivemos, mas não se pode generalizar em nada. O processo de concurso é a melhor forma das empresas publicas escolherem os melhores. Os melhores sim! Se você duvidar, tenta fazer algum concurso para ver em qual colocação você vai ficar, assim vai ver o quanto são bons os primeiros colocados. Caso você fique entre eles, parabéns! Eu costumo dizer que pessoas corruptas não são de uma espécie diferente, eles saíram do meio de todos nós, portanto, precisamos mudar toda a… Read more »

Bosco
4 anos atrás

Ederjoner, Eu, com o maior respeito, discordo veementemente da sua posição acerca do modo de seleção dos servidores públicos adotado no Brasil. Pode até ser a forma mais democrática de seleção, que é pra isso que serve o concurso público, mas daí a dizer que é a forma mais eficaz de escolha de um melhor profissional é coisa completamente diversa. Tanto é assim que as grandes empresas dos setor privado não adotam esse tipo de seleção de pessoal. E o fato de alguém passar num concurso público não diz nada acerca dele ser “melhor” em nada, salvo no objetivo específico… Read more »

Victor Moraes
Victor Moraes
4 anos atrás

Eder Joner, parece que eu te ofendi. Talvez você seja um funcionário público. Eu acho graça a esquerda envolvida em corrupção dizer que “eles sairam do meio de nós” como se isto fosse uma atenuante. “Todos somos corruptos” esbravejam os maus. Eu sou formado em direito, gabaritei a provada OAB/MG mas não tentei concurso público justamente porque eu sei que eu iria me transformar em uma parasita do estado, servindo pessimamente meus patrões que é o povo já que eu seria tragado para um sistema de “quanto trabalhar menos melhor”. Eu sou mais livre e ganho mais dinheiro sendo um… Read more »

Bosco
4 anos atrás

Agora, não há como negar que muitos bons profissionais, com nobres valores éticos e morais, com um forte sentimento de cidadania e respeito ao próximo, se adéqua e consegue passar em concursos públicos, mas infelizmente o método do concurso público, em regra, possibilita que indivíduos completamente inadequados passem.

ederjoner
4 anos atrás

Eu não sou funcionário publico, sei que tem problemas, mas enquanto houver uma “democracia” no Brasil, será assim que os servidores serão selecionados, portanto, o jeito é melhorar a índole da população.
Desculpem-me pelo off-topic também.

Boas festas pessoal…

Victor Moraes
Victor Moraes
4 anos atrás

Boas festas! Desculpe-me se eu fui grosseiro. Realmente há gente boa e trabalhadora que se sacrifica pelo bem do país, como professores, entre outros. Mas que tem uma gente arrogante e corrupta, tem.

Boas festas! Viva SpaceX!

Johnatan warp drive
4 anos atrás

Retirando a estabilidade creio que as coisas mudariam pra um estado bem melhor, quer manter o emprego, trabalhe !

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

Caraca, e o SpaceX ….. essa X deu certo, li a trajetória do Empreendedor, Show !

André Bueno
4 anos atrás

Sou funcionário público, trabalhando em uma universidade estadual paulista. Com relação a atuação concordo que muito deve ser melhorado, por exemplo com relação a medida de desempenho. Eu já passei por uma situação em que meus emails foram revirados e muitos foram “parar” na máquina de um “colega”. O caso foi levantado Porém, o “máximo mandatário” do campus colocou panos quentíssimos no caso e quase o vilão fui eu… Com relação ao SpaceX, a redução de custos é o objetivo. Se mais voos obtiverem sucesso o caminho para uma grande redução de custos estará pavimentado e, de fato, uma nova… Read more »

Clésio Luiz
4 anos atrás

Eu não vejo nada errado com o processo atual de seleção dos funcionários públicos. Empresa privada contrata nas cegas do mesmo jeito que a empresa pública. Só conferindo o desempenho diário do novo empregado é que pode-se saber se foi uma boa contratação ou não. Trabalhei em empresa privada (sou autônomo) e sei bem disso. O problema do funcionalismo público basicamente é a falta de ferramentas eficazes de medição de desempenho e de demissão em caso de baixo desempenho ou corrupção. E digo a vocês, corrupção não é exclusividade de empresa pública não, agora mesmo fui lesado numa compra de… Read more »

Marcelo Pamplona
Marcelo Pamplona
4 anos atrás

Não é de hoje que observamos esta mania de ofensa generalizada perpetrada por “alguns muitos” quanto a esta ou aquela categoria profissional, ou se colocar numa posição de superioridade frente a outros. Aqui não seria exceção, infelizmente. Mas é de surpreender quando se lê tal opinião emitida por um pseudo esclarecido. Poderia taxar todos os operadores do Direito (em especial, os advogados) por conta de episódios como o do “Dr.” Edson Ribeiro na Lava Jato de corruptores e bandidos, por exemplo, mas sei que a grande maioria não o é. Aliás, como funcionário público, não me considero “parasita do Estado”,… Read more »

Victor Moraes
Victor Moraes
4 anos atrás

Marcelo Pomplona, você emenda feriado?

Bosco
4 anos atrás

Eu de minha parte só comentei em resposta ao comentário do Eder que afirmou o seguinte: “O processo de concurso é a melhor forma das empresas publicas escolherem os melhores. Os melhores sim! Se você duvidar, tenta fazer algum concurso para ver em qual colocação você vai ficar, assim vai ver o quanto são bons os primeiros colocados.” E se alguém se sentiu ofendido eu muito mais por não fazer parte do quadro de servidores e nem por isso me achar um idiota. E sim! Temos um péssimo quadro de servidores públicos de modo geral e o Brasil não é… Read more »

Guizmo
Guizmo
4 anos atrás

Amigos, como comentei no outro post, o que mais choca é a diferença abissal das 2 realidades, Br e EUA. Enquanto lá se anuncia o feito do SpaceX, aqui se fala na inauguração de míseros 12km de linha de metrô em Salvador, com mais de 1 década de atraso e pelo triplo do preço. É lamentável. Eu trabalho numa empresa privada que presta serviço exclusivo ao governo federal, há 13 anos conheço o ambiente de Brasília e posso dizer que sim, existe gente competente e comprometida, o grande problema no entanto, a despeito da corrupção ser inerente ao povo em… Read more »

Carlos Crispim
Carlos Crispim
4 anos atrás

A conversa está boa, é óbvio ululante que o governo é péssimo administrador, gasta mal e é corrupto, MAS ISSO NADA TEM A VER COM O FUNCIONÁRIO PÚBLICO EM SI. Existem funcionários públicos nos EUA e lá funciona muito bem. Quem rouba são os comissionados, nomeados de políticos e terceirizados. Claro que alguns concursados caem na tentação e metem a mão também, mas como alguém já falou existem maus elementos em todos os ramos e, na maioria dos casos, no serviço público o mau servidor é demitido pois os órgãos de controle agem eficazmente nesses casos, mas, em contrapartida, os… Read more »

Luciano
Luciano
4 anos atrás

Fui professor durante 7 anos em cursos para concursos e em certo aspecto concordo com Bosco: quem paga mais tem a melhor preparação, basta ver quanto custa um curso bom para Auditor Fiscal da União. Porém, isso era fruto justamente das características do mercado privado, que nao tem estabilidade e que tenta, de forma geral, pagar os menores salários com as piores condições possíveis no intuito de aumentar a margem de lucro (isso de forma geral, pois há setores e empresas que pagam bem, mas isso é minoria, basta ser professor de rede particular que o diga, aliás, nunca assinaram… Read more »

Luciano
Luciano
4 anos atrás

A seleção é falha (mais uma vez concordo com Bosco) pq, de forma geral, as provas permitem a aplicação de fórmulas. O ideal seria curso-concurso, mas vou mais longe….a seleção é falha pq ela nao é democrática! Quantos podem pagar um curso preparatório de 2 mil reais? Comprar apostilas? Pagar video aulas? Ou mais, tirar 6 meses só para isso? (quantos aqui nao conhecem casos de “fulano largou tudo para estudar para concurso…o pai dele achou isso ótimo e bancou tudo!). Aos iludidos que pensam que qualquer mendigo consegue passar num concurso para AFA ou PF, sinto lhe dizer: isso… Read more »

Luciano
Luciano
4 anos atrás

Acredito que a estabilidade é justamente o diferencial que permite, para o bem ou para o mal, que o trabalhador da rede pública se destaque. o X esta na forma de fiscalizar, premiar ou punir o mesmo. Aliás, há ainda que se diferenciar os trabalhadores públicos! Colocam todos no mesmo balaio e há uma grande diferença entre os mesmo, basta olhar os abonos, as jornadas de trabalho e salários entre as diversas secretarias/ministérios/autarquias. Nao da para equiparar um professor q ganha pouco mais de mil reais com um alto funcionário da justiça! Mas concordo lá atrás com quem disse que… Read more »

zorannn
4 anos atrás

Vou entrar no assunto. Fui funcionário público por 15 anos em algumas empresas e fundações do governo. O concurso público é a forma correta de selecionar os funcionários. Porém, após ter sido admitido, não há avaliação nenhuma de desempenho. O cidadão é aprovado, existe um plano de carreira por anos de serviço, sem avaliação de desempenho nenhuma. Depois que entrou, nunca será demitido (a não ser que for pego em desvios, corrupção ou matar alguém). O emprego é praticamente vitalício. Não há nada que incentive o funcionário em desempenhar bem sua função, afinal tanto o bom, quanto o mau funcionário… Read more »

Carlos A. de Paula
Carlos A. de Paula
4 anos atrás

É realmente estarrecedor ler alguns comentários sendo necessário dizer que não existe uma verdade absoluta. Sou Engenheiro Eletricista e professor de Física na rede Estadual de Ensino. Culpar servidores públicos pelo desempenho em suas atividades, desconsiderando que a iniciativa privada é tão espúria quanto os maus administradores públicos (que aplicam de forma inadequada os recursos arrecadados) além de fomentarem a corrupção de políticos inescrupulosos (com objetivo de tirar vantagens nas licitações). Após longos anos trabalhando na iniciativa privada também percebi que empresas mudam de cidade, estado, país, mudam os gerentes, demitem sem critérios adequados, colocam psicopatas em cargos de chefia,… Read more »

bruno
bruno
4 anos atrás

o projeto especial brasileiro ainda naum foi pro saco ainda temos a melhor posicao do emispherio para lancamento de foguetes o que aconteceu foi que os comunistas rebeldes apoiados por putin e mae Russia invadiram a cidade aonde tinha a sede da companhia ucraniana de technologia especial toda a graninha do brasil essa foi realmente para o espaco o brasil tem que processor os comunas pelo fracasso do projeto especial brasileiro pois foram eles que acabaram com tudo

Ederson Joner
Ederson Joner
4 anos atrás

Acabei de escrever um texto de umas trinta linhas e apaguei.
Nada que eu escreva vai mudar a visão que se tem do assunto off topic abordado.

Feliz ano novo pessoal…