C-130J

Marietta, GA, 11 dezembro de 2015 – A Lockheed Martin (NYSE: LMT) entregou o 2.500° avião C-130 Hercules de sua linha de produção. Este Hercules é uma aeronave HC-130J Combat King II de recuperação de pessoal atribuído ao 71st Rescue Squadron da USAF, que faz parte do 347th Rescue Group. A tripulação da Força Aérea dos Estados Unidos transportou o HC-130J para sua nova casa na Base Aérea de Moody em Valdosta, Geórgia.

A Força Aérea dos Estados Unidos recebeu sua primeira aeronave Hercules em 9 de dezembro de 1956. A USAF é a maior operadora de Hercules do mundo, que inclui o antigo C-130 e o C-130J Super Hercules.

Os C-130 hoje são operados por 68 nações e a frota global registrou coletivamente mais de 22 milhões de horas voadas. O modelo de produção atual é o C-130J Super Hercules, a aeronave de transporte escolhida por 16 nações e 19 operadores diferentes.

A frota mundial Super Hercules tem mais de 1,3 milhão de horas de voo.

As variantes C-130J atualmente em produção incluem o C-130J/C-130J-30 pronto para combate; KC-130J de reabastecimento em voo; HC-130J de busca e salvamento; MC-130J de operações especiais; e o cargueiro comercial LM-100J. Até hoje, os C-130 foram produzidos para apoiar 100 requisitos de missão diferentes. O C-130J está disponível em 17 diferentes configurações.

FONTE: Lockheed Martin

54
Deixe um comentário

avatar
54 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
donitz123Rinaldo NeryFernandoCarlos Alberto SoaresMauricio R. Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
jose davi
Visitante

Roberto F Santana 14 de dezembro de 2015 at 16:42

O Hércules desse ângulo ficou gordo!
________________________________________________________________________

A longevidade deste avião mostra o quanto ele é eficaz , grande candidato , junto ao B-52 e ao F-5 pra atingir o centenário ( B-52 na força aérea americana e o F-5 no Brasil )

Bosco
Visitante

Pra mim já tinham fabricado muito mais de 2500 unidades.

Delfim
Visitante
Delfim

Pois é, a política PTista derrubou o KC-390 melhor que um S-300.

Nonato
Visitante
Nonato

A Embraer deveria bancar o resto do KC.
Enquanto espera o Governo a turma vai comprando mais Hercules.
Os ucranianos ja estão fabricando o 390 deles, visualmente muito parecido com o brasileiro.
Afinal de contas, o avião ja foi projetado e montado.
Agora é so testar, voar e corrigir eventuais falhas.
Certificar, homologar.
E esperar os contratos..

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Caro Roberto F Santana 14 de dezembro de 2015 at 17:41
Perfeito.
O KC 390 hibernou.
Sempre afirmei na Trilogia meu incondicional apreço a esse fantástico e múltiplo uso.
Pude$$e colocaria todas nossas células em parceria PAMAGL/IAI e os deixaria “Ok”.
Os 3 KC 767 IAI imprescindíveis,

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

“Nonato 14 de dezembro de 2015 at 23:23
A Embraer deveria bancar o resto do KC.
Enquanto espera o Governo a turma vai comprando mais Hercules.
……………………………………………
Afinal de contas, o avião ja foi projetado e montado.
Agora é so testar, voar e corrigir eventuais falhas.
Certificar, homologar.
E esperar os contratos..”
Como é que é ?
Que país o Senhor mora ? Rússia !
Não precisamos comprar mais hércules e sim retrofitar todas as células admissíveis para tal !
Jesus !

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares
carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Capacidade temos, uma parceria com a IAI aceleraria o processo certamente:
https://www.youtube.com/watch?v=BWdVY5yx_ec

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Importante, a revitalização tem que ser completa das células: Parceria FAB/IAI.
https://www.youtube.com/watch?v=5d2m2G2X258

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares
carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares
Nonato
Visitante
Nonato

Carlos Alberto não entendi sua colocação. Você não acha que o KC 390 ja está em um estágio bem avançado (se não me engano foi anunciado em 2007) e que seria possível conclui-lo em curto período e sem gastos muito elevados? Agora, claro, se o Governo brasileiro não tiver dinheiro para comprá-los ja se perderá um cliente importante. Mas acredito que muitos países terão interesse e valeria a pena concluir o projeto. Se conseguir emplacar pode ser um tremendo sucesso pelo menos no estilo supertucano. Se esperar pode tanto colocar tudo a perder (desmobilizar pessoal perder o ritmo etc) quanto… Read more »

Nonato
Visitante
Nonato

Falo sob a ótica da Embraer e não do governo que pode não ter orçamento suficiente.

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

O KC 390 é um projeto do GF + MinDef + Consorciados, a Embraer é somente a executora e integrado dos sistemistas.
Ninguém vai investir (acionistas da Embraer) para ver se depois vende.
O GF não está cumprindo a parte dele, portanto …..
Quantas encomendas firmes existem e de que países ?
Pesquise !

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

“………executora e integradora e colaboradora dos sistemistas e do projeto.”
Melhor.

Oganza
Visitante
Oganza

Nonato, – tô meio sem tempo… mas pra resumir bem resumido… a situação que vc coloca para a Embraer “terminar” o KC-390 por conta própria e com recursos do “seu bolso”, irá coloca-la em uma situação sinteticamente igual a da Engensa quando se aventurou sozinha com o Osório. – Graças a Deus a Embraer é PRIVADA e seus acionistas não são compostos apenas pela bosta da Cassi… Amem. – Ps.: 1 – Quem disse que está em “estágio bem avançado”? 2 – Concluir em “curto período”? Com dinheiro, Talvez. 3 – Mas sem “gastos muito elevados”? Isso depende e muuuuito… Read more »

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Carlos Alberto, Seria uma grandíssima contradição se a FAB/GF investissem dinheiro retrofitando o Hércules em vez de investir dinheiro no KC-390. Em um momento de crise, os parcos valores a serem investidos devem ser direcionados para o que tiver o melhor custo-benefício e, sendo esse um dos raríssimos casos de produto bélico nacional com potencial de exportação, não há razão para ser deixado de lado, em favor de um concorrente. Fico até imaginando uma propaganda da LM: Não troque o certo pelo duvidoso. Faça como o Brasil e invista no Hércules. * Oganza, não acho que a questão seja a… Read more »

Oganza
Visitante
Oganza

Rafael Oliveira, Não é saber ou não vender avião militar. O KC-390 é saber vender uma decisão estratégica. Isso é uma coisa completamente diferente. – Entenda, NINGUÉM irá comprar se a FAB não garantir 30 UNIDADES no mínimo. – Certo pelo duvidoso? – Veja bem meu caro… fazer avião não é fazer carro, o KC-390 TEM que provar absolutamente TUDO que promete e ele só poderá fazer isso na FAB e só ai despertar um real interesse, sem contar o lobby contra e a favor. – Te dou um exemplo prático e que acabou de sair do forno: A DGA… Read more »

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

O bom de provocar o Oganza é que sempre vem uma resposta completa, que supera a minha expectativa. * Mas, vamos lá. Quando eu falei sobre trocar o certo pelo duvidoso, me referia à FAB retrofitar o Hércules em vez de investir no KC-390. Para todos os outros países, vale muito mais a pena comprar o Hércules, enquanto o KC-390 não provar a que veio. * A FAB lançou os requerimentos do KC390, então ela resolveu arriscar. Abandonar o barco agora seria uma temeridade e só se justificaria se o KC390 se mostrasse uma porcaria. Apesar de não sabermos em… Read more »

Oganza
Visitante
Oganza

Rafael, – me darei por satisfeito se o projeto se pagar dentro e fora do País, mas isso são umas 100 aeronaves fabricadas e entregues… é um desafio e dos bem complicados sem um parceiro de pe$o que po$$a atrair garantia$ para o projeto. – Ps.: Quanto a DGA, o NRP do A400M já foi atingido a muuuuito tempo, mas nós sabemos o quanto esse tipo de decisão lá na França é complicada. Mas as coisas estão mudando por lá, a IMCOMPETÊNCIA Privada/Estatal francesa tem tomado diversos golpes nas licitações internas… reforma de porto perdida para os Holandeses, TGV(?) perdido… Read more »

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Hehehehe.

O Governo Francês, ao não contratar suas empresas, está querendo evitar provar do próprio veneno (preços altos, produtos defeituosos, etc).

Eu torço para dar tudo certo com o KC-390. A dupla FAB/Embraer é uma das poucas coisas de peso que podem dar certo no Brasil.

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Acompanhei de camarote o debate entre o Amigo Oganza e o Caro Rafael Oliveira e cheguei a uma reflexão: Oganza onde Assino ? Rafael, 1º Acho que você não entendeu minha posição em recolocar no ar em melhores condições através do MRO os Hércules, vou resumir: Não troco o certo pelo o “que vai ser sem saber quando e por quanto”. Mais, vou operar o que tenho e não descobrir roda nova. 2º Você mesmo já afirmou, “se o GF, se, se e se”. Área de produto consolidado e ponto. O Oganza já te explicou, desculpe-me eu o respeito, mas… Read more »

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares
carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Caro Rafael de Oliveira, uma imagem, mais que milpalavras …. entenda o que o Oganza lhe explanou Amigo: Tem tanto vídeo na internet do C 130 nos mais inóspitos ambientes, entendeu Rafa ? Caso queira coloco um vídeoas aqui, mas creio que você sabe procura-los ! Gastamos uma baita grana com KC 390, então vamos: Melhor ter: Os AMX todos elevados ao padrão M, Idem aos Bandeirulhas, Idem aos C 95, Idem aos C130, Idem aos Jordanianos, cadê os 3 KC 767 IAI ? Colocar todos A 4 para padrão M. MRO dos ST QPQ temos tantas prioridades, mas tantas… Read more »

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Carlos, conheço bem o C-130. Até por isso o chamo de “certo” e também o acho o cara. A questão é: a decisão já foi foi tomada lá atrás e colocamos bastante dinheiro no KC-390. Vamos abandoná-lo agora? Vamos espetar o protótipo em alguma praça e ficar sonhando com que poderia ter sido, mas o que não foi, por falta de verbas? O dinheiro está curto. Não dá para fazer tudo. Se tiver que escolher entre modernizar células cansadas do Hércules ou encomendar células novas do KC-390 eu não tenho dúvida que devemos investir no nosso avião brasileiro. Essa seria… Read more »

Delfim
Visitante
Delfim

Até parece que Israel teria interesse nos KC-390, pois recebe KC-130 em condições vantajosas via FMS.

E o KC-390 está pronto, o que falta é $$$.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Eu sei Delfim, que Israel é subsidiado pelos EUA e que seria um negócio bem difícil de acontecer (talvez num futuro distante, se o KC-390 for montado nos EUA). Falei mais para cutucar o Carlos, admirador de Israel (eu também sou, mas ele é muito mais rsrs).

Não sei se está pronto. Somente os testes de homologação conseguem responder se o KC-390 está pronto ou se a Embraer e seus parceiros terão que fazer adaptações, melhorias, reprojetar peças, fazer todas as integrações e customizações e etc. Mesmo tudo saindo dentro dos conformes, tem mais um ou dois anos pela frente.

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Caro Rafael Oliveira, enterre seus planos A TJ USA sobe hoje. Nós “já eramos”. Ainda bem que vc estava cutucando e sabe porquê ? Onde o Brazil vai encontrar produtos que Israel fornece Made in ou por aqui mesmo por suas filiais nessa relação custo x benefício ? Cutuca mas não me machuca. Kkkk Aliás melhor seria integrar e deixar a liderança com os Israeli no MRO de todas as células admissíveis dos A 4. Um bom míssil anti navio, dois esquadrões …. um no BANSPA e outro na BANT. Entenda uma coisa Rafael, sou totalmente a favor “das coisas… Read more »

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Caro Rafa
Levy indo embora, superavit primário no lixo, TJ USA subindo, sistema político ruindo/desabando/crise de governabilidade, Fev/Mar/2015 rating sendo rebaixado + uma vez, quiça antes por outra(s) agência(s) …..
E você ainda pensa em KC 390 ?
Acorda Amigo !
Aliás, meu finado Pai e meu Filho Primogênito são Raphael ….. Lindo nome !
G Abraço.

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Fev/Mar/2016 …………… melhor !

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Pimenta na caipirinha:
Lyw 15 de dezembro de 2015 at 18:10
off topic pertinente:
http://www.defensenews.com/story/defense/air-space/support/2015/12/13/embraers-kc-390-join-canadas-search-and-rescue-bid/77031896/
Embraer na concorrência para fornecimento de aviões de busca e salvamento ao Canadá.
carlos alberto soares 16 de dezembro de 2015 at 8:16
Lyw 15 de dezembro de 2015 at 18:10
Noticia chapa branca.
O KC 390 nem homologado está.
Vai concorrer com C 295 e C 27J, quiça com C 130J
Lá como cá, os militares fazem relatórios de centenas de páginas, portanto …..
Produtos consolidados, um destes é que vai levar e ponto.

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Faltou aspas ai em cima, desculpe-me Lyw !

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Carlos, Minha mãe queria por meu nome de Rafael Carlos, em homenagem ao pai dela. Por sorte, meu pai interferiu rsrsrs (nada contra Carlos, mas Rafael Carlos ficaria bizarro). Tanto os meus planos quanto os seus planos são caros e, portanto, de difícil exequibilidade no curto prazo. O Brasil quebrado não dá conta de fabricar o KC-390, tampouco retrofitar o Hércules. Porém, se pensarmos friamente, um 1 bilhão de reais não é tanto dinheiro assim dentro do orçamento federal e seguramente seria suficiente para quitar as dívidas com a Embraer e homologar o KC-390. O problema é que a “incompetenta”… Read more »

Mauricio R.
Visitante

OFF TOPIC… …mas nem tanto!!! Não é a toa que sua capacidade de carga, coloca-o exatamente entre o C-130 e o C-17: “With just 18 of its current 174-aircraft orderbook delivered, Airbus DS has its work cut out to achieve its stated goal of securing sales for 300 A400Ms over the next 30 years.” “Indeed, its cause will certainly not be helped in the near term by current operators looking to offload portions of their existing inventories onto the second-hand market as national budget cuts continue to bite.” “The only customer that could come close to this, at least in… Read more »

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Caro Rafael Oliveira 16 de dezembro de 2015 at 11:38 Não chegaremos mesmo. 1º A Embraer não fabrica muitas coisas, mas como todas é uma integradora, manufatura, fabricar e montar são coisas distintas. 2º Errei, fomos rebaixados hoje mesmo, daqui pra frente é lixo ! 3º Fui um entusiasta do KC 390 e vibrei em seu 1º voo, está registrado no PA, porém está e vai se tornar um “Phaton”. 3º Meu pressuposto parte que não deveríamos ter gasto essa baita grana nesse projeto KC e ter aplicado MRO’s nos vetores já mencionados.] 4º O GAP esta ai e vai… Read more »

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Esquece os M 2000 Rafa, melhor comprar o Kfir Block 50, afinal há quem afirme que 40% do conjunto é intercambiável com o Francês.
São vetores razoavelmente parecidos, facilita a adaptação e doutrina.
US$ 20/22 Mi a unidade dependendo da quantidade, “com ToT” (Kkkk rsrsrsrs).
Pronto agora é porrada geral !
Fui …. Shalom Aleichem .

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares
Luiz
Visitante
Luiz

O projeto do KC390 não está parado… está progredindo. O protótipo voltou a voar e voa com frequência, cumprindo os ensaios de certificação. Logo terá ajuda de um segundo protótipo. O ritmo está mais lento… a torneira dos recursos federais com menos recursos mas não fechada.
O KC390 vai sair e a FAB vai operá-lo.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Carlos, M2000 não!!!! Kfir nããããooooo! Vamos aguardar o Gripen NG. A FAB que segure as pontas com o F-5. O WAD foi a FAB que quis, mas poderia não ter quisto. Ou ter quisto e não ter conseguido. Foi só um exemplo de que não somos obrigados a comprar produtos bélicos israelenses. Sim, Israel compra tudo quanto é avião… Grob, M346, F-16, F-15, F-35, Hércules, etc. Está certo nisso. Mas é que eles não tem uma Embraer. Se tivesse, talvez construísse seus aviõezinhos. Pagaremos caro por tudo de ruim que o PT fez. Mas acredito que sairemos dessa. Pode ser… Read more »

Mauricio R.
Visitante

“Mas é que eles não tem uma Embraer. Se tivesse, talvez construísse seus aviõezinhos.”

A IAI fabrica 4 modelos de jatos executivos, da linha Gulfstream: G-100; G-150; G-200 e G-280

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Mauricio R. 16 de dezembro de 2015 at 19:59
Rafael Oliveira 16 de dezembro de 2015 at 18:48
Mais …. a capacidade dos Israeli em MRO’s de diversos vetores de asas fixas e rotativas é gigantesca em qualidade e expertise.
Rafa não existe fabrica de aviões o que existe são montadoras e Israel sabe escolher prioridades e lembro ab você que sou EMBRAER de crachá, portanto …..
Rafa põe uma coisa na sua cabeça, no Brazil é a banana que come o macaco !
Leia e assista:
http://www.iai.co.il/16415-en/Groups_BEDEKAviationGroup.aspx

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares
Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Maurício e Carlos,

Obrigado pelas informações.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Rafael Oliveira 17 de dezembro de 2015 at 9:43
Shalom Aleichem

Fernando
Visitante
Fernando

Existem chances do Brasil adquirir uma pequena quantidade do C-130J ? sabe-se que a parte de cargueiros da FAB está bem defesada para uma nação com uma extensão territorial como a nossa.

Mauricio R.
Visitante

Mais fácil, rápido e barato retrofitar novamente as células de C-130H existentes.
Se assim não puderem ser obtidas células suficientes p/ atender as necessidades da FAB, então células adicionais novas poderão ser adquiridas.
Mas dadas as condições atuais do país e as perspectivas no médio e longo prazo, pessoalmente acho difícil quaisquer uma das soluções.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Mauricio R. 17 de dezembro de 2015 at 14:43
Concordo.
Vai ficar engraçado, nem C 130, nem KC 390 e nem KC 767ER IAI.
QPQ só no Brazil mesmo.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Caro Juarez Martinez
Sabes nos informar quantas células do C 130 existem e na FAB e quantas estariam aptas a MRO ? As demais seriam canibalizadas para fonte ?
2º o Cel Nery já fomos o maior operador de C 130 fora os USA e chegamos a ter mais de 30 un.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Rafael Oliveira e Mauricio R
O assunto do MRO do C 130 da FAB já rolava:
http://www.aereo.jor.br/2013/06/10/elbit-oferece-atualizacao-para-o-cockpit-de-c-130-antigos/

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

“Roberto F Santana 2 de abril de 2012 at 11:11 O KC-390 não terá condições de competir na faixa de mercado do C-130 na América Latina, Ásia e na África em especial . O avião está em plena produção, já existe por meio século e aparece no mundo todo. Quando começarem a operar o avião da Embraer em pistas esburacadas, de terra e mal feitas, aparecerão as comparações inevitáveis e o lamento. Seus imensos motores próximos ao solo darão inveja a qualquer fabricante de aspiradores de pó. Vai ser pau e pedra, pedregulho e pedrinha, gambá e quero-quero, tudo será… Read more »