domingo, março 7, 2021

Gripen para o Brasil

IN4S: F-16 turcos evitaram confronto com Su-34 russos

Destaques

Defesa aérea da Sérvia atingiu outro F-117 durante a Operation Allied Force

A história de como um jato de ataque stealth F-117 Nighthawk da Força Aérea dos Estados Unidos foi abatido...

HENSOLDT: Sistemas antidrone e de proteção de áreas críticas e estratégicas

Nos últimos anos, a venda de drones cresceu muito no mundo. Esses objetos voadores, cada vez mais comuns em...

FAB coordena Operação Escudo Antiaéreo

Operação aconteceu de forma conjunta entre a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira No período...
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Su-34 com AAM na Siria 1

O site sérvio IN4S informou no último dia 8 que a aviação russa bombardeou localidades na fronteira da Síria com a Turquia. Nesta região vivem membros da etnia turcomena e, ainda segundo o site sérvio, eles eram apoiados por forças especiais turcas.

Os aviões de ataque foram escoltados por nove caças Su-34 Fullback que voaram paralelamente à fronteira entre a Síria e a Turquia. A Turquia enviou caças F-16, mas conforme relatado os aviões turcos não interferiram a ação russa.

FONTE: IN4S (tradução e adaptação do Poder Aéreo a partir do original em sérvio)

 

- Advertisement -

98 Comments

Subscribe
Notify of
guest
98 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Edgar

Digamos que o Fullback tem algumas toneladas de diplomacia a mais do que o Fencer. Agora o piloto do Falcon não vai nem se dar ao trabalho de escalar isso até o prime minister, pois tudo já estará resolvido no TO diplomático da fronteira 😀

Francis Schonarth

Como é feio e bonito ao mesmo tempo esse SU-34.

Alessandro

Tem cara de “PATO COM RAIVA”.
Agora falando sério, a Turquia sabe que fez besteira, com certeza alguns membros da OTAN não gostaram da ação turca, e todos botaram panos quentes.
Como disse anteriormente: Rússia, Turquia, EUA, OTAN e etc são todos angu do mesmo fubá.
Espero que pelo menos os Russos e Franceses consigam fazer o que o resto da turma (ou não fez) fez com muita PREGUIÇA e MÁ VONTADE, que é vencer o EI.

Carlos Crispim

A Turquia fez uma enoooorme besteira, agora vai pagar pela tolice que cometeu, não precisava ter feito, mas fez para se mostrar e se deu mal, os países tem de se unir contra o EI e não ficar de raivinha, os aviões russos não fizeram nada e foram atacados, um lance de inabilidade política monstruosa.

Space Jockey

Tao usando um bombardeiro como escolta ? Pq não mandam o SU-30 ? e pq não deslocaram o SU-35 pra Syria ?

EParro

Realmente a Turquia não faz por menos!
Os russos chegaram perto e logo os F-16 estavam lá, garantindo o espaço aéreo Turco.
Parece “um olha lá, na boa, mas estamos aqui”.

Jose Souza

creio que mandaram o SU-34 para testes do “Khibiny” – aircraft electronic countermeasures(ECM).

moises

Quando um avião se aproxima da fronteira do espaço aéreo é procedimento que seja despachada uma força para acompanhar, é o que a OTAN faz em todas suas fronteiras. Permanecendo vigilante e dado o recado em caso da aeronáve estar rumando pra espaço aéreo controlado, não há o porque interferir em nada se os russos ficaram do lado de lá da fronteira, o que não ocorreu da última vez (por pouco tempo).

hamadjr

Eu ainda gostaria que o coronel comenta-se, uma aeronave pode ser abatida como foi o caso su-24 sem que o sistema de identificação não alertasse que estava sendo engajada? por que se isso de fato pode acontecer na minha humilde ignorância imagino 2 possibilidade, uma que estava desligado porque não havia motivação para tal perigo, uma vez que havia protocolos de estabelecidos para voos nesse espaço e a outra seria não tem protocolo nenhum e pago pra ver se violar o tal espaço soberano. Esta notícia mostra ou pelo menos demonstra, se assim é realmente, que alguém pisou na bola,… Read more »

Iväny Junior

Haha…

edcarlos

hamadjr, isso pode ocorrer principalmente com os misseis guiados modernos de quinta geração. Estes misseis não perseguem um alvo quando lançados, com imaginamos pelas 6 horas, acredito que seja feito um calculo da trajetória do alvo até um ponto de encontro e consequente impacto. Se o míssil guiado vier por um ponto cego aos sensores da aeronave não há como ser alertado.

Se eu estiver errado, por favor me corrijam!

Saudações!

Carlos

Mas não foi um míssil IR?

Carlos

vejam como estão as coisas. últimas notícias do south front
https://www.youtube.com/watch?v=9yYr263xzv0

Carlos
Carlos

parece que o cara tem uma batata quente na boca…

EParro

Mas que não invadiram o espaço aéreo Turco, nem por um segundo, a mas não invadiram mesmo!

Bosco

Carlos, Não se divulgou qual míssil foi usado, se um Sidewinder ou se um Amraam. – Edcarlos, Você está correto em relação à trajetória seguida pelo míssil, que é denominada de “navegação proporcional”, mas está errado em relação a um caça ter um ponto cego.. E mudando de assunto mas falando da mesma coisa, mísseis ar-ar modernos guiados por IR necessariamente não se guiam ao escape das turbinas. – Hamad, Não tem como o piloto usando o radar do F-16 identificar qual o tipo de aeronave se não ocorreu aproximação a nível visual. Isso até que é possível mas duvido… Read more »

Bosco

Edcarlos,
Desconsidere o ‘”mas está errado em relação a um caça ter um ponto cego”
Eu achei que tinha apagado essa parte e expliquei o que queria dizer pro Hamad.
Desculpe-me.

César A. Ferreira

Não sou um comentarista usual deste espaço. Eu aqui me fiz presente atendendo ao pedido de um amigo. Todavia, acho estranho, que visitantes do Poder Aéreo ainda demonstrem desconhecer os fatos relativos ao evento com o SU-24M2 (designativo 83), evento este que culminou com a morte do Tenente-Coronel Peshkov ainda preso aos arnêses. A matéria ao qual me refiro é esta: http://www.aereo.jor.br/2015/11/28/f-16-turcos-emboscaram-o-su-24m-diz-ministerio-da-defesa-russo/ As alegações russas são consistentes. Caso alguém tenha dúvida que entre no link, leia e forme sua opinião. Não vou discutir. O elemento de F-16 da THK estava em espera executando bloqueio (trajetórias elípticas), foram vetorados para ascender… Read more »

Marcelo

Turcos mij…am para trás! Será que era o mesmo piloto valentão da outra vez? E se ele fosse derrubado e caísse no território do Assad?…..

Iväny Junior

Da próxima vez vai rolar abate. E acredito que dos russos. Só estão esperando um “pezinho”…

Rustam Bogaudinov

Bosco 10 de dezembro de 2015 at 0:04, Even in the case of SPO warning when starting with a small range of effective protection against modern missiles with a matrix of the GSN (assuming that there was AIM-9X) is not, as it has a range of more than 5-7 km from the reserve, and to passive interference it is sensitive enough (perhaps with a large range except). Theoretically, it can blind the laser, but to burn matrix GSN need quite powerful and this is no aircraft (fighter planes and not at all any) Thu so on in that situation would… Read more »

vmax

Parece briga de gato no telhado quando um quer miar mais alto que o outro.

M. Silva

Pilantragem turca? Turcos “ampliaram” espaço aéreo em 5 milhas Síria adentro, leiam a acusação:
https://syrianfreepress.wordpress.com/2015/10/06/turkey-moved-border/

Parece que a Rússia trabalhou direito.

Os turcos parecem aqueles baixinhos valentões caçando briga porque têm amigos grandões (OTAN). Uma hora dessas, os grandões deixam o baixinho apanhar…

EParro

Muitos valentes, mas não invadem mais o espaço aéreo Turco!
Uma questão de respeito às normas internacionais. É assim que deve ser.

Ednardo de oliveira Ferreira

Não entendo até hoje que marmota foi esta dos turcos.

Na diplomacia das armas há inúmera maneiras de mostrar força, que está ligado, de capacidade de reação sem precisar atirar. Inúmeras.

Mas derrubar o avião russo foi muitíssimo mais provocação e vontade de brigar que demonstração de força.

hamadjr

Bosco Sem entrar no mérito se o espaço foi invadido ou não, então faz sentido o Cazar FDPutim acusar os Turcos de traição, pois em tese o Su-24 voava sem “proteção” adicional, vigilância de cobertura já que esta aeronave, conforme vc explicitou tinha seus sistema de alerta setado para ameaças vindo de terra, devido ao perfil da aeronave e o tipo de missão, parece que novamente os Turcos pisaram na bola, se não tinha como identificar que tipo de aeronave estava engajando e ai por suposição apressadamente atiraram, imaginado que era uma aeronave que tivesse um sistema de alerta que… Read more »

Jacinto Fernandes

Ednardo, não foi a Turquia quem derrubou o avião russo. Foi a OTAN. A Turquia só fez apertar o botão. E a OTAN fez isso porque em meados de 2014 a Rússia iniciou uma série de provocações à OTAN, com violações a espaços aéreos, ao mar territorial, este tipo de coisa. A OTAN fez todo tipo de demonstração pacífica de força (interceptações, exercícios, deslocamento de tropas, aumento das guarnições e de estoques de armas nas proximidades russa) e nada disso adiantou e os russos continuaram com suas provocações que tinham o objetivo bem evidente de desmoralizar a OTAN. Chega um… Read more »

Bosco

Ednardo, Eu concordo que foi uma ação intempestiva dos turcos, mas fato é que se não tivesse sido feita até hoje os russos estariam provocando. Infelizmente não há inocentes nesses casos e se alguém der a mão o outro lado vai querer ficar com o braço inteiro. – Hamad, O Putin pode até estar certo em achar que foi traição do Erdogan já que não tenho ideia do que havia de combinação entre eles, mas com certeza a ação em si não foi um ato de “emboscada” tendo em vista que um caça não avisa ao seu alvo que está… Read more »

MARCELO BASTOS

Todo mundo morre de medo da RÚSSIA, inclusive eu, tanto os EUA quanto a RÚSSIA, são potencias militar/nuclear com ambições expansionistas, a diferença entre os 2 na minha visão, e que o EUA pensaria 10 vezes antes de apertar o botão vermelho, já a RÚSSIA não, a Turquia fez este abate do caça RUSSO de forma totalmente irresponsável e inconsequente, ate hoje ninguém entendeu ao certo os motivos deste episódio, de qualquer forma, a OTAN evita a todo custo qualquer tipo de incidente com a RÚSSIA, , vide os graves eventos na Ucrânia e na Georgia, OS EUA e OTAN… Read more »

Vader

Fato é que os russos “paga-pau” não se arriscam mais a entrar em espaço aéreo turco nem mesmo com o Super-Fodástico-Tribolado-Hiper-Power-Mega-Turbinado avião de ataque bico-de-pato Su-34. Ponto para os turcos. Objetivos atingidos (parar com as invasões), e de quebra ainda encareceram a campanha aérea de bombas burras do Vlad Putin em uns 20 ou 30%. O resto é nhém nhém nhém de antiamericanalha e russófila rasgadora de calcinha que não se conforma que um país como a Turquia, embora soberano uma potência meramente secundária no grande jogo de nações, tenha peito para mandar “pra chom” uma aeronave de combate da… Read more »

Nonato

Offtopic: parece que os ucranianos estão lançando o KC 390 deles que é praticamente igual na aparência ao nosso. Link
http://sputniknews.com/europe/20151210/1031531948/ukraine-aircraft-name-vote.html

Dafranca

O abate do su-24 foi um ato de desespero Turco, gracas a deus os russos não passaram a receita da sopa de cogumelo.

Prova

Naquela área onde a aviação russa está jogando toneladas de bombas é predominantemente usada pelos grupos de etnia turca que são contra o governo Assad. Esses grupos inclusive recebem apoio das Forças Especiais Turcas. Acredito que uma possível razão que tenha levado a Turquia a abater o caça Russo tenha sido o fato de os Russos estarem atacando sistematicamente esses combatentes de etnia turca. Imagine se o Presidente Turco tenha solicitado ao Putin não agir naquela área para evitar perdas turcas e se apesar disso os caças russos tenham insistentemente atacado esse grupo. A reação turca poderia ser uma resposta… Read more »

Carlos Campos

não é ser antiamericanalha desaprovar um ataque que só traz malefícios para o ocidente

Flanto

complicado a situação da região, os Russus não arredam o pé, a Turquia quer latir como cachorro grande mas na verdade sabe que não é ninguém e confia na OTAN, inclusive para fazer essa lambança diplomática, a Europa no meio de tudo isso sendo prejudicada pela política externa duvidosa dos EUA

flanto

a situação esta muito difícil, os Russos não vao largar o osso, a Turquia late feito cachorro grande mas na verdade sabe que não é ninguém, esta confiando nos EUA que esse por sua vez usa a Europa para deixar o seu território a salvo mantendo todo o núcleo de guerra lá (espertos esses americanos) alem de os prejudicar com sua política externa.

Marcelo

Vader, sempre com seus argumentos que envolvem calcinhas…. tsc tsc tsc

STFU

Esse Vader… Nunca houve invasão, e tão pouco intenção de pratica-la, sua ideologia torna seus comentários débeis de razão.

Jakall

A maioria dos comentários e teses são interessante de se ler…Agora papo de calcinhas…Cada um se defende como pode ou com que se tem…

Marcelo Bastos

Flanto, falamos a mesma coisa de formas diferentes, na segunda grande guerra, os EUA fez a mesma coisa, só entrou de fato no conflito quando a Europa já estava em escombros, não sei se propositalmente, mas apos este evento ( Segunda guerra ) o EUA era o único pais do mundo com seu parque industrial intacto e produtivo.

Eduardo Pereira

Mas ainda tem gente q acha o titio Sam o semi deus protetor do mundo né, não q os outros players sejam,mas q o titio Sam com sua ajuda já avacalhou com muita nação, (não desmerecendo algumas boas e acertadas intervenções) ,se não merecessem o nariz mundo afora muita coisa ruim talvez não tivesse acontecido,só olham seus interesses, assim como qualquer outro,a diferença é q se não aceitam seus termos eles plantam um motivozinho básico pra depor governos,bombardear e até invadir,os outros quando o fazem são covardes, mas ele com seus motivos…..Agora mesmo com provas jogadas aos montes na rede… Read more »

_RR_

Marcelo Bastos ( 10 de dezembro de 2015 at 10:01 ), – Será mesmo que a Europa seria assim tão fraca ou estaria em uma posição tão frágil…? – Peço que não se engane com relação ao poderio militar da Europa. É bem verdade que por hoje é uma mera sombra do que já foi, mas ainda assim está longe de ser irrelevante. E no caso do leste europeu, soma-se o desejo de resistir a dominação russa de outrora… – Mas o principal ponto impeditivo para um conflito é o econômico. – Não se engane também com relação aos pontos… Read more »

Marcelo Bastos

_RR_, comungo com tudo que você disse,meu comentário em relação a Russia, Europa e EUA, refere-se a uma situação extrema de guerra total, não a situação atual de provocações daqui e dali.

lyw

Com certeza esta informação contém erros.

Não faz sentido 8 SU-34 fazendo escolta, se os SU-30 estão lá exatamente para essa função. Não tenho dúvidas que a escolta era de SU-30, os bombardeiros que eram SU-34. O site sérvio confundiu as “bolas”.

XFF

lyw 10 de dezembro de 2015 at 21:52 ,

O texto disse dia 8 e não 8 caças fazendo escolta…..

Filipe Constante

O comentário do MARCELO BASTOS faz total sentido, mas vai um pouco mais além. 1 – O poderio militar da Rússia, sozinho é muito maior do que da europa toda e com folga. 2 – Historicamente, eles são do tipo, atira primeiro, depois pergunta por que. 3 – Acredito que essa derrubada do Su-24 teve outras razões, e que friamente o governo russo sabia que isso iria acontecer, tanto é que não fizeram nada. (EUA tem histórico muito grande desse tipo de coisas e também nunca fizeram nada). 4 – Por mais que os caças russos infringissem o espaço aéreo… Read more »

Mauricio R.

OFF TOPIC… …mas nem tanto!!! E o maior comprador de petróleo do IE vejam só não é a Turquia como quer o Putin, mas o próprio Assad, tão ardorosamente defendido pelos russos “bonzinhos”!!! “We know ISIS has a discreet arrangement with a neighbor, but it’s not Turkey. The Syrian regime has done business with ISIS from day one, just as it did with al Qaeda’s Nusra Front and other rebels who took over energy assets early in the war. President Bashar al-Assad’s point man for ISIS deals, George Haswani, was first designated by the European Union in March. The U.S.… Read more »

carlos alberto soares

Mauricio R. 10 de dezembro de 2015 at 22:49
Boa, muito boa mesmo !

carlos alberto soares

Vader 10 de dezembro de 2015 at 10:03
Caro Lorde
“Super-Fodástico-Tribolado-Hiper-Power-Mega-Turbinado” ?
Agora eles terão o:
Super-Fodástico-Tribolado-Hiper-Power-Mega-Turbinado-Nuc
http://englishrussia.com/2015/02/02/soviet-atomic-nuclear-airplane-m-60m/?utm_source=taboola&utm_medium=referral
Esses Ursos …. Kkkk rsrsrsrs

Combates Aéreos

Franceses comemoram 100 anos da primeira vitória em combate aéreo

Comemorações realizadas na Base Aérea 113 de Saint-Dizier, que incluíram exibição em voo de caça Rafale, ocorrem no mesmo...
- Advertisement -
- Advertisement -