Home Vídeo Vídeo: ataque aéreo russo contra refinaria controlada pelo Estado Islâmico

Vídeo: ataque aéreo russo contra refinaria controlada pelo Estado Islâmico

9681
45

ataque russo a refinaria do EI

O Ministério da Defesa Russo publicou hoje na sua página do Youtube uma sequência de imagens de sensores aerotransportados mostrando diversos alvos atingidos em uma refinaria na Síria controlada pelo Vídeo: ataque aéreo russo contra refinaria controlada pelo Estado Islâmico.

No início da semana os EUA divulgaram informações de que aviões da ataque A-10 e “gunships” AC-130 destruíram mais de uma centenas de caminhões que transportavam óleo a partir de campos de petróleo. Parece que ambas as superpotências estão minando a capacidade econômica do EI.

Subscribe
Notify of
guest
45 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

Esmagar o ISIS pelo bol$o ajuda muito, mas tem que começar sabotagem e eliminação seletivas. Vão tomar uma aula com o Tio David e o Primo Jacob !

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
4 anos atrás

A Rússia também atacou uma coluna de caminhões tanque do chamado “oleoduto sobre rodas”. Quero ver quando a RU e USA acabarem com o recurso que o IS usa para pagar o “soldo” de seus seguidores o que vai acontecer, logo vão estar se matando.
https://www.youtube.com/watch?v=fF2si9_GcbQ

Luciano
Luciano
4 anos atrás

Já não podiam mais transportar petróleo como queriam (ataque dos EUA), e agora já não podem produzir como antes. Em breve não vai compensar muito ao EI permanecer na Síria.

Antonio Oliveira
4 anos atrás

Logo logo essa região voltará literalmente a idade média

Eduardo SP
Eduardo SP
4 anos atrás

Para o ataque a concentrações de veículos não blindados qual o tipo de armamento mais adequado? Bombas de fragmentação?

mauricio matos
4 anos atrás

Cada combatente EI ganha 600 dólares

joseboscojr
joseboscojr
4 anos atrás

Qualquer arma contra alvos de área seria apropriada: bombas de fragmentação, bombas FAE, “tanques” napalm, lançadores de foguetes, dispersores cativos de submuninções, bombas de explosão maciça como a MOAB, etc.
Não sendo possível, seja porque não estão disponíveis, seja porque são politicamente incorretas ou por algumas colocarem em risco a aeronave, o jeito é usar bombas de uso geral, de preferência com espoleta de proximidade e explosão aérea, guiadas ou não.

Petroleiro
Petroleiro
4 anos atrás

Isso sempre foi um de minhas preocupações , já trabalhei em refinaria – REPLAN – e como entusiasta de assuntos de defesa acho até hoje um descaso não termos nenhum sistema de defesa apropriado/dedicado a esse tipo de proteção. Na época , nem sei se tinha restrição aérea para sobrevoo da refinaria , pois diversas vezes via aviões de pequeno porte cruzando todo o espaço aéreo. Hoje , porém , trabalho em plataforma na bacia de campos cuidando de compressores de gás e das LM 2500 +, mas as preocupações continuam , embora não sejam mais com o espaço aéreo.… Read more »

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
4 anos atrás

600 dólares/mês ?
Por isso têm tanto voluntário.

Guizmo
Guizmo
4 anos atrás

Usd 600, 00 mais adicional de periculosidade?

Ronilson
Ronilson
4 anos atrás

Deixa eu ver exercito sirio iraquiano curdos etc e as maiores potencias do mundo contra o isis e nao conseguem derrotalos o que esta acontecendo tem coisa muito estranha nisso ai

Paddy Mayne
Paddy Mayne
4 anos atrás

Gostaria de fazer uma pergunta: Por que alvos como estes não eram visados anteriormente pela USAF? Será que havia esperança de serem retomados? Qual a vossa opinião?

dieter91360
dieter91360
4 anos atrás

Realmente, Mayne. Tem gato escondido nesse mato. Por incrivel que pareça, os russos estão acertando alvos óbvios e importantissimos que de alguma maneira o Tio Sam “não viu”.
Como tem gente ingênua por ai…

groosp
4 anos atrás

Acho que era isso aí, esperança de serem retomados.

Alfredo Araujo
4 anos atrás

Mayne e Ronilson,

Pelo o que já foi falado aqui no Aereo, os EUA alegam que essa operação envolve muitos civis… Qualquer ataque faria um numero alto de vitimas civis.

Os americanos alegaram ter lançado panfletos antes de destruir os caminhões…. já os russos… acho que não rola muito mimimi com eles… rs

Jose Carlos
Jose Carlos
4 anos atrás

Só auxilio funeral kkkkkkkkkkkk

Luciano
Luciano
4 anos atrás

E as contas? Ondem ficam as contas dos milhares de dólares que recebem? Quem as opera? Quem ganha com os juros? Esses indivíduos tem as mãos sujas de sangue tanto quanto quem usa os AKs!!

Rafael
Rafael
4 anos atrás

Alem é dos 600 reais o EI ta lutando contra governos xiitas como iraque ou apoiados por como o do asad. A populacao sunita no meio disso td acaba juntando-se ao EI

bruno
bruno
4 anos atrás

os isis sao a mesma turma sunita do sadamm Hussein essa raca ja vem fazendo guerras desde os tempos da Guerra fria foram eles que atacarao o iran xiita o que aconteceu foi que quando os Americanos sairam de bagda eles deicharam os curdos cristianos e xiitas no poder os sunitas se tornaram uma minoria e sofreram a segregacao discriminacao marginalizacao do povo deles pelos curdos supostos racas inferiors da regiao que tambem lutam a anos pela independencia isso gerou um odio enorme ee foi gritante o desejo de vinganca dos sunitas a unica solucao na regiao e declarer com… Read more »

dieter91360
dieter91360
4 anos atrás

Querem ver a Europa explodir de vez??? É só acender o estopim dos Balcans.
Acaba de acontecer um ataque terrorista na Bosnia, 2 soldados mortos, vários feridos…

https://www.rt.com/news/322640-bosnia-sarajevo-islamist-attack-soldiers/

Nonato
Nonato
4 anos atrás

Que é estranho é. Mas não podemos negar que nem os caças sírios atacaram, por exemplo, esses comboios de caminhões. Dezenas de quilômetros de caminhões enfileirados. Na minha modesta opinião, a Rússia e a coalizão deveriam evitar ao máximo destruir cidades, prédios e até mesmo caminhões. Deveriam encontrar uma forma de minar as forças com destruição mínima. Tipo bombardeia peças de artilharia, depósitos de munição. E quanto aos caras entricheirados embaixo de escombros meter gás lacrimogêneo sprays de Pimenta lança chamas gasolina seja o que for. Tirar os caras de dentro sem destruir mais as cidades. E usar tropas no… Read more »

Nonato
Nonato
4 anos atrás

E se ‘ oferecessem um bom soldo para gente do Ocidente, inclusive do Brasil, combater o EI.
Quem se habilitaria?
Comida e roupa lavada…
E uma medalha se conseguir voltar… sé não se apaixonar por uma Síria de olhos esverdeados…

vmax
vmax
4 anos atrás

Imagino que os “chefes” devem alegar aos seus homens-bomba que receberão adicional de insalubridade apenas ao chegar no paraíso.

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
4 anos atrás

Vídeo do ataque americano.

https://www.youtube.com/watch?v=1PHDrgLujMs

Jeff
Jeff
4 anos atrás

O melhor de tudo isso é ver as duas superpotências “inimigas” tendo que trabalhar “juntas”, mesmo sendo a contragosto e com objetivos finais totalmente contrários na Síria.

Ederson Joner
4 anos atrás

Eu também sou a favor de destruir os caminhões, evitando de destruir a infra estrutura, pois assim a população sofre menos no futuro. Mas no Iraque quando a guerra caminhava para o final, o lado que estava perdendo começou a incendiar as refinarias….

Ricardo Nascimento
Ricardo Nascimento
4 anos atrás

A guerra acabou com a Síria, com o povo com a infra-estrutura do País, dá pena, ficou pensando quanto tempo eles vão levar para reconstruir a nação.

Wilton Feitosa
Wilton Feitosa
4 anos atrás

Esta luta só será ganha, se é que será ganha, no chão… Mas há um problema, guerrilha urbana gera muitas baixas, e os USA não estão dispostos a tornar a Síria em mais um engolidor de heróis americanos… É muito difícil ter excito em guerra urbana onde a população, mesmo não sendo combatente, apoia o terrorista … E este apoio vem justamente do fato do ocidente culpar a religião, e ninguém quer ver a sua fé sendo banalizada por estrangeiros … Sendo assim, a população acaba então por “proteger” o cara que defende a religião deles … No chão, os… Read more »

EMS
EMS
4 anos atrás

Não tem problema, depois vai chegar as empresas americanas para reconstruir novamente cobrando apenas alguns bilhões de dólares.

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

Caro Melky, ótimo vídeo.
Em todos ataques do A 10 percebo um forte “fagulhas” …. não sei se é assim que se denomina, nas munições há fósforo ? Alguém pode me auxiliar ? Obrigado !

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

Juárez Martinez, Caro Amigo
será a resposta a nossas preces ?
https://www.youtube.com/watch?v=-Dny78kvO0I

joseboscojr
joseboscojr
4 anos atrás

Carlos,
A munição perfurante do GAU-8 do A-10 é de urânio exaurido, que é um material pirofórico, que incendeia a grande temperatura após o impacto, quando vira pó.
Além disso o GAU-8 usa munição explosiva incendiária (HEI), mais eficaz contra alvos moles.
Geralmente há um mix dessas duas munições.

donitz123
4 anos atrás

KKKKK. Estes tont0s do ISIS estacionando os caminhões lado a lado é a mesma coisa que pedir para eles serem destruídos.

Kolchak
Kolchak
4 anos atrás

Como fica a cabeça dos anti-russos agora? simpatizantes dos americanos que dao apoio militar a Arabia Saudita, ligada ao ISIS, onde ha pena de morte pra quem portar uma biblia. E contra o Assad que protegia os cristaos na Siria.

gengisduEduardo Pereira
4 anos atrás

Pois é gente, minha pergunta é; quem comprava o petróleo da mão destes caras ae?? Por quê o titio Sam não bombardeou instalações petrolíferas se,com certeza, já sabia que era fonte de renda dos safados do EI,Isis etc.?

Rafael
Rafael
4 anos atrás

Com f-35 no ar os TUs nem precisam levantar kkkkkkk. Brincadeiras a parte, é realmente impressinante a postura Russa de nao recuar peitando paises mais fortes como EUA, na minha opiniao o putin tem uma ajudinha dos presidentes do ocidente que sao a maioria fracos,muito por causa da politica externa agressiva dos anteriores.O interessante vai ser quando o ocidente se renovar como nos anos 80 com Reagan e Thatcher o embate ficaria mais emocionante hoje tds sabemos que o putin ganhara nem tem graca. Na parte belica os EUA continuao e continuaram sendo dominantes num embate convencional contra Russia ou… Read more »

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

Caro Bosco, obrigado pela elucidação e abusando das suas aulas, que bomba é essa ? (rs)
http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2015-11-19/video-mostra-momento-em-que-bombardeio-atinge-terrorista-na-siria-assista.html

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

Amigo Bosco, creio que achei: Foi material pirofórico ? Acho que não ! Mas efeito teve ! (rs).

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

Há uma realidade caro Kolchak 19 de novembro de 2015 at 13:21,
Havia/há diversas sei lá o quê na Síria, Cristãos, Sunitas, Xiitas, Yazidis, Curdos, Druzos, etc etc etc e incrível … até Judeus. O problemas com o Assad resumo em poucos: Armar e dar total apoio aos contra Israel, especialmente ao Hezbollah e Hamas, armar, treinar e apoiar terroristas em geral, particularmente anti-Âmis, servir de abrigo/refúgio a essa cambada toda, entonces fica meio complicado né, mas quintal de terreiro, festa grande, planta ….. colhe !

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

Caro gengisduEduardo Pereira 19 de novembro de 2015 at 13:30,
Paquistão, China e otros muy amigos ! Ai fica difícil.
Países, návios e suas bandeiras …. entendeu ? É soda limonada !

Sérgio Jorge
Sérgio Jorge
4 anos atrás

Vejam as bombas e mísseis que os russos estão usando na Syria!
Tipo arrasa quarteirão ! É outra filosofia de bombardear!

camargoer
4 anos atrás

Olá colegas. A geopolítica da região é mais simples e mais complicada do que vocês estão considerando. Os EUA dependem do petróleo da Arábia Saudita (uma ditadura teocrática). Depois que is xiitas tomaram o poder no Irá, a Arábia Saudita (waabita) e os EUA apoiaram a minoria sunita liderada por Sadan em sua guerra contra o Irã. Quando Sadan se tornou um problema, os EUA (e a Arábia Saudita) o tiraram do governo e fomentaram as revoluções no Egito, Líbia e Síria. Ailás, o preço do apoio da Arábia Saudita seria a queda de Assad. Quem financia o ISIS é… Read more »

Melky cavalcante
Melky cavalcante
4 anos atrás

Sr. carlos alberto soares 19 de novembro de 2015 at 9:52

Essas “fagulhas” são que fragmentos da munição explosiva, somando-se a isso, há também o metal retorcido dos caminhões, quando esses são atingidos. :). Abraço.

m
m
4 anos atrás

Eu quis dizer: Nada mais são que fragmentos…

Melky cavalcante
Melky cavalcante
4 anos atrás

Quis dizer: Nada mais são que fragmentos 🙂