quinta-feira, junho 30, 2022

Gripen para o Brasil

F-35: eventual abandono do programa pelo Canadá elevará o preço do avião em 1%

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

F-35A AU-1 - primeiro voo - foto 2 Ministério da Defesa da Austrália

A expectativa do recém-eleito governo do Canadá de abandonar o F-35  terá efeitos para os demais participantes do programa com a elevação dos custos em cerca de US $ 1 milhão (aproximadamente e 1%) por aeronave, informou o gerente de programa, o brigadeiro Christopher Bogdan, ao comitê de defesa do Congresso.

O primeiro-ministro canadense eleito, Justin Trudeau, disse que cumprirá a promessa de campanha de abandonar os planos para comprar 65 caças F-35 do modelo A.

Não haverá impacto na atual fase de desenvolvimento do caça, que deve acabar em 2017, porque o Canadá já pagou a sua parte, disse Bogdan.

Até o momento Bogdan informou que não recebeu confirmações oficiais de que o Canadá se retirará do programa.

FONTE: Bloomberg (tradução e edição do Poder Aéreo a partir do original me inglês)

- Advertisement -

10 Comments

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
HMS TIRELESS

Quem perde mais é o Canadá pois arcou com uma parte dos custos de desenvolvimento do aparelho. Mas é o tipo de burrada que os canadenses já fizeram no passado (Avro Arrow e MMRCA – que iria resultar no Tornado). Em caso de eventual abandono do F-35, a escolha inevitável dos canadenses é o Super Hornet, embora tenha fanático por aí que acha que o Rafale tem chances.

Galeão Cumbica

Seria a mais obvia escolher o SH, mais barato, hora de voo mais barato e nao deveriam mudar mto as instalações. Quem quiser atacar o Canada vai ter q passar pelo Alasca primeiro. E o SH mais q provou ser um ótimo carregador de piano nestas acoes de coalização que participam com os US.

Alfredo Araujo

Concordo contigo Poggio…

Se ainda fosse o F-22, a defesa do espaço aéreo canadense ainda seria a desculpa para a compra de uns poucos esquadrões

Wagner

Uma possível e muito sensata decisão. Parabéns ao Canadá.

Wellington Góes

Não faz sentido o Canadá pular fora nesta altura do campeonato.

Fernando "Nunão" De Martini

“Wellington Góes em 22/10/2015 as 19:49 Não faz sentido o Canadá pular fora nesta altura do campeonato.” Wellington, bom dia. Se fosse algo repentino, de surpresa, certamente não faria sentido. Mas já faz vários anos que a discussão política / econômica / militar lá no Canadá, a respeito do programa, vem sinalizando que essa possibilidade existia, e a probabilidade de não encomendar os caças era bem razoável (tanto que o governo anterior foi obrigado a fazer avaliações de outros caças ao invés de uma compra sem seleção do F-35). Seguem algumas das dezenas de matérias que saíram por aqui a… Read more »

rafael bastos

O Canadá arcou com os custos do programa mas, salvo engano, não significa que eles compraram as aeronaves, ou seja, quando um F-35 for vendido eles vão receber uma porcentagem referente ao valor investido no programa. Se for esse o caso, excelente escolha.

Vader

Uma coisa é o JSF, da qual o Canadá é parceiro com inúmeras de suas empresas, e o autoriza a adquiirir quantas aeronaves desejar. Outra coisa é adquirir as aeronaves. O Canadá não irá sair do JSF simplesmente porque a esta altura não tem mais do que sair. O Canadá é uma espécie de “acionista” do Programa, e ainda que não adquira aeronave alguma, irá receber os “royalties” de sua parte no desenvolvimento da aeronave. O que o novo governo do Canadá sinaliza que irá fazer é deixar de comprar as aeronaves. Mas governos mudam, e no parlamentarismo isso pode… Read more »

Mauricio R.

OFF TOPIC…

…mas nem tanto!!!

O caça semi “stealth” sul coreano:

(http://snafu-solomon.blogspot.com.br/2015/10/kf-x-stealth-fighter-simulation.html)

PS: Os gráficos até que são legais, mas a narração e as tabelas estão em coreano….

Últimas Notícias

45 anos do EMB-111 Bandeirante Patrulha

O projeto do EMB-100 Bandeirante, iniciado antes mesmo do nascimento da Embraer, deu base ao desenvolvimento de diferentes aeronaves,...
- Advertisement -
- Advertisement -