Home Aviação de Caça USAF envia A-10 para substituir F-16 na luta contra o EI

USAF envia A-10 para substituir F-16 na luta contra o EI

601
22

Operation Enduring Freedom

Elissa Smith, porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, confirmou na terça-feira (20) que os EUA já enviaram aviões de ataque A-10 para a Turquia após a agência de notícias francesa AFP relatar a chegada de 12 A-10 à base de Incirlik.

Os aviões e as tripulações são provenientes do 75º Esquadrão de Caça baseado na Base Aérea de Moody, na Geórgia, informou Smith. Eles substituirão seis caças F-16 que voavam missões de combate contra o Estado islâmico a partir de Incirlik desde agosto deste ano.

“A-10 já voaram missões sobre a Síria”, disse Smith.

E em novembro passado alguns A-10 do 163º Esquadrão da Guarda Aérea Nacional de Indiana foram enviados ao Sudeste Asiático para voar missões contra o EI.

Além dos aviões enviados para Incirlik, outros 12 A-10 do 74° Esquadrão de Caça, também baseado em Moody, foram enviados para a Estônia em setembro como parte de um pacote de segurança no teatro na Europa.

FONTE/FOTO: Air Force Times (tradução e edição do Poder Aéreo a partir do original em inglês)/ meramente ilustrativa

Subscribe
Notify of
guest
22 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Juarez
Juarez
4 anos atrás

Agora a lenha vai comer rasteira…..

G abraço

Aldo Ghisolfi
Aldo Ghisolfi
4 anos atrás

Com esse respaldo poderoso, quem sabe em seguida

chegam a artilharia e os blindados para apoiarem a

ação da infantaria neste típico cenário TOT…

joao.filho
joao.filho
4 anos atrás

Mais barato…
Talvez agora que os russos acenderam a luz e mostraram o Tio Sam sem calça e sem cueca, debaixo do cobertor com o Tio David e ISIS, eles conseguirão acertar os alvos…RSRSRS.

Wellington Góes
Wellington Góes
4 anos atrás

Agora sim a coisa ficou séria!!! Chumbo grosso no lombo desse bando de FDP!!!

joseboscojr
joseboscojr
4 anos atrás

Há algum tempo os A-10 foram equipados de forma a efetuar CAS, interdição e COIN, de longe, sem problema.
Antes ele dependia quase que inteiramente de armas burras (bombas, canhão e foguetes) que o colocava na alça de mira de “espingardas” (de acordo com o Didi Mocó o mais correto seria “esPUMgarda”).
Sem dúvida é um excelente avião e deverá ser usado até o talo.

Nick
Nick
4 anos atrás

Vai ser engraçado quando a USAF retirar os F-35A de cena para a entrada dos A-10 E(eternos)… 🙂

[]’s

Rafael M. F.
Rafael M. F.
4 anos atrás

sssshhhh…PRRRRRRRRRRRR…BOOOOOOM!!!!!

Entendedores entenderão.

joseboscojr
joseboscojr
4 anos atrás

Há também um sentido oculto para o envio do A-10 a esse teatro, que é sinalizar aos russos que os americanos não estão querendo se meter em aventuras ar-ar.
Os A-10 só levam mísseis de auto-defesa e nem radar têm e não representam ameaças às aeronaves russas.

costamarques
costamarques
4 anos atrás

Sou apaixonado por esse avião, gosto dos aviões Russos, mas esse A-10 é meu sonho de consumo rsrs!!!

Não vale apena modernizalos e colocalos no afeganistão?

Com links radar etc?

Iväny Junior
4 anos atrás

Os problemas do EI aumentaram.

Leonardo
Leonardo
4 anos atrás

Esse caras também deveriam estar também no Afeganistão, pois arriscaram perder um F-16 e o pior ainda o piloto, em uma missão a qual a aeronave não está preparada.

Juarez
Juarez
4 anos atrás

Guilherme Poggio 21 de outubro de 2015 at 21:01 #

Se houve a troca do F-16 pelo A-10 é porque existem motivos.

E se a frota da USAF fosse composta somente por F-35? Como ficaria o CAS

Não ficaria,mas a do USMC vai ficar com “Super Toucan”, aguardem vem por Imenent Fury II, eles já viram aonde é que a porca tosse o rabo…..

G abraço

joseboscojr
joseboscojr
4 anos atrás

Sei que todo mundo sabe mas não custa repetir: o “aproximado” (Close) do CAS diz respeito à distância do local onde as “bombas” lançadas caem e as tropas amigas. O “aproximado” não tem nada a ver com a distância em que a aeronave atacante se encontra do alvo no momento em que ela lança as bombas. Tanto faz se a aeronave está “perto” ou “longe” do inimigo quando ela lança as bombas. Qualquer um dos modos continua sendo CAS. O CAS com uso de armas burras exige que seja feito de perto para que tenha um mínimo de precisão. O… Read more »

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
4 anos atrás

Juarez…

Acho mais fácil dar Sikorsky S-97 artilhado do que Super Tucano… ainda mais falando em USMC

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
4 anos atrás

Melhor que os SU-30 para atacar os EI, sem duvida alguma.

Agora sim vai ter muiiiito mulsumano indo para o paraiso em busca das 70 virgens…kkkkkkk.

Fuck Islam.

Juarez
Juarez
4 anos atrás

Alfredo Araujo 22 de outubro de 2015 at 19:35 #

Juarez…

Acho mais fácil dar Sikorsky S-97 artilhado do que Super Tucano… ainda mais falando em USMC

Aguarde……..

G abraço

Juarez
Juarez
4 anos atrás

Tem dois pilotos do USMC voando por acá e fazendo avaliações, seguramente não é turismo aeronáutico……

G abraço

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
4 anos atrás

Opa.. bom dia Juarez

Tomara q de ST !!

Só ACHO q o S-97 pode fazer pelo USMC muito mais o que um ST faria…
Escoltar os V-22, pousar e decolar verticalmente dos navios da NAVY, espaço para levar soldados internamente… e etc.

ST seria avião para a USAF… mas como eu disse antes… só ACHO… rs

Juarez
Juarez
4 anos atrás

Aproveitando o assunto, a Lm está para abocanhar um concorrência milionária e fornecer 78 C 130 J para a USAF e para os USMC.
Sabem quem era para estar concorrendo junto, principalmente na concorrência dos Marines???

É, ele mesmo, que vocês estão pensando, de baixo da asa Sra. Hrinak mas infelizmente a burrice, a sandice, as falcatruas e os Pixulecos se sobre usera a razão e a verdade…..

Agora vocês vão enteder a cara de xuxu murcho do Schneider da Embraer nna escolha do FX 2.

Otempo, ele, sempre, vindo em direação a verdade.

G abraço

Mauricio R.
Mauricio R.
4 anos atrás

OFF TOPIC… …mas nem tanto!!! “Aproveitando o assunto, a Lm está para abocanhar um concorrência milionária e fornecer 78 C 130 J para a USAF e para os USMC. Sabem quem era para estar concorrendo junto, principalmente na concorrência dos Marines???” Juarez, O texto trata da concessão de um contrato plurianual, mas não em concorrência. “Lockheed Martin is close to securing an official multiyear II contract for up to 83 C-130J Super Hercules aircraft for the US Air Force, Marine Corps and Coast Guard, company spokeswoman Stephanie Stinn told Defense News in a Wednesday email. Deliveries will continue through 2020.”… Read more »

Mauricio R.
Mauricio R.
4 anos atrás

E existe ainda uma outra realidade esta de caráter técnico.
Não adianta a chefona da Boeing e ex embaixadora dos EUA no Brasil, levar o trambolhão da Embraer debaixo do braço, se este não estiver devidamente homologado p/ o reabastecimento em voo de helicópteros.
De acordo c/ as práticas das ffaa norte americanas.