Home Noticiário Internacional Rússia amplia seu poder aéreo na Síria

Rússia amplia seu poder aéreo na Síria

1164
65

Russian Aircrafts in Syria 2

Imagem de satélite de 21 de setembro divulgada na Internet mostra a frota de aeronaves russas deslocadas para a Síria: 28 aviões de combate, incluindo 4 Su-30SMs, 12 Su-25SMs e 12 Su-24s alinhados, ao longo da pista 17L do aeroporto internacional al-Assad International, próximo de Latakia, a oeste da Síria.

Russian Aircrafts in Syria

Subscribe
Notify of
guest
65 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
leo
leo
4 anos atrás

Os Su-25 bem provável que vão utilizar foguetes não guiados e foguetes guiados enquanto os Su-24 vão lançar bombas burras e guiadas por laser. Se o número de aeronaves chegar aos 90 como dizem o rebeldes e o Ísis vão logo pedir penico.

Danilo José
Danilo José
4 anos atrás

Será que a Russia vai entrar de vez nesta guerra ?, e mais será ao lado do Bashar Al-Assad ?, e se for como ficaria a disposição dos lados neste conflito, quem é inimigo de quem ?, sinceramente ainda não consegui entender …

leo
leo
4 anos atrás

Que será do lado de asse é fato , o que ninguém sabe e se colocaram tropas em terra e se os EUA vão apoiar ou irão ficar contra.

Marcos
Marcos
4 anos atrás

Os rebeldes, os sírios, os terroristas e todos mais que estão em combate são meros peões no tabuleiro. Quem manda no jogo são os que estão fornecendo armamento.
Ninguém trabalha ali, só estão lá dando tiros. E de onde vem o dinheiro, a grana, a bufunfa para pagar pelas armas e munições?

kalashnikov
kalashnikov
4 anos atrás

vi em um site que por enquanto estão treinando o exercito de Assad para depois tomar posse da guerra…

bem, mas como tudo nao passa de suposições….

Putin deve ter planejado muito bem, vamos ver se em pratica ele é realmente um estrategista (como foi na KGB)

amanda
amanda
4 anos atrás

Enfim a Russia vai desfazer as lambancas dos americanos, bons tempos da guerra fria onde a URSS mantinha a estabilidade da regiao.

Flávio
Flávio
4 anos atrás

O E.I se apoderou de grande parte do arsenal que estava com o exercito Iraquiano, e devem estar se valendo do mercado negro mesmo que vende pra qualquer um.

O exercito Sírio quem arma é a Rússia mesmo.

sds

Leonardo
Leonardo
4 anos atrás

Melhor a Rússia aproveitar o resto do mandato do Obama. Depois que Donald Trump entrar. Ele disse que pretende aumentar o gasto militar anual de 650 bilhões de doláres para 1 trilhão de doláres.
E quer passar de 186 F-22 para 1000 F-22 aí vai ser apelação nível master.
Sds

Jr
Jr
4 anos atrás

Tio Putin não esta para brincadeira. Leonardo, esqueça o Donald Trump, ele jamais se elegeria presidente dos Estados Unidos e até mesmo os republicanos mais sensatos sabem disso, ele é muito popular entre os conservadores republicanos, mas tem uma alta taxa de rejeição pela maioria do eleitorado não conservador, que no fim das contas é a maioria.

Thauno
Thauno
4 anos atrás

Pessoal muita calma nesta hora, os russos ainda não vão atacar nada agora. se recapitularmos desde do inicio do conflito verão que os russos estão com uma estratégia perfeita e a chegada destes vetores é só mais um passo para uma campanha que começou quase dois anos atrás, com a reconstrução do terminal marítimo de tartus, inclusive com direito a visita do cruzador Pedro. Agora se observarem as fotos atentamente verão que apesar de muitas obras da base de Latakia esta terminadas faltam muitas outras ainda. Por isso acredito que só com a conclusão total da base e com a… Read more »

Hélio junior
Hélio junior
4 anos atrás

A Síria é parceira de longa data da Rússia e a Rússia nao vai deixar a Síria para ninguém.É fato que Assad nao tem condições de ganhar a guerra com os grupos opositores que estão atuando no pais.Bom é ai que os russos aparecem e os EUA ficam na expectativa de um Gram finale!A história esta longe de acabar.

Hélio junior
Hélio junior
4 anos atrás

Também é fato que rasPutin que da uma demonstração de forca ao ocidente do tipo olha meus dentes… É esperar para vê.

bob
bob
4 anos atrás

Vejo vários videos sobre as investidas do estado islâmico… fica patente a falta de apoio aéreo aproximado em favor tanto do exercito sírio como do iraquiano…. assim como uma boa artilharia de campanha… os caras atacam a luz do dia, com caminhonetes artilhadas… que falta faz uma boa coordenação apoio aéreo artilharia… vamos ver se os su 25 farão bem a lição de casa… já em relação ao su 24, esperemos pra ver ataques em profundidade, contra a capital do estado islamico e uma caçada a seus lideres… assim como fizeram na chechenia, os russos atacam e decapitam os lideres….

Felipe Morais
Felipe Morais
4 anos atrás

rapaz 1.000 F22, podem entregar as taças porque o mundo é do tio sam.

Rafa_positron
Rafa_positron
4 anos atrás

E oq adianta 10000000 de F22 se 1 único TOPOL-M destrói tudo e deixa só o pó ?????

Não adianta

Para efeitos práticos, a Russia tem todas as condições de neutralizar os EUA

tem nego doido na internet achando Q os republicanos vão fazer o Tio Sam recuperar a hegemonia da história… Mas não percebem que o MUNDO mudou….

Hoje em dia, o mundo é dependente economicamente da China e a Russia não vive mais na crise dos anos 90

Onde estavam os republicanos na Crise georgianos de 2008??

Resumindo: esqueça Vaderuxo!!

Marcos
Marcos
4 anos atrás

Mandaram os caças, os caças bombardeiros e as aeronaves de ataque aproximado.

Johnatan warp drive
Johnatan warp drive
4 anos atrás

se Donald Trump Ganhar ele vai pedir a construçao de mais TR3B.

A nova guerra fria cheira aumento de intensidade !

Duanny D.
Duanny D.
4 anos atrás

Como sempre Israel bem pragmático.
Sou fã desses caras. Um país minúsculo que consegue ficar de pé contra todas as adversidades. Se nós fossemos 1/3 do que esses caras são já estaria satisfeito.

Leonardo
Leonardo
4 anos atrás

Jr Nas pesquisas está dando uma pequena vantagem para Hilary, comparado candidato/candidato. Mas o Trump é muito inteligente e tem 10 bilhões de doláres, dinheiro não é problema para ele, e não gosta de perder, e sabe falar e fazer marketing. Ele vai chamar outro candidato forte para vice como Ben Carson, Ted Cruz ou Carly Fiorina. E vão ter vários debates eleitorais, e ele vai fazer o que os espanhois fazem com touros no fim da tourada. Vai atacar os escandalos dela, sobre emails e Bengazi. Ele que disse que segunda maior potência não vai ser nem 5% que… Read more »

Fernando
Fernando
4 anos atrás

Olá colegas! Uma coisa é fato: a influência neste lugar é bem disputada, pois para a Rússia entrar nessa fogueira alguma coisa grande eles vão ganhar (ou já estão ganhando) pois o gasto que vão ter para manter uma ofensiva de apoio (mesmo que meramente pelo ar) não é barato.

Agora aos especialistas daqui do portal faço a mesma pergunta de um colega acima: com tantas forças e facções no local quem acaba sendo inimigo de quem? e qual delas teria mais sucesso para manter a estabilidade da região?

Johnatan warp drive
Johnatan warp drive
4 anos atrás

Creio que devido as posiçoes tomadas no cenario atual é quase certo que em um futuro nao muito distante EUA vai acabar dando de cara com a RUSSIA

Delfim
Delfim
4 anos atrás

Se os russos tiverem disposição, bem podem mandar o EI pro saco.

E os terroristas vão mira Moscou em vez de Paris. O Ocidente agradece.

Mas já saibam que quem vai pagar a conta serão os ucranianos.

Fernando
Fernando
4 anos atrás

Thauno, bem observado, contudo tomo a liberdade de acrescentar que os diversos fatores desta guerra podem forçar a Rússia a agir antes do planejado. Outra coisa é que forças como essa (de países mais bem preparados) possuem meios necessários para iniciar e manter uma campanha contando com uma infraestrutura local precária. Tudo depende do quanto o Assad está precisando desta ajuda, se os recursos sírios estão a beira do esgotamento.

tadeumar
tadeumar
4 anos atrás

E muito cacique para pouca tribo.

O que quero dizer que a Russia esta concentrando uma forca aerea na Siria, que ate parece que esta buscando guerra com algum outro pais.

E esse pais nao e o Estados Unidos. Tem algo cheirando mal nessa estoria toda.

Se a Russia comecar a enviar tropas de infantaria, divisoes blindadas e artilharia….nao seio nao….

Vejam a equacao: Israel, Iran, Siria Russia, EI.

O unico que nao pertence ao time e Israel.

Sera que a Russia esta usando a crise Siria para concentrar forcas de combate suficientemente fortes para um ataque contra Israel?

Kelvin Tavares
Kelvin Tavares
4 anos atrás

Preocupante essa evolução do EI, pra que providências diretas da ONU e demais países sejam tomadas de forma direta, tinham que colocar tropas, e ir com tudo pra acabar logo com eles, o EI está perseguindo cristãos, homossexuais, fazendo execuções bizarras, destruindo templos e desafiando a todos, essa doença ta crescendo rápido e almentando seu armamento bélico e seus territórios ficando cada vez mais poderoso, se unindo tambem a grupos terroristas inclusive com o boko haram seria possível considerá – los um novo estado canceroso e temido como foi o estado nazista? Algumas coisa o diferem ao nazismo até pq… Read more »

Antonioa
4 anos atrás

Off topic:
Só um detalhe, se alguem for no Hospital Sirio-Libanes, na recepção vão encontrar uma sala de fotos onde o Bashar Al-assad é tratado como celebridade.
Então dá para tentar entender que os russos defendem o cara. Até aqui no Brasil tem gente que defende.
E outra, o que a primavera árabe trouxe além da queda do Hosni Mubarak e a decapitação do Muamar Kadafi?
Um vazio ocupado pelo El.
Então está mais do que claro que esse povo não está preparado para a democracia. Deixa o cara governar

Felipe Morais
Felipe Morais
4 anos atrás

Tadeumar, não acha que um ataque direto russo seria um ataque direto aos EUA? Uma coisa é os russos estarem por trás do Irã ou da Síria na Região, outro coisa é o urso ir direto pra cima de Israel com seus aviões. De qualquer forma se os russos quiserem desequilibrar para o lado do Irã e Síria contra Israel tem que mandar a sobremesa (mais su 30 e su 35) porque esse arroz com feijão que já está lá Israel tira de letra. Ah não ser que os sauditas também estejam planejando entrar na dança, ai o bicho pega.… Read more »

Danilo José
Danilo José
4 anos atrás

Fernando
22 de setembro de 2015 at 23:10 #

Esse poderia ser um bom motivo para a Russia colocar suas tropas na Síria.

Felipe Morais
Felipe Morais
4 anos atrás

Antonio, no Iraque ficou sim um grande vazio. Na Síria há ainda “os rebeldes da revolução” lutando ainda, inclusive contra o EI. O Assad deixou que o EI crescesse na Síria, justamente para botar o “Exército livre” em seu lugar. No fim sairia como o salvador da pátria, quando botasse o EI para correr. Só esqueceu de combinar com o EI e seus financiadores.

Matheus Augusto
Matheus Augusto
4 anos atrás

Tadeumar não vejo causa, motivo, razão ou circunstância para os russos atacarem Israel, o que ganhariam com isso afinal ?

Vejo isso como uma tentativa da russia de manter seu fantoche no poder, protegendo-o de uma possível derrubada pela oposição, ISIS ou bombardeiros ocidentais, e de quebra combater uma ameaça terrorista que eventualmente poderia em seus portões, acredito que se os ocidentais não bombardearem onde não devem, não irá acontecer nada de mais.

Emerson R.B
Emerson R.B
4 anos atrás

Segundo esse link do colega ali em cima não é essa sua teoria tadeumar
———–

Duanny D. 22 de setembro de 2015 at 22:30 #

http://www.rtp.pt/noticias/mundo/israel-e-russia-vao-coordenar-acoes-militares-na-siria_n859949
———–
Mas uma coisa é certa, os russos não estão fazendo isso atoa, não é de graça, uma coisa eles querem ganhar com essa iniciativa.Eles são os mestres de ENGANAR TROUXAS.

Wellington Góes
Wellington Góes
4 anos atrás
Groo
Groo
4 anos atrás
JT
JT
4 anos atrás

OFF-Topic:

Chinese fighter jet makes unsafe intercept of Air Force plane over Yellow Sea, Pentagon says

http://www.foxnews.com/politics/2015/09/23/chinese-fighter-jet-makes-unsafe-intercept-american-plane-over-yellow-sea/

Guilherme Poggio
Editor
4 anos atrás

Definitivamente a Rússia não manda uma força dessa para o exterior só para passear. Eu tenho pena do EI. As ROeE dos russos não são tão “soft” como as do Ocidente.

Renato.B
4 anos atrás

Os Su-25 para ataque terrestre bem dentro do esperado, considerando a “proposta” russa. Agora, para que os Su-30 (intimidar algum intrometido) e especialmente tantos Su-24? Entenderia alguns para guerra eletrônica mas que outras missões? Sobre Israel, o Netanyahu nunca foi muito fã do Obama e essa visita dele à Rússia provavelmente foi para o Putin explicar o que os Russos estão planejados e evitar uma eventual confusão armada. Eu acho que os Israelenses não estão muito preocupados, agora. Moral da história, não existe vácuo de poder, o ocidente demorou para se posicionar e a Rússia foi lá e ocupou o… Read more »

Renato.B
4 anos atrás

Bem lembrando Poggio, imagino que você conhece a história dos diplomatas russos sequestrados em Beirute nos anos 80 e como o KGB lidou com a situação, não?

Pelo que soube, depois dessa história nunca mais sequestraram funcionários russos por lá.

Ricardo Cascaldi
4 anos atrás

Fui procurar sobre a ação comentada pelo Renato.B.

Vale a leitura!

http://articles.philly.com/1986-01-15/news/26052630_1_hostage-crisis-soviet-captives-islamic-liberation-organization

Post reporter Morris quoted unidentified observers in Jerusalem as noting:

“This is the way the Soviets operate. They do things – they don’t talk.

“And this is the language the Hezbollah understand.”

Abraço!

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
4 anos atrás

Rafa-positron,

Voce esta esquecendo dos Trident ICBMs. da US. Navy, ou dos Minuteman ICBMs. da USAF?

Os EUA podem pulverizar a Russia da mesma forma, e ate mais rapido.

Matheus Augusto
Matheus Augusto
4 anos atrás

Não duvido nada de que as forças russas e da OTAN não cheguem num acordo para juntos atacarem o EI e o neutralizarem mais rápido, o que fazer com o Assad fica pra depois.

Vader
4 anos atrás

Uhhhhhh, nossa, agora a OTAN já pode ir pra casa, porque os russos chegaram com todo seu imenso e esmagador poderio bélico…

🙂

PS ao Rafinha Positrônicu, nosso “engenheiro das matemática”: Titio Vader não tá mais conversando com menor de 12 anos, então pode voltar pro playstation tá guri? Senão vou ser obrigado a chamar sua mamãe… 😉

Mauricio R.
Mauricio R.
4 anos atrás

Os russos não despejaram esse arsenal tdo em Latakia p/ se mostrarem simpáticos ou colaborativos aos olhos do Ocidente. O jogo russo é manter o status quo, garantir a permanência de Assad (e por tabela daquele mulherão dele) no poder e eventualmente recuperar o território sírio hoje em poder das diversas forças de oposição ao regime vigente. O eventual combate ao IE será somente isso, uma conveniência momentânea, assim como aos grupos ligados a Al-Qeada. E por fim teremos os grupos pró-Ocidente bancados pela Arábia Saudita, países do Golfo Pérsico e a Coalizão americana. Por enquanto Regras de Engajamento foram… Read more »

costamarques
costamarques
4 anos atrás

Precisamos ver as coisas de outra maneira!

Um unico soldado Russo em um bairro da Siria é um grande problema para a OTAN!

Como bambardear um lugar e matar um soldado Russo?

E as consequencias politicas?

Por isso esses equipamentos que Putin enviou complicarão toda a logistica implementada nessa campanha contra o ISIS

wwolf22
wwolf22
4 anos atrás

esses SU24 sao aqueles que erraram quase que todos os alvos na guerra da Crimeia ??

Matheus Augusto
Matheus Augusto
4 anos atrás

Guerra da Crimeia ????

Phacsantos
Phacsantos
4 anos atrás

No filme “O Senhor das Armas” (Lord of War, 2005), o protagonista Yuri Orlov tem um diálogo deveras interessante com seu concorrente Simeon Weisz: – Weisz: “Eu não acho que estamos no mesmo ramo. Você acha que eu só vendo armas? Não, eu tomo posição. Balas mudam governos mais rapidamente que votos. Você está no lugar errado, meu jovem amigo”. – Orlov: “Mas e a guerra Irã-Iraque? Você vendeu armas para os dois lados”. -Weisz: “Nunca lhe ocorreu que às vezes é melhor que nenhum lado vença?” * * * * * * * * * * Tenho a impressão… Read more »

Renato.B
4 anos atrás

Ricardo Cascaldi, fico feliz que tenha gostado da história, valeu pelo link.

Ilustra bem o peculiar conceito russo de regras de engajamento.

E olha que nem falamos do conceito de “perdas aceitáveis” deles em contraterrorismo.

wwolf22
wwolf22
4 anos atrás

Matheus Augusto,

viajei lindo…
quis dizer Ossetia do Sul… contra a Georgia.

Matheus Augusto
Matheus Augusto
4 anos atrás

wwolf22

“Matheus Augusto,

viajei lindo…
quis dizer Ossetia do Sul… contra a Georgia.”

Imaginei, de fato a performance da força aérea russa na guerra contra a georgia foi péssima, até os próprios militares russos reclamaram, mas em compensação, suas tropas em solo se saíram bem, até analistas ocidentais afirmaram isso, agora como as forças russas se sairiam contra o EI, só esperando pra ver.