Home Noticiário Nacional Segundo revista Veja, suecos estão em Brasília para negociar contrato dos Gripen...

Segundo revista Veja, suecos estão em Brasília para negociar contrato dos Gripen NG

334
28

Gripen NG Mock-up

ClippingNEWS-PAUma missão sueca desembarcou hoje em Brasília para reuniões no Ministério da Fazenda e no Itamaraty para a última tentativa de fazer o governo brasileiro honrar o que foi acordado sobre as taxas de juros da compra de 36 caças Gripen NG.

Joaquim Levy vem tentando renegociar a compra alegando dificuldades econômicas por parte do governo brasileiro.

Os suecos estão à beira de desistir do negócio de 5,4 bilhões de dólares.

FONTE: Veja, Radar on-line

Subscribe
Notify of
guest
28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Guizmo
Guizmo
5 anos atrás

PQP…….que vergonha

Marcelo Pamplona
Marcelo Pamplona
5 anos atrás

PQP…….que vergonha (2)

Já escolheram em que jornal de grande circulação, além do DOU, vão publicar o obituário da FAB?

Figurinhas abjetas estas que nos (des)governam…

Sds.

Edgar
Admin
5 anos atrás

A se cumprir a desistência por parte dos suecos, em breve a FAB comemorará o centenário operacional dos F-5… 🙁

Mauricio Silva
Mauricio Silva
5 anos atrás

Olá.

Muita calma nessa hora!!! A fonte de informação de vem de um veículo que faz oposição sistemática ao atual governo, uma revista de opinião e não de informação.
E vamos para o óbvio: ninguém desiste assim de um negócio de bilhões de dólares.
O que o Joaquim Levy está fazendo é tentar melhorar as condições econômicas da compra (para o Brasil). Ou seja, está fazendo o seu papel como Ministro da Fazenda. Nada para se ter vergonha ou ficar “desesperado”.
SDS.

Bogaz
Bogaz
5 anos atrás

Concordo Maurício.

Acredito haver um pouco de exagero por parte da revista na parte de desistir do negócio. Pelo menos torço pra isso. Esse exagero é exatamente o toque de oposição ao governo. É muito dinheiro envolvido para uma empresa simplesmente virar as costas pq esta de saco cheio de negociar…com razão aliás.

Mas se isso se confirmar, na boa, podem fechar a FAB que não da mais.

Groo
Groo
5 anos atrás

Sei não. O governo tem que cortar gastos caso contrário as contas dos próximos anos podem não fechar e terá que “pedalar” com todo o custo político aí envolvido.

Os cortes das despesas do governo estão sendo feitos bem porcamente mas, por outro lado, os caça nunca foram prioridade para o governo.

Vader
5 anos atrás

Também acho exagerada a notícia, lembrando que a Veja foi uma das principais críticas (das sérias, o que evidentemente exclui a esgotosfera PeTralha e as rafalechetes de plantão) da escolha do Gripen NG.

Vai ver a Veja foi se informar com um certo “jornalista especializado”… 🙂

Agora, se nem Gripen NG o país conseguir comprar, pode fechar a FAB logo de uma vez.

Aliás, aproveita e fecha o país, porque t;a precisando ainda mais que a FAB.

Mauricio Silva
Mauricio Silva
5 anos atrás

Olá. Bogaz, as negociações já caminharam demais para qualquer uma das partes levantar da mesa e dizer: “esquece, vamos deixar para lá”. Não tem o mínimo sentido. Vejo, como possível resultado, a SAAB e o governo sueco aceitar uma redução nas condições de pagamento (juros), o que justificaria o esforço da equipe econômica. Seria o melhor cenário possível. Uma outra possibilidade é que as condições da equipe econômica brasileira serem aceitas, mas deixando de lado as modificações propostas pela FAB, padronizando as versões suecas e brasileiras. Simplesmente cancelar a compra, não me parece ser possível nem viável, haja a vista… Read more »

Nick
Nick
5 anos atrás

Acho difícil a SAAB desistir de US$5,4 bilhões por causa da taxa de juros, sem ao menos negociar. Se assim fosse para que ir a Brasilia? Simplesmente mandem um email dizendo que não aceitam a revisão da taxa, dão um prazo, e se não aceitarem, valeu, obrigado.

[]’s

Marcelo Pamplona
Marcelo Pamplona
5 anos atrás

Maurício Iron Silva Maiden:

“Uma outra possibilidade é que as condições da equipe econômica brasileira serem aceitas, mas deixando de lado as modificações propostas pela FAB, padronizando as versões suecas e brasileiras”

Deus te ouça!
Seria o melhor dos cenários para o fim deste imbróglio, na minha humilde opinião.

Sds.

Mauricio Silva
Mauricio Silva
5 anos atrás

Olá.

Bem colocado Nick.

SDS.

Mauricio Silva
Mauricio Silva
5 anos atrás

Olá Marcelo Pamplona.

Apenas quis ilustrar que existem alternativas viáveis que podem implicar numa redução dos custos/juros do contrato sem que haja o cancelamento “puro e simples”.
O colega Nick justificou muito bem: se não houvesse mais intensão de negociação por uma das partes, a reunião não ocorreria.
Gostaria de saber de onde a equipe da revista colheu a informação de que os suecos “estão à beira de desistir do negócio de 5,4 bilhões de dólares”. Obviamente imaginando que a fonte seja confiável e não meramente fruto de “achismos” e interesses políticos.
Será que dá para confiar???
SDS.

Mauricio Silva
Mauricio Silva
5 anos atrás

Ah, Marcelo Pamplona, só para esclarecer: é Maurício, “The Trooper”, Silva. 🙂
SDS.

Groo
Groo
5 anos atrás

A SAAB tem poder sobre a taxa de juros? E se o banco que financia não aceitar?

Mauricio Silva
Mauricio Silva
5 anos atrás

Olá Groo.

Acho que a equipe sueca tem membros do governo e não somente da empresa SAAB.
Taxas de juros podem ser mudadas de acordo com garantias governamentais, credibilidade e acordos prévios.
É possível e factível de ser negociada, sem sustos.
SDS.

Wellington Góes
Wellington Góes
5 anos atrás

“Notícia” com fins políticos tão somente. Uma coisa é eu discordar da configuração proposta pros Gripens brasileiros (afora o custo a mais), outra coisa é achar que, por conta da renegociação do financiamento, os suecos vão deixar passar este contrato assim, “nem a pau, Juvenal!!!”

Até mais!!! 😉

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
5 anos atrás

Sei não, Lauro Jardim é daqueles jornalistas da Veja que antecipa os “entendimentos” de bastidores. O cara é muito bem informado.

Pra mim, o GF recebeu um ultimato.

Save Ferris!

Mauricio R.
Mauricio R.
5 anos atrás

Não creio que a Veja esteja exagerando tanto assim, essa negociação já teve seu prazo vencido, depois foi estendida por mais 10 dias e agora isto.
Os juros neste caso são definidos pela OCDE, então não há tanta margem de manobra assim.
Os suecos simplesmente não vão aceitar negociar nada fora desses parâmetros.

Antonio M
Antonio M
5 anos atrás

Caso esse acordo vá para as cucuias, será apenas mais uma demonstração da insensibilidade, incapacidade de nossa classe política com uma questão estratégica para o páis não apenas no sentido militar, e sim industrial tecnológico pois mais uma vez deixaremos escapar uma oportunidade em aquisição de know-how para ainda mais estarmos dependentes da produção de comodities. Uma classe política e um governo que não consegue viabilizar isso mas, que consegue viabilizar todo tipo de falcatrua ou supérfluo e que recebe apenas oposição sistemática de alguns órgãos de imprensa podem se considerar muitos sortudos pois é muito pouco.

Augusto
Augusto
5 anos atrás

O cotidiano está aí para demonstrar que credibilidade a VEJA tem, independentemente do viés que se dê às notícias. Agora… a realidade é que o Estado Brasileiro não tem dinheiro para comprar 36 aviões caças, que são os mais baratos da concorrência FX-2, somando cerca de US$ 4,5 bilhões, mas só durante o governo petista foram desviados 21 bilhões de reais da Petrobrás. E agora se sabe que essa é só a ponta do iceberg. Hoje mesmo a imprensa está noticiando que o ex-Presidente da Eletrobrás (almirante Othon) teria recebido R$ 4,5 milhões em propina. O tal do Pedro Barusco… Read more »

mdanton
mdanton
5 anos atrás

Desagradar a FAB e a Marinha (caso Othon/Oderbrecht) quando o impeachment bate a porta??!! NUNCA!!!!

Hamadjr
Hamadjr
5 anos atrás

Pois então a Suécia não fica em marte, existe uma crise de crédido o que obriga o governo a renegociar seus acordos, duvido que a compra do Gripen seja cancelada rasgo meu takir e queimo minha hata se esse acordo não for adiante, para tristeza dos revoltados on line e sua PIG.

Gardusi
Gardusi
5 anos atrás

O Valor Econômico já deu a notícia da prisão do almirante Othon:
http://www.valor.com.br/politica/4152492/presidente-licenciado-da-eletronuclear-fez-carreira-na-marinha

Claudio Moreno
Claudio Moreno
5 anos atrás

Senhores boa tarde!

Desde quando a revista VEJA tem credibilidade nestes temas?

Pura perda de tempo dar ouvidos a isso agora…

CM

ricardo_recife
ricardo_recife
5 anos atrás

É somente mais lenha que a Veja quer jogar no incêndio do governo.

Não estranharia se houvesse uma nova fase da Lava Jato chamada “Operação França”.

Abs,

Ricardo

Baschera
Baschera
5 anos atrás

Se abrirem aquele pacote de Us$ 900 milhões à mais ….. vai faltar cadeia. Aliás os procuradores do MP já acharam o “pacote”…. vão começar pela AEL/Elbit….

O PROSUB da MB já está sendo escrutinado… e em breve vão achar o rastro no Guarani da IVECO.

Depois vão para o acordo das Kombi’s….

Não vai sobrar nada.

Sds.

Guilherme
Guilherme
5 anos atrás

Digo novamente, que vergonha! Isso vai dar m…..vamos tostar de vez o filme

Juarez
Juarez
5 anos atrás

Senhores, o tempo mais uma vez implacável coma verdade.

Grande abraço