Home Exercício Caça J-10 chinês é derrotado por F-16 paquistanês no ‘Exercise Eagle’

Caça J-10 chinês é derrotado por F-16 paquistanês no ‘Exercise Eagle’

1583
11

J-10 chinês no HUD de um F-16 do Paquistão

A China e o Paquistão realizaram há alguns meses um exercício de combate aéreo chamado “Exercise Eagle”. Todas as informações obtidas sobre o exercício indicam que ocorreram combates simulados entre os caças chineses J-10 e os F-16 paquistaneses. Na maioria das vezes, o J-10 teria sido derrotado pelo F-16.

A imagem de baixa qualidade divulgada mostra um J-10 chinês travado no HUD de um F-16 paquistanês, o que significaria a destruição do J-10 se o combate fosse real.

O J-10 e o F-16 são muito parecidos em termos de tamanho e desempenho e teoricamente o J-10 teria um raio de curva menor, por causa dos canards. Mas o nível de treinamento dos pilotos chineses deve ter pesado no resultado, pois a China não enfrenta combates aéreos reais há muitas décadas, ao contrário do Paquistão, que treina com a OTAN.

A China parece não ter medo da derrota e está muito ativa na busca de exercícios com outras forças aéreas nos últimos anos, para aprender e buscar a melhora da qualidade dos seus pilotos.

F-16s to Pakistan

J-10 PLAAF

11
Deixe um comentário

avatar
11 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
Wellington GóesDelfimVaderLuiz PauloWellington Góes Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Hamadjr
Visitante
Hamadjr

Pois então nada mais proeficiente do que conhecer a capacidade de um oponente, nisso a china não perde, sabio é aquele que conhece a suas limitações.

Groo
Visitante
Member
Groo

Pilotos, como o texto mencionou. O Paquistão participa do Red Flag com frequência.

off – Os chineses instalaram um AESA no Flanker.

http://www.popsci.com/j-11d-surprise-china-upgrades-russian-flanker-fighters-its-own

a.cancado
Visitante
a.cancado

O J-10 é Made in China, não se esqueçam…rsrsrs

Vader
Visitante
Member

O F-16 é o interceptador nato. Provavelmente jamais se construirá uma aeronave tripulada tão eficiente quanto esta para combate aproximado. Não é vergonha nenhuma para qualquer aeronave ou piloto do mundo ser “abatido”por um F-16 em combate WVR. Isso posto, acho que as derrotas do J-10 se devem mais a treinamento (ou falta dele) do que ao material em si. Como diria Juarez, “ter não é operar”. Este caça em mãos “ocidentais” poderia produzir outros resultados. Lembrando que nenhum dos vizinhos da PRC dispõe do F-16 como sua principal aeronave. A Tailândia e a Coréia embora próximas não são vizinhos… Read more »

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Taiwan opera o que mesmo?! F-5, Mirage 2000, Chung Kuo e o ………., uma pista, são 145 unidades do modelo.

Até mais!!! 😉

Luiz Paulo
Visitante
Luiz Paulo
Vader
Visitante
Member

Wellington, tem razão, me esqueci da República da China.

De qualquer maneira, creio que os F-16 da ROCAF sejam bem mais antigos que os paquistaneses.

Delfim
Visitante
Delfim

Se os “badalados” J-10 passam esta vergonha, o que dizer dos JF-17.

Não duvido que algumas cabeças CUmpanheiras queiram detonar o Gripen pra adquirirmos estas “fantásticas” máquinas xing-ling.

Que este vexame enterre qualquer idéia do GF de comprar caças chineses.

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Vergonha?! Amigo, o caça que num dogfight não for enquadrado no UHD de um F-16, só se for uma nave espacial. E olhe lá se não for enquadrado nem que por uns instantes. rsrsrs

Até mais!!! 😉

Delfim
Visitante
Delfim

Wellington, não estou menosprezando o F-16. Muito pelo contrário.

Quem dera o F-16 tivesse sido escolhido no primeiro F-X. Hoje estaríamos usando versões novas e modernizadas até o block 52/60, tanques conformais, e mísseis e radares decentes. E uma ajudinha israeli tb. Talvez hj estivéssemos numa lista de clientes do F-35.

Mas torno a repetir : deve ter gente em Brasilia sonhando em rasgar o acordo com a Suécia pra comprar aeronaves russas e chinesas, sem um mísero “made in USA” em um mísero componente.

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Amigo, sou da opinião de que não devemos nos atrelar a um único fornecedor, seja americano, chinês, russo, francês, etc…, mas mesclar estes fornecedores, levando em consideração muitos fatores do que tão somente o operacional. Eu sou fã do desempenho do F-16 e acredito que já poderíamos tê-lo em nosso inventário como aeronave Low numa equação Hi-Low, sendo esta aeronave a de maior quantitativo nas fileiras da FAB. Em contrapartida, acredito que deveríamos ser prudentes e optarmos por uma opção Hi, só que mais em conta ($$$) do que os caças ocidentais (F-15, Rafale, Typhoon, etc…), mas com desempenho equiparável… Read more »